08.11.2017
* Quatro histórias literárias que você precisa embarcar! ♥

Ei, Gente! Há um tempinho, fiz um post sobre livros com lições valiosas. Daí, resolvi repetir mais ou menos a dose e falar sobre histórias que acredito que todo mundo tem que embarcar. Tipo aquelas obras que são um tapa na cara da gente, sabe? E faz com que a reflexão apareça automaticamente. Enfim, chega de conversa e vamos ao que interessa. Bom post! ;-)

Post - Livros que todo mundo precisa ler - PJCrédito das Imagens: Saraiva
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Escolha sua vida (Paula Abreu – Editora Sextante) 
Sinopse: Muita gente poderia dizer que uma advogada bem-sucedida, com muito dinheiro no banco, carro do ano e um apartamento com vista deslumbrante deveria estar satisfeita com a vida, né? Paula Abreu tinha tudo isso, mas um dia constatou que não estava feliz. Daí, resolveu se reinventar: largou a carreira, terminou um relacionamento, mudou seus hábitos e começou a buscar a vida que sempre quis.
Observação da Pequena: Sério, pessoal. Se hoje sou mais feliz profissionalmente, devo muito a esse livro. Me fez expandir horizontes e acreditar mais no meu sonho! E toda escolha  significa renúncias, mas valeu a pena cada coisa que deixei para lá. Para ler mais sobre ele, só clicar aqui.

2. Extraordinário (R. J. Palacio – Editora Intrínseca)
Sinopse: August Pullman, mas conhecido como Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca frequentou uma escola de verdade. Até que um dia, passou a frequentar. Com medo, mas foi. Ser um aluno novo, já é bastante difícil… Mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano, o nosso protagonista tem uma missão difícil, mas não impossível: convencer os seus amigos de classe de que, apesar da aparência diferente, ele é um menino igual a todos os outros. Mas segundo seus pais: ele é extraordinário!
Observação da Pequena: Não tem como não aprender com esse livro e se encantar pelo Auggie. Louca para assistir essa história no cinema, que a propósito estreia em dezembro! \o/ Para ler mais sobre ele, só clicar aqui.

3. O ódio que você semeia (Angie Thomas – Galera Record)
Sinopse: Starr vive entre dois mundos: o bairro pobre onde mora e o colégio particular em que estuda. Ainda assim, ela é como tantas outras meninas de 16 anos. Tem amigos, problemas com os irmãos, vai a festas e também ajuda o pai no trabalho. Até que esse equilíbrio é quebrado: Starr presencia a morte de seu melhor amigo de infância, Khalil, por um policial. Khalil estava desarmado. Starr é a única testemunha. Não demora e a morte do amigo é manchete em todos os jornais. Alguns o chamam de bandido, outros de traficante, e que fazia parte de uma gangue. O julgamento ainda não ocorreu, mas não há quem não julgue. Seja no bairro, na escola, na TV. Até que protestos começam a tomar as ruas! Traficante? Negro. Bandido? Desarmado. Dizem que a justiça é cega, e é isso que Starr está prestes a descobrir!
Observação da Pequena: De todos que selecionei hoje, esse é um dos livros que mais recomendo. Para todo mundo, sem exceção! Uma história que prende a cada capítulo e faz a gente enxergar a nossa sociedade de uma outra forma. Louca também para assistir, nem que seja o trailer. Para quem não sabe, já estão gravando o filme inspirado nesse livro! Para ler mais sobre ele, clique aqui.

4. Minha vida não tão perfeita (Sophie Kinsella – Record)
Sinopse: Cat Brenner tem uma vida perfeita! Ela mora em um flat em Londres, tem um emprego glamouroso e um perfil mara no Instagram. Mas ela não conta a real que está por trás disso tudo. Por exemplo? Ela até mora em um flat, mas em um quartinho minúsculo com pessoas bem peculiares. Seu trabalho na agência de publicidade é burocrático e nem tão legal. E o dia a dia que ela compartilha em ser perfil, não reflete exatamente a realidade. Ah! Outro detalhe: seu nome verdadeiro é Katie. Porém, um dia, seus sonhos se tornarão realidade, né? Bom… A vida dela vira de cabeça para baixo, quando a chefe Demeter, bem-sucedida, a demite. Daí, ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset, sua cidade natal.  Só que é justamente nesse local, que a nossa protagonista tem a oportunidade de ficar cara a cara com a sua ex-chefe. Será que ela vai finalmente colocar a megera no seu devido lugar ou mudar de opinião? Afinal, ter uma vida (não tão) perfeita assim é tão ruim?
Observação da Pequena: Em tempo de likes, essa é uma ótima leitura, que ensina um outro lado também. Um dos livros mais incríveis da Sophie e que cabe direitinho nessa “realidade” online. Para ler mais sobre ele, clique aqui.

