09.05.2019
* Top 5: Livros de mãe! ♥

Ei, Gente! :) Que tal um top 5 com livros para mães, principalmente, aquelas de primeira viagem? Assim, ainda não sou mãe, mas quando eu for, acho que esses da seleção vão me ajudar muito. E, é claro, se alguém souber de outras histórias literárias que ajudaram e tal, só acrescentar nos comentários. Boa leitura! 

Top 5 - Livro de Mãe - PJ - 1Crédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Mãe, me conta a sua história? (Elma Van Vliet – Sextante) 
Sinopse: Normalmente não devolvemos os presentes que ganhamos, mas este livro é uma exceção à regra. A intenção é que sua mãe o preencha e depois o devolva a você. Quando sua mãe ficou doente, a autora se deu conta de que havia muitas coisas que não sabia sobre ela, então, criou um caderno de perguntas para que a mãe pudesse registrar suas memórias e contar as histórias divertidas, comoventes e inspiradoras que viveu. Um livro que tem espaço para escrever, colar fotografias e incluir o que mais desejar. Um verdadeiro tesouro de família!
Observação da Pequena: Na verdade, essa é mais dica de presente, né? É que eu realmente acho que a minha mamy não vai ter muita paciência para preencher (hahaha), mas quando eu for mãe, vou gostar de montar esse livro! E vocês?

2. Mãe, recém-nascida (Thaís Vilarinho – Buzz) 
Sinopse: Livros de bebê são clichês, mas e aquela mãe que acabou de nascer? Um livro meio diário, meio conversa entre amigas e aquele conforto para a leitora se conectar com seu instinto e se reconectar com sua identidade. Um choque de realidade misturado com cafuné.
Observação da Pequena: De todos, achei esse mega interessante! Acho que foge bem do clichê livro de mãe. Com certeza, esse vai entrar na minha listinha de “livros que preciso ler” quando eu tiver um serzinho dentro de mim!

Top 5 - Livro de Mãe - PJ - 2Crédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

3. Agora que sou mãe (Flavia Calina – Academia) 
Sinopse: A descoberta da infertilidade, a luta para engravidar e os desafios e aprendizados da gravidez são abordados neste livro inspirador que é, antes de tudo, um relato real, sincero e emocionante sobre a maternidade. Também tem a recuperação pós-parto, cuidados com o neném, primeiro banho, rotina familiar, o papel da mãe e do pai, valores, filhos de pais separados, última amamentação e por aí vai!
Observação da Pequena: Eu adoro a Flavia Calina. Mesmo não sendo mãe, acompanha o canal dela (hoje com menos frequência, mas volta e meia estou lá assistindo) e é impossível não ficar calma nos vídeos dela! Eu ainda não li, mas imagino que seja bem inspirador para quem deseja ser mãe ou para aquelas que já carregam esse lindo título!

4. Adulta sim, madura nem sempre (Camila Fremder – Paralela) 
Sinopse: Um livro que reflete sobre a chegada da fase adulta e que fala muito sobre a maternidade. De um jeito bem-humorado, a autora conta passo a passo de histórias como entregar um freela para ontem, pagar a conta de gás atrasada e colocar o bebê para dormir. Tudo junto e misturado! E, de forma alguma, ela finge que está tudo sob controle e tudo bem!
Observação da Pequena: Esse, por enquanto, foi o único que eu li. As partes sobre maternidade fiquei boiando um pouco, mas me ajudou, por exemplo, a entender melhor algumas amigas que já são mães! Ah! E não tem mãe no título, mas a imagem da capa já diz tudo, né?

5. Meu jeito de ser mãe (Fernanda Rodrigues – Fontanar) 
Sinopse: Ela é mais conhecida como atriz (e apresentadora), mas cumpre um outro papel tão importante quanto: o de mãe. No seu primeiro livro, ela narra a sua experiência como mãe. Tudo de maneira sensível, bem-humorada e informativa. Mais do que dizer o que é certo ou errado, ela divide suas vivências, com ajuda de profissionais, como obstetra-ginecologista, pediatra e e etc.
Observação da Pequena: Acho que deve ter a mesma vibe do livro da Flavia Calina, mas de repente um complementa o outro, sabem? Também entrou para a minha futura lista! 

