25.05.2020
* Para assistir: La casa de papel – 4ª temporada! ♥

Ei, Gente! :) Eu sempre fui de assistir séries fofinhas e românticas. Deixa a vida mais leve, sabem? Mas de tanto que falaram, ano passado embarquei na famosa “La casa de papel“. E não é que me prendeu? Não comentei aqui no blog as três primeiras temporadas, mas vou falar um pouco sobre a quarta. Pega a pipoca e o guaraná, que lá vem resenha. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho bem básico sobre a série: nove ladrões se trancam na Casa da Moeda da Espanha com o ambicioso plano de realizar o maior roubo da história. Isso significa lidar com reféns, agentes da força de elite da polícia e, claro, cada assaltante com a sua história e entre eles.

Vou tentar não dar spoiler, mas pode ser que role um deslize, então, se quiser pular esse post, sem problemas. Resolveu continuar lendo? Então, vamos lá! ;-) Por incrível que pareça, a série me conquistou. É bem inteligente, atores incríveis e a cada episódio fica mais instigante, digamos assim.

Porém, confesso que achava melhor ter finalizado com a 2ª temporada. Calma. Acontecem coisas interessantes na terceira, mas é tanta enrolação, que dá um pouco de preguiça. E, infelizmente, a quarta segue a mesma linha. Não é que seja 100% ruim, em contrapartida, o que mais me chamou a atenção (a forma como tudo é amarradinho) meio que se perdeu. E achei bem mais violenta do que as outras! Fechei os olhos várias vezes!! Fora algumas cenas desnecessárias.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Quanto aos personagens: a gente continua se apegando e fica triste quando algum morre (nessa temporada, perdemos mais uma pessoa, que traz algumas reflexões). Aliás, por mais que seja (teoricamente) errado, essa série faz com que você torça por personagens que parecem não fazer jus a essa torcida. Mas aí entra uma questão bem complexa, que é melhor deixar para lá hehehe.

Voltando… A Tóquio continua sendo a minha personagem favorita e o Rio, mesmo com algumas ressalvas, me reconquistou. Quanto ao Professor, acho que ele ficou bastante perdido nessa temporada. O que o amor não faz, né gente? hahaha ;p! Sobre o Palermo: não funcionou a tentativa de mostrar o lado “humano” dele, pelo menos para mim. Me deu tanta angústia e um segurança lá também!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

E sabem a Alicia Sierra? Ela seria uma ótima integrante de La Casa de Papel, mas lá dentro do assalto. Vamos ver o que os próximos episódios nos reservam. Eu tenho as minhas teorias! ;-) Ah! Declaro Arturo o pior refém da história!! E dessa vez acontecem coisas ainda mais revoltantes! Preparem o estômago. :(

Enfim, não é a minha temporada favorita… Mas como eu sou uma curiosa de carteirinha, vou assistir a quinta. O final pede! Só espero, do fundo do coração, que a Netflix volte com a pegada que tanto me prendeu no comecinho da série! É isso. Não vou deixar de recomendar, mas sugiro não criar muita expectativa. ;-)

No mais, podem opinar à vontade!!!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – This is us
Fan Page ♥ Instagram  


7
09.04.2020
* TBT da semana: Quem não ama esses filmes antigos? ♥

Ei, Gente! :) E já que hoje é dia de TBT, resolvi compartilhar cinco filmes antiguinhos, especialmente, para quem ama comédia romântica clássica e/ou um romance marcante. Aproveita que amanhã é feriado e se joga na pipoca e no sofá! Então, vamos lá? Boa sessão. ♥

Crédito das Imagens: Adoro Cinema
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Como perder um homem em 10 dias (Ano: 2003)
Sinopse:
Ben é um publicitário e Andie é uma jornalista. Ele faz uma aposta com o seu chefe: caso uma mulher se apaixone por ele em 10 dias, uma grande campanha será responsabilidade dele. Ela decide fazer uma matéria sobre como perder um homem em 10 dias. O destino? Decide pregar uma peça nos dois!
Observação da Pequena: É um dos melhores filmes da vida, gente! Por conta dele, o meu sonho é que a câmera do beijo me encontre (e o boy) em algum jogo americano (ou algo do tipo hahaha) e tal. E Kiss Me faz parte da minha playlist até hoje!!

