01.11.2016
* PJ Leu: Eu sou as escolhas que faço! ♥

E a dica literária da semana é: Eu sou as escolhas que faço, da autora Elle Luna. O livro, que foi publicado pela editora Sextante (parceira do blog), é uma ótima pedida para começar o mês com o pé direito. Já adianto: é uma das leituras que mais me tirou da caixinha e me deu aquele empurrãozinho extra na vida! ♥

eu-sou-as-escolhas-que-facoCrédito da imagem: Editora Sextante!

Sinopse: Sempre temos a opção de seguir o caminho da segurança ou da paixão! Sempre encontramos essa encruzilhada! E, todos os dias, fazemos uma escolha. Esse livro faz com que a gente reflita quais são essas escolhas que temos feito.  É importante ressaltar que cada um de nós tem um potencial único que foi nos dado ao nascer. Se vamos cultivar esse “dom” ou não, depende de nós mesmos! Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui… E escolher seguir essa estrada é a jornada mais importante da nossa vida!

Através de um livro colorido e ilustrado, a autora nos mostra os desafios, obstáculos e medos que costumam nos impedir de continuar nesse difícil e prazeroso caminho da paixão. Mas ao mesmo tempo, ensina a encontrar soluções criativas para superar cada um deles! ;-)

pj-leu-eu-sou-as-escolhas-que-facoCrédito da imagem: Pequena Jornalista! 

Minha opinião: É um dos melhores livros que li esse ano. Não é que a autora faça milagre, mas abre a nossa mente, sabe? Faz com que a gente saia da caixinha! Aos poucos, a Elle mostra que trilhar o caminho da paixão é uma das melhores escolhas. Mas ela é realista. Não viaja na maionese! A autora mostra o que geralmente nos impede de seguir essa rota e dá pequenas soluções. Algumas até parecem óbvias, mas toca a gente de um jeito diferente. Bom, pelo menos foi o que aconteceu comigo!

Uma das coisas que me impede de trabalhar só com o que eu gosto é o dinheiro! E, gente, por mais que o dinheiro não seja tudo, infelizmente, sem ele, a gente não come, não paga as contas e por aí vai. Então, não dá para largar tudo de uma vez. E no livro, a Elle mostra exatamente isso e dá uma solução que une o útil ao agradável. Em outras palavras: a solução talvez seja que você possa trabalhar em algum lugar que te dê um salário e, ao mesmo tempo, que você consiga conciliar esse trabalho com o seu verdadeiro sonho. Então, abrir mão daquele emprego que não deixa você ter vida é a melhor opção. Talvez em um outro, você não ganhe tanto, mas em contrapartida, você consegue conciliar.

Exemplo: quero escrever um livro, mas com o trabalho atual só consigo chegar em casa, tomar banho e dormir. Com um outro emprego, consigo ter dinheiro e tempo para escrever. Aí aos poucos, você transforma o sonho em realidade e uma hora vai conseguir só trabalhar com o que realmente gosta. Tudo no seu tempo, mas sem perder tempo! ;-) Ah! Por mais que esse caminho seja o mais gostoso de seguir, não significa que seja o mais fácil. Essa foi uma das principais lições que tirei desse livro!

É uma leitura que você devora em uma noite e realmente te dá vontade de praticar tudo que leu! É um livro interativo e que faz você pensar e escrever. Então, separa um bloquinho junto com a leitura. Ah! Tem uma atividade que pede uma cadeira, então, talvez seja melhor ler em casa. Fora isso, destaque para as ilustrações. Acredito que esse livro vá mexer com cada um de um jeito, mas o importante é que ele te faz sair da caixinha e seguir seus sonhos de verdade.

eu-sou-as-escolhas-que-faco-2Crédito da imagem: Pequena Jornalista! 

Por fim, tenha essa frase sempre com você: eu sou as escolhas que faço! Então, nada de só reclamar. Hora de colocar a mão na massa!  ^^

Já leu? Conta o que achou! Ainda não? Recomendo! 

Beijos, Carol.

Para ler a resenha do livro No meio do caminho tinha um amor, clique aqui

Fan Page ♥ Instagram


25

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020