***

É isso, pessoal. Quem já leu algum desses, conta nos comentários! No mais, podem opinar à vontade. ^^

Beijos, Carol.

Post Antigo: Adulta sim, madura nem sempre!

Fan Page ♥ Instagram  


0
30.04.2019
* Top 5: Bruna Vieira! ♥

Ei, Gente! :) Há muito tempo eu não faço um top 5 com escritor brasileiro, né? Dessa vez, escolhi falar de alguns livros da Bruna Vieira, dona de um dos perfis da internet mais fofos! Não li todos, mas alguns já embarquei e me vi muito nas protagonistas que ela criou. Enfim, vamos lá? Boa leitura! 

Top 5 - Bruna Vieira - PJCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. De volta aos quinze 
Sinopse: Anita tem 30 anos, e sua vida é muito diferente do que ela sonhou para si. Um dia, ao reencontrar seu primeiro blog, escrito quando tinha 15 anos, algo inusitado acontece, e tudo ao seu redor se transforma de repente. Em meio a amores impossíveis, amizades desfeitas e atritos familiares, ela tentará escrever seu próprio final feliz em uma página misteriosa na internet.
Observação da Pequena: A capa é linda e o conteúdo é apaixonante. Foi o 1º livro que li da Bruna!

2. A menina que colecionava borboletas 
Sinopse: Um livro de crônicas e pensamentos, onde a autora mostra o quanto amadurecer e conquistar a independência é maravilhoso, mas tem seus desafios e poréns. Para ela, as páginas deste livro significam o bater de asas das borboletas que colecionou dentro do peito por algum tempo e que agora, finalmente, pode deixar que voem livres por aí.
Observação da Pequena: Acho a capa desse livro bem poética e crônicas sempre são bem-vindas! Está na minha listinha de livros que quero ler.

3. De volta aos sonhos 
Sinopse: No 2º livro da trilogia, Anita viaja no tempo acidentalmente e acaba mudando seu destino mais uma vez. As consequências são inevitáveis e fazem com que ela repense suas prioridades. Vale a pena trocar tudo por um amor? Ela terá que descobrir a resposta enquanto decide o que cursar na faculdade e arruma as malas para trabalhar em um outro país, no meio do turbilhão de sentimentos por Joel, cada vez mais presente em sua vida, e Henrique, agora uma estrela em ascensão no mundo da música. Além de buscar o controle sobre seu próprio destino, a protagonista deverá lidar com escolhas erradas e problemas certos, na tentativa de desvendar de uma vez por todas o mistério das viagens no tempo.
Observação da Pequena: Tem Paris no meio, a gente já embarca. É uma das minhas capas preferidas! E espero que a Bruna esteja escrevendo o terceiro da trilogia, mas se não, tudo bem… Imaginar o desfecho também tem o lado bom. Mas se eu pudesse fazer um pedido para ela, seria: escreva a continuação, por favor! 

4. Um ano inesquecível 
Sinopse: Um livro que fala sobre doces e sensíveis momentos que passamos na adolescência e que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. A Bruna escreve com outras autoras e a estação dela é a primavera, onde mostrar uma paixão brotando!
Observação da Pequena: Já contei por aqui que tenho ele, mas ainda não embarquei. Confesso que a vontade giga de ler, por enquanto, passou, mas acho que no momento certo, vou embarcar nessas histórias!

5. Quando tudo começou 
Sinopse: Bruna tem uma lista secreta de sonhos que nunca contou para ninguém. Em uma cidade tão pequena que você provavelmente nunca ouviu falar, sua história começa. Nem tão alta, nem tão magra, nem tão divertida. Dizem que ela queria fazer as malas e explorar o mundo, mas antes disso vai precisar lidar com a timidez e enfrentar os primeiros dias na nova escola. Viajando com andorinhas e descobrindo as pontes que ligam a vida de uma garota comum aos seus sonhos, Bruna Vieira encontra o traço delicado da premiada ilustradora e quadrinista Lu Cafaggi, nos presenteando com a história de uma jovem que aprendeu a amar a vida e a si mesma antes de conhecer o mundo lá fora.
Observação da Pequena: Nunca li quadrinhos, além da Turma da Mônica, mas esse livro tem cara de ser bem fofinho e inspirador, né?

