19.11.2020
* Para assistir: Modern Family! ♥

Ei, Gente! :) Eu amo assistir séries, mas não tenho o costume de acompanhar um monte no mesmo ano, sabem? E com o isolamento social, criei mais esse hábito. E a última que conquistou o meu coração: Modern Family!

Sim, eu sei, eu to meio atrasada. Já que ela é de 2009 e esse ano tá rolando a sua temporada final (11ª). Mas graças a um pedido de indicação de seriados lá no Insta, me indicaram essa e sabe quando você até sonha com os personagens? Meu nível de vício tá assim hahaha. ♥

Crédito da Imagem: Canal de Séries

Bom, ainda estou no meio da 4ª temporada, mas apenas para resumir um pouquinho do que se trata para quem não conhece. ;-) Modern Family conta a histórias de três famílias que estão ligadas e convivem quase que diariamente. Jay é casado com Glória e moram com o filho dela do 1º relacionamento, o Manny. Claire e Mitchell são filhos do 1º casamento de Jay. Ela é casada com o Phil e têm três filhos, Haley, Alex e Luke. Ele vive com o Cam e juntos decidem adotar a Lily. ;-)

A princípio, parece meio confuso. E a quantidade de temporadas assusta. Mas são episódios tão leves e rápidos (20 e poucos minutinhos), que quando você percebe já está no episódio 24. São situações cotidianas, bem gente como a gente. Arrancam risadas e, no fim de casa, tem alguma lição fofinha com um toque de humor que faz a diferença.

Algumas piadas, eu fico meio perdida. Mas no geral eu rio de quase todas hahaha. Aliás, os perrengues que eles passam faz a vida aqui fora ficar mais de boa, sabem? Amo o formato de depoimento, que parece documentário. Aliás, esse é um diferencial bem legal. Imagino que eles estão conversando comigo hahaha.

No mais, adoro o Jay e como mesmo tendo seus costumes, está aberto ao novo. Os gritos da Glória são hilários e é uma das minhas personagens favoritas. Manny tem um jeito bem adulto e inocente ao mesmo tempo. Cam é mega divertido e Mitchell um pouco neurótico, mas aos poucos tá me conquistando. Lily é perfeita! Phil não era o meu favorito, mas agora me conquistou. Melhor pai e (quase) nada o abala! Claire é agitada e me identifico em algumas situações. Agora os três filhos deles: meu Deus, são meio do mal hahaha. Mas no sentido bom hahaha! E têm outros personagens aleatórios, que aparecem às vezes, como a 1ª mulher do Jay.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Enfim, ainda tem muita água para rolar, mas já amo essa série e sei que vou ficar com saudade quando chegar ao fim! Acho que até lá, a 11ª temporada já chegou na Netflix. Espero! E já tomei alguns spoilers procurando foto no Google, mas nada que tenha atrapalhado o meu interesse. Enfim, recomendo muito. Para assistir na sua própria companhia, com os amigos, a família ou o namô (no meu caso, eu e ele estamos nos divertindo bastante). ♥

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Minha dica: comece hoje mesmo! Tem na Netflix, no Globo Play e não sei se tem em outra plataforma. Quem souber, me avisa. E a última temporada já tá passando aqui no Brasil, no canal Fox. E, atenção: a musiquinha da abertura fica na cabeça.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – This is Us
Fan Page ♥ Instagram  


6
03.11.2020
* Para assistir: Amor com data marcada! ♥

Ei, Gente! :) Está aberta a temporada de filmes natalinos. O primeiro que assisti esse ano: Amor com data marcada, disponível na Netflix, onde a história começa no Natal e pega as principais datas comemorativas. Enfim, vamos lá? Pega a pipoca, o refri, o gorrinho do Papai Noel e boa sessão! ♥

Crédito da Imagem: Ultra Cine

Para começar, aquele resuminho: Sloane é uma jovem solteira, desacreditada do amor. Jackson é um jovem solteiro que foge de relacionamento. Os dois sofrem aquela clássica (e desnecessária) pressão de “cadê os (as) namoradinhos (as) e tal”. Então, em uma fila de uma loja, ambos se conhecem, conversam e fazem um acordo…. Ser o par um do outro em ocasiões especiais, como Natal, Ano Novo, Halloween e por aí vai. Mas… A gente já imagina o final. Porém, a maneira como chega lá é o que faz a diferença. ;-)

O que eu achei? É uma mistura de “Amizade Colorida” com “Qual é o seu número?“. O filme tem um ritmo bem divertido e vai direto ao ponto, sem enrolação. Apenas com algumas floreadas, que particularmente, eu amo. Sloane é ácida, mas divertida. Jackson? Tem aquele humor que conquista a gente. Pelo menos, me conquistou. ♥

Crédito da Imagem: Holofote Digital

A gente ri bastante e algumas cenas são meio apelativas, mas nada que deixe a história sem noção. Curti quase todos os personagens, mas uma das garotinhas, da mesa de Natal dos mais novinhos é a melhor. Sem contar o coral de Natal do shopping. Sério, o filme todo poderia ser ruim, mas só com essa parte conquistaria e faria cada minutinho valer a pena.

