05.12.2019
* Para assistir: Uma segunda chance para amar! ♥

Ei, Dezembro. Ei, Gente! :) Desculpa o sumiço, mas é que algumas semanas são bem corridas e quando eu vejo não tive tempo de atualizar blog. Mas vamos que vamos que tem um post bem natalino para hoje! Para entrar no clima desse mês mágico, separei uma dica de filme bem amor: Uma segunda chance para amar, com a Emilia Clarke e Henry Golding. Então, prepara a pipoca, que a sessão já vai começar! 

3279825.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Para começar, aquele clássico resuminho: Kate é uma jovem inglesa que tem uma vida para lá de bagunçada! Ela trabalha em uma loja de Natal e seu uniforme é de elfo. Até que um dia conhece Tom, um rapaz sem celular e que consegue enxergar a vida e ela de um jeito que vai além das barreiras. E o que parecia impossível se torna aquela realidade de tirar o fôlego (de uma maneira boa)! 

No comecinho, achei o filme bem sem nexo! É que a minha expectativa estava lá em cima. Mas aí algo me disse: continua assistindo, que você vai se surpreender! E foi exatamente assim. Kate é uma personagem divertida e bem doidinha, mas a medida que a gente vai conhecendo a sua trajetória, entende algumas atitudes.  E é tão legal “acompanhar” o crescimento dela. Quanto ao Tom é o típico príncipe encantado e as historias dos dois tem mais conexão do que a gente imagina!

Last Christmas

As cenas fazem a gente rir muito e trazem diversos aprendizados. Por exemplo: olhar sempre para cima, que a propósito é uma atitude bem característica do nosso protagonista Tom (estou apaixonada por ele, gente hahaha)! E uma outra pessoa que chamou bastante atenção é a Santa. É a chefe mais fofa da vida e a sua história paralela é tão bonitinha, que faz a gente suspirar como tivesse 15 anos! Amei o pessoal do abrigo e como eles ensinaram tanto valor para a Kate. E a cena dela cantando para arrecadar dinheiro é uma das mais divertidas! A família da Kate tem os seus poréns e o final é como manda o figurino, mas de uma forma ainda melhor. Destaque para o pai dela! :)

No mais, o filme não é exatamente o que eu esperava. Interpretei o título de uma outra maneira, mas no fim a gente percebe que faz total sentido. Se você é uma chorona, prepare-se para chorar muito. A gente já começa a sacar o que está acontecendo, mas quando pensa que nada mais vai acontecer: vem uma cena marcante e você fica boquiaberta! É uma história cheia de mensagens nas entrelinhas e perfeita para o clima de dezembro. É quase impossível não entrar na magia do Natal e da vida. E as músicas? George Michael é o meu mais novo ídolo hahaha!

Last Christmas

Last ChristmasCrédito das imagens: Adoro Cinema

Eu amei muito e é um dos filmes natalinos mais lindos que já vi. Super vale a pena, gente! É apaixonante e aquece o nosso coração. Os atores são incríveis e fiquei torcendo para que tenha uma continuação, mas se não tiver, vou ficar feliz do mesmo jeito! A história fechou do jeito que tinha de fechar. E sem querer dar spoiler, reparem na frase do coração. É um impacto que traz uma mensagem tão linda, que só de pensar me dá vontade de chorar de novo! Ou seja: só vejam e me contem depois. 

É isso, pessoal. Podem opinar à vontade. :)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Natal com Arqueiro

Fan Page ♥ Instagram  


0
12.11.2019
* PJ News – Novembro: Já é Natal e tem Black Friday! ♥

Com um pouquinho de delay, mas está no ar o PJ News de novembro Sim, já está aberta a temporada de doces e filmes de Natal, tem fofurice para a Black Friday, entre outras coisas. Então, vamos estourar o limite do cartão de crédito juntas? Hahaha brincadeirinha. ;-) Bom post!!

