05.12.2018
* #NatalComArqueiro: 5 livros para presentear na noite feliz! ♥

Ei, Gente! :) Para entrar no clima natalino, a Arqueiro (parceiro do blog) convidou os bloggers parceiros para prepararem uma listinha de sugestões de livros de presente para esse Natal. Separei quatro histórias que embarquei durante 2018, que eu acho que vale a pena presentear alguém especial na noite feliz. E, como não sou boba, nem nada, tem um livro que é super bem-vindo na minha estante de próximas leituras hahaha. Vamos lá? Bom post! 

Natal com Arqueiro - PJCrédito das Imagens: Arqueiro 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Mais lindo que a lua (Julia Quinn) 
Sinopse: Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim. Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixava sem fôlego. E ela também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas não pensa em dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu a lua e depois despedaçou suas esperanças! Então, Robert lhe oferece um emprego a filha do vigário: ser sua amante, mas claro que ela não aceita. Porém, ele promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer! A pergunta que fica no ar: será que depois de tantas mágoas, os dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas? Tchan Tchan…
Observação da Pequena: É da diva, né? E sério, depois dessa história, nunca mais olhei a lua do mesmo jeito. Quem quiser ler a resenha, é só clicar aqui. Para comprar o livro, clique aqui.

2. Sonhos em flor (Estelle Laure) 
Sinopse: Eden Jones tem 17 anos e o futuro todo planejado. Com o apoio dos pais amorosos, do irmão gêmeo e da melhor amiga Lucille, sonha em estudar em Nova York e se tornar uma grande bailarina. Mas  o destino tem outros planos e seu mundinho “perfeito” começa a desmoronar. Primeiro, o teste que fez para um balé importante não é nada daquilo que imaginou. Pelo contrário! Depois, perde o seu chão, quando descobre que Lucille e seu irmão estão namorando e ninguém conta para ela. Por fim, sofre um acidente, que a deixa em coma. Depois dessa experiência de quase morte, nossa protagonista, volta ao “normal” e depois de um tempinho recebe alta. Porém, voltar à rotina não é tão fácil quanto parece. Além de ter algumas restrições físicas e alimentares, Eden tem alucinações com flores negras e uma garota em coma na mesma ala do hospital, onde esteve internada. E como se não fosse o bastante, se apaixona por Joe, que tem uma ligação com a personagem que ela anda tendo “visões”. Então, inúmeras dúvidas surgem e nessa árdua caminhada, ela começa a entender que não ter o controle das coisas pode ser libertador. ;-)
Observação da Pequena: Um dos livros que mais curti esse ano. Pé no chão, mas sem dar aquela floreada necessária! Quem quiser ler a resenha, é só clicar aqui. Para comprar o livro, clique aqui.

3. A luz que perdermos (Jill Santopolo) 
Sinopse:  Na manhã do dia 11 de setembro de 2001, Lucy e Gabe se conhecem na faculdade. Isso! No mesmo instante, que dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Quando notam que Nova York inteira arde em chamas, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo. Principalmente, Gabe. Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York. Treze anos se passaram e muita coisa mudou, inclusive, ambos conheceram novas pessoas, como ela que conheceu Darren. Mas o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejos, ciúmes, traições e, claro: amor. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro. Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados?
Observação da Pequena: Aquele livro que deixa no coração apertadinho, mas repleto de lições valiosas! Quem quiser ler a resenha, é só clicar aqui. Para comprar o livro, clique aqui.

4. Um beijo à meia-noite (Eloisa James) 
Sinopse: Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível e irritante. A atração entre eles é imediata, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo.
Observação da Pequena: Aquele conto de fadas com uma pegada mais adulta, mas sem perder a magia da história original. Quem quiser ler a resenha, é só clicar aqui. Para comprar o livro, clique aqui.