***

É isso, gente. Podem opinar à vontade e indicar livros nos comentários. Não necessariamente, esses livros estão na minha listinha de preferidos, mas me ensinaram tanto a levar a vida de um jeito melhor, que eu indico para todo mundo. E como eu disse: sem exceção!

Beijos, Carol.

Para ler: Três livros com lições valiosas!

Fan Page ♥ Instagram


2
06.11.2017
* PJ News Novembro – Montanha, Natal e por aí vai! ♥

Ei, Gente! Preparados para o penúltimo PJ News do ano? ;-) Tem o de sempre, mas com um toque novo: livros, filme, itens de beleza, moda, preparativos para o Natal e por aí vai. Bom post! 

PJ News - Novembro 2017Crédito das imagens: Adoro Cinema, Instagram Starbucks, Arqueiro, Saraiva, Instagram Glamour, Site MdeMulher e Divulgação.
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

Para começar: louca para assistir ao filme inspirado no livro “Depois daquela montanha“. Adorei o livro e acho que vou curtir a história na telinha!  Aqui no Rio, estreou semana passada. Também estou doida para ver o novo copo de Natal do Starbucks e outras gordices dessa época. Quem amanhã vai bater ponto na cafeteria, hein? \o Daí, também separei dois livros: Tipos Incomuns (Tom Hanks) e Criaturas e Criadores (alguns autores nacionais, como a Frini Georgakopoulos, blogueira literária que eu adoro). O primeiro é lançamento da Arqueiro (parceira do blog) e foi meu pedido de novembro. Lança no 13 e conta com uma coletânea de histórias sobre a condição humana e todos os seus defeitos. Assim que eu ler, conto para vocês. O segundo é de terror, mas como eu sei que muita gente que acompanha o PJ ama esse gênero, não poderia deixar de fora. É da Record e achei a capa sensacional. ;-)

Por fim, algumas coisinhas do universo feminino, que eu amo. Tem essa T-shirt “Imagina Juntas” mara da Amaro em parceria com a revista Glamour. Parte do valor será revertido para um projeto chamado “#ApoloniasDoBem”. Ai também tem essa coleção linda de pinceis rosa millennial da M.A.C. Tem como não amar e desejar, gente? Na imagem não aparece, mas pelo que eu vi vem com um nécessaire da mesma cor. Ainda não sei se chegou no Brasil, mas acredito que esteja à venda lá fora por enquanto. E, por último, mas não menos importante: essa mochila linda da coleção da ilustradora Rita Wainer para a Cantão

É isso, gente! Quem quiser compartilhar outras news, fique à vontade.

Beijos, Carol.

Para ler: Depois daquela montanha 

Fan Page ♥ Instagram


4
02.11.2017
* PJ Leu: Blogueiras.com! ♥

Ei, Gente! E a primeira dica literária do mês é Blogueiras.com, uma antologia do blog Nem Te Conto, da Thati Machado Para quem ama esse mundinho da blogosfera e dos livros, é um prato cheio. Vamos lá? Boa resenha! ;-)

PJ Leu - BlogueirasLivro: Blogueiras.com | Editora: Nem te Conto| Autora: Raffa Fustagno, Teca Machado, Thati Machado,
Thais. M de Lima, Adrielli Almeida, Larissa Azevedo, Mariana Mortani e Mari Scotti
Crédito da imagem: Pequena Jornalista

Sinopse: Nesse livro, a gente conhece oito histórias de oito protagonistas, que tem uma paixão pelo mundo da blogosfera e afins. Elas são diferentes, mas em contrapartida são sonhadoras e amam compartilhar interesses e fazer novos amigos. Falam sobre livros, música, comportamento e/ou viagem. No meio do caminho, descobrem que esse universo da internet tem mais a oferecer, do que imaginamos.

