28.11.2019
* PJ Entrevista: autor Fábio Abreu! ♥

Ei, Gente! :) Recentemente, fui no evento da Raffa Fustagno (A menina que comprava livros) e nesses encontros sempre rola conversa com autores brasileiros. É bom que a gente fica sabendo um pouco dos bastidores e conhece escritores e leitores incríveis! Dessa vez, quem participou foi o Fábio Abreuautor do livroTeu silêncio, minha resposta“. Foi uma das participações mais legais e divertidas! Daí, decidi entrevistá-lo para o blog e ele aceitou. Yay! Então, vamos lá? Espero que gostem! 

PJ Entrevista - Fabio - 1Crédito da Imagem: Instagram Fábio Abreu
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

1. Hora de vender o seu peixe: três motivos pelos quais os leitores tem de ler o seu livro?
R: Teu Silêncio, Minha Resposta é um romance/drama: protagonizado por um homem e não por uma mulher, como é comum para o gênero. Apesar de não dizer isso em nenhuma parte da história ele sofre de depressão num quadro agudo, o tema é bem delicado de lidar e mais ainda de se aprofundar em leitura, então é bom esperar sentimentos fortes, emoções reais e momentos em que vai precisar de uma pausa e tomar uma água antes de continuar. Eu sou um narrador bem visual, então a leitura vai proporcionar um tour por Creta e toda sua beleza natural e histórica.

2. Aliás, me conta uma curiosidade que quase ninguém saiba sobre “Teu silêncio, minha resposta”?
R: Ahn… Apesar de ser um romance/drama possui uma pitada (fundamental) de fantasia e uma lenda que nunca cito porque pode ser spoiler, mas, gira em torno da lua azul.

3. A parte mais doce e amarga de viver da literatura no Brasil?
R:
DOCE: poder ter acesso aos leitores e saber o impacto que a minha obra causou neles. AMARGA: O descaso de editoras com autores, principalmente os iniciantes. Triste demais.

PJ Entrevista - Fabio - 2Crédito da Imagem: Instagram Fábio Abreu 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

4. Alguma mania peculiar na hora de escrever?
R: Sim, haha. Escolho uma música aleatória (geralmente mais lenta) e coloco no “repeat”, só toca ela o tempo todo. A ideia é apenas me isolar de todo o resto para que eu possa me concentrar na história.

5. Se pudesse salvar três livros de um incêndio na sua biblioteca, quais salvaria?
R: Só 3? Meu pai…. Ahn… O DIÁRIO DE ANNE FRANK, pois o foi o primeiro livro que eu li e será para sempre muito especial. ERAGON, porque foi o livro que me deu o último empurrão para ser escritor e a história do Christopher Paolini é sensacional. Eu não consigo deixar de citar dois livros/sagas aqui, seria impossível: HP e PERCY JACKSON, socorro, o que seria de mim sem eles? hahaha

***

Muito obrigada, Fábio! Você é um amor de escritor. Assim que a listinha de livros diminuir, com certeza vou embarcar nessa história, que a propósito amei o título! Quer ler também? Está disponível na Amazon: só clicar aqui! E quem quiser acompanhá-lo um pouco mais de perto, é só seguir aqui no Insta.  

No mais, podem opinar à vontade! E contem: quem vocês querem ver por aqui no PJ Entrevista?

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista – Sheila Mendonça

Fan Page ♥  Instagram 


0
09.10.2019
* PJ Leu: Confissões de uma garota linda, popular e (secretamente) infeliz! ♥

Ei, Gente! :) Vamos para mais uma dica literária? Confissões de uma garota linda, popular e (secretamente) infeliz, da maravilhosa Thalita Rebouças! Publicado pela Arqueiro (eterna parceira do blog ), esse é o terceiro livro da série “Confissões…“. Uma história intensa e ideal para todos os públicos. Boa leitura! 

IMG-2225Livro: Confissões de uma garota linda, popular e (secretamente) infeliz | Editora: Arqueiro | Autora: Thalita Rebouças
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros!

