11.04.2018
* {Beda 11} – Top 5: Laura Conrado! ♥

Ei, Gente! :) E o post do dia é mais um top 5. Dessa vez, com uma outra autora brasileira que eu amo: Laura Conrado Quem ainda não leu os livros da Laura, por favor, mudem isso. As histórias são divertidas, leves e com aquele toque de chick-lit que a gente ama! Enfim, vamos lá? Boa leitura! ;-)

PJ - Top 5 - Laura ConradoCrédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

1. Quando saturno voltar (Globo Livros) 
Sinopse: Déborah Zolini tem uma vida, aparentemente, estável. Um namorado, sonha com o casório e trabalha como assessora de imprensa de um time de futebol de segunda divisão. Mas durante uma viagem para o Chile, ela conhece a Cigana Saphira, que avisa: o Retorno de Saturno, um fenômeno astrológico que acontece às vésperas do aniversário de trinta anos, está se aproximando. Quando a Déborah volta ao Brasil, começa a perceber sinais de que grandes mudanças estão por vir. Começando por Henrique, um cara maravilhoso que ela conheceu no avião. E sem esperar, o galã mexe com seus sentimentos e “atrapalha” toda a sua rotina. Tudo o que parecia estar ok, vira de cabeça para baixo. Nossa protagonista terá de confrontar todos os seus medos. Pois é! Saturno realmente mostra o poder da sua volta e o destino a surpreende. Tanto na vida pessoal quanto na profissional.
Observação da Pequena: Se você está prestes a completar 30 primaveras, indico muito esse livro. Mas se não está, também indico. É o tipo de leitura que te faz bem! Para saber mais, só clicar aqui.

2. Freud, me segura nessa (Novo Século) 
Sinopse: Depois de se apaixonar pelo terapeuta e passar por desventuras, Cat, agora encara uma série de descobertas sobre si própria e o mundo. Numa temporada fora do país (NY, baby!) e em meio a novas oportunidades, amores e amigos, nossa querida protagonista descobre que, mesmo distante, sentimentos não resolvidos de seu passado podem se fazer presentes. Ela confronta traições, inseguranças, dúvidas e os riscos das escolhas adultas diante do dinheiro, do sexo e do amor. Sendo assim, mais uma vez, Cat pede ajuda ao Freud para se segurar nos desafios da vida adulta.
Observação da Pequena: Cat é aquela típica personagem “gente como a gente”. Me ajudou tanto esse livro, que vocês não tem noção. Para saber mais, clique aqui.

3. Freud, me tira dessa (Novo Século) 
Sinopse: O livro conta a história da jovem Catarina, dona de uma vida amorosa catastrófica. Disposta a rever suas escolhas e entender o que acontece, Cat busca ajuda na psicoterapia. Como se não bastasse o dolorido processo de conhecer a si mesma e de adentrar na relação com os seus familiares, ela simplesmente se apaixona pelo terapeuta Luiz. No auge da angústia, a protagonista recorre ao Freud para sair dessa. Entre confusões, lágrimas, descobertas, risos, Cat passa por uma trajetória de autoconhecimento e aceitação da própria história. E o melhor: com um final nada clichê!
Observação da Pequena: Esse foi o meu primeiro contato com a Laura e o começo da história de Cat. A gente ri, chora e aprende mais do que imagina! Para saber mais, clique aqui.

4. Na minha onda (Globo Livros) 
Sinopse: Vitória é uma cantora talentosa que esteve no topo do sucesso há cinco anos. Mas agora ela está arrasada, pois ficou desempregada, voltou a morar com os pais e ainda tem que aceitar o triunfo de Carol Laine, sua amiga de infância e antiga dupla musical, que seguiu a carreira solo e está se tornando uma das mais comentadas artistas da Bahia. Porém, mesmo Vitória tentando se esconder a todo custo, Carol Laine a procura com um convite: ela quer que as duas voltem a trabalhar juntas e que ela participe de um reality show sobre sua vida. Isso significa, também, estar mais próxima de Lucas, o primo (gato!!) e assessor de Carol, por quem Vitória mantém uma paixão secreta há anos. Mesmo parecendo uma proposta irrecusável, é difícil engolir a mágoa, fica à sombra de Carol Laine e ainda encarar os reveses da fama, como a exigência de estar sempre linda e em forma, as fofocas da imprensa, a perseguição de um fã maníaco e misterioso e a dúvida sobre as amizades serem apenas por interesse. Em meio a tantos sentimentos conflitantes, Vitória terá de responder: vale a pena voltar a um mundo em que o ego das pessoas parece controlar tudo?
Observação da Pequena: Só digo uma coisa: de-vo-rei! Para saber mais, clique aqui.

