09.12.2016
* Inspiração do dia: básico lindo! ♥

29302712643_3f47f62052_oCrédito da Imagem: Lovely Pepa! 

Para o post do dia, separei uma inspiração básica, fresquinha e super bem-vinda nos dias mais quentes. Ótimo para curtir um fim de semana ao lado dos amigos, da família ou na sua melhor companhia mesmo. Tirando a meia, não mudaria nadinha. Ah! Destaque para o penteado

Gostaram do look? Podem opinar à vontade!

Bom fim de semana! ;-)

Beijos, Carol.

Post-lembrete: Veja a penúltima inspiração aqui

Fan Page ♥ Instagram


5
06.12.2016
* PJ Entrevista: Bibba Pacheco! ♥

Oi, Gente! A entrevista de hoje é com a Bibba Pacheco, curitibana e autora do livro “O Poder da Alegria“, da editora Gente. Ah! Mas não para por aí, a nossa entrevistada também é mestre de yoga e DJ internacional. Nesse bate-papo, ela contou um pouco sobre a obra, ensinamentos e como concilia tudo isso. Bom post!  ;-)

o-poder-da-alegriaCrédito da imagem: Site Saraiva! 

1. Fale um pouco sobre o livro e o que o leitor pode esperar!
R: “O Poder da Alegria” é um presente para todo mundo! Despertará felicidade, equilíbrio, esperança, confiança, poder, paz de espírito, amor e sentimentos elevados a todos os leitores. Escrevi e produzi esta obra literária com todo o amor, carinho, respeito e admiração pelos seres humanos. Eu acredito em você! Esta obra literária lhe trará a oportunidade de praticar a compreensão e a aceitação de si mesmo, aprendendo a arte de viver. Cada um é responsável pela sua realidade. Quando você produz paz em si mesmo, emana a mesma energia para o mundo. Então, o melhor que você pode fazer – por si mesmo e pelos outros – é equilibrar suas emoções, seu corpo e sua mente através de leituras elevadas, alimentação equilibrada, exercícios físicos, pensamentos construtivos, yoga, meditação. A paz no planeta chegará quando um número suficiente de seres humanos a encontrarem e a manifestarem. A principal mudança começa dentro de você, por isso “seja a mudança que você quer ver no mundo.”

2. Conte um pouco sobre a sua trajetória e seus objetivos!
R: Desde alfabetizada soube que escreveria um livro. Cresci interessada pela arte em todas as suas formas: dança, literatura, fotografia, música, cinema. Naturalmente conectada com a minha intuição, sempre soube o que queria ser. Com 5 anos já me apresentava em recitais de piano clássico e dominava a teoria musical. Formei-me em Publicidade e fiz pós-graduação em Produção de TV e cinema. Morei em vários países em busca de cultura e conhecimento. Depois continuei desbravando o mundo como produtora musical e DJ, estimulada pela música, a minha razão de ser. Quando toco, escrevo ou ensino yoga/meditação, estou a serviço da felicidade alheia, transmitindo alegria por meio da arte. No desenvolver da minha sensibilidade, participei de cursos de controle da mente e expansão da consciência, até que me senti apta a ir além. Então, fui para Boston, cursar Psicologia na Universidade Harvard, e me tornei coach de desenvolvimento humano. Na mesma época, depois de quase vinte anos de prática de yoga, estudei arduamente para tirar o diploma de mestre de yoga e educadora de bem-estar e saúde pela Chopra Center Faculty na Califórnia. Escolhi um estilo de vida zen, repleta de harmonia, equilíbrio, serenidade, felicidade, paz, amor, e sou profundamente grata pela realidade de construí. Emociono-me ao imaginar que o melhor ainda está por vir!

Meu maior motivo é auxiliar as pessoas que buscam a felicidade plena. Meu propósito de vida sempre foi uma conexão profunda com a minha versão divina. Passei décadas me desenvolvendo e procurando respostas, até que um dia, na Índia, as perguntas naturalmente cessaram. Encontrei no desenvolvimento pessoal, no conhecimento ancestral e na yoga o equilíbrio entre corpo, mente e espírito. Foi este nível de desenvolvimento que me tornou apta a auxiliar outros seres humanos, que nada mais são do que uma extensão de mim mesma, já que nós somos um. Seva em sânscrito significa “serviço desinteressado”, é o amor em ação. É quando você deixa de lado os seus interesses para se colocar a serviço do bem geral. O contentamento vem dessa profunda realização. Não há satisfação maior do que a que sentimos quando proporcionamos alegria aos outros. A felicidade é o único bem que se multiplica quando compartilhado. A natureza do ser humano elevado é o amor. Em um mundo melhor, a lei natural é a do amor.