2. 10 coisas que eu odeio em você (Ano: 1999)
Sinopse:
Bianca não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai não permite. Mas depois de insistir bastante, ele toma uma decisão: ela pode namorar, caso Katharina, a sua irmã, namore também. Só que ela não é nada fácil de lidar. E para tudo dar certo, Cameron (o carinha da Bianca), contrata Patrick para conquistar a sua futura cunhada (Katharina).
Observação da Pequena: A trilha sonora desse filme é uma das melhores! Quem não queria uma declaração no meio da quadra do colégio? E a cena do poema vai ficar marcada para o resto da vida!!

3. A filha do presidente (Ano: 2004)
Sinopse:
Samantha MacKenzie é caloura de uma Universidade e filha do presidente! Apesar de querer levar uma vida normal, parece que essa possibilidade não existe. Segurança para lá, segurança para cá… E ela se apaixona pela vida que James mostra e…. Só assistindo para saber!
Observação da Pequena: Marcou muito a adolescência e a cena final com o fusquinha roxo, se eu não me engano. E uma das cenas mais fofas é a do cinema e ela esperando o pai para comer o doce na cozinha!! É bem teen, mas vale cada segundinho, independente da idade.

Crédito das Imagens: Adoro Cinema
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. Um lugar chamado Notting Hill (Ano: 1999)
Sinopse:
Will é dono de uma livraria especializada em guias de viagem. Um dia, recebe a visita inesperada de uma estrela de cinema: Ana Scott. Entre encontros e desencontros, será que o improvável relacionamento vai dar certo?
Observação da Pequena: Assisti recentemente com o meu namô e bateu uma saudade! Fez mais sentido agora e a cena final mexe comigo até hoje. E se eu não me engano a livraria existe em Londres e eu sou louca para dar um pulinho lá, como quem não quer nada hahaha. E a última música? MINHA SANTINHA DAS PLAYLISTS, NÃO AGUENTO NÃO hahaha.

5. Um amor para recordar (Ano: 2002)
Sinopse:
Landon é punido por ter feito uma brincadeira de péssimo gosto na escola. Sendo assim, fica encarregado de participar de uma peça de teatro. Lá, ele conhece Jamie, uma jovem estudante. Ambos acabam se apaixonando e arranco suspiros e lágrimas dos telespectadores hahaha!
Observação da Pequena: É triste, muito triste! Mas vale muito a pena, gente! Têm cenas tão marcantes, como ele riscando o item da lista dela de estar em dois lugares ao mesmo tempo. As músicas são incríveis e acho bem fofo quando ele pede para a mãe dele ensiná-lo a dançar. Sério, acaba com a gente, mas é tão MARAVILHOSO! ♥

***

É isso, pessoal. :) Agora me contem: qual filme antiguinho passa na sua TV até hoje? No mais, podem opinar à vontade. Ah! Alguns acredito que estejam disponíveis na Netflix, na Amazon e tal. Mas me guiei para fazer essa seleção no Telecine Play. Então, com certeza vocês conseguem matar a saudade por lá. E não é um publipost isso, mas estamos aí hahaha. Brincadeirinha!! ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: 10 filmes queridinhos!
Fan Page ♥ Instagram  


6
06.04.2020
* Para assistir: Virgin River! ♥

Ei, Gente! :) Semana passada embarquei em uma série chamada Virgin River, que foi indicação da Kaka, do blog Rainhas da Pechincha. É um drama, mas contado de uma forma leve, na medida do possível. Não é muito divulgado pela Netflix, mas espero que isso mude. Então, vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho sobre a história. :) Melinda Monroe é uma enfermeira de Los Angeles, que recebe uma proposta de trabalho em uma cidade pequena chamada Virgin River.

Tudo indica que esse emprego veio a calhar, já que Mel precisa dar um up na sua vida, depois de alguns acontecimentos que deixaram marcas. Porém, logo percebe que a mudança será mais difícil do que imagina.

Mesmo respirando novos ares, conhecendo pessoas, nada acontece do jeito que ela imagina. Aliás, a nossa protagonista percebe que alguns sentimentos sempre vão acompanhá-la, onde quer que ela esteja. ;-)

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

E o que eu achei? É a típica série que eu amo, que tem uma pitada de Gilmore Girls e Hart Of Dixie. A história é bem interessante e prende do início ao fim. Às vezes tem um pouco de enrolação, mas aos poucos a gente vai descobrindo e se adaptando. Aliás, amo cenários onde a mocinha vai para cidade pequena e tem o mocinho e toda uma vizinhança divertida e tal. Deixa tudo mais legal e a gente ficar querendo ir de um episódio para o outro. Mas atenção! Como são só 10, vai aos poucos para não sentir saudade como a pequena que vos bloga hahaha.