5. Literalmente amigas (Bertrand) 
Sinopse: Quando Gabi e Lívia, duas apaixonadas por livros, se conheceram em uma comunidade sobre literatura em uma extinta rede social, não imaginavam que se tornariam melhores amigas e que criaram um blog de resenhas literárias, o Literalmente Amigas. Desde então, elas são inseparáveis, apesar das personalidades muito diferentes! Gabi é um pouco avoada, desorganizada financeiramente, de riso fácil e vive uma história de conto de fadas com o namorado de longa data. Já Lívia é assertiva, firme e possui planos bem delineados para seu futuro, embora ainda não tenha encontrado o emprego dos sonhos nem um romance arrebatador como o de seus livros favoritos. Juntas, elas enfrentam as dificuldades da juventude, seja na profissão, seja no amor, até tudo começar a mudar quando ambas são selecionadas para a mesma vaga — para a qual as duas se inscrevem, sem contar uma para outra — na principal editora do país. Será que a paixão pelos livros, que antes unia as amigas, agora se tornará o motivo do término da amizade?
Observação da Pequena: Esse é o novo livro da Laura, junto com outra autora brasileira Marina Carvalho. Lança em maio (desse ano) e já estou contando os dias para embarcar nessa história. Acho que vai ser impossível não se identificar! Ainda mais quem ama livros e blogosfera!

***

É isso, gente! A Laura tem mais livros, mas esses são os meus favoritos (Literalmente Amigas provavelmente também vai entrar na listinha, mas quando eu ler, conto para vocês). Mega indico, pois são leituras que marcam e ensinam de uma forma leve e divertida! #ficadica 

Beijos, Carol.

Para Ler: PJ Entrevista – Laura Conrado

Fan Page ♥ Instagram   


4
09.04.2018
* {Beda 9} – Top 5: lançamentos Sextante & Arqueiro – 1º semestre 2018! ♥

Ei, Gente! :) Na última 5ª feira, a editora Arqueiro (e Sextante também) fez o clássico encontro com livreiros e blogueiros, no Rio de Janeiro. Para quem não sabe, esse evento tem por objetivo mostrar os lançamentos do primeiro semestre do ano e, no final, sempre levam algum autor para conversar com a gente. Então, para o post do dia, trouxe alguns dos lançamentos que mais estou animada. Vamos lá?

Lançamentos Arqueiro e SextanteCrédito das imagens: Arqueiro & Sextante
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

1. A luz que perdemos (Jill Santapolo – Arqueiro)
Sinopse: Lucy e Gabe se conhecem na faculdade na manhã de 11 de setembro de 2001. No mesmo instante, dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Ao ver as chamas arderem em Nova York, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo. Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York. Nos treze anos que se seguem, o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejo, ciúme, traição e, acima de tudo, amor. Lucy começa um relacionamento com o lindo e confiável Darren, enquanto Gabe viaja o mundo. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro. Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados?
Observação da Pequena: Foi o meu pedido de abril e estou ansiosa para ler. E lá no encontro, a equipe contou que esse livro foi indicado pela atriz Reese Witherspoon, no seu clube do livro. Além disso, contaram que uma produtora comprou os direitos para levar a história para as telonas!