Sinopse: Valentina sempre foi considerada a garota mais popular, linda e invejada da escola. Mas isso só por quem a vê de fora e acompanha de longe sua vida “instagramável” e cheia de glamour. De perto e por dentro, não é fácil ser ela, como a própria diz. No 3º ano do ensino médio, a pressão familiar para que escolha uma profissão “à altura” de sua ótima condição social é grande, mas ela gostaria mesmo era de cursar moda, sua paixão desde sempre.

Para a sua avó, isso é só mais um capricho da neta. Para sua mãe, moda tem a ver com preços altos e corpos esqueléticos – o que leva um exaustivo patrulhamento em cima da filha. Com críticas constantes de todos os lados, não faltam motivos para brigas intermináveis entre as três. A tensão em casa é agravada pela ausência permanente do pai, que vive viajando a trabalho. Valen tenta segurar as pontas com terapia e com todo tipo de curso.

A propósito, o mais recente é o de teatro, onde ela vai precisar conviver com a atual do seu ex, a Samantha. Aliás, Erick, o ex, reaparece com força total na sua vida! E é nesse cenário, que a nossa protagonista conhece Levy, um estudante de arquitetura e cabelinho de indiozinho, que vai mexer com seu coração. Além da Stella, uma nova amiga com uma realidade totalmente oposta e que tem muito a ensinar, inclusive sobre o processo de autodestruição que a Valentina está passando. 

Opinião da Pequena: Diferente do primeiro (ainda não li o segundo da série), é um livro bem intenso. Mas a leitura flui e não dá vontade de parar um minuto sequer, por mais que a gente tenha de respirar um pouco… Muita coisa acontece na vida da protagonista e quando vem algo não tão bom, em seguida surge um fato maior ainda! Juro que eu não sei se aguentaria como a Vale, mas ainda bem que ela é mais forte do imagina. :)

Aliás, no primeiro livro eu não fui muito com a sua cara. Porém, essa história fala exatamente sobre isso: o pré-julgamento que a gente faz dos outros, sem saber o que passa por trás dos bastidores, sabem? A vida da Vale parece incrível, mas quando a conhecemos melhor, a invejinha branca some na hora e dá vontade de abraçá-la e ajudá-la de alguma forma! Nada justifica as suas atitudes no passado, mas o mais legal é que a autora não a colocou como a boazinha e tal, porém, apresentou um lado que é impossível de ver no seu dia a dia totalmente instagramável.

E a gente acaba se identificando e torcendo para que tudo acabe bem! Todos a sua volta têm defeitos, mas de uma coisa temos certeza: eles dão o seu melhor e cometem erros. Quem nunca, né? Outra tema bem relevante e que torna a história mais intensa é sobre bulimia. Por isso, eu tenho certeza de que é uma leitura ideal para todos os públicos, inclusive para os pais. Aliás, eu mega acho que as escolas deveriam colocar todos os alunos para ler. É um livro que realmente faz a diferença, na minha humilde opinião. Não tenho tanto contato com esse mundo hoje em dia, não sei se eles já colocam, mas se não: espero que mudem logo!

Fiquei apaixonada pelo Levy e feliz por, finalmente, encontrar o nome do meu pai em um livro. A Stella é aquela amiga que só fez bem e deu um susto danado! Por incrível que pareça, adorei o seu pai e a sua avó! Acho que é uma livro independente, mas fica mais legal se você ler certinho. E eu estou louca para ler o segundo, que pulei, mas que logo logo vou me redimir. Apesar da maioria dos capítulos serem bem intensos (já usei essa palavra hoje? hahaha), o fim é leve e arranca suspiros!

Obrigada, Thalita! Nunca pare de escrever, ok? Porque as suas histórias marcam e nos ensinam preciosidades que ficam para sempre! Aliás, agradeço todos os dias por existir terapia, isso ajuda que é uma beleza! Falando nisso, a Eliane é uma das personagens que mais amei. E deu uma saudade do teatro, que meu Deus! E amei as explicações do mundo da moda em alguns capítulos, deu um toque a mais. 

No mais, leiam gente. Aliás, se alguém já embarcou, conta o que achou!

Beijos, Carol.

Post Antigo: O que eu aprendi com a personagem literária mais dramática da vida!