IMG_2979Crédito das Imagens: Adoro Cinema, Instagram Editora Sextante, Instagram Aff The Hype, Instagram Bee Mine e Instagram Rafaellart Doces
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Para começar, tem comédia romântica natalina: Uma segunda chance para amar, com Emilia Clarke, que conta a história de Kate, uma jovem inglesa que tem uma vida para lá de bagunçada. Todo Natal, a mesma trabalha como elfo em uma loja temática e quando conhece Tom, tudo o que parecia impossível se torna realidade e faz com que as barreiras que a própria construiu sejam derrubadas. Estreia final de novembro e eu estou contando os dias! E vocês? ;-)  E como de praxe, também tem livro novo: Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas, da Ruth Manus, publicado pela Sextante. Li o primeiro dela e amei! E esse, que conta sobre algumas inquietações do público feminino em pleno século XXI, acho que vou amar também.

E quem aqui ama t-shirts engraçadinhas? \o Amei essa nova coleção da loja Aff The Hype para vestir. São blusas unissex com toque irônico e bem divertido, tipo essa “I love my job”, entre outras. Na verdade, a coleção está na pré-venda e lança mesmo em dezembro, então, fica a dica! ;-) Ah! Novembro remete à Black Friday, né? Para a data, a Jess, da Bee Mine, vai colocar no site no dia 29 de novembro, o primeiro produto da loja online que eu amo: esse bloco de anotações fofo! Então, fiquem de olho, ok? Por fim, como o Natal já está aí, está aberta a temporada de doces natalinos que amamos, como esse chocotone trufado, da Rafaellart Doces.

***

É isso, pessoal. :) O que vocês desejaram? Podem comentar!
Ah! Antes de terminar esse post, queria dizer que participei do blog lindão: Rainhas da Pechincha. Escrevi um post sobre ansiedade e algumas cicatrizes que ela provocou na minha perna. Espero que gostem! Só clicar aqui para ler. E, obrigada pelo espaço meninas! Foi libertador escrever esse post.

Beijos, Carol.

Post Antigo: Um dia ainda vamos rir de tudo isso

Fan Page ♥ Instagram  


0
21.01.2019
* Diário de Viagem: Very Merry Christmas Party! ♥

Ei, Gente! O ano mudou, mas ainda pode rolar posts sobre a minha viagem para Orlando de 2018 e natalinos, né? ;-) Ano passado, um dos itens do nosso roteiro mega apertado era, finalmente, conhecer o Very Merry Christmas Party. Sim, a festa de Natal do Magic Kingdom! Então, segue um resuminho sobre as minhas impressões, doces lembranças e o que eu faria de diferente.

Mickeys-Very-Merry-Christmas-Party-10Crédito da imagem: Site Passaporte Orlando

Para começar, a minha dica é tirar esse dia da festa, que a propósito custou R$ 450,00, para descansar. Afinal, tudo rola das 16h até 00h. Então, por mais lindo que seja, é meio cansativo. Eu e meu namorado, fizemos um esquema bem doido. A gente foi de manhã para o Animal Kingdom, depois Outlet, hotel e chegamos umas 19h e pouca no Parque. Aliás, ele fecha mais cedo para o público que não vai participar da festa e, se eu não me engano, quem comprou, pode entrar a partir das 16h (mas confirmem sempre essa informação, porque tudo pode mudar).

A gente recebe uma pulseirinha mega fofa (mostro depois no Stories), porém, não tem aquela entrada triunfante de cara para o Castelo, pois tem de entrar por trás. Ai confesso, que rolou uma mini frustração. Mas tudo melhora quando a gente dá de cara com as luzes incríveis do lar doce lar da Cinderela. Os shows são ainda mais maravilhosos do que o de costume. A parada então, nem se fala! Teve até o Detona Ralph, a Vanellope e, claro, a minha”ídola”: Alice (no País das Maravilhas). Quem deseja aproveitar os brinquedos, a minha sugestão é pegar os horários das atrações (shows e tal), para não pegar fila neles. Mas, atenção! Alguns podem dar medo, como o da Casa Mal Assombrada (Haunted Mansion). Só tinha a gente no brinquedo e, por mais bobo que seja, olhar para o carrinho do lado e não ver ninguém, deu um leve medinho hahaha.