***

É isso, pessoal. Todos são da editora Gutenberg e o último é do selo Nemo! E agora me contem: já leram algum livro da eterna blogueira? Podem opinar à vontade! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Top 5 – Babi Dewet

Fan Page ♥ Instagram  


0
29.04.2019
* O que tem na minha wishlist de leitora? ♥

Vocês sabiam que leitores têm muitos desejos, além da biblioteca do filme “A Bela e a Fera”? Eu, por exemplo, tenho uma listinha giga, que não fica só no básico, tipo, livros hahaha. E, fato, que vou compartilhar aqui no PJ. Afinal, não tem graça desejar sozinha, né? Bom post! ;-)

Wishlist de leitor - 1 - PJCrédito das Imagens: Donna DolceJouer Couture;
TAG Livros (não sei se está à venda ainda, mas serve de inspiração) e Bee Mine

Para começar, leitor que é leitor tem uma quantidade infinita de marcadores de páginas. E eu ainda não achei um lugar para guardar todos e, confesso, que alguns queria deixar meio que decorando o quarto, sabem? Mas algo que fosse diferente de caneca e copo. Daí, eu achei esse organizador de parede a coisa mais linda do mundo! Claro, que colocaria outras coisas, mas a maioria seria esse item indispensável do mundo literário. E uma coisa que ando namorando há séculos é essa canga. Sério, se eu fosse viciada em praia, com certeza, investiria. Mas, no momento, não está no meu orçamento! Essas capas de almofadas também são lindas, né? Mais a minha cara, impossível. E, terminando essa leva, fiquei apaixonada por esses marcadores magnéticos. Tenho o meu, do PJ, mas não ficaria triste em colocá-los na minha coleção!

Wishlist de leitor - 2 - PJCrédito das Imagens: Amazon; Amélie Foi Ali; Lojinha Literária e Bee Mine  

E já que a gente está falando de livros, posso acrescentar um que entrou na minha listinha para ler? Esse lançamento da Arqueiro: A pequena livraria dos sonhos, da autora Jenny Colgan.  É uma série de livros de romance, sem ser de época, que a Editora está investindo. Muito fofo, né? Livros que falam de livros, a gente já tem uma paixão automática hahaha. E a história parece linda! Voltando aos personalizados: o que falar dessas t-shirts “bookaholic”? Quero levar as duas! Também achei lindo esse marcador da Alice e essa lojinha tem cada um mais lindo que o outro! E  essa cartela de adesivos, que não tem tema literário, mas tem alguns que encaixam? Quem viu meus stories esses dias, viu que eu estava doida atrás de algo parecido. Vou comprar: sim ou com certeza?

Wishlist de leitor - 3 - PJCrédito das Imagens: Cheia de Fusquinha e HD Yellow
Crédito das Montagens: Pequena Jornalista

E agora preciso falar uma coisa para vocês: nunca fui muito fã da ideia de ler livro em um Kindle. Porém, muitos livros, a gente só acha na versão ebook. E, recentemente, fiquei com vontade de ler alguns, porém, no celular não rola! Então, sim, está na minha listinha um Kindle. Ou seja, vou precisar de uma capa para ele e achei essa personalizada bem fofa! Para terminar, adoro anotar trechos e capítulos que mais me chamaram atenção em cadernos. Mas tem de ser fofinho, né? Por isso, selecionei esse lindo de coração. Tô apaixonada!

É isso, gente! Podem opinar à vontade e me contem o que está wishlist de leitor de vocês, ok? E quem quiser saber onde encontra e tal, coloquei os links na legenda de cada montagem! 

Beijos, Carol.

