03.01.2020
* PJ Leu: Onde mora o amor! ♥

Ei, Gente! :) Prontos para a primeira resenha literária do ano? Com vocês, o que eu achei do livro “Onde mora o amor“, da autora Jill Mansell. Um romance com a capa linda e o conteúdo repleto de histórias de amor. Vamos lá? Boa resenha! ♥

Livro: Onde mora o amor | Editora: Arqueiro | Autora: Jill Mansell
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 4 livros

Sinopse: Dexter Yates adora a sua vida despreocupada. Além de lindo e rico, mora em um apartamento chique de Londres e está sempre acompanhado de belas mulheres. Mas tudo se transforma da noite para o dia quando a irmã morre, deixando a pequena Delphi, de apenas 8 meses.

Sem a menor ideia de como cuidar sozinho de um bebê, ele resolve se afastar da correria da cidade grande e se muda para o chalé em Briarwood. Ele não está acostumado ao ambiente de um vilarejo. Mas ainda bem que os moradores o recebem de braços abertos, principalmente, Molly, com quem logo tem uma conexão inegável. ;-)

Opinião da Pequena: Esse é o 6º livro da série “Romances de hoje”, da editora Arqueiro. É um daqueles romances que tem a história central, porém, as paralelas são as que mais chamam a atenção. Pelo menos, no meu caso foi assim. ♥

Dexter e todo o contexto que o envolve mexeu bastante e bateu aquela curiosidade, do que seria dele e da pequena Delphi. A gente já imagina no que vai dar, mas o final não deixa de ser surpreendente e de arrancar suspiros.

Porém, a parte da Frankie e sua família foi a que fez me devorar cada capítulo em que apareciam. É nesse momento que a gente se toca que o “perfeito” é muito relativo! Aliás, ela é uma das personagens mais fortes que já vi nessa série.

No mais, a escrita da Jill continua envolvente. Os personagens nos conquistam, alguns dão raiva e a maioria nos ensina e faz valer cada página desse romance. O 1º livro dela eu gostei mais, mas esse também é perfeito para quem ama romance e todos os clichês que esse gênero carrega (e eu, particularmente, amo).

E, por fim: destaque para a capa que é uma das mais lindas. Enfim, RECOMENDO a leitura. ;-)

Beijos, Carol.

Post Antigo: Desencontros à beira-mar
Fan Page ♥ Instagram 


4
25.09.2019
* PJ Leu: Desencontros à beira-mar! ♥

Ei, Gente! =) Pela milésima vez, desculpa o sumiço. Não está sendo organizar o meu dia a dia, mas um dia eu chego lá! Ainda tenho alguns conteúdos sobre a Bienal, mas hoje vou postar mais uma resenha de um livro da série “Romances de Hoje“, da Editora Arqueiro, ok? Dessa vez, o PJ Leu: Desencontros à beira-mar, da Jill Mansell. Vamos lá? Boa leitura! 

PJ Leu - Desencontros à beira-marLivro: Desencontros à beira-mar | Editora: Arqueiro | Autora: Jill Mansell
Crédito da imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros!

Sinopse: Clemency se apaixona por um desconhecido que sentou do seu lado em um voo. Logo faz planos na sua cabeça, mas para a sua surpresa: ele é casado! Sam, por sua vez, o tal homem do avião, aparece três anos na cidade litorânea onde nossa protagonista mora. Porém, mais uma peça do destino vem à tona, ele não está em busca dela e, sim, é o atual namorado de sua irmã postiça! Os dois parecem ter um romance perfeito, entretanto, algo não vai bem. No meio disso tudo, Clemency decide armar um plano com o seu melhor amigo, o Ronan. Ambos fingem que estão namorando apenas para causar ciúmes… Mas, pela primeira vez, ele não sabe o que realmente fazer para conquistar a mulher que ama de verdade.

Um livro que relata desentendimentos, desencontros e confusões de uma forma leve e divertida, em um cenário à beira-mar! Verdades aparecem e mais uma vez mostram ao leitor, que segredos enterrados podem voltar com tudo a qualquer momento! ;-)

Opinião da Pequena: Dos três primeiros livros da série (Romances de hoje), esse era o que eu estava menos ansiosa para embarcar. Não digo que foi o meu preferido (dessa série), mas sem dúvida o que mais me surpreendeu positivamente. No início, parece aquele clichezão, que é sempre bem-vindo, porém novidades são esperadas também. Mas o que no começo parece mais uma história parecida com o que a gente já viu por aí, a autora nos pega de surpresa e acrescenta diversas histórias paralelas que chamam a atenção e prendem, do início ao fim.

Os personagens são cativantes. Tirando o ex da Marina, que a propósito é uma pessoa no livro que a gente não dá muita importância no começo, mas ensina lições valiosas em muitos capítulos! É uma das reviravoltas mais incríveis que já li. Ronan é o meu crush e ganhou meu coração, até mais do que o próprio Sam, que é legal, mas sei lá. Clemency é divertida e romântica do jeito dela. É a protagonista, mas acho que todos os personagens ganham destaque, sabem? E o que falar da mãe adotiva do Ronan? Uma das melhores pessoas desse universo! Belle é irritante, mas adorei a evolução dela e como um “simples” detalhe muda tudo para melhor! Representatividade, de várias maneiras, encontramos em Desencontros à beira-mar!

A escrita é bem leve e deixa o leitor bem curioso a cada página. A autora sabe despertar o nosso interesse. Aliás, no decorrer dos capítulos, ela dá pequenas dicas do que vai acontecer, mas nunca um final me surpreendeu tanto, gente! Eu amei muito essa leitura e acho que foi um dos melhores livros que li esse ano! A história aquece nosso coração e dá uma sensação de que, no fim, tudo tem jeito. Mesmo com esses desencontros que a vida prega. Amei, amei. Recomendo e MUITO!  ^^

No mais, podem opinar à vontade!

Beijos, Carol. 

Post Antigo: PJ Leu – A casa dos novos começos

Fan Page ♥ Instagram 


1

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020