Tirar fotos com os personagens é uma boa também. Mas fica de olho nos horários, porque corre o risco de você chegar uns segundinhos depois da hora que algum membro da Disney falou e ser vetado na hora de entrar na fila para ter aquele registro com a Mary Poppins, por exemplo. Porém, é mais um motivo para voltar para esse lugar mágico. ;-) Ah! Também recomendo o Memory Maker, já que as fotos do celular (dependendo do modelo) não ficam boas por conta da escuridão. Por isso, nem postei as do meu aqui. Essa única do (final do) post é uma que eles tiraram por conta desse serviço. É a minha favorita e resume bem esse dia! Mesmo com o moço lá atrás atrapalhando hahaha!

E quanto aos fogos… Não tenho palavras, gente! A Disney sabe conquistar o público nos mínimos detalhes. Estava meio estressada, mas ter a oportunidade de assistir aquilo ao lado dele, foi indescritível. Mais uma vez: valeu muito a pena! Destaque também para os mimos que eles dão durante a festa, como chá, chocolate e etc. Porém, já aviso: dá peninha de comer. Pelo menos, eu tive hahaha! E para deixar tudo mais mágico ainda, sugiro que você vá vestido como manda o figurino. Ou seja, entrar no clima natalino mesmo. Pode apostar, deixa tudo mais divertido. E, assim, os acessórios, camisas e tal da Disney são bem carinhos, então, tente se programar antes para ir com um look bem legal, de outra loja, sem problemas. Como falei, amei ter essa oportunidade, mas isso com certeza eu faria diferente. Outro motivo para a gente voltar, viu, namorado? ;-)

De resto, é cheio, mas não chega a ser insuportável (fui numa segunda, dia 12 de novembro). Em dezembro acho que deve ter mais gente! Por fim, a minha última sugestão é: se programe direitinho! Claro, que nem sempre as coisas saem do jeitinho que imaginamos, mas tudo bem. O importante é tentar e aproveitar mesmo com os contratempos! Então, deem uma olhadinha no site da Disney e vão encaixando as coisas e tal.

MK_CSTLHUB3_20181113_414413978768Eu e o Namô mais natalino! 

É isso, gente! Podem opinar à vontade! :) E qualquer dúvida, podem perguntar.

Beijos, Carol.

Post Antigo: 4 brinquedos que mais amei!

Fan Page ♥ Instagram  


0
26.12.2018
* PJ Leu: Um dia em dezembro! ♥

Ei, Gente! :) Era para essa resenha ter entrado ontem, mas com a correria não consegui postar. Mas como ainda estamos em dezembro e em clima de “boas festas“, segue o “PJ Leu” da semana: Um dia em dezembro, da autora Josie Silver. Ideal para quem ama romance e acredita no destino! Vamos lá? Boa leitura. 

Pj Leu - Um dia em dezembroLivro: Um dia em dezembro| Editora: Bertrand Brasil | Autora: Josie Silver 
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: quatro livros!

Sinopse: É quase véspera de Natal e Laurie não vê a hora de aproveitar o feriado para dar um tempo de sua rotina sem graça. Nada parece estar dando certo, já que não encontrou nem o emprego e o namorado dos sonhos. Perdida em seus devaneios, ela pega um ônibus de dois andares, em Londres, que parece demorar séculos para chegar em casa, que a propósito divide com a sua melhor amiga, a Sarah. Até que em uma parada vê um homem lindo, lendo um livro, e tem certeza de que é o homem da sua vida. Seus olhares se encontram, mas o ônibus resolve seguir viagem… Ela está decidida achá-lo de qualquer maneira, mas depois de tanto procurar com a ajuda de Sarah, acha melhor deixar para lá. Não era para ser… Até que um dia, sua amiga apresenta o novo namorado, que adivinhem: é o cara do ônibus, o Jack! O que vai acontecer com essa situação que o destino resolveu pregar? Só lendo mesmo! ;-)

