09.04.2019
* PJ News de abril: de pernas pro ar! ♥

Ei, Gente! :) Vamos de PJ News hoje? Abril tem Páscoa, filme da Ingrid Guimarães (atriz que eu adoro), outras novidades nem tão novas assim e umas que acabaram de sair do forninho! Enfim, partiu morrer de amores comigo? Bom post! 

PJ News - Abril 2019Crédito das imagens: Adoro Cinema, Instagram Arqueiro, Instagram Bele Sweets, Instagram Garotas Estúpidas, Instagram Hering,
Divulgação Assessoria de Imprensa, Instagram Meg & Meg e Instagram Garotas Estúpidas
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

Para começar: De pernas pro ar, no terceiro filme, Alice roda o mundo com o sucesso da franquia Sex Delícia. Como anda sem tempo para se dedicar à família e está cansada de tanta agitação, ela decide se aposentar e entregar o comando dos negócios à mãe. Porém, no meio disso tudo, surge Leona, uma jovem competidora que faz a Alice mudar seus planos! Mega ansiosa para ver essa história nas telonas e vocês? Estreia nessa 5ª feira, dia 11. ;-) E amanhã é dia de lançamento do livroTudo que a gente sempre quis“, da autora Emily Giffin, o primeiro com a Editora Arqueiro, que conta sobre Nina Browning, que leva a vida com que sempre sonhou. Recentemente, o marido ganhou uma fortuna vendendo seu negócio de tecnologia e o filho adorado foi aceito em Princeton. Já Tom Volpe é um pai separado que se divide entre vários empregos para criar a filha, Lyla, que ganhou uma bolsa de estudos na escola de maior prestígio de Nashville. No meio disso tudo, uma fotografia, tirada em um momento de embriaguez em uma festa, muda tudo. À medida que a imagem se espalha, as opiniões da comunidade se dividem. No centro das mentiras e do escândalo, Tom, Nina e Lyla são forçados a questionar seus relacionamentos mais íntimos, percebendo que tudo que sempre quiseram talvez não fosse tão perfeito assim. Fala muito sobre família, bullying, entre outros assuntos mega importantes!

E já que esse mês é bem doce por conta da Páscoa, que tal apoiar “produtores” independentes? É o caso da Bele Sweets, que faz doces maravilhosos! Quem quiser encomendar, é só entrar no Instagram dela (@belesweets) e fazer o seu pedido. Eu recomendo muito, gente! ;-) E mudando de assunto: essa semana vai entrar a minha opinião sobre o filme “Dumbo“, que ganhou destaque em diversas marcas, como Riachuelo. Apaixonada por essas t-shirts! Ah! E a Camila Coutinho lançou recentemente uma coleção com a Hering. Não são peças mega baratinhas, mas também não são mega caras. Fiquei apaixonada pelo vestido preto! Se couber, quem sabe não levo. Ainda no mundinho da moda, tem esse lindo colar, escrito “Juntas somos mais fortes“, da Josefina Rosa Cor. O lucro das vendas (R$ 54,00 cada colar) será revertido para a ONG Turma do Bem! A gente dá um toque no look e ajuda a no empoderamento feminino. Aqui não dá para ver nitidamente, mas é só acessar esse link da marca.

Por fim, mas não menos importantes, a papelaria online “Meg & Meg” lançou esses cadernos novos, que estou apaixonada e desejando muito! A #loucadapapelaria vai atacar novamente: sim ou não? hahaha! E, claro, não dá para falar desse mês sem falar da nova e última temporada de GOT, né? Tentei ficar inteirada nessa série, mas não rolou muito. Mas se você ama e tem bichinho, que tal correr e olhar essa coleção especial da Zee.Dog + Game of Thrones? As peças são limitadas, mas pelo que eu vi ainda dá tempo de garantir alguma coleira e tal. 

***

É isso, pessoal. Contem agora: o que mais amaram? Ah! Se alguém souber de alguma new e quiser compartilhar, fique à vontade! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Meu cachorro também é gente!