Quanto aos personagens… Amei o Jack e ele me lembrou o Luke, de GG. Porém, com mais dramas hahaha. É um homão da p**** e de arrancar suspiros! Algumas atitudes não foram legais, mas outras fizeram com que o mesmo virasse meu novo crush de séries hahaha. Sobre a Mel: ela é bem Girl Power.. Dona de si, mas tem cicatrizes, que tenta superar no seu tempo. Às vezes dá uma escapulida, mas é uma personagem bem inspiração. E espero que ela não me decepcione.

Dr. Doc é um dos melhores personagens, mesmo rabugento. Aliás, o ator era de Hart Of Dixie e eu não tenho nem palavras! Ele é divertido e tem os melhores conselhos. Hope também é uma das minhas favoritas. Ela é engraçada, teimosa e adora se meter na vida alheia. Mas juro que as intenções são as melhores! E destaque para a irmã da Mel, que lembrou muito a minha mais nova.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

No mais, têm alguns sustos e situações que deixam a gente de queixo caído. E tem muito romance, daquele que a gente shippa mesmo! E aqueles dramas que acontecem muito nessas histórias e na vida real também. Do tipo: quando tudo parece se ajeitar, vem o destino e mostra que não é bem assim que a banda toca hahaha.

Ah! No decorrer de cada episódio, a gente tira lições. Como falar sobre os nossos sentimentos, saber que felicidade é uma questão de perspectiva e tal. Então, fiquem de olho nesse detalhe! E, sim, vai ter 2ª temporada (pelo que eu pesquisei, em setembro, mas não tenho certeza) e ainda bem, Netflix. Porque se não tivesse, ia dar raivinha hahaha.

Falando nisso, a 1ª temporada terminou bem, porém, se acabasse ali, muita dúvida ficaria no ar, mesmo eles esclarecendo alguns pontos, como o que aconteceu com o marido da Mel. Aliás, to louca para saber mais detalhes sobre isso e qual caminho a nossa protagonista vai seguir. Além disso, como vai ser a surpresa que aguarda o Jack, o que tem por trás da história do Brady, da Paige e essas coisas!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Por fim, amei algumas músicas que apareceram na série. Inclusive, tem uma playlist lá no Spotify. E, por favor, alguém cria um restaurante como o “Arthur’s“? Quero um jantar romântico lá também hahaha. E adoraria morar em uma casa na montanha, ter um bar do Jack… E se você quer saber da onde surgiu essa história e é ansiosa, tem uma série de livros! Para saber, só clicar aqui. ♥

***

É isso, pessoal. Mega recomendo, principalmente, se você ama um drama romântico levinho! No mais, podem opinar à vontade. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – This is us
Fan Page ♥ Instagram  


9
16.03.2020
* Para assistir: Abominável! ♥

Ei, Gente! :) Como o momento pede que a gente fique mais em casa, vou tentar trazer ao máximo dicas para passar esse tempo de forma leve e divertida! Para começar, um filme: Abominável, uma animação fofa e que faz morrer de amores. Vamos lá? Pega a pipoca, o guaraná, que a sessão em casa já vai começar. ♥

Antes de começar, aquele resumo da história: Yi é uma adolescente que vive ocupando o seu tempo para esquecer a sua maior saudade, seu pai. Até que um dia, descobre um yeti no telhado do prédio que ela mora, lá na China. O “abominável” é uma criatura mística que está sendo caçado por pessoas gananciosas. Mas Yi, seus dois amigos e o seu inseparável violino, vão fazer de tudo para levá-lo de volta para casa!

Sabe aquele filme que aquece o nosso coração? É esse! ♥ Ele mostra a importância da família e dos amigos e que, às vezes, o luto pode afastar a gente de outras pessoas que também são importantes, caso não o encare de frente. Tudo bem que a Yi é mais nova e cada um tem o seu tempo, mas acho que essa aventura mostrou isso de forma leve e divertida. No fim, não foi só ela que ajudou Everest voltar para casa literalmente. Todos, inclusive quem a gente achava que era vilão, conheceram o caminho de volta para o seu lar doce lar. :)

Os cenários são encantadores. Tudo bem colorido! E dá vontade de conhecer cada lugar que eles passaram para levar o doce abominável de volta para a sua família. Aliás, amei os amigos dela e como eles se jogaram, sem pestanejar. Quer dizer, um nem tanto, mas ajudou mais do que imagina hahaha. Sua nai nai (avó em mandarim) é uma das personagens mais fofas e queria que ela tivesse aparecido mais. E o que falar das cobrinhas e do ratinho? Amei em um grau, que nem sei!