5. Almas Gêmeas (Nicholas Sparks) 
Sinopse: Hope Anderson namora o mesmo homem há seis anos, sem perspectiva de casamento. Quando seu pai é diagnosticado com ELA, Hope resolve passar uma semana na casa de praia da família, na Carolina do Norte, para pensar nas difíceis decisões que precisa tomar em relação ao próprio futuro. Tru Walls, nunca esteve nos Estados Unidos, até receber uma carta de um homem que diz ser seu pai biológico, convidando-o a encontrá-lo numa casa de praia na Carolina do Norte. Intrigado ele aceita e faz a viagem. Quando os dois estranhos se cruzam na praia, nasce entre eles uma ligação imediata.
Observação da Pequena: Só falo uma coisa: cruzando os dedos para ganhar esse livro, leu namorado? ;-) Para comprar o livro, clique aqui.

***

É isso, pessoal. :) Aproveitando o gancho, que tal participar do #DesafioDasLivrarias promovido pela editora Arqueiro também? Funciona assim: vá a uma livraria, compre um livro, poste nas redes sociais e desafie, ao menos, três amigos para terem a mesma atitude. É uma forma de incentivar a leitura e mudar o cenário das nossas livrarias! Em breve, vou desafiar algumas pessoas lá no meu insta. E vocês? ;-)

E quem já leu algum livro da listinha que citei no post de hoje, me conta o que achou. Nem sempre a leitura vai ter o mesmo significado, mas que vai ensinar algo, isso eu tenho certeza. Todos os livros fazem isso!   

Beijos, Carol.

Para ler: Encontro Livreiros

Fan Page ♥ Instagram  


2
08.12.2017
* Wishlist Literária: Natalina! ♥

Ei, Gente! :) Só para avisar que já estou aceitando livros de Natal, amigo secreto e por aí vai. Eu sei que não cabe mais livros na minha pilha de próximas histórias, mas que culpa eu tenho? É um vício e me julguem hahaha. Brincadeirinha, mas a quem interessar possa (leia-se mãe e irmã): segue a minha wishlist literária natalina. Vamos lá? Bom post! 

Wishlist Literária - NatalCrédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. O Clube de Escrita de Jane Austen (Rebecca Smith – Editora Bertrand Brasil) 
Sinopse: Um guia charmoso e informativo sobre como escrever como Jane Austen, escrito pela sobrinha-neta de quinto grau da famosa escritora. Rebecca Smith analisa vários aspectos da escrita de ficção como enredo, caracterização de personagens, diálogos, cenários e técnicas de escrita, dividindo também com os leitores os conselhos que Jane Austen escreveu em cartas a seu sobrinho e sobrinhas aspirantes a romancistas. Repleto de exercícios úteis e citações esclarecedoras, este livro ensinará métodos, dicas e truques, usando como exemplos a obra de Austen.
Observação da Pequena: Vai ser muito útil na minha vidinha!

2. Caligrafia para relaxar (Amy Latta – Editora Sextante) 
Sinopse: Uma introdução simples e divertida à arte da caligrafia.Unindo técnicas de escrita à mão com textos inspiradores sobre a necessidade de desacelerar e de aceitar a vida como ela é, este livro é uma ótima maneira de cultivar a calma, promover a alegria e celebrar a beleza. À primeira vista, dominar a arte da caligrafia pode parecer difícil, mas você vai se surpreender ao ver como é simples criar lindos projetos.
Observação da Pequena: Só a capa já me conquistou e acho que vai me ajudar a riscar uma meta especial para o próximo ano!

3. 30 Jours à Paris (Carol Pio Pedro – Editora Letramento) 
Sinopse: O que incluir em um roteiro de viagem a Paris além dos pontos turísticos mais famosos e visitados? Nesse livro, a autora apresenta diversas opções de lugares que vão das esquinas retratadas nos cinemas à esquinas e recônditos da Cidade Luz. O livro se constitui em um compilado de informações na mesma vertente de seu blog intitulado 30 Jours à Paris, onde a autora vem compartilhando suas descobertas e interesses sobre a capital francesa desde 2015, em suas duas visitas anuais que visam explorar todos os cantos da cidade e enxergar a beleza nas diferentes formas que ela se apresenta, indo muito além dos cartões postais, circuitos turísticos, museus, pontes e igrejas.
Observação da Pequena: Preciso desse livro por motivos de Paris. Óbvio!

