19.06.2017
* O que eu aprendi com 30 anos! ♥

Ei, Gente! Para quem não sabe, no último dia 17, completei 31 anos. :) Então, resolvi contar por aqui cinco coisas que aprendi aos 30 anos. Ah! Não necessariamente, você tem de aprender essas “lições” com essa idade, mas como isso aconteceu comigo, resolvi transformar todo esse aprendizado em um post. Espero que ajude de alguma forma. Boa leitura! ;-)

16864541_592455794279882_7420783568520235453_n

1. Tudo bem a sua vida não ser exatamente como você imaginou quando tinha 15 anos! 

Quando eu era mais nova, idealizava uma vida completamente diferente aos 30 anos. Pelas minhas contas, já era para eu estar casada com o cara dos meus sonhos, mãe de uma linda menina, escrevendo e publicando meus livros, colunista de alguma revista feminina, ganhando dinheiro com o blog e tal. Minha realidade? Morando com a minha mãe e minhas irmãs, desempregada, escrevendo por hobby e nem perto de casar e ter filhos. Acho que venho de uma geração, que as pessoas meio que colocavam uma idade limite em tudo, sabem? Se até aos 30, você não casar e nem ter filhos, por exemplo, ferrou. Já era o seu sonho!

Não cheguei a ter uma crise braba antes dos 30, mas sofri um pouco. Cheguei até me achar uma fracassada, mas aí eu vi aos poucos que tudo bem a minha vida não ser aquela que eu imaginava aos 15 anos. As coisas mudam e os objetivos também. Ainda tenho os mesmos sonhos, mas hoje eu sei que tudo acontece na hora certa. Nem antes, nem depois. Por mais clichê que seja. Ah! E que nada cai do céu! Tenho que fazer as coisas que dependem de mim e seja o que Deus quiser. ;-)

Minha vida pode ser diferente do que eu imaginei, mas isso não significa que ela seja ruim. Já conquistei tantas coisas! Claro que têm dias que eu me sinto um peixe fora d’água, mas quem nunca, né? Vale lembrar que cada um tem uma trajetória. A grama do vizinho pode até ser mais verde, mas a sua é totalmente sua, entendem?

2. As pessoas não mudam! 

Eu sempre soube disso, mas consegui finalmente transformar a teoria na prática. Mudar não é uma tarefa fácil. Ninguém muda da noite para o dia! E acho que a medida que vamos crescendo, essa mudança fica bem mais difícil. Por exemplo, tem parente que cisma que você tem de agir do jeito que ele acha melhor. Até então, ficava para morrer. Mas aprendi a fazer cara de paisagem. Essa pessoas são assim há anos, se não mudou até agora, não muda mais. Dá raiva, dá. Mas a melhor coisa é respirar e seguir em frente.

E caso não queira mais essa pessoa na sua vida, fique à vontade. Você não é obrigada a aturar certas coisas e tudo bem! Ah! Mas isso não te dá o direito de ser cruel. Ama muito essa pessoa e esse jeito não te prejudica em nada? Converse e se nada mudar, aceite e seja feliz também. Ninguém é perfeito! Tenta trocar a cara feia por um abraço. ;-)

3. Ganhei gordurinhas e sou muito mais feliz! 

Até uns 3 anos atrás, eu pesava uns 37/38 quilos. Ao contrário do que muitos pensam, não era muito feliz com o meu corpo. Hoje tenho 42 quilos e estou muito mais satisfeita! Mesmo com uma pequena “pochete” habitando o meu corpo hahaha. E gente, nem precisei colocar silicone no peito. Ganhei automaticamente hahaha! \o/  Tem gente que me olha e fala: nossa, como você engordou. Criticando mesmo! Quase caio na pilha, mas quando me olho no espelho, eu vejo uma Carol muito mais feliz. Corro na esteira, faço exercício, mas muito mais por saúde e para manter. Não quero nem engordar, nem emagrecer. Ah! Perdi muita roupa! Tive que renovar meu guarda-roupa, mas sem comprar por impulso. E hoje em dia, não demoro tanto para me arrumar. Não por não ter muita opção, mas por ter encontrado melhor o  meu estilo. Continuo com a mesma essência, mas de um jeito melhor. Meio que uma coisa levou a outra, sabem?