Minha opinião: Posso começar pela capa? Sério. É uma das minhas preferidas! Traduz direitinho a blogosfera.  Amei muito! Aliás, a parte de ilustração desse livro é bem amor. Agora sobre as histórias… Algumas marcaram mais, outras nem tanto. Mas de cara, dá para perceber que esse trabalho foi feito com muito carinho. E isso conta muitos pontos. Parabéns a todas, viu? Vou destacar as minhas quatro preferidas, que tiveram aquele plus a mais. Pelo menos para mim. Acho que tem a ver com identificação. Mas vale a leitura de cada história. Todas nos ensinam, mostram uma nova visão e uma nova aventura!

Para começar: “Arrisque-se”, da Mariana Mortani. É a típica história que eu amo. Adorei a escrita dela e o enredo, que tem aquele mix de romance, mundo da blogosfera, Londres e tal. Gosto muito quando o autor dá asas a imaginação do leitor, mas acho que ela deixou em aberto além da conta. Por isso, do fundo do meu coração, espero que tenha uma continuação. Depois dei de cara com um assunto bem relevante: depressão e como o blog pode ajudar. Não só o blogueiro, mas leitores do mundo inteiro. Parabéns, Larissa. Sua parte contando sobre “Sentimentos às avessas” fez toda a diferença nesse livro.

Ai na minha opinião, as duas histórias mais originais e que demonstram bem dois desejos profundos da maioria dos leitores. Imagina poder conhecer de pertinho seu personagem preferido? A Raffa Fustagno, trouxe isso a tona em “E a vida me trouxe” e já me imaginei trocando uma ideia com vários e até tendo um caso amoroso, por exemplo, com o James, de “Como casar com um marquês”. Agora, tem que dar um jeito de transformar isso em realidade, Raffa hahaha. E, por fim, mas não menos importante: da Teca Machado, em “Conversas Literárias”. Ok, sou suspeita, já que a Teca é minha amiga e ela que me deu de presente de niver. Mas, ela arrasou muito. Afinal, quem dera ter a oportunidade de invadir as histórias literárias e mudar algumas coisitas, né? Sem pedir a autorização do autor hahaha. Acho que é o sonho da maioria dos leitores. E ela faz isso através de uma leitura leve e bem divertida.

Enfim, gente. É um livro perfeito para embarcar em um fim de semana. A leitura flui, diverte e faz refletir. Além disso, faz a gente amar ainda mais esses universos: da blogosfera, Youtube e livros.

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Como casar com um marquês 

Fan Page ♥ Instagram 


5
31.10.2017
* Top 5: livros de terror! ♥

Quem me conhece um pouquinho, sabe que meu sobrenome é medo da palavra “terror”. Quando o tema é esse ou qualquer coisa parecida, fujo! Nem passo perto. Mas para não passar em branco o Halloween, pedi indicação de histórias literárias assustadoras para alguns amigos (muito obrigada pela ajuda, gente). Dai, surgiu esse top 5. Espero que gostem (eu não curti hahaha). Vamos lá? Bom post para vocês! ;-)

Post Halloween - PJCrédito das imagens: Saraiva / Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

1. Misery (Stephen King) * Indicação Juju Bittar 
Sinopse: Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain, que descobriu três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após emergir da nuvem escura. A primeira foi que Annie Wilkes tinha bastante analgésico, que ela era viciada nesses remédios e perigosamente louca. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado por quem? Annie Wilkes, que além de tudo é uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta nela seu lado mais sádico e psicótico. Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, em “Misery – Louca Obsessão”, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo.

2. Horror em Amityville (Jay Anson) * Indicação Renata Sodré (que não conseguiu terminar de ler, de tanto medo)
Sinopse: Em 1975, George e Kathleen Lutz resolveram recomeçar a vida em uma nova residência que compraram por uma pechincha. Vinte e oito dias depois, os cinco membros da família fugiram aterrorizados, deixando a maior parte de seus pertences para trás. Estranhos eventos começaram a acontecer, afetando a vida dos Lutz e indicando que uma presença maligna habitava a casa. Embora tenha sido amplamente divulgada pela mídia, em especial nos jornais e nas revistas da época, muitas vezes de maneira sensacionalista, a história da casa nunca havia sido contada com riqueza de detalhes — até Jay Anson decidir reconstruí-la e transformar seu livro de não-ficção em um dos relatos paranormais mais importantes e conhecidos de todos os tempos.

3. As Bruxas Mayfair (Anne Rice) * Indicação Margô Costa 
Sinopse: Espírito que tem como objetivo se fazer carne, sentir, ter vida, através da concentração de partículas transmutadas nas células do filho de Rowan e Michel. Lasher e suas bruxas fizeram um pacto e uma promessa: ele traria todas as riquezas e lhes concederia todos os favores.