4. Turma da Mônica Jovem – Uma viagem inesperada (Várias autoras brasileiras – Editora Nemo) 
Sinopse: As personagens da Turma da Mônica Jovem estão reunidas, pela primeira vez, em um livro de contos. Mônica, Magali, Denise e Marina embarcam em aventuras inéditas, cada uma com um destino especial. Mônica parte rumo à Coreia do Sul, em um tour inesquecível, repleta de k-pop, cores e aventuras. Magali tem seus planos virados de cabeça para baixo e acaba em Paraty, onde gastronomia e novas amizades se misturam. Marina desenvolve um novo lado artístico em Londres – com direito a chá, saudades, encontros e desencontros. E Denise, por ter se metido numa encrenca, é mandada de castigo para um acampamento na Serra Catarinense. Prepare as suas malas e acompanhe as garotas em viagens pelo Brasil e pelo mundo, com romances, confusões e aventuras!
Observação da Pequena: Já falei mil vezes que estou louca para ler esse livro e lembrar da minha infância, né? Então, fica a dica, mãe e irmã!

5. Uma história entre nós (Isa G. – Editora Benvir) 
Sinopse: Duas pessoas se encontram por acaso. Ela, intensa, sentimental, profunda. Ele, racional, calado, temeroso. E então tem início uma história. Mas o passado muitas vezes assombra o presente, e nem sempre as coisas acontecem como queremos… Em “Uma história entre nós”, a autora constrói uma delicada e autêntica narrativa, usando o mesmo estilo de frases que a consagrou nas redes sociais.
Observação da Pequena: Do Instagram (@amargoemeio) direto para o mundo literário. Adoro o trabalho da Isa, mas não encontro de forma alguma esse livro. Se alguém souber, me avisa!

6. Lady Whistledown Contra-Ataca (Julia Quinn e outras autoras – Editora Arqueiro) 
Sinopse: Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, “Lady Whistledown contra-ataca” contém quatro curtas histórias sobre um roubo de uma pulseira milionária. Os contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. Então: quem roubou o bracelete de lady Neeley? O caça-dotes, o apostador, a criada ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Observação da Pequena: Só de ter a Julia Quinn, já vale. :)

***

Prontinho, gente. Quem já leu algum desses, me conta o que achou, se devo substituir por outro e tal. E também conta quem está na sua whislist literária natalina!

Beijos, Carol.

PJ Todos os Dias – Entrevista Daiana Garbin

Fan Page ♥ Instagram  


0
22.12.2016
* Um Natal dramático – Projeto Drama Queen #105! ♥

Se você acha que o Natal é uma época drama free, está completamente enganado. É um dos períodos do ano com mais dramas! Mas não se preocupe, com um pouco de jogo de cintura e de bom humor, você consegue sobreviver (pelo menos até o próximo Natal).

Já teve um Natal (ou pré-Natal) dramático? A gente já! Por isso resolvemos contar para vocês a nossa experiência:

pdq-um-natal-dramatico-2016

Teca Machado

Os pais do Caio, meu marido, são separados há anos, desde quando ele era criança. Apesar de ele ter se mudado para Brasília há muito tempo (e eu fui quando me casei), todas suas festas de Natal e Ano Novo foram em Cuiabá, porque mesmo com a mãe morando no Distrito Federal, sua família toda está em Mato Grosso, assim como a minha e o pai dele.

Desde que começamos a namorar, dividimos a noite da ceia de Natal em duas: metade na casa dos meus pais e metade dos avós dele por parte de mãe. Seu pai sempre ficou de fora dessa divisão porque nunca passava em Cuiabá. Até que num dos anos ele resolveu ficar por aqui e tivemos que ir no jantar dele também.

Então, para não ter drama em nenhuma família, pegamos a noite do dia 24 para 25 de dezembro e separamos em três blocos de duas horas: uma para cada família. De 20h às 22h na casa dos meus pais, de 22h às 0h na casa dos avós dele e de 0h às 2h da manhã na casa do pai.