Têm lições fofinhas, como encarar o medo e agarrar as chances que a vida te dá. Um detalhe, faz a diferença em uma relação. E, sim, o amor pode estar mais perto do que imagina ou onde nunca imaginou. É só abrir os olhos! O casal protagonista tem química e quero ver os dois em mais comédia romântica. A mãe da Sloane me irritou um pouquinho, mas fiquei tão feliz com o desfecho dela. ;-)

Crédito da Imagem: O cinema é

Enfim, por mais filmes natalinos assim e para quem quiser começar a temporada dessas histórias com o pé direito: Amor com data marcada é uma ótima pedida. Rende risadas, suspiros e faz com que a gente queira o Natal logo, mesmo com todas as ressalvas desse ano.

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo e muito! ♥

Beijos, Carol.

Post Antigo: Uma segunda chance para amar
Fan Page ♥ Instagram  


3
26.10.2020
* Para assistir: A sociedade literária e a torta de casca de batata! ♥

Ei, Gente! :) Para começar a semana, separa a pipoca e o refri, que vai ter dica de filme: A sociedade literária e a torta de casca de batata, disponível na Netflix. Vamos lá? Boa sessão! ♥

Crédito da Imagem: Fala Universidades!

A história conta sobre uma jovem escritora chamada Juliet Ashton e sua visita a Guernsey. Depois de trocar cartas com um fazendeiro, que enviou a primeira contando sobre o seu clube do livro fundado durante a 2ª Guerra Mundial. Nessa viagem, ela não só conhece essa sociedade literária, como constrói um relacionamento com todos da ilha que lhe dá ideias para um novo livro.

Inspirado na aventura literária que leva o mesmo nome, é o típico filme que eu amo. Com romance, temas tensos abordados com leveza e, claro, livros! A princípio, achava que ia ser meio monótono… Mas apesar de ter um ritmo meio lento, eu acho que todo leitor deveria assistir. ;-)

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Tudo bem que o tema literário funciona mais como um pano de fundo para a história. Porém, deixa a gente ainda mais apaixonada por esse mundinho. Trata muito sobre a Guerra e as cicatrizes que esse cenário deixa. O nome do clube do livro é o melhor e a explicação dele também. Todos os personagens da Sociedade têm a sua importância e Juliet e Dawsey dão um toque a mais.

Tem romance clichê e que a gente torce muito. Mas quem (quase) “impede” não é um vilão, só têm objetivos diferentes. E isso é bem legal, sabem? Às vezes um casal não dá certo, entretanto, não necessariamente tem a mocinha e o bandido. Ah! Algumas cenas dão um aperto e a filhinha da Elisabeth é a coisa mais fofa do mundo! O desfecho é de arrancar suspiros e faz a gente querer um clube do livro daquele jeito e, até mesmo, comer a tal da torta de casca de batata hahaha.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Inspira muito futuros escritores e também dá vontade de criar histórias em uma máquina de escrever. Os figurinos são incríveis, as paisagens também e algumas coisas eu fiquei meio na dúvida. Talvez eu me aventure no livro que inspirou, mas não tenho certeza.

Enfim, é um filme com algumas ressalvas, mas que eu recomendo para assistir com os amigos leitores ou na sua própria companhia. ♥

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Yesterday
Fan Page ♥ Instagram   


9
05.10.2020
* Para assistir: Emily em Paris! ♥

Ei, Gente! :) Para começar a semana, que tal uma dica de série levinha e apaixonante? Emily em Paris, disponível na Netflix, é uma mistura de “Sex and the city” com “O diabo veste Prada”. Vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Emily Cooper é uma executiva de marketing que tem a oportunidade de trabalhar em Paris. Mas com um porém: não sabe falar francês hahaha. Sonhadora, ela aceita o desafio de sair de Chicago e correr atrás dos seus objetivos na cidade luz. E, como toda mudança, não é nada fácil. Ela tem de equilibrar os pratinhos da vida profissional e, claro, pessoal. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

O que eu achei? AMEI, com letras garrafais mesmo. ♥ Sou suspeita, porque qualquer história que tenha Paris no meio, eu não perco por nada. Mas juro que vale cada episódio. Aliás, assistir foi uma ótima maneira de matar a saudade de viajar e, claro, dessa cidade que arranca suspiros.

Com diálogos divertidos e inteligentes, a gente se aventura com a Emily. Aliás, a protagonista é uma sonhadora de carteirinha e tem uma visão do mundo bem inspiradora. Quase tudo dando ruim, ela se abala um pouco, mas segue em frente, sem desistir. E, gente, acho que a Lily Collins está perfeita nesse papel.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Quanto aos franceses, fiquei impressionada como os homens de lá caem em cima das mulheres, né? hahaha ;p Alguns, até meio de forma nada romântica. Mas gostei que ela se impõe e não leva desaforo para a casa. Fofa e mega empoderada!

