15.08.2016
* Tô amando: Flamingo! ♥

Flamingo invadiu o mundinho da moda, decor e por aí vai há algum tempo, mas confesso que tenho prestado mais atenção nessa espécie pernalta agora. Tô amando, gente! Parei de relacionar só com a Florida, sabem? hahaha. Tudo que encontro, guardo na pastinha de “tô querendo”. Dá um toque totalmente alegre e fofo no look, na casa, fora que é um tema bem divertido para festa. Enfim, está na mesma que a pequena blogueira que vos bloga? Então, esse post é para você. Fiz uma seleção com vários itens lindos! Espero que gostem! 

Flamingo - Pequena Jornalista - 1Quadrinho (Top Quadros) / T-shirt (Chico Rei) / Chinelo (Netshoes) / Case (Go Case) /
Aparador de livros (Tok&Stok) / Saia (Lança Perfume) / Decor Apaixonados (Swarovski
Crédito das Imagens: divulgação / Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Flamingo - Pequena Jornalista - 2T-shirt 1 e 4 (J.Chermann) / T-shirt 3 e 4 (Damyller) / 5, 6 e 7 (Inspirações que achei no Pinterest) 
Crédito das Imagens: divulgação e Pinterest / Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

Itens favoritos: esse aparador de livro, a capinha de celular e a caneca! Mas na real. queria tudo e agora! Espero que os flamingos fiquem por infinitas temporadas. Eles merecem ter o mesmo valor que outros bichos, tipo as corujas. Lembram? ♥ Para terminar, quero saber: desses itens, quais são os favoritos? Ou não ligam muito para flamingo? Podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram

Já está participando do sorteio de 7 anos do blog? Só curtir essa foto no Insta, indicar três amigos e boa sorte! Ah! Tem que morar no Brasil, ok? Para mais detalhes, clique aqui. ;-)


1
29.07.2016
* PJ Leu: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática + Surpresinha! ♥

A dica literária da semana é Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, da autora Thalita Rebouças. O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog e que cedeu o livro), é bem teen, mas que diverte qualquer pessoa, de qualquer idade. Vamos lá? Ah! No final, tem uma surpresinha para vocês, caros leitores! 

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 3

Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para a casa dos avós em Copacabana (RJ), pois com a crise o pai perdeu o emprego e eles tiveram que sair do lindo apartamento na Barra da Tijuca. Resultado? Sua vida virou de cabeça para baixo! Ela perdeu sua privacidade e sua referências. A parte boa foi se livrar do antigo colégio, onde sofria bullying devido ao seu jeitinho peculiar de ser. O problema é que a nossa protagonista está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola e sem conhecer ninguém. Seus maiores medos: de ser excluída novamente, de não fazer amigos e sofrer com tudo isso!

Tetê é uma garota divertida, bem-humorada e que adora cozinhar. Porém, está muito mal. Será? Acontece que uma das características dela é ser (um pouco) dramática! Afinal, no primeiro dia de aula as coisas já parecem um pouco diferentes. Ela já conheceu na prática a palavra amigo! Enfim, com o tempo, ela vai descobrir que sair da zona de conforto e enfrentar seus medos é a única maneira de ser feliz. :)

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 1Livros e Mimos!  

Minha opinião: Sabe aquela personagem que você mega se identifica? Principalmente, no drama hahaha. Adorei a leitura, que flui de um jeito bem divertido e “Thalita” de ser. A história foi bem construída e conseguimos ver nitidamente o crescimento da Tetê ao longo dos capítulos. Todos os personagens dão um toque a mais no livro! Principalmente, o Zeca e o Romildão (psiquiatra dela). O Zeca é um fofo e amigo verdadeiro. Que fala na lata, sem machucar. Mas também temos que dar o crédito a Tetê, ela estava aberta para receber críticas construtivas, sabe? Aliás, isso foi o que mais aprendi com ela (pelo menos na teoria haha). Temos que sair da zona de conforto e prestar atenção mesmo nas críticas, ainda mais vindo de uma pessoa que temos certeza que se preocupa com a gente. Falando em aprendizado, por mais que a leitora aqui esteja na casa dos 30, aprendi muito com a nossa protagonista.

