17.10.2016
* PJ Leu: No meio do caminho tinha um amor! ♥

Oi, Gente! Para começar a semana, vou falar sobre um dos últimos livros que eu li: No meio do caminho tinha um amor, do autor brasileiro Matheus Rocha, publicado pela editora Sextante (parceira do blog). Já adianto que é um dos livros que você devora e conhece um pouco mais sobre o amor e suas diversas formas. Vamos lá? Bom post para vocês! 

pj-leu-no-meio-do-caminho-tinha-um-amorObrigada pelo livro, editora Sextante! =)
Título: No meio do caminho tinha um amor
Autor: Matheus Rocha

Sinopse: Toda história tem um começo, meio e a gente espera do fundo do coração que não tenha um fim. Mas esse livro começa exatamente assim: pelo “fim”. Afinal, às vezes, essa palavra é inevitável. Aos poucos, a dor do término, do encantamento, da paixão, dá lugar ao “meio”, que vem repleto de esperança. Depois, damos de cara com o “começo” de um novo romance. Tudo isso, através de 50 textos, que mostram que o amor têm suas fases, mas que a gente jamais deve deixá-lo de lado. ;-)

pj-leu-no-meio-do-caminho-tinha-um-amor-2

Minha opinião: Conheci o Matheus lá no Instagram, aí fiquei sabendo do livro e estava mega ansiosa para ler. O autor é muito intenso, gente! E suas palavras traduzem o que a gente sente lá no fundinho (ou não), sabem? Claro que têm alguns textos que marcam mais do que outros, mas no geral, dá para se identificar com quase todos. Apesar de ter adorado cada parte, meu pontinho extra vai para as ilustrações do Phellipe Wanderley! Vontade de “repostar” todas. Agora ponto (duplo) extra vai para o texto “Gratidão”. Foram as palavras que mais mexeram comigo e que vão me acompanhar eternamente. E não só no setor amor, mas em todos. Foi um tapa na minha cara, do tipo: minha filha, para de reclamar e vai plantar o que você realmente quer colher. Aprenda: nada cai do céu!

De resto, aviso: todos devem embarcar nessa leitura. Esteja você no fim, no meio ou no começo de alguma história de amor. Não importa! A leitura flui e quando a gente se toca, não tem mais página. Todos os livros que eu leio, me ensinam de alguma forma. Esse me ensinou mais do que imaginei. Obrigada, Matheus! ♥ 

Alguém já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos e boa semana!
Carol.

P.S: para ler a resenha do livro “Felizes para sempre” é só clicar aqui. ;-)

Fan Page ♥ Instagram


10
12.10.2016
* Dia das Crianças: o livro que marcou essa época! ♥

Uma das melhores formas de presentear uma criança, para mim, é dando livros. Por isso, convidei algumas amigas apaixonadas por livros desde pequenininha para contar qual história marcou essa época e a adolescência também. Espero que gostem! =)

dia-das-criancas-livros-pjCrédito da Montagem: Pequena Jornalista
Crédito das Imagens: Saraiva e Google

“Eu tinha muitos livrinhos de contos de fadas que saia na banca e meu pai comprava junto com a fitinha cassete. Então, eu sempre lia os livrinhos e escutava. Como Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, Cinderela. Eu tenho toda essa coleção, mas o que mais marcou a minha infância foi Fábulas e Lendas, que tem a história do Cavalo de Tróia, da Lenda de Ícaro e do Gigante Polifemo. Esse foi o primeiro sem ser com aquele material de banca, sabe? Ganhei do meu pai! Tenho até hoje e guardo como um dos meus primeiros livros. Eu acho que eu tinha uns 7 ou 8 anos. Era bem criança! Esse foi o livro que me apaixonei antes de ler Harry Potter.”
(Dudi Kobayashi)

Um livro que marcou muito a minha adolescência foi O Diário de Anne Frank. Nessa época, eu não lia muito e lembro que me marcou porque a vida dela era muito diferente e termos quase a mesma idade. Era estranho ela estar preocupada em se esconder para não morrer durante a Guerra e, eu com quase a mesma idade, preocupada em passar de ano.”
(Mari Garbes) 