Fan Page ♥  Instagram


2
02.04.2019
* Metas Literárias: Abril 2019! ♥

Ei, Gente! :) Ultimamente, eu não tenho conseguido cumprir à risca as minhas metas literárias. Sabem como é, aparece um livro ali, outro aqui, aí eu não resisto e acabo burlando os meus planos hahaha. Mas tudo bem. Pelo menos essa lista me ajuda a ter noção de qual caminho literário quero seguir. Fora que vocês conhecem novos livros, podem opinar nas histórias que já embarcaram e por aí vai. Ou seja, por mais que eu não siga fielmente, sempre tem um lado bom esse tipo de post. Mas enfim, chega de conversa e vamos ver o que desejo ler no mês de abril. Boa leitura! ;-)

Metas Literárias - Abril 2019Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. Corra, Abby, Corra (Jane Costello – Grupo Editorial Record)
Sinopse: Abby nunca foi de se preocupar com hábitos saudáveis. Aos 28 anos, ela acaba de fundar a própria empresa de web design, e sua rotina parece consumir todo o seu tempo. Ela não tem a menor ideia de quando foi a última vez que deu um beijo apaixonado. E o pior: mal tem tempo para comer, malhar então… nem pensar. Mas quando sua melhor amiga a convida para participar de um clube de corrida, a jovem empresária encontra uma motivação: Oliver, charmoso e bem-sucedido médico que parece estar interessado em suas investidas. Seu primeiro dia de corrida, entretanto, não acaba como imaginou e ela jura que nunca mais vai correr. Até o dia em que sua assistente Heidi revela ser portadora de esclerose múltipla. A partir daí, Abby vê nas corridas uma forma de arrecadar fundos para a pesquisa da cura para a esclerose. Só que ela precisa de muito fôlego para gerenciar a empresa, lidar com sua operadora de seguro para arcar com o prejuízo de um motoqueiro que ela atropelou por acidente, e ainda conquistar o Dr. Sexy. Mas o que Abby não imagina é que pode estar correndo atrás do homem errado…
Observação da Pequena: Sabe aquele chick lit de primeira? É esse! Já estou lendo e amando cada página. Queria só ler esse livro e não fazer mais nada na vida. Assim que eu acabar, conto para vocês, óbvio.

 2. Sou fã! E agora? (Frini Georgakopoulos – Editora Seguinte) 
Sinopse: Com uma linguagem rápida e divertida, este livro é uma mistura de artigos breves e atividades interativas que te convidam a refletir e discutir o que todos nós, fãs, mais amamos: as histórias. Escrito por uma fã de carteirinha, “Sou fã! E agora?” faz um verdadeiro raio X da literatura jovem adulta, analisa os principais elementos das narrativas e a relação intensa que se desenvolve entre os fãs e as histórias. A autora ainda dá algumas dicas valiosas para você conseguir extravasar todo o seu amor, como criar seu próprio cosplay, escrever uma fanfic, organizar um evento, começar um blog ou canal e muito mais!
Observação da Pequena: A Frini me ajudou no TCC  da pós e, desde então, virei fã dela. Esse livro está na minha listinha há séculos, mas só comprei no último clube do livro, que ela faz na Saraiva todo mês. Fica a dica para quem for do Rio. ;-)

3. Dez argumentos para você deletar agora suas redes sociais (Jaron Lanier – Editora Intrínseca) 
Sinopse: Hoje as redes sociais são praticamente um segundo documento de identidade e não participar de determinada plataforma muitas vezes é sinônimo de total isolamento. Mas você já pensou como seria se deletasse os seus perfis na rede e levasse uma vida diferente? Jaron Lanier não tem conta em nenhuma rede social e deixa bem claro por quê, diz que evita as redes sociais pela mesma razão que fica longe das drogas. Então, através de dez argumentos poderosos e convincentes, fala o motivo de largar Instagram, Facebook e por aí vai. Segundo o autor, é uma forma de ter redes sociais dignas e aproveitar de verdade o potencial da internet.
Observação da Pequena: Mamy me deu de Natal esse livro e não sei se vou apagar as redes sociais depois da leitura, mas vou tentar entender os argumentos do autor!

***

É isso, pessoal. Se tiver mudanças, aviso lá no Insta do blog, ok? E se alguém tiver algum comentário sobre os livros e tal, fique à vontade. Também pode sugerir, qual resenha gostaria de ler e por ai vai!