Os capítulos são curtinhos (pontinho extra pelo simples fato de que eu tenho toque e não consigo parar a leitura no meio daquele capítulo giga hahaha) e a autora não deixou nada passar. Tudo foi bem concluído, sabem? Me apaixonei pelo irmãos Dudu e Davi (e sua mania de falar todo certinho). E a “Valentina-língua-ferina” é o tipo de pessoa digna de pena, mas sem ela não teríamos os melhores apelidos inventados pela Tetê hahaha. Fiquei bem curiosa para experimentar as receitas que estão no livro (e até tentar arriscar minha vida na cozinha ;p) e adorei a forma como elas  foram escritas!

Ah! Uma das coisas que mais chamaram a minha atenção na leitura foi a forma como a autora lidou com alguns temas de um jeito leve. Por exemplo, o bullying. Arrasou, Thalita! ;-) Por fim, o título tem tudo a ver com a história e achei a capa fofinha, mas confesso que imaginei a Tetê bem diferente! Ah!! A autora já contou que vai ter um segundo livro, mas contando um pouco sobre o Davi (). E não querendo me meter, queria um livro sobre o Zeca também!!

Mega indico a leitura, pessoal. 

***

Quem ainda não leu, fica a dica! Quem já, pode opinar à vontade (mas sem spoiler ;p)! Mas calma que o post não acabou. No comecinho do ano teve um encontro de livreiros (com blogueiros invasores hahaha) e quem marcou presença foi a Thalita Rebouças. No final, tive a oportunidade de conversar com ela um pouquinho e agora vou contar para vocês!

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 2Thalita Rebouças no encontrinho de livreiros
(e alguns blogueiros intrusos hahaha)
no Rio de Janeiro! 

1. Se tivesse um incêndio em uma biblioteca, quais você salvaria? 
R: Eu salvaria Ensaio sobre a cegueira (José Saramago), Crônica de uma morte anunciada (Gabriel García Márquez) e Travessuras de uma menina má (Mario Vargas Llosa).

2. Quais são suas dicas de ouro para quem, assim como a Tetê, gostaria de virar escritora? 
R: As minhas dicas são: escrever todos os dias. Sem essa de “inspiração”, nem que seja uma linha, um parágrafo. Também temos que ler muito, pois quanto mais a gente lê, melhor a gente escreve. E não desistir! ;-)

3. Uma mania esquisita na hora de escrever?
R: Tenho mania de escrever no chão. Não sei o motivo, mas gosto de colocar o computador em uma mesinha e sento no chão bem duro mesmo hahaha.

***

Foi uma entrevista bem curtinha, mas gostei de conhecer um pouco mais dessa autora, que marcou muito a minha adolescência! Espero que tenham gostado também! Muito obrigada Thalita e a equipe da Arqueiro. :) Ah! Vale lembrar que o Projeto Drama Queen de semana passada foi sobre algumas coisas que a gente pode aprender com a Tetê dramática. Clique aqui para ler!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


2
11.07.2016
* PJ Leu: A história de nós dois! ♥

E a dica literária da semana é: A história de nós dois, da autora Dani Atkins, publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog), que me presenteou com esse livro. Um romance meio (meio não, totalmente haha) drama apaixonante e que você lê com o coração na mão. Boa resenha para vocês! 

A História de Nós Dois - Resenha Literária PJ

Sinopse: Emma tem 27 anos e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada. Porém, o que deveria ser o momento mais feliz da sua vida, do nada vira uma tragédia. Emma sofre um acidente de carro com suas duas melhores amigas e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela estava explodisse. Abalada com toda mudança repentina, ela decide adiar o casamento. Nesse meio-tempo, acaba descobrindo segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara. E, claro, a ponto de duvidar se deve se casar afinal. Mas não para por aí. Para complicar ainda mais a sua vida, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o seu herói que a salvou no dia do acidente, e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou…  Será que isso vai contar? :’) 