Fan Page ♥  Instagram


1
10.09.2019
* Especial Bienal – Book haul! ♥

Ei, Gente! =) Mais um post especial sobre a Bienal do Livro e, claro, que não poderia faltar o clássico book haul. Ou seja, os livros que levei para a casa durante esse lindo evento! Aliás, para quem acompanhou as aventuras pelos Stories (segue lá: @pequenajornalista), sabe que arrematei um kindle. Porém, isso não alterou nada na hora de comprar os meus queridos livros físicos. Falando nisso, depois vou fazer um post sobre essa experiência recente. Enquanto isso, seguem as minhas outras comprinhas. Vamos lá? 

PJ - Comprinhas BienalCrédito da Imagem: Pequena Jornalista 

1. A fada mamãe e eu (Sophie Kinsella – Galera Junior)
Sinopse: Ella tem um grande segredo: sua mãe é uma fada. Aliás, todas as mulheres de sua família têm poderes mágicos e asas lindas. Além de uma Smartvarinha capaz de produzir os mais interessantes feitiços, como criar a festa de aniversário perfeita, acelerar a fila do supermercado e fazer lindos e deliciosos cupcakes. Mas a mãe de Ella também tem certa… dificuldade para operar sua Smartvarinha, e nem sempre seus feitiços acabam saindo do jeitinho que se imaginou a princípio. Sorte a dela ter Ella sempre por perto para ajudar a resolver as coisas e fazer tudo voltar ao normal
Observação da Pequena: É o primeiro livro infantil da Sophie Kinsella e como leitora assídua da escritora, óbvio que tive de levar. Foi bem mais em conta no estande da Record, se eu não me engano, uns R$ 20,00. Ah! E meu namô que me deu de presente! 

2. Quando não há palavras (Julie Buxbaum – Galera Record)
Sinopse: 
Quando uma improvável amizade começa a surgir entre Kit Lowell, uma das meninas mais populares do ensino médio, e David Drucker, o garoto nerd e isolado, todos ficam surpresos… principalmente Kit e David. A garota está tendo dificuldades em lidar com a perda do pai após um acidente de carro, e acaba apreciando a honestidade contundente dele. David, que não tem muitos amigos e é vítima constante de bullying na escola, fica encantado com a atenção que recebe de Kit e natureza curiosa da nova amiga. Quando ela lhe pede ajuda para descobrir mais sobre o trágico acidente de seu pai, David topa na hora. Mas nenhum deles poderia prever o resultado dessa busca.
Observação da Pequena: Eu vi no aeroporto e decidi esperar para comprar na Bienal. Dito e feito! E saiu bem mais em conta! Esse também foi presente. Amo ganhar livros e vocês? hahaha =)

3. Como ter uma vida normal sendo louca (Camila Fremder e Jana Rosa – HarperCollins)
Sinopse:
 Você se considera louca ou normal? Seu jeito de ser é respeitado pela sociedade? Você já rompeu com sua melhor amiga? Já stalkeou alguém no Instagram? Já foi stalkeada? Já fez uma tatuagem errada? Já quis parecer mais inteligente do que realmente é? Se você se reconheceu em qualquer uma dessas perguntas, então está na hora de ler este livro.
Observação da Pequena: Eu já li tem um tempinho a 1ª versão e só comprei essa porque queria pegar o meu autógrafo das autoras na Bienal. Como era (re)lançamento, o livro não estava em promoção, mas mega valeu a pena! Aliás, saiu entrevista com as escritoras aqui. =)

4. O Reino de Zália (Luly Trigo – Seguinte)
Sinopse:
Uma princesa se vê obrigada a assumir o governo do país em meio a revoltas populares, intrigas políticas, conflitos familiares e romances arrebatadores. Por ser a segunda filha, a princesa Zália sempre esteve afastada dos conflitos da monarquia de Galdino, um arquipélago tropical. Desde pequena ela estuda em um colégio interno, onde conheceu seus três melhores amigos, e sonha em seguir sua paixão pela fotografia. Tudo muda quando Victor, o príncipe herdeiro, sofre um atentado. Zália retorna ao palácio e, antes que possa superar a perda do irmão, precisa assumir o posto de regente e dar continuidade ao governo do pai. Porém, quanto mais se aproxima do povo, mais ela começa a questionar as decisões do rei e a dar ouvidos à Resistência, um grupo que lidera revoltas por todo o país. Para complicar a situação, Zália está com o coração dividido: ela ainda nutre sentimentos por um amor do passado, mas começa a se abrir para um novo romance. Agora, comprometida com um cargo que nunca desejou, Zália terá de descobrir em quem pode confiar — e que tipo de rainha quer se tornar.
Observação da Pequena:
Eu tive o prazer de conhecer a Luly no estande da Seguinte e que pessoa fofa, gente! Em breve, vai ter um post com algumas participações especiais e ela está nele! Aliás, mega vendeu seu livro e não resisti… Tive de comprar! 