Beijos, Carol. 

Post Antigo: 5 Perfis que me inspiram

Fan Page ♥ Instagram 


1
25.03.2019
* PJ Leu: Um verão na Itália! ♥

Ei, Gente! :) Para quem gosta de romance ou deseja embarcar em uma história literária mais romântica, de arrancar suspiros, a dica é: Um verão na Itália, da autora Carrie Elks. Publicado pela Verus Editora, é um daqueles livros que a gente tem vontade de colocar em um potinho, mas com algumas ressalvas. Enfim, vamos lá? Boa leitura!

PJ Leu - Um verão na ItáliaLivro: Um verão na Itália | Editora: Verus | Autora: Carrie Elks
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 3 livros!

Sinopse: Cesca Shakespeare chegou ao fundo do poço. Depois de escrever uma peça de teatro premiada que acabou em desastre, o bloqueio criativo se instalou sem previsão de ir embora. Seis anos mais tarde ela acabou de perder mais um emprego pavoroso e está prestes a ser despejada de seu apartamento. Pior ainda, suas irmãs não fazem ideia de como sua vida vai mal. Assim, quando o seu padrinho lhe arruma uma temporada de verão em uma villa italiana, sem ter de pagar nada por isso, Cesca concorda, meio a contragosto, em ir para lá e tentar escrever uma nova peça. Isto é, antes de descobrir que a casa pertence a seu arqui-inimigo: Sam Carlton.

Quanto a ele, mais uma vez se depara com o seu nome em todas as manchetes pelas razões erradas. O galã de Hollywood decide correr para um lugar que possa se esconder e nada melhor do que a villa italiana de sua família. Só que quando chega lá, descobre que não está sozinho e terá de enfrentar o seu passado. No começo, a raiva se instala e depois uma atração entre os dois surge. Mas afinal: será que a história entre Cesca e Sam é apenas um caso de verão arrebatador ou um amor de todas as estações? ;-)

Minha opinião: Sabe aquele meme que tem um leitor de fora só observando os dois protagonistas que se odeiam, porém, está na cara que ambos vão se apaixonar? Esse livro é o próprio! A gente só observa a Cesca e o Sam e o desenrolar dessa história de verão. ;-) Falando nisso, o enredo é clichê e confesso que desejei alguma reviravolta mais chamativa, porém… Me apaixonei do mesmo jeito e desejei guardar o livro em um potinho, viajar para a Itália e me hospedar na villa, claro.

A autora é bem detalhista e alguns capítulos, digamos, que são bem picantes! Mas também tem muita parte fofinha, tipo na hora da quebra de bloqueio de escrita da Cesca! Foram as minhas cenas favoritas. Sobre os outros personagens, alguns são de extrema importância e mereciam mais destaque, como o padrinho e as irmãs. Outros? Não faço a mínima ideia de como pararam ali. Falando nisso, amei a Gabi e a mãe do Sam. Espero vê-las, nem que seja um pouquinho, nos próximos livros (sim, vamos ter mais quatro pelo que eu entendi)! E o casal protagonista? Conquista, principalmente, o Sam. Por incrível que pareça, achei ele um pouco mais maduro que a Cesca. Porém, é óbvio que os dois amadurecem bastante!

Resumindo, o romance é de arrancar suspiros, mas com algumas ressalvas. Vale a leitura para tirar a sua própria conclusão. E palmas para a capa linda, é uma das minhas preferidas da vida! No mais, amei a escolha do cenário do livro e, de um modo geral, a história. Também não posso esquecer de uma das lições mais importantes que tirei: as nossas atitudes muitas vezes valem mais do que as consequências.

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! 

Beijos, Carol.