Enfim, acho que a gente tem que focar sempre no bem-estar e na saúde. Não porque está na moda ou algo do tipo! Essas gordurinhas a mais não foram de propósito, aconteceu naturalmente. O corpo muda mesmo, mas estou bem feliz com essa mudança.

4. Não é qualquer papo furado que tira o meu sono! 

Gente, eu sempre fui muito romântica. Quando eu ficava com um carinha, já sonhava acordada e com uma ligação no dia seguinte! E às vezes eu nem tinha curtido tanto, mas só pelo fato de ter alguém, sabem? Não que eu não seja mais romântica, mas hoje em dia não é qualquer papo furado que tira o meu sono. Hoje consigo aproveitar mais e se no dia seguinte não rolar nem uma curtidinha no Insta, fico de boa. Fico suspirando, mas sem sofrer. Sem me sentir a pior pessoa do mundo porque “ele não ligou”. Acho até que antes eu me arriscava mais e, por um lado, isso é bom. Mas sei lá, hoje eu prefiro me reservar mais. Quero alguém que bagunce a minha vida de uma forma boa! E aos poucos. Não que isso tenha de ser uma regra, mas tudo que vem muito rápido, vai muito rápido também. Ah! E aprendi a parar de espalhar aos sete ventos os meus sentimentos. Muita gente deseja o seu bem, mas outras só estão loucas para ouvir mais uma “história tosca”. ;-)

5. Sua raiva só atinge a você mesmo! 

Depois que consegui colocar na prática esse ditado, a minha vida melhorou tanto! Não é que você tenha que virar uma santa e não sentir raiva de nada e nem ninguém. Não mesmo! Mas aprendi que essa raiva realmente só atinge a gente. Nada vai mudar porque você está triste e tal. A pessoa que fez a besteira, muitas vezes não está nem aí. A situação que te deixou mal, não vai mudar. Tudo tem solução e, às vezes, a melhor solução é seguir em frente mesmo.

O que eu mais aprendi nessa idade, é desfocar de coisas que me deixam mal e não tem jeito.

***

É isso, gente! Claro que a minha vida não é um mar de flores. Têm dias que esses aprendizados não funcionam de jeito nenhum, mas ai no dia seguinte tudo passa. E, claro, é bom evoluir, mas manter a essência é fundamental. A listinha de coisas que aprendi vai além. Sou menos ansiosa, graças a ajuda de especialistas e também a minha força de vontade. Ah! Se não quero fazer algo, não faço. Mas também sei que, às vezes, é bom ceder. Mas sem ultrapassar os meus limites. Ainda não encontrei meu equilíbrio, mas hoje em dia estou muito mais perto. Enfim, seja bem-vindo, 31 anos. Assim, me assustei um pouco com a sua chegada, mas espero que ocorra tudo bem e que você me surpreenda.

19415629_644090179116443_1291032962_n

E agora contem: sua vida é como você imaginava com a sua idade atual? O que você aprendeu até hoje?

Beijos, Carol.

P.S: aceito parabéns atrasado hahaha!

Fan Page ♥  Instagram


16
14.06.2017
* Wishlist Literária Niver! ♥

Ei, Gente! Para quem não sabe, no dia 17 de junho (sábado) completo mais uma primavera. \o/ Daí, para variar um pouquinho, fiz uma listinha de livros que adoraria ganhar de presente de niver. Mas assim, não é indireta para ninguém não, viu? Só para a minha mãe e irmã hahaha ;p. Bom post!

