25.05.2020
* Para assistir: La casa de papel – 4ª temporada! ♥

Ei, Gente! :) Eu sempre fui de assistir séries fofinhas e românticas. Deixa a vida mais leve, sabem? Mas de tanto que falaram, ano passado embarquei na famosa “La casa de papel“. E não é que me prendeu? Não comentei aqui no blog as três primeiras temporadas, mas vou falar um pouco sobre a quarta. Pega a pipoca e o guaraná, que lá vem resenha. ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho bem básico sobre a série: nove ladrões se trancam na Casa da Moeda da Espanha com o ambicioso plano de realizar o maior roubo da história. Isso significa lidar com reféns, agentes da força de elite da polícia e, claro, cada assaltante com a sua história e entre eles.

Vou tentar não dar spoiler, mas pode ser que role um deslize, então, se quiser pular esse post, sem problemas. Resolveu continuar lendo? Então, vamos lá! ;-) Por incrível que pareça, a série me conquistou. É bem inteligente, atores incríveis e a cada episódio fica mais instigante, digamos assim.

Porém, confesso que achava melhor ter finalizado com a 2ª temporada. Calma. Acontecem coisas interessantes na terceira, mas é tanta enrolação, que dá um pouco de preguiça. E, infelizmente, a quarta segue a mesma linha. Não é que seja 100% ruim, em contrapartida, o que mais me chamou a atenção (a forma como tudo é amarradinho) meio que se perdeu. E achei bem mais violenta do que as outras! Fechei os olhos várias vezes!! Fora algumas cenas desnecessárias.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Quanto aos personagens: a gente continua se apegando e fica triste quando algum morre (nessa temporada, perdemos mais uma pessoa, que traz algumas reflexões). Aliás, por mais que seja (teoricamente) errado, essa série faz com que você torça por personagens que parecem não fazer jus a essa torcida. Mas aí entra uma questão bem complexa, que é melhor deixar para lá hehehe.

Voltando… A Tóquio continua sendo a minha personagem favorita e o Rio, mesmo com algumas ressalvas, me reconquistou. Quanto ao Professor, acho que ele ficou bastante perdido nessa temporada. O que o amor não faz, né gente? hahaha ;p! Sobre o Palermo: não funcionou a tentativa de mostrar o lado “humano” dele, pelo menos para mim. Me deu tanta angústia e um segurança lá também!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

E sabem a Alicia Sierra? Ela seria uma ótima integrante de La Casa de Papel, mas lá dentro do assalto. Vamos ver o que os próximos episódios nos reservam. Eu tenho as minhas teorias! ;-) Ah! Declaro Arturo o pior refém da história!! E dessa vez acontecem coisas ainda mais revoltantes! Preparem o estômago. :(

Enfim, não é a minha temporada favorita… Mas como eu sou uma curiosa de carteirinha, vou assistir a quinta. O final pede! Só espero, do fundo do coração, que a Netflix volte com a pegada que tanto me prendeu no comecinho da série! É isso. Não vou deixar de recomendar, mas sugiro não criar muita expectativa. ;-)

No mais, podem opinar à vontade!!!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – This is us
Fan Page ♥ Instagram  


0
18.05.2020
* Para assistir: Ricos de amor! ♥

Ei, Gente! :) Para matar a saudade de ir ao cine e do namô, no último domingo decidimos assistir um filme da Netflix juntinhos pelo FaceTime. Diferente, mas bem divertido. E a história da vez foi: Ricos de amor. Então, pega a pipoca e o refri que a sessão já vai começar! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele clássico resuminho: Teto é conhecido como o Rei do Tomate e, em breve, se tornará membro da fábrica de tomates do pai. Ele não quer muito essa vida, mas ao conhecer a futura médica, Paula, seu mundo vira uma grande confusão. Ela é diferente das outras e como tem medo da reação dela, acaba escondendo suas origens e finge ser humilde. Porém, essa mentira vira de cabeça para baixo e rende desentendimentos e muitos suspiros! ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

E o que eu achei dessa comédia romântica brasileira? Eu simplesmente amei, de verdade. É bem clichê, sem dúvida. Mas a forma como é contada que faz a grande diferença. Falando nisso, adorei a história e achei bem amarradinho, com algumas ressalvas.