Ah! Tem uma pegada de “Sex and the City“, mas na minha humilde opinião, de uma forma mais sutil. Aliás, a cena do vibrador é a melhor. E lembra muito “O Diabo veste Prada” e acredito que a Emily seria amiga da Andy! Falando nisso, a Sylvie não é a chefe dos sonhos, mas não chega a ser uma Miranda Prestley.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Sobre os outros personagens: Gabriel é lindo, mas fiquei meio assim com algumas atitudes. E o professor de filosofia me decepcionou total! Mindy é a amiga chinesa mais querida da vida. Quanto a Camille, eu gosto da amizade delas… Em contrapartida, acho que muita água ainda vai rolar. Algumas pessoas do escritório achei meio forçadas, mas com alguns toques legais. E, apesar de ser meio errado, tenho o meu crush favorito para a Emily.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

No mais, a série tem uma fotografia linda e uma Paris de arrancar suspiros. E eu amei cada figurino dela. Fofos e estilosos! Só não sei como ela sobe as escadas com os saltos que usa hahaha. Enfim, cada romance nos ensina e perrengues no trabalho e no dia a dia também. E as cenas das aulas de francês são bem comédias e ela tentando se comunicar é de chorar de rir hahaha.

Gostei da trilha sonora e amei que algumas séries icônicas, como Gossip Girl, são mencionadas. Também me inspirou as ideias para as redes sociais e o final foi bem francês. Aliás, eles têm um romance diferenciado. Como dizem alguns personagens: eles gostam de vida real. E eu acho que sigo mais o estilo da protagonista, uma sonhadora incurável, mas que tem muito o que aprender com esse estilo de vida de Paris.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Ansiosa pela próxima temporada, que ainda não é oficial, mas acredito que tenha uma continuação sim. Afinal, precisamos de algumas respostas e porque a série é uma distração leve, divertida e mais uma vez: inspiradora! O ritmo é perfeito e o único defeito é que os episódios terminam muito rápido. A gente nem sente! E juro que queria um monte de livros dessa série. Acho que devoraria em menos de um mês.

Enfim, recomendo MUITO. Acho que em épocas difíceis para sonhadores, é uma forma de sair (um pouco) da realidade para refletir, suspirar e ver o lado bom da vida. ♥

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica. E não faça como eu, assiste cada episódio devagar e não devore, porque dá uma mini saudade hahaha.

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – A adorável loja de chocolates de Paris
Fan Page ♥ Instagram 


4
28.09.2020
* Para assistir: Enola Holmes! ♥

Ei, Gente! :) Sabem aqueles posts de filmes que invadem o seu feed, mas acabam não despertando a sua curiosidade? Com Enola Holmes, disponível na Netflix, foi assim. Vi um monte de postagem sobre, mas como nunca fui de assistir Sherlock Holmes e tal, não me interessei.

Até que no sábado, estava procurando um filme com o meu namô e ele sugeriu esse! Disse que tinha visto o trailer e que com certeza eu iria gostar. E ele acertou na mosca! Então, peguem a pipoca e o refri que a sessão vai começar. ♥

Crédito da Imagem: Rolling Stone

Para começar aquele clássico resuminho: Enola Holmes é a irmã mais nova de ninguém menos que o detetive Sherlock Holmes. Quando sua mãe desaparece, a protagonista inicia uma investigação para descobrir o paradeiro dela. Porém, Mycroft, o irmão do meio, decide que quer mandá-la para um internato só de meninas! No meio de tantas aventuras, ela conhece infinitas coisas sobre o mundo lá fora e, claro, a si mesma. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

O que eu achei? Simplesmente maravilhoso. Desde o roteiro, até a fotografia, os figurinos e os atores que deram vida aos personagens. Enola é uma protagonista que conversa com a gente, literalmente, e nos faz rir e pensar fora da zona de conforto. Amei o Girl Power presente em cada cena, de forma natural e leve!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Nada passa batido e é muito bem feito, na minha humilde opinião. Confesso que em algumas partes eu fiquei meio boiando, mas nada que tenha atrapalhado muito o entendimento da mensagem final que a história quer passar.

Falando nisso, adorei o jogo de palavras e a perspicácia dela! Sherlock Holmes me conquistou também e amei o voto de confiança que ele deu para a irmã. Mycroft é meio sei lá e um tal de Lorde é um verdadeiro cavalheiro! A mãe? Me surpreendeu. Umas horas eu gostava e outras deu uma raivinha!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Enfim, é um filme para a família toda, que mostra a importância da gente seguir a nossa vida, com as nossas próprias escolhas. Ajudar o outro e aprender acima de tudo a lutar pelo que acreditamos e pelo próximo também! E sempre o melhor encontro é com a gente mesmo.

Quero muito ler o livro (da Nancy Springer) que inspirou o filme, que a propósito virou um dos meus favoritos desse ano doido! Obrigada, namô por isso. ♥ Ah! E são vários, então, espero que vire uma franquia. No mais, você vai rir bastante, se emocionar e refletir sobre temas que são fundamentais, independente de qualquer coisa!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo e MUITO!

Beijos, Carol.

Post Antigo: CosmoTag – Divas
Fan Page ♥ Instagram 


5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020