Post Antigo: Todo leitor precisa de…

Fan Page ♥ Instagram   


0
17.04.2019
* Decor: máquina de escrever! ♥

Decor - Máquina de escrever

Além do básico, o que não pode faltar na decoração da casa, escritório e tal de um leitor e/ou escritor? Acertou quem respondeu: máquina de escrever! Eu ainda não tenho uma para chamar de minha (só na identidade visual do PJ haha), mas quando eu casar, com certeza esse item vai fazer parte do meu novo lar doce lar E olhando no pinterest, vi que fica incrível também na decor de casamentos. Para dar um help para quem busca esse tipo de inspiração, separei algumas imagens. Espero que ajude de alguma forma esse post, nem que seja apenas para salvar na pastinha de sonhos para realizar futuramente. ;-)

Para começar, máquina de escrever tem tudo a ver com home office, na minha humilde opinião. Não necessariamente para pôr a mão na massa, mas para dar um toque de inspiração a mais no seu trabalho. Também mega combina com a sala, o quarto e, dependendo da ideia, até mesmo, na cozinha. Ah! E eu com certeza acrescentaria esse item em um cantinho da leitura. Meio clichê, eu sei. Mas quem se importa, né? O importante é deixar a sua imaginação fluir! Sobre cores: eu amo as de tons pastel, mas uma de cor mais fechada fica um charme!

Máquina de escrever - decor casa - PJ

Quanto aos casórios: adorei a ideia de ter uma máquina de escrever nesse tipo de cenário, principalmente, para quem quer uma pegada mais vintage, literária e romântica. Amei as inspirações para cantos “escreva uma mensagem para os noivos” e de boas-vindas para os convidados. Fica a dica, futuros casais que vão subir no altar! ;-)

Máquina de escrever - decor casamento - PJCrédito das imagens: Pinterest 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

E como o PJ também é cultura, pesquisei no Google um pouco sobre a história da protagonista do post de hoje! Sabia que a primeira máquina de escrever (que realmente funcionava) foi criada em 1867? Christopher Latham Sholes, tipógrafo americano, leu um artigo sobre uma recém-criada máquina inglesa que numerava páginas de livros e aí teve essa ideia. Interessante, né? Claro que tem muita coisa antes e depois, quem quiser saber mais, vale ler essa matéria.

No mais: o que vocês acham desse tipo decor? Adotariam? Ou já adotaram? Podem opinar à vontade! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Prateleira + Livros

Fan Page ♥ Instagram  


1
16.04.2019
* Desejos de Páscoa: 1 livro, 2 livros, 3 livros assim! ♥

Ei, Gente! :) Senta aí, que lá vem wishlist literária de Páscoa. Sim, eu amo chocolate e não passo um dia sem comer um docinho que seja. Mas estou mega disponível para receber livros na data mais doce do ano! Nessa época, nada melhor do que histórias que deixam o dia a dia mais leve e feliz. Então, bom post! Vai que a minha listinha ajuda na listinha de vocês? 

Wishlist de Páscoa - PJ - 2019Crédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. Literalmente (Lucy Keating – Globo Alt) 
Sinopse: Annabelle leva uma vida perfeitamente sob controle. Ela tem amigos, segue sua rotina à risca, está prestes a se formar e mora com os pais e o irmão mais velho em uma casa que ama. Mas as coisas começam a fugir do controle quando Lucy Keating, autora best-seller de livros juvenis, vai à sua escola falar sobre seu novo romance e, curiosamente, passa a descrever a vida de Annabelle. Logo fica claro que Annabelle é a mais nova protagonista da história de Lucy e, de súbito, o relacionamento de seus pais não parece mais tão perfeito, a casa que tanto ama corre sérios riscos de ser vendida, Will — um aluno transferido que parece literalmente feito para ela — não é mais tão interessante e Elliot, o melhor amigo de seu irmão, passa a ser algo mais que apenas um coadjuvante em sua história. Lucy Keating pode ter um plano para ela. Mas Annabelle está disposta a escrever sua própria história.
Observação da Pequena: Se eu não me engano, vi esse livro na última Bienal, mas não tenho certeza. O fato é que eu esbarrei nesse livro hoje e fiquei com muita vontade de ler. Tem cara de ser bem leve e cheio de lições. Do jeitinho que eu amo!

2. Tudo tem uma primeira vez (Mariana Kalil – Dublinense)
Sinopse: A vida é uma estreia permanente. Desde o momento em que nascemos, vivemos situações pela primeira vez: algumas inusitadas, outras tristes, muitas corriqueiras e outras tantas insólitas — aprendizados ganham um tom diferente quando vistos a partir do olhar da autora. Para ela, por exemplo, vomitar em um jantar de gala pode ser um exercício de elegância; chamar a polícia, um ensinamento sobre a natureza dos vizinhos; e uma lua de mel no paraíso, tornar-se o inferno. Essas e outras histórias, mais do que lições, garantem boas risadas e divertimento.
Observação da Pequena: Pelo que eu vi é um livro antiguinho, mas quando vi na livraria esses dias, fiquei com muita vontade de comprar! Amo livros assim e acho que essas histórias vão me acrescentar bastante!