2. Direto de Washington (Washington Olivetto – Sextante)
Sinopse: Washington Olivetto é um dos maiores publicitários brasileiros, criador de algumas das mais marcantes, emocionantes e divertidas campanhas da propaganda nacional. Neste livro ele conta algumas histórias que ajudam a compreender como o grande publicitário criou o seu melhor personagem: ele próprio.
Observação da Pequena: Nesses eventos da Arqueiro/Sextante, eles sempre levam um autor para conversar com a gente. E, dessa vez, foi o Washington Olivetto! Foi um bate-papo bem descontraído e divertido. Ganhamos o livro dele no final do encontro e quando eu ler, conto para vocês. Quem tiver curiosidade, fica a dica! ;-)

3. O Segredo de Helena (Lucinda Riley – Arqueiro)
Sinopse: Helena nunca esqueceu o verão que passou na mágica Pandora, a casa de seu padrinho no Chipre, onde, cercada por oliveiras e pelo verde-esmeralda do Mediterrâneo, ela se apaixonou pela primeira vez, aos 15 anos. Mais de duas décadas depois, tendo herdado a antiga propriedade, ela retorna ao lugar para mais um verão, dessa vez em companhia do marido e dos filhos. No entanto, Helena sabe que voltar àquele lugar pode trazer à tona segredos que ela preferia esconder. Um desses segredos envolve Alex, seu filho mais velho, fruto de uma relação anterior a seu casamento. Com uma inteligência acima da média, ele vive a difícil transição para a vida adulta e está determinado a descobrir a identidade de seu verdadeiro pai. Enquanto o verão avança e pessoas do passado de Helena reaparecem, Pandora parece pronta a revelar os mistérios que ocultou por tantos anos e que, uma vez descobertos, farão com que a vida de Helena, e de sua família, nunca mais seja a mesma.
Observação da Pequena: Se cuida Manoel Carlos, Lucinda também tem a sua Helena hahaha. Brincadeiras à parte, ansiosa para embarcar nessa história recém-lançada pela Arqueiro.

4. 50 coisas sobre minha mãe (Sextante)
Sinopse: Este livro reúne 50 frases que vão ajudar você a recordar e registrar todos os detalhes que tornam sua mãe única e especial – os talentos e as peculiaridades que ela possui, as melhores lembranças que vocês compartilharam, o aprendizado que ela lhe transmitiu ao longo da vida, entre muitas outras coisas.
Observação da Pequena: Um livro que o filho escreve para mãe, literalmente. Então, aqui está um spoiler de um dos presentes para a minha no seu dia!

5. Nada escapa a Lady Whistledown (Julia Quinn – Arqueiro)
Sinopse: Nesse livro, a cronista eternizada por Julia Quinn continua a revelar os acontecimentos mais apimentados da temporada londrina. Suas colunas são o fio condutor das quatro histórias que formam mais esta coletânea. Afinal, há tanto a ser dito sobre o baile oferecido por lady Trowbridge, em, que esta autora não teria como contar tudo em só uma coluna. Assim como o primeiro, “Lady Wishtledown contra-ataca”, três autoras, além da Julia Quinn, participam escrevendo essa história.
Observação da Pequena: Dica para quem ama a Julia Quinn, esse livro foi lançado hoje! ;-)

***

Além desses lançamentos, durante esse ano também vamos ter outros! Por exemplo: uma nova história do Nicholas Sparks (editora Arqueiro), que eles já adiantaram que vai ser outubro. Em maio, vai ter pela Sextante, o livro “Me Poupe“, da youtuber Nathalia Arcuri, que fala sobre finanças com uma linguagem mais fácil.  Vamos ter Frederico Elboni, entre outros! Ah! Esse ano, a editora Sextante completa 20 anos e para comemorar, eles vão relançar livros com capas novas. Enfim, ao longo dos meses, conto mais para vocês, ok? 

Evento Livreiros e Blogueiros - Sextante e Arqueiro - PKUm pouquinho do evento: lançamentos, selfie com o fofo do Fernando, do Marketing e 20 anos da Sextante!
:)

É isso. Para variar, amei o evento e adorei encontrar a equipe, amigas blogueiras e os mimos (ganhamos a “Mulher na Janela”, uma bolsa desse livro e o do publicitário Washington) e a cartinha da Dona Regina, mães dos irmãos que comandam o grupo Sextante. Só fiquei triste, que por conta do trânsito e de alguns compromissos para depois, não consegui tirar a clássica foto na cabine de fotos divertidas. Mas fica para o próximo encontro.