Os protagonistas nos conquistam de cara e amei os dois atores juntos. Ela eu já conhecia e ele ainda não! E os outros personagens são hilários e essenciais para o filme. A Fernanda Paes Leme como Alana é maravilhosa. Sério! Também amei o Igor e a Monique, que são os meus favoritos. No começo, a Monique me irritou, mas ela é a amiga que todo mundo precisa ter.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Destaque para a cena do restaurante com os funcionários do prédio fingindo papeis importantes em uma reunião para a fábrica de tomate. Também amei o Teto cuidando da criança e a confusão que ele se mete na festa de formatura rende muitas risadas! O Dr. Vitor é um idiota e ele sim acha que tem o Rei na barriga. As amigas da Paula queria que aparecessem mais. Imaginava uma outra coisa, mas não deixou totalmente a desejar.

O final é fofinho, mas a sensação que tive foi que teve de ser encerrado às pressas e ficou tudo resolvido muito rápido. Mas é filme e a gente perdoa! E a ideia foi bem boa e seria legal se funcionasse na vida real (eu acho que não tem projeto parecido, porém, não tenho certeza). E aqui fica todo o meu amor pela trilha sonora. Deu um toque a mais, porém, poderia ter música brasileira. Mas como todas (ou quase todas) são produzidas pelo Alok, aí ok!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Tem uma mensagem fofinha, que não importa quem você é, simplesmente, seja. E a sua melhor versão pode ser descoberta no meio do caminho e tudo bem! Enfim, mega recomendo. Principalmente, nesse momento de quarentena, que a gente precisa de uma boa comédia. Um toque de romance, que rende muitos suspiros e deixa a vida mais leve e feliz! ♥

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! ^^
E obrigada namô pela companhia, mesmo que virtual. Aliás, é uma ótima forma de matar a saudade de assistir filme com o seu amor. Às vezes a bateria acaba e tal, mas nada que um pause não resolva a vida hahaha!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – Uma segunda chance para amar
Fan Page ♥ Instagram  


6
06.04.2020
* Para assistir: Virgin River! ♥

Ei, Gente! :) Semana passada embarquei em uma série chamada Virgin River, que foi indicação da Kaka, do blog Rainhas da Pechincha. É um drama, mas contado de uma forma leve, na medida do possível. Não é muito divulgado pela Netflix, mas espero que isso mude. Então, vamos lá? ♥

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Para começar, aquele resuminho sobre a história. :) Melinda Monroe é uma enfermeira de Los Angeles, que recebe uma proposta de trabalho em uma cidade pequena chamada Virgin River.

Tudo indica que esse emprego veio a calhar, já que Mel precisa dar um up na sua vida, depois de alguns acontecimentos que deixaram marcas. Porém, logo percebe que a mudança será mais difícil do que imagina.

Mesmo respirando novos ares, conhecendo pessoas, nada acontece do jeito que ela imagina. Aliás, a nossa protagonista percebe que alguns sentimentos sempre vão acompanhá-la, onde quer que ela esteja. ;-)

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

E o que eu achei? É a típica série que eu amo, que tem uma pitada de Gilmore Girls e Hart Of Dixie. A história é bem interessante e prende do início ao fim. Às vezes tem um pouco de enrolação, mas aos poucos a gente vai descobrindo e se adaptando. Aliás, amo cenários onde a mocinha vai para cidade pequena e tem o mocinho e toda uma vizinhança divertida e tal. Deixa tudo mais legal e a gente ficar querendo ir de um episódio para o outro. Mas atenção! Como são só 10, vai aos poucos para não sentir saudade como a pequena que vos bloga hahaha.