“Um que marcou muito a minha infância foi Meu Pé de Laranja Lima. Foi o primeiro livro de verdade, sabe? Não tinha figuras, sabe? E ele era muito triste e nessa época eu não sabia que livros podiam ser tão tristes. Eu chorei muito, mesmo tendo só uns 8 anos.”
(Teca Machado – Blog Casos, Acasos e Livros)

“Quando eu era criança, lembro que tinha um livro com um cachorrinho e uma minhoca. Só que eu não sei o nome, autor, nem nada. Pesquiso na internet, mas nada aparece. Então, não sei se criei esse livro na minha imaginação ou se ele realmente existe hahaha. Se alguém souber me avisa? Grata! =D Então, por isso escolhi um livro que marcou a minha adolescência: Depois daquela viagem, da Valéria. Se eu não me engano ela era colunista da Capricho ou Atrevida. Apesar de tratar de um tema bem pesado, a história trouxe uma lição de forma leve e com uma escrita que me prendeu do início ao fim. Geralmente não gosto de repetir livros, mas esse eu morro de vontade de ler de novo.”
(Carol Daixum, a Pequena Jornalista que vos tecla hahaha)

Legal saber dessas histórias, né? Meus planos para quando eu for mãe: presentear toda semana a minha filha (ou filho) com livros. Uma das melhores formas de dar asas à imaginação para o bem, não acham? Espero que ela (ou ele) tenha a sua mini biblioteca desde pequena(o). ♥ 

Agora eu quero saber: qual livro marcou a sua infância e/ou adolescência? Algumas outras amigas também contaram que o que mais marcou foi Harry Potter e O Diário de uma Princesa. Contem aí. ;-) Ah! Feliz dia para todos que carregam eternamente esse espírito de criança!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram


8
11.10.2016
* PJ Leu: Felizes para sempre! ♥

Finalmente terminei de ler Felizes para sempre, o último livro da série Quarteto de Noivas, da autora Nora Roberts, publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog). Vamos lá? Espero que gostem! 

Sinopse: O último livro da série é dedicado à personagem Parker Brown, a administradora com pulso firme da empresa de casamento Votos, que ela fundou junto com suas três melhores amigas. Nossa protagonista sabe muito bem que subir ao altar é um dos momentos mais extraordinários na vida de um casal. Seu dia começa cedo e muitas vezes antes mesmo de clarear, quando uma noiva liga chorando. Mas ela não liga! Afinal, cada sorriso, cada ajuda extra ao casal ela sente que está contribuindo para mais uma história de amor com final feliz, igual a dos seus pais.

Parker parece viver 24 horas para o trabalho. E vive! Porém, ela também quer ser feliz no amor. Até aí, tudo bem. Nada de anormal. Só que o sonho de se casar com um cara intelectual e sensível vira de pernas para o ar quando ela percebe que o destino não quer isso para ela e sim o oposto do que ela imaginou. Como assim? Malcom Kavanaugh, um mecânico e ex-dublê de filmes de ação, cruza sua vida… Amigo de seu irmão Del, Parker logo vê que Mal não faz o seu tipo, entretanto, o mesmo tem a capacidade de fazer com que ela perca o controle.

Afinal, será que todo príncipe encantado tem que chegar em um cavalo branco ou pode vir em uma Harley-Davidson? ;-)

pj-leu-felizes-para-sempre

Minha Opinião: O primeiro livro da série (clique aqui para ler a resenha) me prendeu do início ao fim, o segundo e o terceiro (clique aqui e aqui para ler as resenhas) nem tanto e o último… Sem palavras!  Só não fui mais rápida na leitura, porque o meu trabalho não permitia. A história envolvia de uma maneira de arrancar suspiros. Mal é o tipo de homem que pode assustar pela sua forma direta de ser, mas ele sabe ser direto sem ser muito rude, sabem? Invejei, Parker hahaha. ;p Depois de Carter, ele é o meu preferido dessa série. A única coisa que continuou me incomodando nesse livro: os diálogos são muito formais, ai a história não flui de maneira natural.