4. Drácula (Bram Stoker) * Indicação Ramon Lourenço  
Sinopse: Um livro clássico, que narra o assustador confronto entre o vampiro mais famoso da literatura, apoiado por sua legião crescente de mortos-vivos, e um grupo decidido a aniquilá-lo, liderado por Jonathan e Mina Harker e o médico holandês Van Helsing.

5. O Corvo (Edgar Allan Poe) * Indicação Emily Antonetti 
Sinopse: Escrito originalmente em 1845, o poema “O Corvo”, do escritor norte-americano Edgar Allan Poe.  O escritor Luiz Antonio Aguiar tornou o texto atraente ao público jovem, sem comprometer a deliberação exigida por Poe. Privilegiou os versos que não buscam a métrica e a rima e destacou a condição psicológica e existencial do personagem que recebe a funesta visita do Corvo.

***

É isso, gente! :) Só de ler a sinopse, já não vou dormir direito essa noite hahaha. Eu até tenho uma pequena curiosidade em relação aos livros do Stephen King, mas eu leio a primeira linha da sinopse e desisto na hora. =D Enfim, quem quiser indicar mais livros, fique à vontade! E bom Halloween para todo mundo! *risadinha maléfica*

Beijos, Carol.

Para ler: 5 filmes de arrepiar o cabelo!

Fan Page ♥ Instagram 


0
29.10.2017
* {Blogagem Coletiva} – Dia Nacional do Livro: Campanha Leia.Seja! ♥

Ei, Pessoal. Para quem não sabe, hoje é um dia muito importante para os apaixonados pelo mundinho literário: Dia Nacional do Livro! Daí, o Sindicato Nacional dos Editores de Livros, criou uma campanha mega especial, a Leia.Seja., que tem por objetivo valorizar o livro e seu papel transformador na sociedade. Algumas personalidades, como Washington Olivetto e Baby do Brasil, vestiram sua paixão pelas histórias para contar ao pé da letra como o simples ato de ler, tem o poder de transportar a pessoa para lugares, sentimentos e reflexões sobre a imaginação. Aliás, essa palavrinha consegue estimular a criatividade, inspiração e, claro, o saber. Resumindo: praticar a leitura só traz benefícios. ;-)

IG Washington e Baby - Visconde e EmiliaCrédito da Imagem: Leia.Seja. 

Eu nem preciso falar sobre o meu amor por livros, né? Acho que todo mundo sabe a importância deles na minha vidinha. Me distraem, me ensinam, me emocionam a cada capítulo. Tem aqueles que marcam mais, tem aqueles personagens que eu adoraria ser amiga ou se não tivesse a minha própria identidade, gostaria de pegar um pouco da de tal personagem para mim. Ler é o meu melhor refúgio! Mas de uma forma boa. Ao embarcar em uma história, aprendo muito e consigo encarar a minha realidade de uma forma mais leve.

E, no Brasil, temos tantos autores bons. Para todas as idades! Thalita Rebouças, Paulo Coelho, Fernanda França, Paula Pimenta, Laura Conrado, Mauricio de Souza, Ziraldo, entre tantos outros. Ah! E já que o assunto é esse, deixa eu contar uma história sobre o Monteiro Lobato… Confesso, que não foi o autor que mais marcou a minha infância, porém quando virei adolescente, tive a oportunidade de interpretar uma das personagens mais fofas e incríveis da vida: a boneca Emília. Tagarela como ninguém, me ensinou muito, principalmente no quesito imaginação. Se eu voltasse a atuar, com certeza, gostaria de me teletransportar para o Sítio do Picapau Amarelo novamente. Sem esquecer do pó de pirlimpimpim! ;-)

PJ - Leia.Seja. - EmíliaCrédito da imagem: Pequena Jornalista! 

É isso, pessoal. Feliz dia para todos os amantes dos livros! Sejam nacionais ou não. Incentive a leitura. É um hábito saudável e que contém palavras que podem transformar uma vida. Por isso: Leia e seja! E quem tiver alguma história curiosa no estilo que contei hoje, pode compartilhar nos comentários! 

Beijos, Carol.

*P.S: esse post faz parte de uma blogagem coletiva, organizada pela Editora Arqueiro (parceira do blog). 

Fan Page ♥ Instagram 


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018