Minha opinião: É o tipo de história que a gente sabe que vai acabar com o nosso psicológico, mas vale muito a pena. Um dos comentários que li antes de embarcar nesse livro, foi que eu ia ler com uma das mãos no coração. E realmente li. A gente vive cada partezinha e se imagina na situação da Emma. Algumas coisas, a gente imagina qual será o destino, outras a autora deixa você na dúvida o tempo todo. Faz a sua opinião mudar a cada capítulo. E eu que adoro adivinhar o final dos livros antes da hora, sofri hahaha. Alguns personagens te conquistam na hora. O Jack é incrivelmente lindo, mas não é do tipo perfeitinho não. O Richard é uma boa pessoa, mas tenho minhas dúvidas… As amigas, prefiro não comentar para não dar spoiler. Mas segura a sua raiva aí, cara leitora. ;-) Os pais da Emma são incríveis. Principalmente o pai. Dá uma dorzinha no coração! O final é surpreendente e com um formato bem diferente do que eu estou acostumada. Se você não tiver muito focada, pode se perder. Ai melhor reler!

A história é forte, mas através de uma escrita leve (na medida do possível). Te faz refletir muito! Por exemplo, não é porque a pessoa morre que ela vira santa. Meio duro, mas é verdade. Outra é que o perdão não significa que tudo vai mudar e que você vai esquecer, sabe? Perdoar é uma forma de fazer com que aquilo não te faça mal, porém, esquecer não faz parte do pacote. Você lembra, mas lembra com outros olhos, entendem? E o  principal: nada acontece por acaso! Talvez as coisas poderiam ser menos cruéis, mas tudo tem um motivo. Ah! Destaque para a capa! Entrou na listinha das melhores capas que já vi.

Recomendo, principalmente, se você deseja embarcar em uma história que te ensine.

Beijocas, Carol.

Lembrete de post:
Clique aqui para conferir a última resenha literária. ;-)

Fan Page ♥  Instagram


8
05.07.2016
* PJ News: julho já chegou! ♥

Julho chegou e com ele algumas das minhas novidades preferidas.  Tem filme, produto para as unhas, livros (para variar um pouquinho haha), entre outras coisitas. Sem blá-blá-blá, seguem as news. ;-)

Novidades - Pequena Jornalista - JulhoCrédito da Montagem: Pequena Jornalista 
Crédito das imagens: Instagram de cada marca + Site Adoro Cinema (Cartaz Procurando Dory)

Para começar: A Netflix liberou todas as temporadas da série Gilmore Girls. ♥ Tudo para a gente ficar aguardando os quatro novos episódios (que estreia em outubro desse ano, se eu não me engano)!! Já assisti cem vezes, mas nem ligo, estou assistindo pela 101ª vez hahaha. Esse mês teve lançamento da coleção de capinhas da Niina Secrets. Cada uma sai por R$ 52,00 (meio carinha, massss) e são bem fofas. <3 Falando nisso, a C&A lançou esse mês (as peças chegaram hoje) a coleção-cápsula com a Led’s Tattoo (estúdio de tattoo). A peça que mais amei: essa jaqueta com estampa de tatto de coração. E como falar de julho sem mencionar a estreia do filme “Procurando Dory”?  Assim que eu assistir conto lá no blog Sem Clichê. ;-)

Impala entrou na onda dessa modinha e lançou recentemente o esmalte em spray. São seis cores! Sinceramente, tenho minhas dúvidas quanto à praticidade, mas quem sabe… Se alguém já testou, conta aí. ;p  Por fim, dois lançamentos literários: No meio do caminho tinha um amor, do blogueiro Matheus Rocha, publicado pela editora Sextante. É um livro com frases e textos inspiradores sobre o amor. Também tem o segundo livro da Clarice Freire, o Nas Noites em Claro, publicado pela editora Intrínseca. Para quem não conhece as ilustrações misturadas com dizeres, vale seguir: @podeluaoficial. 

Prontinho, gente. Sabe de mais algum lançamento? Compartilhe nos comentários!!! ^^

Beijos, Carol.

