09.10.2018
* PJ Leu: Em outra vida, talvez? ♥

Ei, Gente! :) E a dica literária da semana é: “Em outra vida, talvez?“, da escritora Taylor Jenkins Reid. Publicado pela Record, o livro me ganhou pela capa, mas o conteúdo é tão mara, que a gente fica triste quando acaba. Gera uma ressaca literária (no sentindo bom) daquelas hahaha! Enfim, vamos lá? Boa resenha para vocês! 

PJ Leu - Em outra vida talvezLivro: Em outra vida, talvez? | Editora: Record | Autora: Taylor Jenkins Reid
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: cinco livros!

Sinopse: Hannah Martin tem quase 30 anos e ainda não encontrou seu lugar no mundo. Ela já morou em Boston, Washington, Portland, Seattle, Austin, Nova York e agora está de volta a Los Angeles. Ela acha que é em sua cidade natal, perto de Gabby, sua melhor amiga, que vai conseguir superar uma grande decepção amorosa e, finalmente, colocar a vida nos trilhos. Para comemorar a mudança, resolve reunir velhos amigos em um bar.

E é lá que encontra um antigo amigo, ex-namorado: Ethan. No fim da noite, tanto ele quanto Gabby lhe oferecem carona. Em universos paralelos, conhecemos as duas possíveis escolhas. Ambas com desdobramentos diferentes, mas que fazem parte dela e ensinam o leitor que a vida é feita de escolhas. Boas e ruins, que podem mudar completamente o destino de cada personagem. O resultado? Só lendo mesmo! 

Minha opinião: A capa é linda e o conteúdo mais incrível ainda. No começo, dá a sensação de que a gente vai se perder. Cada capítulo é dedicado ao desdobramento de cada escolha da noite “D”. Mas dá para acompanhar direitinho. É incrível, como uma simples decisão, muda todo rumo de uma vida. Fiquei pensando: será que em uma vida paralela, estou levando dias totalmente diferentes? Talvez, por esse motivo, a gente tenha a sensação, às vezes, de “conheço aquela pessoa de algum lugar” e por aí vai. Mas vai saber… ;p!

Amei e devorei esse livro, como não devoro uma leitura há séculos. Os personagens são incríveis e cada um tem uma importância nas duas vidas da Hannah. Achei bem bacana que em uma das escolhas, conhecemos o valor da família da nossa protagonista. Às vezes, a forma de demonstrar o amor é diferente do que imaginamos, mas continua sendo amor. E o que seria trágico, a autora soube construir uma história apaixonante. Alguns momentos de raiva. Outros só de suspiro!

É um daqueles livros que a gente gostaria de ser amiga da protagonista e queria filme, mas sem mudar nada, ok produção? hahaha =) E, aos poucos, alguns personagens se cruzam e tudo se encaixa. São assuntos relevantes e que nos ensinam, principalmente, que nenhuma escolha é à toa. Tudo tem o lado bom! Amei todos os amigos e familiares que rondam cada página. A família da Gabby é a mais fofa e Ethan é o meu preferido, mas o enfermeiro não fica de fora.

Recomendo e muito a leitura, que a propósito é leve, divertida e que faz a gente suspirar do começo ao fim! E o título? Tudo a ver com o que encontramos nos capítulos. Louca para ler mais livros dessa escritora. Nunca te pedi nada, Record, entre outras editoras do Brasil. ;-)

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! 

Beijos, Carol.

Para ler: Poesia que transforma 

Fan Page ♥ Instagram 


1
19.09.2018
* PJ Leu: Mas tem que ser mesmo para sempre? ♥

Ei, Gente! :) Vamos de dica literária hoje? Dessa vez, a resenha do mais recente livro da minha escritora gringa favorita: Mas tem que ser mesmo para sempre?, de Sophie Kinsella, publicado pela Record. Se você ama chick-lit e a Sophie, não pode deixar de ler essa história repleta de surpresas. Vamos lá? 