Post Antigo: Uma noite com a Marilyn Monroe

Fan Page ♥ Instagram


1
12.03.2019
* Post-ajuda: Quero começar a ler… E agora? ♥

Ei, Gente! :) Se uma das suas metas desse ano é finalmente criar o hábito da leitura, separei algumas dicas para, você, leitor iniciante. Então, deixa a preguiça de lado e pegue já o seu livro. São pequenos detalhes que podem fazer a diferença. Bom post.

the-book-theif

1. Sem preconceito literário! 
Observação da Pequena: O primeiro passo é pegar um livro que desperte um real interesse. Por exemplo, nada de decidir embarcar em tal história, apenas porque o autor é famoso ou o livro está mega falado. Se o assunto que ele aborda não lhe agrada, a leitura vai virar uma chatice. Claro, que aqui serve para quem deseja ler apenas por prazer, não para a faculdade, trabalho e tal (aí não tem jeito haha). Então, voltando, deixe de lado o seu preconceito literário, ok? O importante é ler. Não importa se o gênero é chick-lit ou cult!

2. Crie um ambiente literário! 
Observação da Pequena: Se você é do tipo que sente sono ao ler, deitar e pegar um livro, pode ser uma péssima ideia. Que tal ler naquela cafeteria preferida ou em frente ao mar? Escolha um local aconchegante e voilá! O importante é um ambiente que incentive a leitura.

gif-livro-com-café-2

3. Desconecte-se!
Observação da Pequena: 
Ler com o seu celular grudadinho, pode ser uma furada, sabia? Afinal, qualquer sinal de notificação do Instagram, a atenção que o livro merece vai por água abaixo. Sendo leitor iniciante ou não, esse aparelho pode atrapalhar e muito. Então, deixe de lado o cel e boa leitura (que vai fluir bem mais, pode acreditar)!

4. Quantidade X Qualidade!
Observação da Pequena:
Olha, ser devoradora de livros é bem legal. Em contrapartida, o que vale é a qualidade e não a quantidade. Às vezes, a pessoa pode ler 100 livros por ano, mas não absorve nem a metade da lista de livros. Ou seja, não precisa ser uma máquina de leitura.  Às vezes, um livro apenas faz muito mais sentido do que 10!

5. Não desista tão fácil!
Observação da Pequena: 
Sabe, muitas vezes, o livro até pode ter chamado a nossa atenção, mas quando a gente vai embarcar… Não era nada daquilo que imaginávamos. Calma! Não desista, ok? Vai tentando, aos poucos. Não abandone já no primeiro capítulo! Muitas histórias, podem ficar mais interessantes do meio para o fim e tudo bem. Porém, se realmente não está rolando, vale procurar outros livros e encontrar finalmente um que te faça devorar! Existem inúmeros livros e, com certeza, o seu “tipo” está por aí em alguma estante! 

rapunzel-books

***

Claro, que criar um hábito não é uma tarefa simples. Requer tempo e dedicação! Trace metas, vai no seu tempo. Espero que de alguma forma, esse post seja útil para quem está louco para embarcar em histórias literárias por aí! E se você já é um leitor assíduo e tem alguma dica infalível, compartilha nos comentários, ok? ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Manual Prático de Bons Modos em Livrarias

Fan Page ♥  Instagram


1
08.03.2019
* Dia Internacional da Mulher: Top 4 literário – Girl Power! ♥

Ei, Gente! :) Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, resolvi fazer um “top 4 – Girl Power” com livros de autoras brasileiras e estrangeiras. Algumas leituras são mais pesadas, outras leves, na medida certa. Mas não importa! Todas me ensinaram muito e me inspiram até hoje com as sábias palavras que encontrei em cada capítulo. Enfim, vamos lá? 

Dia Internacional Da Mulher - PJ - Top 4 - 2019Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

1. Coragem (Rose McGowan – Editora Harper Collins)
Sinopse: Rose McGowan se tornou uma das atrizes mais desejadas de Hollywood da noite para o dia. Mas o que seria um sonho, virou logo um inferno pessoal e, com o tempo, ela se reemergiu como um ícone feminista ao expor verdades sobre a indústria hollywoodiana. Mas sua história começou muito antes: aos 13 fugiu de casa e viveu de forma instável, morando e saindo das ruas. Até que foi descoberta por Hollywood, viu seu estrelato se tornar um verdadeiro pesadelo de exposição e sexualização constantes. Um mercado machista a tornou, sem consentimento, em apenas um produto, excluindo sua identidade e imagem, tudo em nome do lucro. Mas o que essa seita não esperava, aconteceu: ela não ficou calada e voltou expondo as verdades, incluindo os crimes cometidos por Harvey Weinstein, um produtor cinematográfico, que tem coleções de denúncias de assédios sexuais. Um livro de memórias, em forma de manifesto honesto e sem censura alguma!
Observação da Pequena: É pesado esse livro, mas é o tipo de leitura necessária e que todos deveriam embarcar. Coragem é pouco para o que a Rose significa! Aliás, tem resenha aqui.