Ah! No penúltimo livro da série disse que tinha umas suspeitas do que poderia acontecer nesse último, porém não acertei nadinha hahaha. Voltando aos personagens: a Sra. Grady é a típica personagem que a gente quer trazer para a vida real. Bom saber mais um pouco dela nessa história e escutar seus conselhos maravilhosos, deixando a gente sempre livre para tirar nossa própria conclusão. A gente não, as personagens hahaha. Parker é toda certinha, gosta de seguir sempre um script e foi bom vê-la arriscando mais nesse livro. Os últimos capítulos são emocionantes e mostram que aquela brincadeira que começou na infância pode ser a sementinha perfeita para dar início a uma grande empresa. Em relação ao casal protagonista, os dois mostraram que a espera é, às vezes, a melhor saída mesmo. Que a nossa vida pode mudar para melhor sempre. Nunca podemos julgar o nosso presente achando que nada de diferente vai acontecer mais para frente, entendem o que eu quero dizer? Acho que depois da leitura, vai ser mais fácil identificar a minha lição mais importante do livro. ;)

Adorei que personagens que nunca imaginei “conhecer”, a autora me deu um tapa e os trouxe. \o/ E ainda bem que consegui ver com bons olhos. Acho que a série merecia um quinto livro para mostrar o que aconteceu a partir do momento final, mas acho que usar a nossa imaginação é uma boa também. Ah! Outro ponto negativo: todas as capas me surpreenderam positivamente, essa do último livro, nem tanto. De resto, fiquei feliz que não foi uma leitura meio arrastada como o segundo e o terceiro. Não conseguiu superar o primeiro livro, mas mega recomendo e agradeço a Nora Roberts por ter escrito uma história que faz com que a gente perceba que o nosso príncipe encantado pode vir de diversas maneiras e não, necessariamente, em um cavalo branco. 

pj-leu-felizes-para-sempre-2

Já leu? Conta o que achou (sem spoiler hahaha ;p). Ainda não embarcou? Fica a dica!

E obrigada editora Arqueiro por ter enviado o livro!

Beijos, Carol. ^^

Fan Page ♥ Instagram


5
27.09.2016
* Top 5: livros de blogueiros e youtubers! ♥

Sei que muita gente não é a favor das editoras darem espaço para blogueiros e youtubers lançarem livros. Apesar de achar que alguns não tem um bom conteúdo (mas também vai depender do tipo de público) para entrar nesse mundo, sou do time que acredita que não vale a pena criar confusão. ;-) Enfim, para o post do dia selecionei cinco livros (quer dizer, roubei um pouco, tem 7 hahaha, acrescentei mais dois que não curto muito, mas acho que vocês podem curtir) desse mundinho da internet que eu indico e/ou estou curiosa para ler. Na minha opinião, vale dar uma chance para essas histórias. 

livros-youtubers-e-blogueiros-pequena-jornalistaCrédito da Montagem: Pequena Jornalista
Crédito das Imagens: Saraiva e Blog Lovely Pepa

1. Livro: É cada coisa que escrevo só pra dizer que te amo
Autor: Lucão (Site do Lucão)
Editora: Benvirá

Sinopse: Às vezes, as palavras do dicionário parecem não ser suficientes para explicar sentimentos tão intensos e verdadeiros como o amor e a saudade, mas Lucão tem o dom de misturá-las de um jeito tão excepcional, que consegue dar explicações perfeitas para o coração. Em “É cada coisa que escrevo só pra dizer que te amo”, Lucão traz versos inéditos e faz uma compilação das melhores frases e poemas que publicou em seu blog – Abra o bico – ao longo de 10 anos.
Observação da Pequena: Eu acompanho o Lucão mais pelo Instagram e, desde sempre, amo cada pensamento que ele posta. Faz a gente pensar da melhor maneira possível. Está aí um blogueiro que tem conteúdo de sobra para escrever quantos livros quiser. Ah! Esse ainda não embarquei, mas está na minha listinha de próximas compras. 