Minha opinião: Sabe aquela história que você torce para nunca ter de enfrentar na vida? Nem na pele da Laurie. Nem da Sarah e nem mesmo na do Jack! Imaginem a situação? Não gosto nem de pensar na possibilidade. É o tipo de coisa que o destino prega e a culpa é simplesmente de ninguém. Mas a forma como reagirmos é que faz a diferença. Algumas partes eu fiquei meio assim com os personagens, mas a gente não tem como julgar, né? E mesmo não concordando com algumas coisinhas, gostei de como a situação se desenvolveu. Tiveram erros, acertos, brigas e pazes. Tudo na medida certa, com muito bom senso e cuidado. Fiquei tensa com a premissa, mas essa história me deu uma sensação, no final, de que nada acontece por acaso e que tudo tem jeito, mas que o tempo é fundamental. Obrigada Josie, por escrever um livro tenso, mas de forma leve. A capa é linda e o mês de dezembro ganhou ainda mais o meu coração! Quanto ao destino: ele é bem sapequinha, mas depois de embarcar em “Um dia de dezembro”, é quase impossível não acreditar nem que seja um pouquinho nele. Enfim, recomendo a leitura, gente! 

No mais, podem opinar à vontade! :) E, feliz Natal atrasado!

Beijos, Carol.

Para ler: Uma história entre nós

Fan Page ♥ Instagram 


0
22.12.2018
* Wishlist Natalina Literária do ano! ♥

Ei, Gente! :) Essa semana minha irmã me ligou perguntando: cadê a sua listinha literária desse ano? Daí, eu percebi: oba, essa wishlist funciona mesmo hahaha. Então, a pedidos, segue a clássica lista de livros que desejo ganhar de Natal Claro, que a quantidade é bem maior, mas daí o post ia ficar giga, né? Então, aos interessados, bom post hahaha. E espero que ajude de alguma forma a ter noção do que deseja ler nos próximos meses e, claro, ao mercado literário que precisa do nosso help. Então, se cada um comprar um livro para presentear alguém, com certeza será de grande ajuda! ;-)

Wishlist Literária Natalina - PJ - 2018Crédito das imagens: Saraiva e Intrínseca
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. Mais que amigos (Lauren Layne – Editora Paralela) 
Sinopse: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível? Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento. Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver. Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?
Observação da Pequena: A capa me ganhou, mas já li tanta coisa maravilhosa sobre esse livro, que entrou para a minha listinha. E uma comédia romântica a gente nunca dispensa, né?

2. Adulta sim, madura nem sempre (Camila Fremder – Editora Paralela) 
Sinopse: A vida adulta chega de uma hora para outra e nem sempre estamos preparados para ela. E tudo bem. Um dia você é a jovem moderna que ouve música alta e incomoda a vizinha. Num piscar de olhos é você quem está interfonando para o porteiro e reclamando, aos berros, do som da garota que mora no andar de cima. O que aconteceu? Simples: a vida adulta chegou. Quer dizer, não tem nada de simples. A vida adulta costuma chegar de uma hora para outra, sem avisar, sem um curso preparatório, sem nada. Ou pelo menos é assim que a gente se sente. E a consequência disso é muito estranhamento, reflexões e boas risadas. Saem de cena as noites agitadas e os dias sem grandes preocupações, sendo substituídos por fraldas (no caso de quem tem filho), boletos e muita paranoia com a aparência. Com observações perspicazes e bom humor, Camila nos ajuda a entender e aceitar melhor essa transição.
Observação da Pequena: Segunda vez que esse livro aparece por aqui, hein? Dica valiosa de presente hahaha. Brincadeirinha, mas não tem cara de ser mara esse livro?