5. Na hora da virada (Angie Thomas – Galera Record)
Sinopse: 
Fala sobre a Bri, uma adolescente de 16 anos que sonha se tornar uma das maiores rappers de todos os tempos. Filha de uma lenda do hip-hop underground, que teve o sucesso interrompido pela morte prematura, Bri carrega o peso dessa herança. Mas é difícil ter a segurança de estrear por diversos motivos. Então, ela transforma toda sua ira em uma primeira canção que viraliza. No centro de uma controvérsia, a menina é reportada pela mídia como uma grande ameaça à sociedade. Mas com uma ordem de despejo ameaçando sua família, ela não tem outra escolha a não ser assumir os rótulos que a opinião pública lhe impôs. Ganhei do namô nessa Bienal e espero conseguir ler ainda esse ano. Conto para vocês também! ;-)
Observação da Pequena: Segue a mesma linha do livro “O ódio que você semeia” e eu to mega ansiosa para ler! Namô que me deu também. Acho que como era lançamento, esse acabou também saindo o mesmo valor que as livrarias e tal. Mas não tenho certeza! Ah! Quem quiser ler a resenha do outro livro da autora, é só clicar aqui. =)

6. Teto para dois (Beth O’Leary – Intrínseca)
Sinopse: 
Eles dividem um apartamento com uma cama só. Ele dorme de dia, ela, à noite. Os dois nunca se encontraram, mas estão prestes a descobrir que, para se sentir em casa, às vezes é preciso jogar as regras pela janela. Três meses após o término do seu relacionamento, Tiffy finalmente sai do apartamento do ex-namorado. Agora ela precisa para ontem de um lugar barato para morar. Contrariando os amigos, ela topa um acordo bastante inusitado. Leon está enrolado com questões financeiras e tem uma ideia pouco convencional para arranjar dinheiro rápido: sublocar seu apartamento, onde fica apenas no período da manhã e da tarde nos dias úteis, já que passa os finais de semana com a namorada e trabalha como enfermeiro no turno da noite. Só que tem um detalhe importante: o lugar tem apenas uma cama. Sem nunca terem se encontrado pessoalmente, Leon e Tiffy fecham um contrato de seis meses e passam a resolver as trivialidades do dia a dia por Post-its espalhados pela casa. Mas será que essa solução aparentemente perfeita resiste a um ex-namorado obsessivo, uma namorada ciumenta, um irmão encrencado, dois empregos exigentes e alguns amigos superprotetores?
Observação da Pequena: Eu vi no estande da Intrínseca e não resisti, gente! Achei a história bem diferente e, se eu não me engano, é lançamento.Foi uma das comprinhas que mais me deixou ansiosa para ler! 

7. Corajosa sim, perfeita não (Reshma Saujani – Sextante)
Sinopse:
É um livro que tem por objetivo nos fazer cometer mais erros, sem medo de viver e acabar com essa busca impossível pela perfeição. 
Observação da Pequena: Assisti a palestra dela na Bienal e sério, gente! Que pessoa incrível. Me deu ainda mais vontade de ler. Ainda ganhei uma dedicatória linda e esse livro veio na bolsa que ganhamos no Encontro da Arqueiro/Sextante, que sempre tem. Assim que eu embarcar, faço resenha aqui no PJ. 

