29.11.2018
* Para assistir: De repente uma família! ♥

Ei, Gente! :) Como o fim de semana já está chegando, separei uma dica para quem quer curtir um cineminha: De repente uma família Aquele típico filme que é leve, divertido e cheio de lições valiosas. Vai muito além do tema adoção, viu? ;-)

3127684.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Primeiro, um resuminho da história… O casal Pete e Ellie decide adotar uma criança e busca uma feira que tem por objetivo proporcionar encontros entre adultos e jovens sem lar. Até que eles se encantam pela Lizzie, uma pré-adolescente bem difícil. Porém, ela tem dois irmãos menores, que tem de acompanhá-la. Moral da história? A vida de todos vira de cabeça para baixo e muda completamente e… Chega! Se não, vou dar spoiler. ;-)

Se eu amei o filme? MUITO. É aquele que fala sobre assuntos sérios, mas assim que começa a cair uma lágrima, vem uma fala e te faz rir muito. Mas não é de forma apelativa, sabem? No comecinho, achei meio parado, mas o decorrer da história é construído com tanto bom humor, que me fez acordar logo e chegar a uma conclusão de que esse é um dos melhores filmes que assisti em 2018.

Todos os personagens acrescentam, as sacadas são maravilhosas e os diálogos divertidos e para lá de emocionantes. Amei a forma como Pete e Ellie lidaram com a situação toda, mesmo tudo virando de perna para o ar. Mas não foi um “lidar” surreal. Foi na medida certa, que ensina quem está assistindo, mas sem achar que é impossível agir daquela maneira. Os irmãos da Lizzie são bem fofos e a garotinha é a coisa mais linda e peste da vida. A cena dela com a faca do Bob Esponja é a melhor! Também curti muito as duas moças que comandam a feira e as reuniões! E a mãe do Pete? Uma vó daquela é tudo que a gente pede a Deus. O final é emocionante! Um dos mais lindos. E, claro, destaque para o cachorro mara da família, que a propósito merecia mais atenção!

E sobre as lições: não existe família perfeita, mas existe aquela que se apoia, que está junto para o que der e vier. E se for preciso vai até preso! Ah! Às vezes, a gente quer tanto uma coisa, que não nota o que está ao nosso redor. E, sim, ser pai/mãe biológico é incrível, mas de coração é a melhor coisa que você pode fazer por alguém que já não tinha mais esperança! Seja pai/mãe, mas esqueça isso de sangue. De coração é o que vale mais!

Crédito das Imagens: Adoro Cinema 

Por fim, mas não menos importante: a trilha sonora! É bem fofa e dá vontade de baixar todas as músicas. Vou pesquisar melhor e depois publico aqui no blog ou no Insta (segue lá ^^). ;-) Ah! Esqueci de falar que o filme é baseado em fatos reais. Então podem dar atenção aos créditos finais.

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Mega recomendo! 

Beijos, Carol.

Para assistir: Nasce uma estrela!

 Fan Page ♥  Instagram


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018