bibba-pacheco-pj-entrevista-2Bibba Pacheco!
Crédito da Imagem: Divulgação (Assessoria de Imprensa)

3. Se autoconhecer é um processo que nunca acaba, né? Para praticar esses ensinamentos todos os dias, quais seriam as suas dicas mais valiosas?
R: Viver é uma habilidade a ser desenvolvida. “O Poder da Alegria” trará ao leitor/leitura a oportunidade de praticar a compreensão e a aceitação de si mesmo/a, aprendendo a arte de viver. No interior de cada pessoa há um manancial inesgotável de alegria. Para um nível mais alto de amor próprio invista no autoconhecimento. Apenas depois que você realmente se conhecer e desenvolver sua melhor versão, poderá ser mestre na arte de se relacionar, influenciando positivamente o mundo ao seu redor. Sua presença é valiosa. Suas escolhas trazem mudanças para o mundo. Através desta leitura elevada você aprenderá a desenvolver o seu poder, promovendo o encontro com uma versão poderosa de si mesmo. Tudo à sua volta provém do que você cultiva no seu interior. Você é um reflexo do que transmite. Portanto, apenas você pode se curar, ninguém mais tem essa responsabilidade. A força, a coragem e o poder já estão no seu interior, procure por eles. Tome o controle do que é seu, assim qualquer obstáculo se tornará um aprendizado prazeroso.

4. Você é meste de Yoga e DJ também. Conte um pouco como é mesclar essas duas atividades!
R: A prática diária de exercícios – entre outros fatores – é essencial para a obtenção da saúde perfeita, equilíbrio pleno e felicidade suprema. Aos dezesseis anos realizei minha primeira prática de yoga com uma sensação de plenitude extra-humana. Naquele momento descobri uma das chaves para a longevidade. A yoga é o caminho mais curto para a cura, é uma prática disponível para a evolução de quem estiver pronto para utilizá-la com consciência. Seu verdadeiro propósito é criar uma conexão profunda de concentração, para assim desenvolver a transformação interior. Ela trabalha a disciplina e a determinação, que são habilidades fundamentais para se manter equilibrado por toda uma existência. E a música sempre esteve presente na minha vida. Comecei a estudar a sua teoria e piano clássico com 4 anos, e nunca mais parei. Depois naturalmente me interessei por instrumentos de sopro, corda e percussão. Fiz aulas de canto quando estudei Artes Cênicas. Morei muitos anos fora do Brasil, em Sydney, Londres, Miami, sempre estudando e trabalhando com áudio/vídeo, e em Barcelona, quando fiz uma turnê tocando pela Europa. Depois de ter sido influenciada pela música eletrônica em Londres em 2001, comprei o set up (popularmente chamado de pick-up) para ter um novo instrumento musical. Tocava informalmente e de repente, comecei a receber propostas irrecusáveis de trabalho. A partir dali meu hobbie se tornou profissão.

Acabei de lançar uma música nova “Be Free”, disponível no meu site e worldwide, que combina perfeitamente com o tema do livro: “To be free, give yourself love, forget and forgive, bring your bright light”. Sempre escrevo, canto, componho e produzo as minhas tracks eletrônicas. É uma satisfação imensa expressar minha personalidade através da yoga, da literatura, da música. Toco o que toca o meu coração. Sou grata por trabalhar com arte, que é o que representa melhor a minha alma leve e o meu espírito livre.

bibba-pacheco-pj-entrevista-3Crédito da Imagem: Divulgação (Assessoria de Imprensa)

5. Pergunta clássica aqui: se tivesse um incêndio, quais seriam os três livros que você salvaria?
R: Vedanta Eternities, AutoBiografia de um Iogue e Bhagavad Gita.

**

Bacana a entrevista, né? Várias mini dicas! Enfim, podem opinar à vontade! ;-) Muito obrigada, Bibba! Pelo pouco que você contou aqui, já dá para imaginar que o livro acrescenta muito. Ah! Quem quiser saber um pouco mais sobre o livro e a entrevistada é só clicar aqui.

Beijos, Carol. 

Para ler a entrevista com a Roberta Faria, é só clicar aqui.  