Agora me contem: qual é o lançamentos que vocês precisam ler para ontem? 

Beijos, Carol.

Para ler: Encontro de Livreiros e Blogueiros – 2017

Fan Page ♥ Instagram 


0
07.04.2018
* {Beda 7} – Top 5: protagonistas literárias jornalistas! ♥

Ei, Gente!  Para quem não sabe, hoje é o Dia do Jornalista! Então, em homenagem a todos os meus amigos de profissão (que amam ler comédia romântica), selecionei cinco protagonistas literárias jornalistas! Vamos lá? Bom post! ;-)

Dia do Jornalista - PJ - Protagonistas literárias jornalistasCrédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. A Vingança Veste Prada (Lauren Weisberger – Editora Record)
Sinopse: A vida de Andy Sachs mudou muito desde os tempos de assistente da poderosa diretora Miranda Priestly. De seu passado na revista Runway restaram apenas pesadelos e ataques de pânico ao se lembrar da ex-chefe e, por incrível que pareça, uma amizade com Emily, antiga companheira de trabalho. Juntas, as duas resolveram fundar uma revista especializada em cobrir glamorosos casamentos. Sofisticada, estilosa e de bom gosto, The Plunge é uma Runway para noivas. Além do seu “novo” trabalho, Andy está prestes a se casar com Maxon Harrison, um dos “melhores” partidos de Nova York. Tudo parece estar em perfeita ordem, mas não por muito tempo. No dia do seu casamento e durante a lua de mel, surpresas acontecem nos momentos mais inoportunos. E como se não bastasse, parece que o pior dos pesadelos voltou para assombrar os dias dela e da Emily. Com o grande sucesso da The Plunge, o grupo Elias-Clark, onde Miranda reina, vê na revista um ótimo investimento. Com tudo isso, a vida de Andy vai virar de cabeça para baixo. Tudo está por um fio: sua amizade com Emily, sua nova vida e seu casamento! E tudo isso com a presença pavorosa de Miranda Priestly.
Tipo de Jornalista: Andy – Tem pesadelos até hoje com a primeira chefe de uma revista, mas deu a volta por cima e abriu a sua própria!
Observação da Pequena: Tem post sobre esse livro aqui.

2. Os delírios de consumo de Becky Bloom (Sophie Kinsella – Editora Record)
Sinopse: É a história de uma jornalista financeira que durante o dia, ensina às pessoas como administrar seu dinheiro e no fim-de-semana, transforma-se em uma consumidora compulsiva, fugindo do gerente do seu banco e com muitas dívidas. Rebecca Bloom não resiste uma liquidação! Quanto mais inútil, melhor! Para ela, o mundo todo enxerga os detalhes da alça de seu sutiã, combinando com as cores de seus sapatos. Mas seu salário nunca é suficiente para pagar suas extravagâncias. Endividada até a alma, Rebecca, ou Becky, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito. Os delírios de consumo de Becky Bloom é um pouco da história de todas as pessoas para as quais comprar é quase uma terapia, a resposta para todos os problemas, mesmo criando outros piores ainda. Então, tenta reduzir seus gastos a zero, o que logicamente, não funciona. Diante disso, ela resolve que precisa ganhar mais dinheiro, mesmo sabendo que seu emprego está ameaçado.
Tipo de Jornalista: Becky  – Gasta seu salário (mínimo) de jornalista com uma echarpe verde!
Observação da Pequena: Não temos resenha sobre ele, mas dos outros sim. Só procurar na caixinha de busca por Sophie Kinsella e pronto!