PJ Leu - Mas tem que ser mesmo para sempreLivro: Mas tem que ser mesmo para sempre? | Editora: Record | Autora: Sophie Kinsella
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: cinco livros!

Sinopse: Juntos há dez anos, Sylvie e Dan compartilham todas as características de uma vida feliz: uma bela casa, bons empregos, duas filhas lindas, além de um relacionamento tão simbiótico que eles nem chegam a completar suas frases – um sempre termina a fala do outro.

Porém, quando os dois vão ao médico um dia, ouvem que a saúde de ambos é tão boa que provavelmente vão viver mais uns 68 anos juntos… Então, por incrível que pareça, o pânico se instala. Eles nunca imaginaram que o “até que a morte nos separe” pudesse significar sete décadas de convivência.

Em nome do casal e da sobrevivência do casamento, eles rapidamente bolam um plano para manter acesa a tal da chama da paixão. De um jeito criativo e dinâmico, para nunca ficarem no tédio. Porém, quando eles praticam o Projeto Surpresa, contratempos acontecem e alguns segredos vem à tona, o que acaba ameaçando a relação. Se tudo termina bem? Só lendo para saber. ;-)

Minha opinião: Todo casal deveria ler essa história.  Acho que os romances durariam mais, tipo, uns 68 anos hahaha. O amor seria menos descartável. Mas vamos lá… Sylvie e Dan tem tudo que um casal protagonista tem de ter no livro da Sophie: carisma, cenas e diálogos divertidos. São gente como a gente e eu adoro isso nas histórias dela. A Sylvie me lembrou um pouco a Becky (Delírios de Consumo), mas com algumas diferenças. Ela é doidinha e faz cada plano mega hilário, mas digamos que é um pouco mais pé no chão. Dan, confesso que fiquei com um pouco de raivinha, mas a gente entende no final. As gêmeas são uns amores…. E os vizinhos? Os melhores! Já a mãe dela, vive um pouco numa bolha, mas não é cruel. O pessoal do trabalho? Sra. Kendrick virou a minha ídola.

No meio da leitura, achei que as coisas teriam um outro rumo. Principalmente, com o sobrinho da chefe dela. Mas digamos que curti. Sem spoiler, juro! E Mary? Quase julguei, mas deu tudo certo! E o pai? Esse sim é cheio de surpresas. Nessa hora, a história fica meio tensa, mas é bom para ver que nem nos livros a vida é um mar de rosas. Nem mesmo com as pessoas que mais amamos no mundo. Vamos para o desfecho? Sensacional e a presença do médico, foi a melhor! E para variar, aprendi muito com o livro. Principalmente, aproveitar um dia de cada vez. Não importa se é para sempre, se é temporário, o importante é ir aos poucos, sem colocar muita pressão. Ah! E se a gente não mudar, nada muda! Às vezes, é preciso encerrar ciclos, para iniciar outros tão melhores quanto. A vida é repleta de desafios e no final, esse Projeto Surpresa do casal valeu cada susto! ;-)

Por fim, sobre a capa: achei bem fofa! O título? Até tem a ver, mas não sei, achei meio grande, mas é só um mero detalhe. Mega recomendo a leitura!

Já leu? Conta o que achou! Ainda não? Fica a dica!

Beijo, Carol. 

Para ler: PJ Leu – A luz que perdemos

Fan Page ♥ Instagram 


1
31.07.2018
* Wishlist Literária: Bienal do Livro 2018! ♥

Ei, Gente! :) Na 6ª feira, dia 2 de agosto, começa a Bienal do Livro, de SP. E a pequena blogueira que vos bloga vai arrumar as malas e partir para esse evento do nosso mundinho preferido: o literário Sempre quando tem Bienal, eu faço uma lista prévia para ver mais ou menos o que eu quero comprar. Então, para o post do dia trouxe a minha wishlist literária da vez. Claro, que ao longo desses três dias, corro o risco de acrescentar mais livros, mas isso é mero detalhe, não é mesmo? ;p Enfim, vamos lá? Boa leitura para vocês! ;-)