2. Um dia ainda vamos rir de tudo isso (Ruth Manus – Editora Sextante) 
Sinopse: Um dia ainda vamos rir de tudo isso é uma coletânea de crônicas escritas pela advogada e professora de Direito do Trabalho e Direito Internacional: Ruth Manus. Textos que já foram publicados no blog do Estadão, em sua coluna no Estado de S. Paulo e no jornal Observador, de Lisboa. E alguns são inéditos! Fala de tudo um pouco, desde assuntos banais, temas sobre machismo, padrões estéticos, família, Portugal, amor, amizade e muito mais. Textos que nos dão a certeza de que sim: um dia ainda vamos rir de tudo isso e levar aprendizados para a vida toda!
Observação da Pequena: Quem ama crônica, tem de ler. E quem não ama, também. É impossível não se envolver com  cada texto. Ruth é bem gente como a gente e mega girl power! Tem resenha aqui.

3. Adulta sim, madura nem sempre (Camila Fremder – Editora Paralela) 
Sinopse: Um livro que reflete sobre a chegada da fase adulta. Que muitas vezes, nem está lá, mas, de acordo com a sociedade, já deveria estar lá há séculos. A autora brasileira conta para a gente sobre a sua experiência com a transição do fim da adolescência para a maturidade. Que a propósito, chega do nada e pode ser assustadora! Fala sobre a maternidade, relacionamentos e a autoestima. De um jeito bem-humorado, ela conta passo a passo e histórias como entregar um freela para ontem, pagar a conta de gás atrasada e colocar o bebê para dormir. Tudo junto e misturado! E, de forma alguma, ela finge que está tudo sob controle e que essa transformação não é tão simples. E tudo bem! O melhor é aceitar e adotar o melhor remédio: rir muito!
Observação da Pequena: É tipo uma terapia literária se você não está entendendo nada sobre a vida adulta! Ca Fremder arrasa muito! É uma verdadeira girl power, gente como a gente e que virei mega fã! Tem resenha aqui.

4. Me Poupe (Nathalia Arcuri – Editora Sextante) 
Sinopse: Sabem aquelas dúvidas financeiras, que surgem na nossa cabeça, e muitas vezes, recebemos respostas que nos enrolam ainda mais? O livro “Me Poupe”, tem por objetivo esclarecê-las, de forma simples e direta, sem enrolação. Através da sua experiência, a criadora do maior canal de finanças no Youtube, Nathalia Arcuri, tem por objetivo nos auxiliar na hora de economizar no dia a dia, explicar como poupar, mesmo ganhando pouco. Além de contar também quais são os melhores e piores investimentos, entre outras questões. É tipo uma luz no fim do túnel, ainda mais para quem não tem ideia do que significa previdência privada, tesouro direto e por aí vai. Um livro divertido e que mostra que esse tema não precisa ser tabu, nem sinônimo de taquicardia. ;-)
Observação da Pequena: Aquele livro que vai direto ao ponto, sem enrolação. Achei bem pé no chão e as dicas que ela dá me acompanham até hoje! Depois do livro, minha mente financeira mudou muito! Tem resenha aqui.

**

É isso! :) Já leu algum? Me conta o que achou. Ainda não? Qual tem vontade de acrescentar na lista de metas literárias? Ah! Aproveito para desejar um Feliz Dia (todos os dias) para todas as mulheres, que inspiram diariamente, nos mínimos detalhes (mamys e irmãs, principalmente)! Lembrando que a gente pode ser e fazer o que a gente quiser (sem desrespeitar e pisar em ninguém, claro). O padrão aqui é não seguir padrão e, sim, a sua essência. Sua felicidade que importa, ok? 

53311859_2449878821691326_1117734220530188288_nCrédito da Imagem: Bia Pof!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Top 3 Literário – Girl Power

Fan Page ♥  Instagram


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019