Para ver os lançamentos de Junho, clique aqui. ;)

Fan Page ♥  Instagram


0
01.07.2016
* PJ Leu: Gentil como a gente! ♥

E a dica literária da semana é “Gentil como a gente“, da jornalista Fernanda Gentil. Para quem não sabe, ela é apresentadora do Globo Esporte e é a pessoa mais criativa quando o assunto é hashtag no Instagram. Sei que ainda tenho muita leitura pela frente, mas posso garantir que foi um dos livros mais engraçados que já li esse ano. Ah! A história, que foi publicada pela editora Intrínseca, fala sobre a vida amorosa da Mocinha e do Momô. Não deu para entender? Calma aí que eu já conto! ;-)

Gentil como a gente - Pequena Jornalista - 2

Sinopse: Com leveza e humor, a autora conta a história de amores vivida por uma família singular e, ao mesmo tempo, igual a de todo mundo. A Mocinha é a protagonista, que pensa em todas as possibilidades. Mas isso não tem nada a ver com ser neurótica, ok? Já o par romântico é o Momô. Um cara que aparenta ser avoado, mas talvez seja exagero. Afinal, tudo bem ir jogar tênis e esquecer a raquete, né? ;p Nesse livro, também encontramos a Nala, o Lucas, a gangue de amigos e mais um integrante que chega para deixar a vida mais feliz. Ah! A história tem um final que foge do convencional, porém… É um tapa na cara da sociedade. 

Minha opinião: Você é do tipo de pessoa que entra no Instagram da Fernanda para deixar a sua vida mais leve? Então, anote aí: com o livro você vai rir um bilhão de vezes mais. Sério, gente. É tão leve, tão divertido! Impossível não se identificar com a Mocinha, que a propósito é inspirada na autora. Sim! Para quem morre de curiosidade para conhecer um pouco mais sobre a vida do casal (que a gente vai amar eternamente): o livro tem praticamente tudo a ver com a história da Fernanda e do Matheus, ex-marido dela. E acredito que, por mais criativa que ela seja, a autora é gen(til) como a gente. Aliás, não existe título melhor!

Devorei o livro em duas horinhas. O jeito como a história flui faz com que a gente se identifique e chore de tanto rir. Mil pontos extras para as ilustrações do livro! Fizeram toda a diferença. As legendas, as pausas dramáticas, os vídeos que abrem através do app “Qr. Code.” (para quem não sabe o que é, explico no final desse parágrafo), os apelidos dos amigos do Momô, a Mocinha odiando que chamem a dog dela (a Nala) de cachorra hahaha. O Lucas, o baby, a semelhança do casal com o casal hollywoodiano Brad Pitt e Angelina Jolie, entre outros milhões de detalhes que se eu contar aqui vocês vão me xingar de “a menina que dá spoiler”. Então, melhor parar por aqui hahaha!

Gentil como a gente - Pequena Jornalista - 4Páginas dos livros com ilustrações mega divertidas e conteúdo
exclusivo através do app Qr. Code. 

Ah! Apesar do livro ter uma pegada totalmente divertida, o final é um tapa na cara da sociedade! Toda história de amor, por mais que um dia acabe, nunca vai deixar de existir. É impossível apagar cada letra, palavra, página, capítulo que vocês viveram. O amor, por mais que mude, sempre vai estar lá. Gentil como a Gente me mostrou que não estou sozinha nesse mundo e me ensinou uma das lições mais valiosas: a de ser feliz. Seja como for! Não importa que essa palavrinha fuja do clichê “(…) e foram felizes para sempre”. Aliás, se analisarmos, foram, né? ;-)

Mega recomendo!!

Ahhhhhhh!! Em breve, vamos ter uma entrevista com a autora. Bom, assim que ela responder o meu e-mail com as perguntas (imagino que o tempo dela seja bem corrido). Aliás, ela deixou registrado na dedicatória do meu exemplar que vai responder. Então, vamos cobrar, gente (brincadeirinha =D)!! hahaha ;p

Gentil como a gente - Pequena Jornalista - 3Melhor dedicatória hahaha. =D 

Podem opinar à vontade!!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


3

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017