23.04.2019
* PJ Leu: Corra, Abby, Corra! ♥

Ei, Gente! :) No Dia Mundial do Livro, não tinha como o post não ser sobre uma história literária, né? Então, a dica de hoje é “Corra, Abby, Corra!“, da autora Jane Costello. Publicado pela Record, o livro é um daqueles chick lit que faz a gente entender o motivo de tanto amar esse mundinho literário. Então, vamos lá? Boa leitura!

PJ Leu - Corra Abby CorraLivro: Corra, Abby, Corra! | Editora: Record | Autora: Jane Costello
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: 5 livros!

Sinopse: Abby Rogers nunca foi de se preocupar com hábitos saudáveis e, desde que fundou a River Web Design, as coisas só pioraram. Fazer as refeições nos horários certinhos é missão impossível. Mas quando a sua melhor amiga, a Jess, maratonista incurável, a convence de participar de um clube de corrida, nossa protagonista topa se arriscar. Claro, que a sua motivação tem nome, apelido e um sorriso encantador: Oliver, ou melhor, Dr. Sexy, que a propósito é o capitão do clube.

Seu primeiro dia de corrida? Um desastre total! Com certeza, essa atividade não combina nada com ela. Então, depois de ter a sensação de que seus pulmões foram incendiados, prometeu nunca mais correr…. Até que a sua assistente Heidi lhe dá a notícia que é portadora de esclerose múltipla, uma doença que não tem cura. Sendo assim, ela ganha um outro incentivo na corrida e decide investir nessa “carreira” para arrecadar fundos para uma pesquisa da cura dessa enfermidade.

Claro que ela vai precisar de muito fôlego para enfrentar essa e outras corridas diárias da vida: gerenciar a sua empresa (que não está muito bem), lidar com os pais, conquistar o Dr. Sexy e ainda por cima enfrentar um motoqueiro que cruzou o seu caminho por acidente (literalmente) e muito mais. Haja disposição! Mas será que ela vai ter para essas maratonas atípicas? Só lendo para descobrir. ;-)

Minha opinião: Que livro, gente! Primeiro que a escrita da autora te envolve a cada capítulo, fazendo com que você não queira parar de ler um segundo. Amei a premissa e como ela foi desenvolvida! A princípio, não era um livro que chamaria a minha atenção, a não ser pela capa (que é linda). Os assuntos, como corrida e esclerose múltipla, me deixariam sei lá… Porém, os temas foram tratados com diversão na medida certa e seriedade com leveza quando pedia. Essa dosagem me conquistou do início ao fim e me fez aprender mais do que imaginei.

Quanto aos personagens: a Abby é aquela protagonista que dá vontade de ser amiga na vida real. Fiquei bem orgulhosa da atitude dela! Enfrentar um desafio pelo outro, fez ela ganhar em dobro. Afinal, quando a gente ajuda o próximo, também nos ajudamos. Viram? Em poucas páginas, a gente já aprende tanto.  Tom é o meu crush literário atual e Dr. Sexy dá raivinha, mas está na listinha de suspiros literários hahaha! A equipe da empresa dela é o meu grande objetivo de vida profissional! Heidi é outra personagem queridinha. O jeito como ela lida com tudo é inspirador. Jess… Confesso que não foi a minha personagem favorita! Os pais? O final deles é surpreendentemente bom. Aliás, o livro fala sobre a outra face do perdão em relação à traição. Faz com que a gente reflita muito! Não sei se faria o mesmo, mas com certeza o meu julgamento está menos 8 ou 80.

E vocês acreditam que me deu vontade de correr? Não só a atividade física em si, mas correr ainda mais atrás dos meus sonhos! Clichê, eu sei, mas é a pura verdade. Caiu como uma luva nessa nova fase da minha vidinha! Obrigada, Abby. Obrigada, Jane Costello (você está no meu topo de escritoras favoritas e que me inspiram)! Enfim, é um chick lit que faz a gente chorar de tanto rir e de chorar mesmo. O desfecho foi emocionante! Os primeiros capítulos até dão a entender o que vai acontecer no fim, mas o caminho até lá é leve e perfeito com imperfeições. E a vida real é assim mesmo, né? E tudo bem! No mais, essa história entrou para a minha lista de favoritos e me fez abraçar o livro quando terminei. Então, RECOMENDO MUITO♥ 

***

É isso, pessoal. Fica a dica! E quem já leu, conta o que achou. =)

Ah!! E feliz dia para todos que fazem parte desse Dia Mundial do Livro!!! ♥ 

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Minha vida não tão perfeita

Fan Page ♥ Instagram 


3
23.04.2018
* {Beda 23} – Dia Mundial do Livro! ♥

a313639a58eadc8bc350dbb811d16a1aCrédito da imagem: Pinterest! 

Ei, Gente! :) Sabia que hoje é o Dia Mundial do Livro? Uma das datas mais especiais, afinal, o que seria da nossa vida sem essa palavrinha tão mágica e que faz a gente viajar, aprender, suspirar, chorar, rir e um milhão de coisas mais. Não importa se o livro é ficção, chick-lit, fantasia, thriller, biografia, clássico, entre outros gêneros. O importante é ler. Sem essa de preconceito literário! Enfim, um post curtinho para agradecer a todos os autores pelas histórias incríveis. E todos que fazem parte disso. Seja leitor, blogueiro, editor, livreiro… Cada livro que embarquei, marcou de um jeito. Até quando a leitura não bate muito, acrescenta de alguma forma. Por isso, digo mais uma vez: leia. Faz a diferença, de verdade! Alguns dizem que é uma forma de fugir da realidade. Até concordo, mas é uma fuga tão rica e vasta. Então, por que não?

E aqui vai uma listinha de alguns autores que escreveram algumas das minhas histórias favoritas:

– Sophie Kinsella
– Fernanda França
– Laura Conrado
– Julia Quinn
– Teca Machado
– Lucy Holliday
– Markus Zusak
– Angie Thomas
– Lauren Graham
– Nora Roberts
– Melissa Hill
– Lori Nelson Spielman
– Kiera Cass
– R. J. Palacio
– Deborah McKinlay
– Lauren Weisberger
– Jennifer E. Smith
– Jojo Moyes
– Nicholas Sparks
– John Green

Quem quiser ler alguma resenha de algum desses escritores, é só digitar o nome dele na caixinha de busca do blog, ok? Agora me contem: quem está na listinha de autores favoritos da vida?

3f46654561f3a94efdac2af2b32badd7Crédito da imagem: Pinterest

Beijos, Carol. 

Para Ler: Tradição Livros & Flores – Barcelona!

Fan Page ♥ Instagram 


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019