3. Amar tá osso (Vanessa Bosso – Astral)
Sinopse: 
Cléo tem certeza que possui o dedo podre para escolher namorados e decide fugir de relacionamentos por um tempo. Para sufocar o amor que existe dentro de si, ela se dedica de corpo e alma à clínica veterinária que tem em sociedade com sua irmã, a Franciscão. Mas, em uma manhã sossegada de domingo, dando uma caminhada com os seus dois filhos peludos, Cléo é pega de surpresa por um tiroteio que resulta em um cão ferido. A partir daquele momento, a vida da veterinária sofrerá uma guinada fenomenal.
Observação da Pequena: Amo livros com essa pegada. E gente, o nome da clínica veterinária ganhou o meu coração! E tem cachorrinho na história… Só espero que ninguém morra, por favor! Ah! Se eu não me engano, essa autora é brasileira. E como adoro prestigiar autores brasileiros, mega aceito de presente esse livro, ok, mãe? =D

4. Nada Fácil (Radhika Sanghani – Fábrica 231)
Sinopse: 
Ellie Kolstakis, grega, 22 anos, têm dívidas, um estágio não remunerado em uma revista online e divide um apartamento com 3 colegas que a deixaram num quarto individual para combinar bem com seu status: solteira. Desde que perdeu sua carteirinha de virgem, aos 21 anos, Ellie pensou que teria uma vida sexual intensa, invejável. Porém, suas inseguranças não desapareceram da noite para o dia, os homens não vivem batendo à sua porta e ela continua sexualmente distante de suas amigas. Mas a protagonista está determinada a acumular experiência e explorar sua sexualidade. Percebe que a vida de solteira pode não ser nada fácil, mas quer ampliar seu histórico de relacionamentos. Ela não quer apenas um namorado – ela quer vários! E se sua vida sexual for excitante o suficiente, sua editora poderá explorar suas atividades amorosas em uma nova coluna. Em sua obstinada e autoimposta missão, ela publica anúncios em sites de relacionamento e mergulha de cabeça em aplicativos como OKCupid e Tinder. Mas as decepções se sucedem e Ellie constata que namorar em Londres não é simples assim e que, mais do que sexo casual, ela gostaria de transar com alguém de quem gostasse. 
Observação da Pequena: 
Ultimamente tenho visto muitos livros divertidos dessa editora e acho que vou chorar de rir com essa história.

5. A Dama mais desejada (Julia Quinn, Eloisa James, Connie Brockway – Arqueiro)
Sinopse:
 O irresistível conde de Briarly precisa de uma esposa. Para ajudá-lo, sua irmã convida as mais elegantes damas da sociedade, assim como alguns cavalheiros, para uma festa em sua propriedade. A reunião inclui a incrivelmente bela (e dolorosamente tímida) Gwendolyn Passmore, a sincera e adorável Katherine Peyton e a viúva lady Georgina Sorrell, além de alguns condes e até um arrojado herói de guerra. Durante o evento, que promete ser o grande acontecimento da temporada, Finchley Hugh Dunne terá tempo suficiente para eleger a dama que mais deseja. A não ser que outro cavalheiro seja mais rápido. Nesse caso, quem sabe ele acabe cortejando uma moça que definitivamente não está no mercado casamenteiro, e que vai exigir uma boa dose de perseverança…
Observação da Pequena: Romance de época sempre deixa a nossa rotina literária mais feliz, né? E tem Julia Quinn no meio… Sendo assim, não preciso falar mais nada hahaha!

***

É isso, gente! Esses livros entraram na minha wishlist de Páscoa por conta das sinopses e das capas, mas espero que realmente deixem essa data ainda mais doce, do jeitinho que deve ser. E agora me contem: já prepararam a listinha literária “1 livro, 2 livros, 3 livros assim”? Compartilhem! ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Páscoa – Livros que adoçam a vida!

Fan Page ♥ Instagram  


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019