Claro que os livros da Sophie Kinsella e da Lu Ferreira não poderiam faltar, né?  Sou fã das duas e estou louca para embarcar na nova história da Sophie e no guia da Lu. Também fiquei mega animada com esse novo livro da Lauren Weisberger. Acho que há séculos ela não lançava um livro por aqui. Só que esse ainda está na pré-venda, mas já entrou caso mamys queira fazer uma surpresinha para mim hahaha.

Mais dois entraram na minha listinha: Tudo e todas as coisas e Uma noite com Grace Kelly. O primeiro vou assistir antes no cine, mas tenho certeza de que vou me apaixonar pelo livro ainda mais. E o outro, tenho que terminar essa trilogia, né gente? Ah! Tem mais um: Na minha onda, da autora (brasileira) Laura Conrado. Adoro que quase sempre ela lança livro no mês do meu niver!

Segue a sinopse de cada um. ;-)

Wishlist Literária Niver - 1

1. Minha vida não tão perfeita (Sophie Kinsella – Editora Record)
Sinopse: Cat Brenner tem uma vida perfeita: mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok… Não é bem assim… Seu flat tem um quarto minúsculo, seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida (não tão) perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem-sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da mulher que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter – a executiva que tem tudo a seus pés – possui mesmo uma vida perfeita ou, quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Porque, pensando bem, o que há de errado em ter uma vida (não tão) perfeita?

2. Chata de Galocha (Lu Ferreira – Editora Gente)
Sinopse: Pessoas Chatas de Galocha buscam pequenos prazeres em todas as áreas da vida: receitas deliciosas, viagens divertidas, momentos incríveis mesmo nas horas mais simples. Um bom Chato de Galocha faz questão de aproveitar todos os momentos que são proporcionados. Este livro é um guia de referência para quem gosta de desfrutar o melhor a cada segundo. Entre muitas outras coisas, aqui você encontra: sugestões para um guarda-roupa eficiente e inteligente. Dicas de cuidados que vão fazer você se sentir bem. Receitas infalíveis para receber bem quem você ama. Dicas de lugares bacanas nas principais cidades do mundo, aprovadas pela Chata de Galocha.

3. O Diabo ataca em Wimbledon (Lauren Weisberger – Editora Record)
Sinopse: Quando a tenista queridinha dos americanos, Charlotte “Charlie” Silver, faz um pacto com o diabo — o treinador carrasco Todd Feltner —, é catapultada para um mundo de estilistas famosos, festas exclusivas, jogos beneficentes a bordo de iates gigantescos e encontros românticos com a realeza hollywoodiana. Sob a nova direção impiedosa de Todd, Charlie, a menina boa, já era. Todd só quer saber de Charlie, a “Princesa Guerreira”. Afinal de contas, ninguém chega ao topo sendo bonzinho. Revistas e blogs de fofocas seguem Charlie freneticamente em suas viagens pelo mundo perseguindo vitórias em Grand Slams e manchetes no Page Six. Mas, quando a estrela da Princesa Guerreira ascende dentro e fora das quadras, há um preço a pagar. Num mundo obcecado por aparências e celebridades, estaria Charlie Silver disposta a se perder para vencer a todo custo?

Wishlist Literária Niver - 2Crédito das Imagens: Saraiva e Arqueiro  / Crédito das Montagens: Pequena Jornalista

4. Uma noite com Grace Kelly (Lucy Holliday – Editora Harper Collins)
Sinopse: O terceiro de uma trilogia sobre a vida e os amores de Libby Lomax durante sua ascensão na sociedade, com uma ajudinha de algumas amigas muito especiais. Desta vez, Libby conta com os conselhos de magnífica Grace Kelly, atriz de Hollywood e princesa de Mônaco.

5. Tudo e todas as coisas (Nicola Yoon – Editora Arqueiro)
Sinopse: “A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla. Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto! Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly. Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.”