2. Livro: Dia de Beauté
Autora: Victoria Ceridono (Blog Dia de Beauté)
Editora: Paralela

Sinopse: O lema de Victoria Ceridono, blogueira e editora de beleza da Vogue, é especialmente verdadeiro em seu livro Dia de beauté – um guia de maquiagem para a vida real. Com mais de 130 fotos e ilustrações, promete ensinar tudo que existe entre um make básico, quase nada, e uma maquiagem para festa. Sem nunca perder o tom divertido, as dicas de Victoria são acessíveis, vindas de quem experimentou de tudo para descobrir o que vale mesmo a pena. Um livro para todo tipo de leitor(a)!
Observação da Pequena: Virei fã da Vic desde o 1º reality que ela fez com a Camila Coutinho e volta e meia pego uma inspiração que encontro no seu blog, canal ou insta. Depois que a entrevistei, a admiração por ela aumentou ainda mais. É um livro que reúne as melhores dicas de maquiagem. Confesso que ainda não li de cabo a rabo, mas quando estou na dúvida, ele é a minha salvação. O livro, que é um dos mais bonitos na minha humilde opinião, também fica lindo na decoração da sala, do seu quarto. Ah! Quem quiser ler a entrevista que ela deu para o blog, clique aqui.

3. Livro: As coisas mais legais do mundo
Autora: Karol Pinheiro (Canal As coisas mais legais do mundo)
Editora: Verus

Sinopse: Com leveza e inteligência, Karol compartilha com você as suas impressões sobre ser, ter e sentir. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!
Observação da Pequena: Já falei que os vídeos da Karol são super para cima. Impossível ficar triste, de verdade! O livro dela já está aqui na fila dos próximos que vou ler e assim que eu acabar conto tudo aqui. Prometo!

4. Livro: No meio do caminho tinha um amor

Autor: Matheus Rocha (Blog Neologismo)
Editora: Sextante

Sinopse: ‘Eu achava que o amor existia, mas não era pra mim. Você foi a prova que eu estive errado por muito tempo!’ – Matheus Rocha. Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!
Observação da Pequena: Sou apaixonada pelo Instagram do Matheus. Ele é o tipo de autor que parece saber exatamente o que você precisa ler. Esse livro também está aqui na minha pilha de próximos. Como disse lá no meu Insta, ansiosa para ficar ainda mais apaixonada pelo trabalho do Matheus.

5. Livro: A receita da felicidade
Autora: Danielle Noce (Canal Danielle Noce)
Editora: Melhoramentos

Sinopse: Dani convida seus leitores a escrever receitas, colorir páginas, colar fotos, contar histórias, o que permite uma aproximação maior entre a autora e seu leitor. “A receita da felicidade” traz vários QRCodes que remetem a vídeos e textos produzidos por Dani Noce, complementando os assuntos tratados no livro.
Observação da Pequena: Comprei superanimada esse livro interativo da Dani. Mas acreditam que eu nunca preenchi? Não por nada, por falta de tempo mesmo e acabou caindo no esquecimento. Assim que eu ler e interagir com ele, conto para vocês. Confesso que de todos é um dos que menos chama a minha atenção, mas como sei que muita gente gosta dela e do canal, resolvi compartilhar com vocês também.

6. Livro: Garota Online
Autora: Zoe Sugg (Canal Zoella)
Editora: Verus

Sinopse: Com o nickname “Garota Online”, Penny escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida. Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum. De repente, ela percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre.
Observação da Pequena: Comprei mais por empolgação e por todo mundo falar dele e me arrependi um pouco. Não terminei a leitura e quando desisto, dificilmente volto atrás, ai acabei doando. Mas sei que todo mundo que lê e assiste ao canal da Zoella, gosta. Bom, até hoje eu só vi gente falando bem (tirando a minha pessoa hahaha). Por todo mundo gostar e achar que eu não estava no meu melhor momento quando tentei ler, resolvi indicar.