8. Amor Plus Size (Larissa Siriani – Verus Editora)
Sinopse: 
Maitê Passos é uma garota linda, de dezessete anos e mais de cem quilos. Ela passou a infância e a adolescência sendo resumida ao peso. Mas e quando é justamente esse o fator que pode mudar completamente a sua vida? Em meio ao turbilhão do ensino médio, com uma mãe obcecada por dietas, um crush antigo por Alexandre, o cara mais gato da escola, e uma amizade deliciosa com Isaac, fotógrafo amador, Maitê vai descobrir que não precisa ser igual a todas as outras meninas para ser feliz.
Observação da Pequena: Também tive o prazer de conhecer a Larissa e que escritora mais querida, gente! Em breve vai ter um post com a participação dela e vocês vão entender o motivo de eu ter levado para casa! =)

9. As férias da minha vida (Clara Savelli – Intrínseca)
Sinopse: 
É sobre a história de três amigas, que embarcaram em um resort no Caribe. Na bagagem, lembranças, descobertas e paixões inesquecíveis. Um mês de sol, praia, partidas de vôlei e tranquilidade… A República Dominicana era a descrição perfeita do paraíso. No entanto, o universo parece ter outros planos, que envolvem surpresas, reviravoltas e, quem sabe, até um novo amor.
Observação da Pequena: A Clara é uma das autoras mais fofas que escrevo. Claro, que o lançamento dela não poderia ficar de fora do meu book haul. Fora que a dedicatória dela foi uma das mais lindas dessa Bienal! Aliás, quem quiser saber um pouco mais sobre ela, tem entrevista aqui

10. Meu Crush de Nova York (Raffa Fustagno – The Gift Box)
Sinopse: 
A vida de Charlotte não está nada fácil. Ela perdeu o emprego e anda cansada de enviar currículos sem ser chamada para nenhuma entrevista. Em casa, os problemas também a encontram: até hoje ela não perdoou o pai por ter traído sua mãe. Procurar o amor verdadeiro não faz parte da rotina dela. ‘Amor verdadeiro’ não existe. Com o dinheiro do fundo de garantia, ela embarca em uma viagem para Nova York, com a esperança de que isso a faça esquecer os boletos que não param de chegar. Na cidade que nunca dorme, palco de filmes que nunca esquecemos, Charlotte vai conhecer Ethan, um barista do Starbucks que estuda música e que vai mudar a visão que ela tem de amor à primeira vista para sempre.
Observação da Pequena: Esse livro está na minha listinha, desde que ela anunciou. Aliás, a Raffa é uma grande inspiração nesse mundo dos blogs literários! Ansiosa também para embarcar nessa aventura por Nova York! 

***

É isso, pessoal. Fiquei bem feliz com as minhas comprinhas e mais feliz ainda por trazer para casa tantos autores incríveis, principalmente, os brasileiros. Muitos ainda não conheço a escrita, mas acredito que eu vá amar! Ah! Alguns livros até comentei os valores, outros não, mas no geral achei os valores dessa Bienal bem em conta. Mega valeu a pena! Queria ter levado mais, porém, como levei um Kindle, me segurei ao máximo hahaha. Enfim, amanhã tem mais post sobre esse evento épico! E podem opinar à vontade! =)

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Entrevista – Raffa Fustagno

Fan Page ♥ Instagram 


0
15.08.2019
*Top 5: Thalita Rebouças! ♥

Ei, Gente! :) A Bienal do Rio está quase chegando e, pensando nisso, resolvi fazer um top 5 com uma das escritoras brasileiras que mais admiro: Thalita Rebouças! São livros que vão além do clássico “Fala Sério, mãe”, mas que estão na minha listinha de “preciso ler” ou “já li”. Então, vamos lá? Bom post! ♥ 