Comemos jantar e sobremesa três vezes, passamos um tempão no carro indo de um lugar para o outro e ficamos preocupados com a hora o tempo todo. E o pior é que em todas as casas reclamaram que ficamos pouco. Quando chegamos na casa do pai dele, já estávamos mortos de cansaço, nem querendo muito interagir com as pessoas.

O lado bom de tudo isso? Ganhamos presentes três vezes!

***

Carol Daixum

O meu drama maior nessa época é: arrumar a árvore! É uma tradição tão legal, mas que poucos aderem aqui em casa. Acho que por pura preguiça. Que, cá entre nós, dá mesmo, mas é tão legal, que vale. Só que é uma saga aqui em casa. Primeiro a pergunta que não quer calar “onde estão as coisas”? Ai procura daqui, procura dali. Achamos! \o/ Só que não para por aí…

Minha mãe me enrola muito para arrumar. De verdade, acho que ela tem algum trauma de infância e não quer compartilhar. Sempre escuto “amanhã a gente monta, ok?”. Daí, quando eu percebo, faltam 5 dias para o Natal. Ai tento ajeitar a coroa, mando indiretinha no Facebook ou cara a cara, mas nada funciona. Ai estou quietinha na vida, conformada que esse ano vai sem árvore mesmo… O que acontece? Ela vem com a minha irmã e fala “vamos arrumar hoje à noite?”. Fico feliz, corro para comprar lâmpada (pisca-pisca), enfeites novos, enfrento fila quilométrica para pagar, mas tudo bem. É para um bem maior! :)

Chego em casa, animada, ansiosa e, eis que de repente, ouço “amanhã de manhã, sem falta”. Ai não tem coroa que aguente firme na minha cabeça não, gente! Meu lado drama queen ressurge e fico mal. Mas assim MAL MESMO! Onde vamos deixar os presentes? E o que o bom velhinho vai pensar da gente? Mas fiz a minha parte! Tenho plena consciência. Aí para não colocar a culpa só nelas, tento ver pelo lado positivo: vai que a Jeannie, minha cachorrinha, derruba a árvore? Tanto drama para nada? Só que lá no fundinho ainda tenho esperança. São 10h54 e nada até agora. Mas o “de manhã” é até 12h, né? #miniesperança

P.S: Esse drama é totalmente verdadeiro, mas só queria dizer que deu certo. A árvore foi montada hoje, antes das 12h. \o/ Obrigada, irmã!!! Mãe, te perdoo se rolar aquele vale de livros sem limite. Beijo, te amo! =D

***

Vale lembrar que o PDQ é uma parceria entre os blogs Casos, Acasos e Livros e Pequena Jornalista. Toda quinta, um texto dramático com uma dose extra de exagero. :)

Beijos e feliz Natal (adiantado),
Carol e Teca.

Fan Page ♥  Instagram


4
16.12.2016
* Post-ajuda Natalino: para uma noite ainda mais feliz! ♥

Ei, gente! :) Daqui a alguns dias vamos receber o bom velhinho em casa. Animadas? Eu, muito! Não é o principal, mas um presentinho sempre é bem-vindo também. Não importa o valor, só de lembrar, já vale muito. Então, para ajudar um pouco, selecionei algumas sugestões de presentes para todos. Espero que ajude de alguma forma. Nem que seja apenas uma inspiração. Bom post!