3. Quando Saturno Voltar (Laura Conrado – Globo Livros)
Sinopse: Déborah Zolini tem uma vida, aparentemente, estável. Um namorado, sonha com o casório e trabalha como assessora de imprensa de um time de futebol de segunda divisão. Mas durante uma viagem para o Chile, ela conhece a Cigana Saphira, que avisa: o Retorno de Saturno, um fenômeno astrológico que acontece às vésperas do aniversário de trinta anos, está se aproximando. Quando a Déborah volta ao Brasil, começa a perceber sinais de que grandes mudanças estão por vir. Começando por Henrique, um cara maravilhoso que ela conheceu no avião. E sem esperar, o galã mexe com seus sentimentos e “atrapalha” toda a sua rotina. Tudo o que parecia estar ok, vira de cabeça para baixo. Nossa protagonista terá de confrontar todos os seus medos. Pois é! Saturno realmente mostra o poder da sua volta e o destino a surpreende. Tanto na vida pessoal quanto na profissional.
Tipo de Jornalista: Déborah – Sabe as dores e delícias de ser assessora de imprensa!
Observação da Pequena: Tem post sobre esse livro aqui.

4. Bolsas, Beijos e Brigadeiros (Fernanda França – Planeta do Brasil)
Sinopse: Melissa Moya é uma jovem jornalista que trabalha para uma agência que a envia para diversos países com a seguinte missão: escrever matérias sobre suas deliciosas aventuras pelo mundo afora (que chato!!). Dessa vez, Mel nos leva para uma emocionante viagem de trem pela Europa. Em meio a essa jornada, nossa protagonista precisa lidar com a saudade que sente da família, com os sumiços misteriosos de seu namorado Théo e uma dúvida que ronda a sua cabecinha durante a viagem. Porém, logo no início dessa aventura, na Itália, Mel descobre parentes, que a acompanham em sua andança sobre os trilhos. Mais do que familiares, ela encontra verdadeiros amigos.
Tipo de Jornalista: Mel – Tem o trabalho dos sonhos: é paga para viajar para os lugares mais incríveis e escrever sobre cada destino!
Observação da Pequena: Tem post sobre esse livro aqui.

5. I Love New York (Teca Machado – Novo Século)
Sinopse: Alice foi traída pelo namorado Leandro. E como se isso não bastasse, o caso foi parar em um vídeo cômico na internet e, claro, ela ficou conhecida como a corna do ano (nacionalmente). Virou até rap! Para completar, seus pais estavam de mudança. Sendo assim, decidiu dar um tempo na sua vida em Cuiabá e passar um tempo na cidade mais amada por ela: New York! Chegando lá, começou a estudar numa grande universidade, fez novos amigos, ganhou um namorado dos sonhos (de qualquer garota) e ficou de queixo caído com o apartamento incrível, o seu novo lar doce lar. Tudo isso num cenário apaixonante! Pois é, parecia que tudo tinha se ajeitado e finalmente a vida sorriu de novo para ela. Mas como diz a irmã dela, Alice não nasceu para ficar no anonimato, nem mesmo em NY. E dessa vez, virou até alvo desses veículos de fofoca.
Tipo de Jornalista: Alice – É uma raridade no mundo jornalístico: não gosta de café!
Observação da Pequena: Tem post sobre esse livro aqui.

**

É isso, pessoal. Feliz Dia para todos os jornalistas!  E um obrigada especial para as protagonistas literárias, que me inspiram muito nessa área do jornalismo! Um dia, ainda vou criar uma personagem doidinha e que trabalha com duas coisas que mais ama: palavras e notícias verídicas.

Ah! Tem algum livro que tem jornalista no meio? Pode me indicar! ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Entrevista – Nath Fuzaro!

Fan Page ♥ Instagram


2
01.04.2018
* {Beda 1} – Páscoa: Livros que adoçam a vida! ♥

Ei, Gente! :) Vai ter Beda nesse bloguinho sim! Para quem não sabe, isso significa: posts todos os dias de abril (Qualquer contratempo, aviso). E para começar… Um post em homenagem ao dia de hoje, né? Livros que adoçaram a minha vida e adoçam até hoje, quando lembro de cada história. Vamos lá? Boa leitura para vocês! 