Fan Page ♥  Instagram


4
05.11.2016
* Inspiração do dia: sobreposição + listras! ♥

Para o dia de hoje, separei um look inspiração que une duas tendências em alta: sobreposição e listras

sobreposicao-pj-2Crédito da imagem: Pinterest. 

Muito amor essa inspiração, né? Ainda não aderi, mas louca para usar e abusar. E vocês? Ah! Na foto não aparece, mas mega usaria com um tênis branco e talvez uma blusa com listras mais clarinha. Enfim, um post mega rápido, porém espero que seja útil e inspire vocês. No mais, podem opinar à vontade! ;-)

Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram


11
15.07.2016
* Inspirações do dia: Patches! ♥

Para o post do dia, separei duas inspirações que tem a ver com os anos 90: Patches Se eu não me engano, começou no final do ano passado e espero que dure por muito tempo. As aplicações deixam a sua jaqueta jeans, acessórios, camisas ou calças jeans bem “fun”. Especialistas dizem que quanto mais, melhor. Mas mesmo sendo leiga no assunto, acredito que vá depender do seu estilo.

A primeira inspiração é o look da blogueira Chiara. Se eu não me engano, acho que foi a primeira que vi usando firme e forte essa tendência. E ela arrasa nos modelitos. Esse é o meu preferido! Dá um toque totalmente cool, não acham?

Patches - Inspiração - PJ - 3Crédito da Imagem: Pinterest! 

Sabem qual é o meu único receio ao usar essa tendência? É deixar o look infantil e não divertido. Daí, prefiro uma peça com algumas aplicações mais  discretas. Tipo esse look da Alexandra, do blog Lovely Pepa. Acho que é um modelito totalmente bem-vindo em ambiente de trabalho, por exemplo.

27896994111_0af9d079b8_oCrédito da Imagem: Blog Lovely Pepa

Uma dica: no Youtube é possível encontrar vários vídeos ensinando a aplicar, mas se você não leva muito jeito, já vi em algumas lojas, como Zara e Riachuelo. Talvez o custo seja mais alto, mas faça o que for melhor para você. Ah! Dependendo da peça, acredito que combine com várias ocasiões. Usar o bom senso, é sempre uma ótima opção sempre! 

E você? Gosta de peças com patches também? Conta aí nos comentários!!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


12
07.06.2016
* Julianices & Carolices: Perfis de ilustradores para seguir no insta! ♥

Terça-feira chuvosa em São Paulo, e dias chuvosos me fazem pensar em chocolate quente, filmes e ilustrações, para quem não sabe, eu sou apaixonada por ilustrações, por isso no post de hoje vou dar dicas de 5 ilustradores para seguir no Instagram.

1. Camilla d’Errico (@camilladerrico)

unnamed (1)

Uma canadense comum estilo único, lindo e fofo, do jeito que a gente gosta!!

2. Rodrigo Falco (@rodrigofalco)

unnamed (2)

Além do insta o Rodrigo também bomba com vídeos no youtube sobre ilustração e com alguns speed paintings. Suas ilustrações são feitas em aquarela, super coloridas e lindas.

3. Lora Zombie (@lorazombie)
unnamed (3)
Ela chama sua arte de “Grunge Art”, ilustrações um pouco “poluídas” cheias de informações, mas também cheias de emoções, você não será mais o mesmo depois de ver a arte desta mocinha!
As próximas duas indicações foram escolhidas em conjunto com a Carol, talvez você já até conheça de outros posts aqui do Pequena Jornalista.
4. Beatriz França (@biapof)
unnamed (4)
Mais do que ilustrações a Bia coloca seus pensamentos no que desenha, às vezes pessoais e às vezes citações de outras pessoas, suas ilustrações são encantadoras.
5. Mônica Crema (@monicacrema.art)
unnamed (5)
A Mônica, assim como a Bia, faz ilustrações super limpas que sempre chama atenção para algum pensamento, difícil escolher só uma ilustração para mostrar aqui.
Esses são uns dos nossos preferidos, mas tem tantos outros legais que nem caberiam neste post se fôssemos falar de todos, como @marycagnin, @hyamei, @basakeralpgur, @torianne00, Ah! Tem o meu também… o @Artiscando, eu coloco meus desenhos e rabiscos, se você quiser conhecer, será bem vindo!
Você segue alguns ilustradores que não colocamos aqui? Deixe nos comentários pra gente poder visitar também!
Beijos, Juju. (Blog As besteiras que me contam)

0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018