Para começar: amo esse kits que quase todas as marcas preparam nessa época do ano. Principalmente com produtinhos de beleza, que amamos! Ah! Não coloquei o preço, mas tem o site de cada marca. Mas pelo que eu vi têm opções para todos os bolsos. ;-)

natal-21. Kit Clinique (máscaras de cílio Chubby + lápis stick black + Pep Start Eye Cream Mini) / 2. Kit M.A.C (Pincéis) / 3. Kit Let It Shine (Batom líquido matte + Pigmento HD Glittery Finish + Lápis Let It Shine + Apontador Duplo)  / 4. Caixa Ritual Paz & Amor The Body Shop (dois sabonetes) / 5. Almond Foot Lotion LCN (loção de cuidado para os pés e pernas com óleo de amêndoa)  / 6. Kit Jo Malone London (5 mini velas Christmas)  / 7.  Kit Trio Perfumado Boas festas L’Occitane en Provence (Bálsamo, creme para as mãos e sabonete) 

Presentear alguém com fofurices e itens diferentes também é sempre bacana. Separei algumas! Ah! Também tem item para o público masculino nessa montagem. ;-) Destaque para esse caderno de histórias de viagem!!! Amei tanto que nem cabe hahaha.

natal-11. Capinha de Celular de Rena (Go Case) / 2. Caderno de histórias de viagem (Imaginarium) / 3. Camisa Branca Masculina (Iódice) / 4. Colar Fofo (Antix) /
5. Vaso Classic Olive (Le Lis Blanc Casa) / 6. Conjunto Caneca Amasso (Oppa)  / 7. Pingente Bondinho Santa Teresa (Monte Carlo)

Também separei uns itens para aproveitar o verão, mesmo não sendo a mais fã dessa estação. ;p Ah! Esses maiôs com dizeres estão super em alta e mega aceito, ok mãe? Tem que incentivar a filhinha a nadar hahaha.

natal-4
1. Maiô Dzarm / 2. Biquíni PatBo / 3. Sunga Richards / 4. Regata Snoopy Riachuelo /
5. Regata Cacto Riachuelo / 6. Boxer Richards / 7. Short Praia Abacaxi Richards

Agora, mais algumas fofurices para dar um toque a mais nos próximos 365 dias. ;-)

natal-3
1. Blusa (Dzarm) / 2. Alpargata Flamingo (Anacapri) / 3. Nécessaire Gatinho (Santa Lolla para Zattini) / 4. Pingente Máquina Fotográfica /
5. Bolsa Térmica (Kipling) / 6. Chinelo (Colcci para Zattini) / 7. Bolsa Coração (Lacoste para Zattini)

Por fim, uma frescurinha fofa, mas mega útil (eu acho haha). Como não amar esse urso home spray? A cabeça é a tampa e o corpo é o frasco de perfume. Fofo, né??

unnamedHome Spray (Nana Blanco

É isso, gente. Como disse, espero que ajude de alguma forma. Vale lembrar que a época mais mágica do ano é muito mais do que presentes. Por exemplo, agradecer o nascimento de Jesus Cristo, ficar junto com a família rindo das piadas, das histórias. Sem falar das comidinhas maras. Mas presentear aqueles que amamos também dá uma felicidade extra, né? 

Ah! Sobre o pingente da máquina fotográfica: recebi muitos e-mails com sugestões de presentes (oba \o/) e essa sugestão eu salvei, mas não acho de qual marca é. Mas prometo que vou tentar descobrir e atualizo o post. ;-)

Bom fim de semana!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram

Crédito das imagens: Divulgação / Assessoria de Imprensa
Crédito das montagens: Pequena Jornalista


10
08.12.2016
* Top 5: já estou disponível para receber livros de presente de Natal! ♥

Final do ano pede uma wishlist literária de Natal, né? Para o post do dia, separei cinco livros que estou louca para ler. Assim, uma indiretinha mega do bem, viu mãe? hahaha ;-) Enfim, vamos lá? Bom post!

top-5-wish-list-literaria-pjCrédito da Montagem: Pequena Jornalista 
Crédito das Imagens: Saraiva