7. Livro: Simply Lovely Pepa
Autora: Alexandra Pereira (Blog Lovely Pepa)
Editora: Planeta (Espanha)

“Sinopse” e observação da Pequena: A única parte ruim desse livro é que não vende aqui no Brasil. Minha mãe que trouxe para mim quando foi visitar a minha irmã que mora em Barcelona. Então, se você está com viagem marcada, vale a pena comprar. É um guia de estilo da blogueira Alexandra e volta e meia seus looks aparecem aqui no blog. Amo o estilo dela e servem muito de inspiração! Já falei um pouco sobre ele aqui.

1688b7cf9e52fd9d9817d8f0e7c3c54eCrédito da Imagem: Pinterest!

***

Já leu algum? Conta o que achou! Ainda não? Espero que embarque! Ah! Quem quiser indicar também, fique à vontade!

Beijos, Carol. 

Fan Page ♥ Instagram


2
18.09.2016
* PJ Leu: Essa luz tão brilhante! ♥

E a dica literária da semana é Essa luz tão brilhante, da autora Estelle Laure. O livro foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog) e mostra como tiramos força quando mais precisamos e nem sabíamos que eramos tão forte assim. Para saber mais detalhes (sem spoiler), continue lendo esse post. ;)

pj-leu-essa-luz-tao-brilhante-1

Sinopse: Lucille tem apenas 17 anos e todos os problemas do mudo. O pai dela surtou e está internado. A mãe disse que ia viajar por alguns dias, mas nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha e agora sua “responsabilidade”, não demonstra como tudo isso está afetando a sua vida, mas os problemas na escola dizem tudo. A sorte dela é ter uma amiga tão leal, como Eden, que não a deixa sozinha e que ajuda no que for preciso. Também tem o Digby, o irmão gêmeo da Eden, a sua grande paixão, porém comprometido. E um anjo que ela não faz ideia de quem seja. Uma história que chama atenção por mostrar que a vida não é nada fácil, porém os acontecimentos repentinos, apesar de serem assustadores, podem ser ao mesmo tempo maravilhosos.

Minha opinião: Lucille tem todos os problemas do mundo, mas em compensação uma força incrível. É uma das personagens mais fortes que já conheci. Mesmo abalada, ela foca na solução e tenta não ficar se lamentando o tempo todo. A história é muito boa e prende bastante, principalmente do começo até o meio. No final, confesso que a leitura desandou um pouco. A sensação era de que a autora se perdeu e deixou alguns pontos de interrogação na minha cabeça de leitora. A parte boa que o livro vai ter continuação e acho que muita coisa vem por ai e espero que todas as perguntas sejam respondidas.

Com essa leitura aprendi que nem sempre as coisas são como parecem ser. Aquela personagem que parece um monstrinho e que adora uma fofoca, pode ser uma das melhores pessoas. E aquela que parece ser a melhor pessoa, pode ser o verdadeiro monstro. Ou apenas: todo mundo tem seus momentos bons e ruins. Ah! Tudo muda em questão de tempo! Fora isso, adorei os pensamentos da Eden, o Digby não me conquistou muito e a Wren é uma criança adorável. Apesar da leitura não ter sido flores o tempo todo, achei a escrita da autora bem forte de um jeito muito bom. Dá a sensação de que ela nasceu para fazer isso. Destaque também para a capa. Uma das mais fofas que já vi. Confesso que o título não fez muito sentido durante a leitura, tenho alguns palpites, mas fiquei na dúvida. Mas também não sei se eu que deixei passar alguma coisa. Se alguém souber explicar (sem spoiler), fique à vontade! 

pj-leu-essa-luz-tao-brilhante-2Últimos recebidos da Arqueiro e Sextante! 

É isso, gente. Podem opinar à vontade! Apesar dos pontos negativos, recomendo. Ah! Obrigada pelo livro, Arqueiro!

Para ler a penúltima resenha literária, clique aqui.

Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017