21.07.2020
* PJ Leu: Minha história! ♥

Ei, Gente! :) Não consegui atualizar o blog nem na sexta e segunda. Mas para compensar, vai rolar no post no próximo finde, combinado? E para o dia de hoje, separei uma resenha bem especial: Minha história, da Michelle Obama. Boa leitura! ♥

Livro: Minha história | Editora: Objetiva | Autoras: Michelle Obama
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Através desse livro de memórias, Michelle Obama nos convida para conhecer a sua vida antes e depois de ser a primeira-dama dos EUA. De forma envolvente, o leitor embarca na sua infância em Chicago, invade o jantar romântico entre ela e o Barack e sabe detalhes do endereço mais famoso do mundo: a casa branca.

Uma história sincera, reconfortante e para lá de sábia de uma das mulheres que realmente fez e faz a diferença.

Opinião da Pequena: Para começar, queria dizer que nunca imaginei que um presidente se tornaria o meu crush literário hahaha.

Agora que desabafei, posso dizer que essa biografia é inspiração pura! Escrito na primeira pessoa, Michelle Obama separa o livro em três partes: a história dela, deles e uma etapa maior ainda. A que eu mais gostei? Fiquei feliz em matar a curiosidade sobre como é encontrar a Rainha e viver na Casa Branca… Porém, conhecer um pouco da sua infância, o começo do relacionamento com o Obama foi o que mostrou que eles são gente como a gente e que nada aconteceu por acaso.

A relação dela com o pai mexeu muito comigo. Aliás, acho que foi uma das partes que mais chorei nesse livro. Sr. Fraser me senti acolhida e lembrei muito do meu pai como nunca tinha acontecido. Obrigada de coração! A história com uma amiga em especial também trouxe mensagens de que a vida passa muito rápido e tudo bem não ter respostas imediatas para tudo! E tenho que concordar que o Craig realmente é um dos melhores irmãos da vida. :)

Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Barack é um galanteador. Mas não no sentido ruim e a gente compreende totalmente porque a Michelle se apaixonou por ele! Adorei a cumplicidade dos dois nos bons e não tão bons momentos. Como ele pede ela em casamento é incrível e aqueceu o meu coração. O papel de pais também não fica atrás. Não tinha ideia da importância do 4 de Julho para eles e por trás das câmeras, percebi o significado real da palavra família.

Imagino que a vida pública não seja fácil. E acho que a Michelle fez do limão uma limonada. Com erros e acertos! Mostrou o seu lado girl power, mas não escondeu as vulnerabilidades (pelo menos para o leitor). Ah! Assim como ela, também não sou fã de política. Mas entendi com mais precisão a importância de fazer a nossa parte. Também sempre temos de entender o contexto da história e não sair por aí falando o que bem entender. Aliás, hoje em dia, vou dar mais valor na hora de fazer um pão para mim.

No mais, não é uma leitura que eu devorei. A escrita dela é bem boa, mas por ser meio extenso… No final, confesso que me cansou um pouquinho e já não aguentava mais ler. Porém, na última página abracei o livro e lembrei o quanto essa história fez a diferença. Tanto na minha vida, quanto na dos outros. Principalmente, o público que é a minoria. Ter uma família afro-americana na história da presidência dos EUA traz um significado que faltam palavras para definir.

Enfim, é um livro que indico para todos e acredito que vá trazer esperança até nos dias mais difíceis. Destaque para algumas fotos que ilustram Minha história. Queria ver o álbum completo dessa família e dos bastidores.

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo muito!
Ah! Quer ajudar o blog? Compra o livro por aqui. :)
E obrigada amiga Clary pelo presente! ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Corajosa sim, perfeita não!
Fan Page ♥ Instagram  


6

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2021