1. Falando o mais rápido que posso 
Autora: Lauren Graham
Editora: Record

Sinopse: Lauren Graham, a eterna Lorelai Gilmore, conta como foi voltar a interpretar uma das personagens mais queridas da TV e revela algumas experiências que teve ao longo de sua carreira que farão você morrer de rir. Em Falando o mais rápido que posso, a intérprete da eloquente e amada Lorelai Gilmore faz uma retrospectiva da sua vida e compartilha histórias engraçadíssimas sobre amadurecimento, o início de sua carreira de atriz e, anos depois, como é sentar em seu trailer no set de Parenthood e se perguntar “Será que eu, hmmm, cheguei lá?”. Ela também fala abertamente sobre os desafios e as cobranças de ser uma mulher solteira em Hollywood e conta histórias divertidíssimas, como, por exemplo, a vez em que pediram a ela que fizesse um teste para um papel com a própria bunda. Finalmente, Laura encara uma épica maratona de Gilmore Girls e relembra como foi gravar cada ano da série original e o que significou para ela voltar a interpretar, nove anos depois, uma de suas personagens preferidas. Além de trazer fotos e trechos do diário que Lauren manteve durante as gravações do reboot Gilmore Girls: um ano para recordar, este livro é como uma noite agradável em casa batendo papo com sua melhor amiga, rindo, contando muitas histórias e — é claro — falando o mais rápido que você puder.

Comentário: Nem preciso falar nada, né? Acho que é o quarto post que falo sobre esse livro! Desculpa, gente! Da próxima vez, prometo que o post será a resenha, ok? ;-)

2. Quase um romance
Autora:
Megan Maxwell
Editora: Suma de letras

Sinopse: Desde a perda dos pais e o fim de um relacionamento complicado, Rebecca tem levado uma vida solitária. No entanto, quando esbarra em Pizza – uma cachorrinha abandonada que parece precisar tanto de afeto quanto ela –, a jovem pressente que sua vida está prestes a mudar. Paul Stone é campeão de Moto GP, e pai de Lorena, uma menina encantadora que ele cria sozinho. Administrar a carreira e a família não é um trabalho fácil, ainda mais quando as mulheres em seu redor parecem interessadas apenas no piloto famoso, e não no homem real. Quando os dois se esbarram – com uma ajudinha de Pizza e Lorena –, Paul tem certeza de que encontrou o que vinha procurando há muito tempo. Já Rebecca não está assim tão disposta a abrir espaço em sua vida para uma nova relação, mas como resistir à amizade, aos sorrisos e aos olhares de Paul?

Comentário: Tem cachorrinho no meio, né gente? Impossível não amar! 

3. Antes de Partir
Autora: Collen Oakley
Editora:
 Bertrand Brasil

Sinopse: Um romance emocionante sobre vida, morte e amor feito tanto para os leitores que gostam de rir quanto para os que preferem chorar. Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

Comentário: Acho que vou chorar litros e mais litros, porém vou aprender tanto, que acho que vai valer a pena! ;-)

4. Depois daquela montanha
Autor: Charles Martin
Editora: Arqueiro

Sinopse: O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo. Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada. Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Comentário: Será que meu coraçãozinho vai aguentar? 

5. Mas você vai sozinha?
Autora:
Gaía Passarelli
Editora: Globo Livros

Sinopse: Mulheres que viajam sozinhas com certeza já ouviram essa pergunta. Seja em outro continente ou na cidade vizinha, é sempre um ato de coragem decidir conhecer um lugar por conta própria. Neste livro, Gaía Passarelli fala com sinceridade e bom-humor sobre suas aventuras sozinha pelo mundo. Ela não vai te dizer pra largar tudo e sair por aí, nem te dar dicas de como ser cool em Nova York. Estas são histórias sobre ser consolada por um xamã andino, molhar os pés nas águas do mar do extremo sul da Índia e dormir debaixo de uma mesa de bar no Texas. É sobre viajar e voltar pra casa. Acima de tudo, este é um livro que fala sobre ser mulher e, ao mesmo tempo, ser livre pra viajar por aí sem companhia, sem medo e sem preconceito.

Comentário: Só para lembrar que rolou uma entrevista com a autora aqui nesse post. ;-)

***

Claro que a minha listinha vai além, mas o post ficaria giga. Ah! Se alguém já leu algum desses, conta nos comentários! E contem também quais são os livros que estão na listinha natalina de vocês. ;-)

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


2
12

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018