6. Na minha onda (Laura Conrado – Editora Globo Alt) 
Sinopse: Vitória é uma cantora talentosa que esteve no topo do sucesso há cinco anos. Mas agora ela está arrasada: ficou desempregada, voltou a morar com os pais e ainda tem que aceitar o triunfo de Carol Laine, sua amiga de infância e antiga companheira musical, que seguiu em carreira solo e está se tornando uma das mais comentadas artistas da Bahia. Porém, mesmo Vitória tentando se esconder a todo custo, Carol Laine a procura com um convite: ela quer que as duas voltem a trabalhar juntas e que ela participe de um reality show sobre sua vida. Isso significa, também, estar mais próxima de Lucas, o primo e assessor de Carol, por quem Vitória mantém uma paixão secreta há anos. Mesmo parecendo uma proposta irrecusável, é difícil engolir a mágoa, ficar à sombra de Carol Laine e ainda encarar os reveses da fama. Em meio a tantos sentimentos conflitantes, Vitória terá que pensar se vale a pena voltar a esse mundo, onde o ego das pessoas parece controlar tudo. 

***

Prontinho, pessoal. :) Quem quiser me presentear, fique à vontade hahaha.
Ah! Agora me contem: tem algum livro que citei no post que esteja na sua listinha também? Podem me indicar outras histórias, ok? ^^

Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram


2
08.06.2016
* Wishlist Niver: De repente 30! ♥

Daqui a uma semana e alguns dias, completo 30 primaveras. Amadureci muito até aqui, mas tem certas coisas que não mudam. Como a minha mania de jogar indiretinha de uma forma fofa hahaha. Pois é! Para variar fiz uma wishlist de niver com alguns itens que estou louca para ganhar. Não necessariamente agora, mas quem sabe um dia hahaha. ;-)

Claro que eu não poderia começar essa wishlist de um outro jeito, né? Livros sempre serão bem-vindos na minha vidinha de 30, 60, 100 anos! Esses estão na minha listinha dos que quero ler ainda esse ano. Destaque para o #GirlBoss, acho que vai me ajudar bastante nessa nova fase profissional. 

Wishlist Niver - Livros

Estou louca para mais uma camisa jeans. Acho uma das peças mais essenciais hoje em dia! Também estou apaixonada há séculos por esse pôster da loja @postersdecor. Tão fofinho e imagino que dê um “up” no nosso dia a dia. Ando tão a “louca dos pijamas“. Trabalhar em casa tem isso de bom, né? E também estou querendo esse almofada da Niina Secrets Store há um tempinho. Dá um outro toque na decor, né? 

Wishlist Niver - De repente 30 anos

Um dos lugares que mais tenho sonhado em conhecer é Amsterdã. Quem sabe na primavera, né?  Um presente garantido é uma tatuagem em homenagem ao meu cãozinho Johnny e minha vira latinha Jeannie. O Johnny virou um anjinho e nada mais justo que homenageá-lo. Quanto a Jeannie, ela também merece uma por trazer tanto amor para a família Daixum. Não vai ser exatamente essa tatuagem, mas tem a ver com patinha. Quando tiver pronta, mostro para vocês!! ;-) Também mega aceito um capinha de celular e make. Assim como os livros, esses itens são sempre bem-vindos na minha vidinha.

Wishlist Niver - De repente 30 anos - 2

Prontinho, gente! Espero ter ajudado hahaha. To brincando, aceito só um feliz niver no dia 17 de junho, tá? ;-)

Beijos, Carol.

**P.S: crédito das montagens – pequena jornalista / crédito das imagens – Pinterest (Amsterdã, Camisa Jeans e Pijama), MdeMulher (Tatuagem), Saraiva (Livros), Pôster (@postersdecor), Almofada (Niina Secrets Store), Capinha (@gocase), Make (@quemdisseberenice).

P.S: Quem ainda não respondeu a pesquisa de público do PJ, clique aqui. Juro que não é demorada! Quem já respondeu, muito obrigada!! 

Fan Page ♥  Instagram


5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017