Quanto aos personagens… Amei o Jack e ele me lembrou o Luke, de GG. Porém, com mais dramas hahaha. É um homão da p**** e de arrancar suspiros! Algumas atitudes não foram legais, mas outras fizeram com que o mesmo virasse meu novo crush de séries hahaha. Sobre a Mel: ela é bem Girl Power.. Dona de si, mas tem cicatrizes, que tenta superar no seu tempo. Às vezes dá uma escapulida, mas é uma personagem bem inspiração. E espero que ela não me decepcione.

Dr. Doc é um dos melhores personagens, mesmo rabugento. Aliás, o ator era de Hart Of Dixie e eu não tenho nem palavras! Ele é divertido e tem os melhores conselhos. Hope também é uma das minhas favoritas. Ela é engraçada, teimosa e adora se meter na vida alheia. Mas juro que as intenções são as melhores! E destaque para a irmã da Mel, que lembrou muito a minha mais nova.

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

No mais, têm alguns sustos e situações que deixam a gente de queixo caído. E tem muito romance, daquele que a gente shippa mesmo! E aqueles dramas que acontecem muito nessas histórias e na vida real também. Do tipo: quando tudo parece se ajeitar, vem o destino e mostra que não é bem assim que a banda toca hahaha.

Ah! No decorrer de cada episódio, a gente tira lições. Como falar sobre os nossos sentimentos, saber que felicidade é uma questão de perspectiva e tal. Então, fiquem de olho nesse detalhe! E, sim, vai ter 2ª temporada (pelo que eu pesquisei, em setembro, mas não tenho certeza) e ainda bem, Netflix. Porque se não tivesse, ia dar raivinha hahaha.

Falando nisso, a 1ª temporada terminou bem, porém, se acabasse ali, muita dúvida ficaria no ar, mesmo eles esclarecendo alguns pontos, como o que aconteceu com o marido da Mel. Aliás, to louca para saber mais detalhes sobre isso e qual caminho a nossa protagonista vai seguir. Além disso, como vai ser a surpresa que aguarda o Jack, o que tem por trás da história do Brady, da Paige e essas coisas!

Crédito da Imagem: Adoro Cinema

Por fim, amei algumas músicas que apareceram na série. Inclusive, tem uma playlist lá no Spotify. E, por favor, alguém cria um restaurante como o “Arthur’s“? Quero um jantar romântico lá também hahaha. E adoraria morar em uma casa na montanha, ter um bar do Jack… E se você quer saber da onde surgiu essa história e é ansiosa, tem uma série de livros! Para saber, só clicar aqui. ♥

***

É isso, pessoal. Mega recomendo, principalmente, se você ama um drama romântico levinho! No mais, podem opinar à vontade. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Para assistir – This is us
Fan Page ♥ Instagram  


6
15.11.2019
* Para assistir: Deixe a neve cair! ♥

Ei, Gente! Fim de ano remete a filmes natalinos, né? Essa semana, durante uma tempestade, assisti “Deixe a neve cair“, que foi inspirado em um livro. Não é o melhor filme da vida, mas acho que vale a pena incluir na lisa de histórias cinematográficas de Natal. Então, vamos lá? Boa sessão! 

4808979.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Para começar, aquele resuminho: uma nevasca atinge Gracetown, em plena véspera de Natal e a transforma em um inusitado refúgio romântico. Tem trem parado, uma corrida com amigos, perda do namorado ideal, entre outras histórias. Que a propósito, todas se conectam no final. O que eu achei? Confesso que esperava me apaixonar mais, porém, não deixa de ser um filme fofinho.