Top - Thalita RebouçasCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática! (Editora Arqueiro) 
Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para a casa dos avós em Copacabana (RJ), pois com a crise o pai perdeu o emprego e eles tiveram que sair do lindo apartamento na Barra da Tijuca. Resultado? Sua vida virou de cabeça para baixo! Ela perdeu sua privacidade e sua referências. A parte boa foi se livrar do antigo colégio, onde sofria bullying devido ao seu jeitinho peculiar de ser. O problema é que a nossa protagonista está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola e sem conhecer ninguém. Seus maiores medos: de ser excluída novamente, de não fazer amigos e sofrer com tudo isso!  Tetê é uma garota divertida, bem-humorada e que adora cozinhar. Porém, está muito mal. Será? Acontece que uma das características dela é ser (um pouco) dramática! Afinal, no primeiro dia de aula as coisas já parecem um pouco diferentes. Ela já conheceu na prática a palavra amigo! Enfim, com o tempo, ela vai descobrir que sair da zona de conforto e enfrentar seus medos é a única maneira de ser feliz. :)
Observação da Pequena: Esse é o primeiro da série “Confissões”. Me identifiquei tanto com essa personagem e apesar de ser uma série mais teen, eu aprendi muito. Quer saber mais? Tem resenha aqui.

2. Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado! (Editora Arqueiro) 
Sinopse: Davi está no segundo ano do ensino médio e finalmente tomou coragem para iniciar o curso de astrologia que sempre quis fazer mas nunca teve coragem de admitir, por medo de sofrer preconceitos. Entre signos e mapas astrais, conhece Milena, uma menina incrível, que o deixa encantado com seu jeito apaixonante. Tetê, melhor amiga de Davi, o incentiva a investir no relacionamento, mas vencer a timidez é um desafio para ele. Ajudar Zeca, seu amigo que passa por problemas amorosos, também é uma dificuldade, pois Davi é inexperiente no assunto. No final do primeiro semestre, entretanto, uma novidade causa um rebuliço na turma: Samantha, colega de classe do trio, apresenta Gonçalo, que mora em Portugal e veio passar as férias de verão europeu na casa dela, no Rio de Janeiro. A chegada do estrangeiro tem efeitos inesperados, e Davi e seus amigos passam a lidar com questões que nunca imaginaram ter que enfrentar.”
Observação da Pequena:  Eu não li esse e não faço a mínima ideia do motivo, mas tenho certeza de que assim como o primeiro, vou amar saber mais sobre o Davi.

3. Confissões de uma garota linda, popular e (secretamente) infeliz! (Editora Arqueiro) 
Sinopse:  É o terceiro da série, que fala sobre a “vilã”, a Valentina. Com uma complicada história familiar e muitos traumas, Valentina vai contar o seu lado e mostrar por que age como age. Fofocas, intrigas, disse me disse e muito mais!
Observação da Pequena: Apesar de eu não ter lido o segundo da série, estou querendo embarcar logo nesse hahaha! <3

4. Adultos sem filtro e outras crônicas! (Editora Rocco) 
Sinopse: Nesse livro, nossa autora vez  escreve crônicas sobre relações familiares e amorosas, critica a ditadura da beleza, conta como são seus encontros com fãs, celebridades e taxistas, e ainda revela suas imperfeições, provando que a combinação entre ler e rir agrada a qualquer idade.
Observação da Pequena: Um livro que está na minha wishlist: sim ou com certeza?

5. 360 dias de sucesso! (Editora Rocco) 
Sinopse: Um grupo de amigos que só queriam levar um som e se divertir vêem suas vidas virar de cabeça para baixo quando publicam um vídeo na internet e se tornam sucesso imediato na rede. Retratando um fenômeno comum no meio artístico e ainda mais frequente em tempos de internet – a fama instantânea e efêmera. Um livro que fala sobre sonhos, ídolos, romance, traição, escolhas. E, claro, muita música.
Observação da Pequena: Eu jurava que esse livro era de crônicas e eu não faça a mínima ideia do motivo hahaha! Mas hoje li a sinopse e já acrescentei na minha wishlist da Bienal. 

***

É isso, pessoal. Claro, que a Thalita tem outros livros, mas esses estão na minha listinha! Agora me contem: qual livro vocês mais amam dela? E me indicam algum outro? =)

Beijos, Carol.

Post Antigo: A personagem literária mais dramática da vida

Fan Page ♥  Instagram


0
10.06.2019
* PJ Entrevista: Rê Lustosa! ♥

Não é todo dia que a gente encontra por aí escritoras que ilustram o próprio chick lit, né? Para começar a semana, separei uma entrevista que faz a gente amar ainda mais o mundo dos livros e das ilustrações. Quem topou responder algumas perguntas para o blog foi a Rê Lustosa, autora e ilustradora, que escreveu recentemente o livro “Confissões de uma Terapeuta“, publicado pela Lura Editorial. Super fofa, ela deu ótimas dicas e falou um pouco sobre essa comédia romântica, que vai fazer Becky Bloom amar a história. Vamos lá? Conta aí, Rê! 