3. Dando um tempo (Marian Keys – Editora Bertrand Brasil)
Sinopse: 
Conta a história de Amy, que é casada com Hugh. Aparentemente, os dois vivem o que se pode se chamar de “casamento perfeito”. Até que a morte do pai e de um grande amigo desencadeia em Hugh uma intensa crise e isso faz com que ele decida dar um tempo de tudo. Incapaz de fazê-lo mudar de ideia, Amy sabe que muita coisa pode mudar.
Observação da Pequena: Me ganhou pela capa também, mas a história tem cara de ser bem leve e cheia de reviravoltas que a gente ama.

4. Dez argumentos para você deletar agora suas redes sociais (Jaron Lanier – Editora Intrínseca)
Sinopse:
 Hoje as redes sociais são praticamente um segundo documento de identidade e não participar de determinada plataforma muitas vezes é sinônimo de total isolamento. Mas você já pensou como seria se deletasse os seus perfis na rede e levasse uma vida diferente? Jaron Lanier não tem conta em nenhuma rede social e deixa bem claro por quê, diz que evita as redes sociais pela mesma razão que fica longe das drogas. Então, através de dez argumentos poderosos e convincentes, fala o motivo de largar Instagram, Facebook e por aí vai. Segundo o autor, é uma forma de ter redes sociais dignas e aproveitar de verdade o potencial da internet.
Observação da Pequena: Amo Instagram e tal, mas achei a ideia do livro bem interessante. Assim que eu embarcar nesses argumentos, conto para vocês!

5. Aprendizados (Gisele Bündchen – Editora Best Seller)
Sinopse: 
A caminhada de Gisele Bündchen começou no Rio Grande do Sul, numa casa com cinco irmãs, jogando vôlei e resgatando cães e gatos de rua. Nessa época, a carreira dos sonhos de Gisele estava bem longe das passarelas e mais próxima das quadras de vôlei. Mas, aos 14 anos, numa viagem a São Paulo, o destino interveio e colocou um olheiro em seu caminho. Gisele se tornou um ícone, deixando uma marca permanente na indústria da moda. Porém, até hoje, poucas pessoas tiveram a oportunidade de conhecer a verdadeira Gisele, uma mulher cuja vida privada é o oposto de sua imagem pública. Em Aprendizados, ela revela pela primeira vez quem realmente é e quais ensinamentos, em seus 38 anos, a ajudaram a viver uma vida com mais significado.
Observação da Pequena: Já apareceu por aqui também e uma amiga falou tão bem desse livro, que é impossível não querer embarcar nos aprendizados da Gi, né?

6. Como se relacionar bem usando a comunicação não violenta (Thomas D’ansembourg – Editora Sextante)
Sinopse:
Um livro que oferece exemplos reais e ferramentas práticas para se expressar de maneira positiva, respeitando os próprios desejos e evitando a armadilha da agressividade ou da generosidade excessiva. Uma abordagem bem útil na resolução de conflitos entre casais, familiares, amigos e colegas de trabalho, já que encoraja o autoconhecimento e a criação de relacionamentos mais verdadeiros, íntimos e equilibrados. Adotar a “Comunicação Não Violenta” é uma ótima oportunidade para aprender a se expressar com clareza sem se anular para corresponder às expectativas, entre outros benefícios.
Observação da Pequena: Um livro bem útil para esse ano, onde a gente viu que a violência verbal rola solta real quando a gente não tem a mesma opinião. :)

48380723_2212909708761469_7724926864325607424_nCrédito da Imagem: vi que a Arqueiro compartilhou e a arte é da Samanta Flôor 

É isso, pessoal. :) Mais uma vez, espero que ajude de alguma forma e lembrem-se de dar livros nesse Natal, ok?
E quem já leu alguma dessas histórias, me conta!

Beijos, Carol. 

Para ler: Livros de Natal

Fan Page ♥ Instagram   

 


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019