08.07.2019
* PJ Leu: Garota, pare de mentir pra você mesma! ♥

Ei, Gente! :) E a dica literária da semana é: Garota, pare de mentir pra você mesma, da autora Rachel Hollis. Publicado pela Editora Sextante, o livro é tipo autoajuda, mas sem a gente achar que é impossível pôr em prática o que ela fala no decorrer dos capítulos. Enfim, vamos lá? Boa leitura! 

PJ Leu - Garota pare de mentir para você mesmaLivro: Garota, pare de mentir pra você mesma | Editora: Sextante | Autora: Rachel Hollis  
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros!

Sinopse: Este livro é sobre um monte de mentira nocivas e uma verdade importante. A verdade? Você, somente você, é responsável por quem se tornará e pelo quanto é feliz. É preciso identificar e destruir cada mentira que contou a si mesma a vida inteira. Por quê? Porque é impossível ir a um lugar novo, ou tornar-se algo diferente, sem primeiro identificar onde você está. Por exemplo: já acreditou piamente que não era boa o suficiente? Que era uma péssima mãe ou que não chegaria a lugar nenhum? Essas mentiras são perigosas, em contrapartida, se formos capazes de identificar a principal razão de nossas dificuldades e entender que somos completamente capazes de superá-las, nossa trajetória pode ganhar um novo caminho, a propósito repleto de realizações. Então, pare de se maltratar e não deixe que ninguém faça isso. Pare de mentir para si mesma e leia esse livro, que vai ser de grande ajuda. Nisso, você pode acreditar! ;-)

Minha opinião: Sabe aquele livro que você devora em alguns dias? Que te inspira e levanta o seu astral? Que não faz você se sentir sozinha? Parece piegas, eu sei. Livros de autoajuda sempre têm esse propósito. Mas juro, juradinho, que esse livro mexe com a gente de uma forma bastante positiva! Pelo menos, mexeu comigo. Claro, que as mudanças não ocorrem da noite para o dia. É preciso batalhar, diariamente. E a autora deixou bem claro isso.

As mentiras que a gente conta, tomam uma proporção, que não são nada fáceis de destruí-las. Porém, através de cada capítulo, vemos que apesar da dificuldade, é totalmente possível parar de mentir e passar a acreditar mais no nosso potencial. Rachel conta de uma maneira bem comovente a história de sua vida até aqui e, com certeza, você vai se identificar em algum ponto. Há capítulos bem difíceis e a gente mais uma vez tem a prova de que a grama do vizinho quase nunca é mais verde. O capítulo sobre o irmão dela é bem triste e ela tinha tudo para desistir da vida, bem nova. Mas usou tudo que passou a seu favor, inclusive uma paralisia facial.

Claro, que alguns capítulos não foram tão relevantes para mim. Mas é que eu ainda não passo por algumas coisas, como ser mãe e me cobrar perfeição. Outras páginas, porém, caíram como uma luva. Amei saber a trajetória dela no mundo dos livros e nem preciso dizer o quanto ajudou, né? Depois da leitura, consegui escrever mais umas páginas do meu livro e fiquei tão feliz, que nem sei gente. Também me identifiquei muito com a parte de que as pessoas não ligam muito para o número da idade e, sim, que a vida é totalmente diferente do que elas imaginavam em tal faixa etária. Tipo, era para ter alcançado muito mais a essa altura do campeonato, sabe? A lição que fica é que a gente tem que parar de colocar prazo de validade na gente. Ver o que não conquistamos, mas não de uma forma que faça mal e, sim, que a gente saiba, que uma hora vai chegar lá. Sempre chega e depende muito da gente!

Outro aprendizado é que a gente não tem controle do outro, do que acontece na vida. Mas temos total controle de como reagimos! E isso vale muito. Há um tempo venho colocando isso na prática, mas marcou ainda mais do jeito que ela escreveu. E, por fim, mas não menos importante, temos uma outra percepção da palavra não. Claro, que não é virar uma chata, não aceitar nada contrário do que quer. Mas se é o seu sonho, não desista, independente do que digam. Aprenda com as críticas construtivas, ponha em prática e vai fundo. Sempre há um caminho! E eu sei que na prática, a teoria é mais complicadinha, porém, a gente não pode se dar por vencido. Cuide de seu sonhos. Faça o que estiver ao seu alcance, sem prejudicar ninguém, e vai. Você merece e lembre-se, por mais que tenham inúmeras pessoas torcendo, só você pode cuidar e concretizar o seu desejo.

Pj Leu - Trecho Garota pare de mentirCrédito da imagem: Pequena Jornalista.

Enfim, “Garota pare de mentir pra você mesma” é uma ótima e enriquecedora leitura para quem acha que não sai nunca do lugar e/ou quer sempre aprender com as histórias dos outros! De forma leve e outras bem duras, a gente aprende muito. Além de amar a si mesma, a respeitar o próximo e seguir a vida, independente do que acontece! Enfim, recomendo e MUITO! 

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Post Antigo: Eu sou as escolhas que faço

Fan Page ♥ Instagram   


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019