IMG_3003PJ Entrevista: Rê Lustosa

1. O que dá mais trabalho: escrever um livro ou ilustrar uma resenha?
R: Escrever um livro! Pois leva um tempo maior para finalizar o projeto, e o processo da escrita passa por muitas desconstruções até chegar ao resultado final.

*** P.S: Mega indico essa parte do site, que eu amei as resenhas ilustradas!!!! 

2. Aliás, como essas duas paixões (leitura e ilustração) surgiram na sua vida?
R: Foi na época da faculdade, quando descobri o mundo editorial como uma possibilidade de trabalho, e percebi que era apaixonada por essa área. Eu amava livros de Chick Lit e lia um atrás do outro desse gênero. Porém, eu também estava me aventurando na área da ilustração, apesar de ainda não saber como juntar essas duas paixões. Foi só mais pra frente que percebi que ilustração e leitura combinavam muito com meu propósito profissional, que é criar conteúdo para alegrar o dia das pessoas. E, a partir daí, tudo foi se encaixando naturalmente! Rsrs

Rê Lustosa - Ilustração

3. E a ideia de escrever a história da Melissa? (Conta um pouco sobre o processo de escrita, curiosidades, aliás foi você que ilustrou a capa do seu livro?)
R: O processo de escrita do livro foi longo, mas muito divertido. Uma ideia atrás da outra ia surgindo, e eu sempre ia anotando quando elas surgiam em minha mente. Foi um período super criativo, mas também de muito amadurecimento da escrita e de muito estudo. O livro foi dedicado ao meu namorado, Felipe, que me auxiliou nesse processo de escrita e publicação, e sempre me apoiou na realização do meu sonho! Fui eu quem ilustrei a capa do meu livro sim e eu amei! Rsrs Eu queria deixar minha marca também na arte da capa, além da escrita, e gostei de ter decidido desenvolvê-la! Fico feliz de ter criado a Melissa tanto em palavras quanto visualmente Rsrs.

4. Escolha três livros que salvaria de um incêndio na sua biblioteca. (Não vale o seu hahaha).
R: Rsrsrs combinado! Eu salvaria “O diário de Bridget Jones”, “Os delírios de consumo de Becky Bloom” e “O diabo veste Prada”.

5. Para quem deseja viver de escrita e/ou ilustração, qual conselho valioso você daria?
R: Eu diria que treino diário é uma das coisas mais importantes nessas duas áreas. Treine e estude bastante. Além disso, o planejamento e as metas são muito importantes para tirar os projetos da mente e passá-los para o papel, afim de realizá-los.

Confissões de uma terapeutaCrédito das Imagens: Rê Lustosa

***

Gostaram? Espero que sim! Eu amei, Rê. Muito obrigada pela atenção! Todo sucesso do mundo para você. ♥ 

E como não amar essa capa, gente? Me conquistou total, mas tenho certeza de que como uma boa leitora de chick lit vou me apaixonar ainda mais pelo conteúdo! A propósito, o livro conta sobre Melissa Belinque. Formada em psicologia, ela é uma terapeuta especializada em relacionamentos, mas com um detalhe: nunca esteve em um. Daí, o destino prega uma peça, onde uma de suas pacientes é apaixonada pelo mesmo homem que Melissa, que por sinal é o seu melhor amigo! Pela sinopse, a gente imagina o que vem por aí. Louca para embarcar!!

Eu já fiz o meu pedido (meu namô vai me dar de Dia dos Namorados hahaha) e assim que eu ler, conto para vocês, ok? E quem quiser garantir o seu, é só clicar aqui. Para conhecer mais o trabalho dela, vale seguir o insta também. Cada post mais fofo que o outro! ^^

Beijos,
Carol.

Post Antigo: Entrevista – Sublinhando

Fan Page ♥  Instagram


5

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019