Produzido pela Netflix, é inspirado no livro que leva o mesmo nome, inclusive um dos autores é o John Green. Os dilemas são bem adolescentes e é quase impossível não lembrar dessa época. Como amores não correspondidos, términos, surpresas, descobertas! A minha história favorita é da Julie e do Stuart. E se eu não me engano, foi a mesma que gostei no livro! Aliás, li há séculos, então, muita coisa eu não lembrava (na época, ainda nem fazia resenha para o blog hahaha). Porém, acredito que eles tenham alterado algumas partes para ficar mais de acordo com o momento em que estamos vivendo, digamos assim. Destaque também para a história do Tobie e da Angie e da Dorrie e da Kerry.

Let It Snow

Let It Snow

Let It SnowCrédito das Imagens: Adoro Cinema

Assim como no livro, me fez desejar ainda mais o Natal e nossa: como eu queria que nevasse em pleno Rio de Janeiro hahaha! O final é bem clichê e eu adoro como as histórias se conectam, mesmo não dando indício algum. No mais, queria uma trilha sonora mais marcante! Enfim, não espere muito do filme, mas vá de coração aberto! É ótimo para passar o tempo e entrar no clima natalino. ;-)

Já assistiu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo:  Top 5 – John Green

Fan Page ♥ Instagram     


0
28.06.2019
* Para assistir: Mistério no mediterrâneo! ♥

Ei, Gente! Hoje tem mais uma dica de filme. Mas dessa vez, você não precisa ir ao cine! Mistério no mediterrâneo é da Netflix e está disponível no catálogo deles. Enfim, vamos lá? Pega a pipoca, o guaraná, que a sessão já vai começar!

4216544.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Para começar, aquele clássico resuminho do que se trata a história: Nick é um policial que deseja se tornar detetive. Porém, nunca passa na prova para o cargo! Envergonhado, ele diz para sua esposa que trabalha na função mesmo assim. Um dia é cobrado por Audrey, a esposa, uma viagem para Europa, que ele prometeu há 15 anos. Pressionado, ele diz que já havia arrumado tudo e os dois partem para uma viagem estilo “lua de mel”, mas o destino no meio do caminho é alterado. Acontece, que no avião, Audrey conhece um milionário que os convida para um tour em Mônaco a bordo do navio de seu tio. Óbvio, que o casal aceita, mas se surpreende, pois acabaram se envolvendo em uma investigação de um assassinato em pleno alto-mar!

O que eu achei? É aquela comédia para assistir em pleno domingo, que rende ótimas risadas e deixa o nosso dia mais feliz!  A escolha dos atores, Adam Sendler e Jennifer Aniston, ajuda muito. Mas o filme é divertido, leve por si só. É uma mistura de “Assassinato no Expresso Oriente” (mas com veia cômica) com “A noite do jogo” (que já tem uma pegada mais engraçadinha). O enredo parece aquele clichê que a gente já conhece bem de filmes hollywoodianos, mas juro que vale a pena. Claro, que nem tudo são flores. Acho que o mistério poderia ser mais bem bolado e, no final, a gente fica achando um monte de coisa que acaba sendo fruto só da nossa imaginação mesmo!

Ah! Destaque para o companheirismo do casal protagonista! Em uma cena, que ela poderia ficar com muita raiva, deu uma baita lição na gente. Mas eu sou suspeita, afinal, eu tiro lição até em comercial de margarina hahaha! Enfim, é perfeito para assistir com o boy, os amigos, a família ou na sua própria companhia! Não vá esperando aquele filme mega ultra blaster diferentão, em contrapartida, vá sabendo que, no mínimo, você vai dar boas e saudáveis gargalhadas! Eu ri muito e, com certeza, se alguém tiver vendo, eu assisto de novo! E prestem atenção no final. Dá vontade de pedir para a produção um “Mistério no Mediterrâneo 2”!

5897049.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxCrédito das imagens: Adoro Cinema 

É isso, gente. Bom fim de semana e boa sessão, viu? E quem já assistiu, pode opinar à vontade! :)

Beijos, Carol. 

Post Antigo: Para assistir – A noite do jogo!

Fan Page ♥ Instagram  


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020