No mais, a história tem começo, meio e fim e tudo se encaixa de uma forma extremamente mágica. Everest é uma das criaturas mais lindas e a sua relação com Yi é construída de forma tão natural e fofa, que dá vontade de guardar os dois no potinho!

A trilha sonora mega combina com as cenas e faz a gente colocar na nossa playlist diária. Destaque para Fix You (Cold Play) e Beautiful Life (Bebe Rexha). E o que falar da cena final, depois dos créditos (se eu não me engano)? Tanto amor, que nem cabe! ♥ É aquilo: quem se vai, fica para sempre e mostra isso nos pequenos detalhes do dia a dia. Pode apostar!

Enfim, é um filme infantil, mas tenho certeza de que os adultos vão amar também. RECOMENDO e muito! Para quem quiser, assisti no último finde no Now, da Net. E se eu não me engano tem no streaming do Telecine. Se alguém souber de mais algum canal que passe, só acrescentar nos comentários! ♥

Crédito das Imagens desse post: Adoro Cinema

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Toy Story 4
Fan Page ♥ Instagram


6
10.02.2020
* Oscar 2020: Os dois looks + lindos e outras coisitas mais! ♥

Ei, Gente! :) Ontem foi dia da 92ª edição do Oscar. Confesso que não foi a minha favorita, porém, algumas coisas ganharam o meu coração. ♥

Para começar os dois looks mais lindos que passaram no Red Carpet. Primeiro, a Gal (ou Mulher Maravilha, como preferir) arrasou muito no tapete vermelho com esse Givenchi. Acho que a dupla “rosa & preto” vai ser a minha favorita, ou ao menos, vou testar mais vezes. Fora que a maquiagem tava linda. Também amei o colar usado dessa forma e é isso. Acho que foi o meu favorito da noite. ♥

Crédito da Imagem: Just Jared
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

E o 2º look favorito: o Chanel, da Penelope (sou muito íntima hahaha). Antigamente, eu acharia essa flor meio exagero, mas achei tão na medida certa e super combinou com ela, na minha humilde opinião. Tudo ornou bem e essa “correntinha” achei bem característico da marca. Acho bem legal quando a gente bate o olho em uma peça e diz “é dessa loja, né?”. Enfim, eu queria, ao menos, um vestido semelhante assim no meu guarda-roupa. E vocês? ;-)

Crédito da Imagem: Just Jared
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Quanto às premiações, confesso que eu queria que Jojo Rabbit levasse tudo que foi indicado. mas fiquei muito feliz deles terem levado a estatueta por Roteiro Adaptado. E fiquei mais feliz ainda quando encontrei a foto com esses dois, que arrasaram muito no filme. Tinha de ter uma categoria para ator mirim, né? Mas fica aqui o meu recado: meu Oscar vai para vocês e todos do elenco dessa história cinematográfica PERFEITA!

Crédito da Imagem: Just Jared
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

E uma das partes que mais me marcou nesse Oscar, foi a apresentação de uma das músicas do Frozen. Na versão português, eu não curti muito, mas achei bem legal eles colocarem no palco “Elsas” de vários lugares do mundo. Para quem quiser assistir, só clicar aqui.

Acho que é isso. Um resuminho bem por cima, mas acho que dá para ter uma ideia, né? E quanto aos filmes que foram indicados, receberam prêmios, segue a lista de quais você encontra aqui no PJ:

Jojo Rabbit
Toy Story 4
Como treinar o seu dragão 3
Malévola: Dona do mal
O Rei Leão

Ah! Assisti alguns, como “Era uma vez… em Hollywood“, “Star Wars“, “Rocketman” e “O Escândalo” . Mas como eu não curti, acabei nem colocando resenha aqui. Porém, me avisem se quiserem alguma, sem falta. :) E nos próximos dias, quero muito assistir “Adoráveis Mulheres“, “1917“, “História de um Casamento“, “Judy“, “Hair Love” e talvez “Parasita“. Eu li em algum lugar que é meio terror, mas como venceu o Oscar e está todo mundo falando, acho que vou embarcar. ;-)

É isso, pessoal. E quem quiser saber a lista direitinho de todos os ganhadores, só clicar nesse link.

Crédito da Imagem: Blog Preta, Preto e Pretinhos
Esse curta tem cara de ser muito amor, né?

É isso, gente! Podem opinar à vontade. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Oscar 2019
Fan Page ♥  Instagram 


4

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021