Post - Páscoa - PJCrédito das imagens: Saraiva
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. Malas, Memórias e Marshmallows (Fernanda França – Rai Editora)
Sinopse: Às vezes, o fim de algo pode ser apenas um novo começo. Após ser despedida do trabalho no dia de seu aniversário, Melissa Moya conhece Theodoro Brasil, seu vizinho, dando início a uma nova amizade que vai permitir que a jovem jornalista realize seu maior sonho: viajar pelo mundo afora. Então, Mel embarca no projeto “América sobre rodas”, uma aventura por diversas regiões dos Estados Unidos, deixando para trás sua gata, Lady Gaga, sua família e seus amigos. Máquina fotográfica na mão, notebook debaixo do braço, Melissa vai acabar percebendo que a vida surpreende a cada momento, principalmente quando o assunto é o amor verdadeiro.
Observação da Pequena: O nome do livro já é doce, a história mais ainda. A leitura dele, deixa a vida mais leve e feliz! E, claro: cheio de aprendizado! Vale muito embarcar nas aventuras da Mel, viu? Quem quiser saber mais, falei sobre ele aqui.

2. Um dia ainda vamos rir disso tudo (Ruth Manus – Editora Sextante)
Sinopse: Um dia ainda vamos rir de tudo isso é uma coletânea de crônicas publicadas no blog do Estadão, em sua coluna no Estado de S. Paulo e no jornal Observador, de Lisboa, além de algumas inéditas. O que o leitor tem em mãos não é apenas uma seleção de textos, e sim um retrato do nosso tempo, por uma das mais destacadas cronistas da nova geração.
Observação da Pequena: Um livro de crônicas, que no momento, estou no finalzinho…. Mas já posso garantir que deixa o dia a dia bem mais doce mesmo. A gente se sente representada (nem que seja um pouco) em cada texto. Essa semana, vai rolar a resenha dele, ok?

3. Apaixonada por palavras (Paula Pimenta – Editora Gutenberg Brasil)
Sinopse: Narrado em primeira pessoa, o livro reúne 55 crônicas, que descrevem experiências, sentimentos e reflexões da autora. Com a mesma eloquência e fluidez que caracterizam seus romances, Paula Pimenta revela aqui a si própria, com relatos, comentários e ideias de forma clara e envolvente. Como a própria autora descreve: ‘É rara a ocasião em que não estou com um livro por perto, e mais raro ainda é o momento em que eu não estou com um bloco e uma caneta. Sempre anotando, pensando por escrito’. Abordando temas como amor, ciúmes, amizade, esportes, cidadania, e muitos outros.
Observação da Pequena: O que falar desse livro? É tipo Martha Medeiros para o público mais novo, mas sinceramente acho que derrete o coração de todos. Amo muito esse livro, não só o nome, como tudo o que ele representa. Tem lugar cativo na minha estante e mega recomendo mesmo!

4. Menina de vinte (Sophie Kinsella – Editora Record)
Sinopse: A vida de Lara Lington não está nada fácil. A melhor amiga e sócia decide curtir um tórrido caso de amor em Goa, deixando o escritório de caça-talentos em suas mãos pra lá de inexperientes. Josh, o ex-namorado, ainda é uma questão mal resolvida em sua vida: ele mudou o número de telefone depois de todas as mensagens malucas que ela deixou e não quer encontrá-la para uma última conversa. Agora, além de ficar ouvindo sermão de seus pais sobre sua carreira e vida amorosa, ela tem que acompanhá-los ao funeral de sua tia-avó de 105 anos, Sadie Lancaster, que ela nunca conheceu! E ainda tem que aturar o tio bilionário, dono de uma famosa rede de cafés, que trata o resto da família como se todos fossem de uma classe inferior, prontos a pedir algum favor a ele. Lara está contando os minutos para se livrar de sua chata obrigação familiar quando o inesperado acontece: ela ouve uma moça, com seus vinte e poucos anos e com roupas da década de 20, exigindo, aos berros, que parem o funeral e que ela precisa de seu colar para descansar em paz…
Observação da Pequena: Essa história tem todos os ingredientes necessários para adoçar ainda mais a nossa vida literária. A gente chora? Sim… Mas aprende em dobro e se diverte muito com essas duas: Lara e Sadie. É um dos livros que eu mais amo na vida e sempre quando penso nele, me dá vontade de reler e deixar o meu dia a dia  mais doce! Quer mais informações? Só clicar aqui.

5. A lista de Brett (Lori Nelson Spielman – Editora Verus)
Sinopse: Brett Bohlinger parece ter tudo na vida, mas por obra do destino acaba de perder a sua adorada mãe. E para a sua surpresa, ela deixou no testamento a seguinte ordem: para receber sua parte na herança, Brett precisa completar em um ano uma lista de sonhos, que escreveu quando era uma adolescente. Deprimida e de luto, ela não consegue entender a decisão de sua mãe. Afinal, aos trinta e quatro anos suas ambições e desejos mudaram. Alguns sonhos exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira e outros parecem impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus antigos e doces sonhos. E surpreendentemente descobre que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.
Observação da Pequena: Que livro mais amor, gente! A capa já conquista, mas o conteúdo é sem comentários! Vários “tapas” na nossa cara, mas de um jeito bem leve e doce, se é que me entendem. Amo muito e recomendo para adoçar a vida de todo mundo. Quer saber mais sobre essa história? Clica nessa resenha!!

***

É isso, pessoal. :) Tem um Top 5 de livros que deixam a nossa vidinha literária mais doce? Me conta nos comentários! Leituras assim são sempre bem-vindas! E, por fim, desejo a todos uma boa Páscoa. Que o espírito de recomeço e fé estejam sempre presentes. E, cá entre nós, essas leituras ajudam muito nesses dois quesitos, né? 

Beijos, Carol.

Para ler: Um beijo à meia-noite

Fan Page ♥ Instagram  


0
20.03.2018
* PJ Leu: Um beijo à meia-noite! ♥

Ei, Gente! :) E a dica literária do dia é Um beijo à meia-noite, da autora Eloisa James. O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog), é uma releitura de um clássico infantil: Cinderela. Para quem ama conto de fadas, é uma ótima pedida. Vamos lá? Boa resenha para vocês! 

PJ Leu - Um beijo à meia noiteLivro: Um beijo à meia-noite | Editora: Arqueiro | Autora: Eloisa James
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista

Sinopse: Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível e irritante. A atração entre eles é imediata, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo.

Minha opinião: Cinderela é uma das histórias que mais gosto da Disney e embarcar em uma releitura desse conto de fadas foi uma das escolhas mais certeiras desse ano no aspecto literário. A leitura não fluiu de primeira, mas quando foi: não quis largar e só larguei porque o trabalho me chamava e a vida social também hahaha. Um beijo à meia-noite tem um monte de referência à história original, como se espera, mas tem o seu toque único, sabem? Quando eu falar desse livro, vou lembrar dele por si só. Os personagens clássicos estão na pele de novas “pessoas”, que me conquistaram tanto quanto. Principalmente a madrinha! Henry é uma das minhas personagens favoritas. Quando ela surgiu na história, tudo ficou mais divertido! Gostei dos conselhos dela e da forma como olha para a vida. Prestem atenção nela! O príncipe Gabriel é de suspirar e a “Cinderela” é bem girl power. Os diálogos entre os dois são instigantes! Ah! Adorei a cara nova que ela deu para a irmã da Kate e os cachorrinhos. Ah! Wick também merece destaque!

O epílogo é o melhor. Gostei da visão da autora, da escrita dela e como construiu cada capítulo. Nada muito mimimi, sem enrolação e direto ao ponto! Embora, em alguns momentos eu tenha ficado um pouco confusa. É tanto personagem, tanta menção de outras coisas que aconteceram no passado e tal em uma só página, que acabei me perdendo. Então, em algumas partes: eu boiei totalmente. Mas acho que nada de muito importante. E sabe o sapatinho de cristal que aparece na capa? Tem um outro rumo, que é legal também! Digamos que esse livro é um conto de fadas adulto, mas sem perder a magia da nossa infância, que é fundamental. Fiquei com medo do fim, mas foi surpreendente, de forma positiva. Enfim, se você gosta da história da Cinderela, vale a pena embarcar nessa leitura. Lembrando que esse livro faz parte de uma série, com outros contos, como A Bela e a Fera, que a Eloisa James escreveu.

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Recomendo! 

Beijos, Carol.

Para ler: Sonhos em Flor 

Fan Page ♥  Instagram


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018