PJ - Wishlist BienalCrédito das imagens: Saraiva, Arqueiro e Sextante
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. Orgulho e Preconceito (Jane Austen – Editora Martin Claret) 
Sinopse: O mais famoso livro de Jane Austen, onde temos Elizabeth Bennet como heroína e seu pretendente irresistível, o Sr. Darcy. Mas nessa versão linda, com ilustração do @sigaosbaloes, são abordados outros aspectos, como orgulho encontra preconceito, ascendência social confronta desprezo social, equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo.
Observação da Pequena: Espero muito que tenha uma promoção irresistível (tanto quanto o Sr. Darcy haha) na Bienal. Quero muito ler esse clássico e com essa capa mara!

2. Literalmente Amigas (Laura Conrado e Marina Carvalho – Editora Bertrand Brasil) 
Sinopse: Quando Gabi e Lívia, duas apaixonadas por livros, se conheceram em uma comunidade sobre literatura em uma extinta rede social, não imaginavam que se tornariam melhores amigas e que criaram um blog de resenhas literárias, o Literalmente Amigas. Desde então, elas são inseparáveis, apesar das personalidades muito diferentes! Gabi é um pouco avoada, desorganizada financeiramente, de riso fácil e vive uma história de conto de fadas com o namorado de longa data. Já Lívia é assertiva, firme e possui planos bem delineados para seu futuro, embora ainda não tenha encontrado o emprego dos sonhos nem um romance arrebatador como o de seus livros favoritos. Juntas, elas enfrentam as dificuldades da juventude, seja na profissão, seja no amor, até tudo começar a mudar quando ambas são selecionadas para a mesma vaga — para a qual as duas se inscrevem, sem contar uma para outra — na principal editora do país. Será que a paixão pelos livros, que antes unia as amigas, agora se tornará o motivo do término da amizade?
Observação da Pequena: Esse está na minha listinha há séculos e acho que vou me identificar muito!

3. Um verão na Itália (Carrie Elks – Verus Editora) 
Sinopse: Um verão na Itália, com a história de Cesca Shakespeare, que chegou ao fundo do poço. Depois de escrever uma peça de teatro premiada que acabou em desastre, o bloqueio criativo se instalou, sem previsão de ir embora. Seis anos mais tarde, ela acabou de perder mais um emprego pavoroso e está prestes a ser despejada de seu apartamento. Pior ainda, suas irmãs não fazem ideia de como sua vida vai mal. Assim, quando seu padrinho lhe arruma uma temporada de verão em uma bela vila italiana, sem ter de pagar nada por isso, Cesca concorda, meio a contragosto, em ir para lá e tentar escrever uma nova peça. Isto é, antes de descobrir que a casa pertence a seu arqui-inimigo, Sam Carlton.
Observação da Pequena: Ele estava na minha listinha desde o meu niver, mas ninguém me deu snif snif hahaha. Então, eu vou me dar de presente nesse Bienal =D! Acho que vai me fazer ficar ainda mais apaixonada pela Itália e por histórias água com açúcar!

4. Você e outros pensamentos que provocam arrepio (Fred Elboni – Editora Sextante) 
Sinopse: Uma coletânea de 50 crônicas, que retratam as relações amorosas com sensibilidade e irreverência.
Observação da Pequena: Eu amo crônica e já li algumas coisas do autor e acho que esse vou curtir!

5. O verão da minha vida (Nova Weetman – Editora Harper Collins) 
Sinopse: É o último dia de aulas e Frankie só consegue pensar que seu verão não está prometendo: um calor de morrer e seu violão como única companhia… Isto é, até que surge uma oportunidade de ir para Londres nas férias! Isso pareceria ótimo se não significasse reencontrar Jake, o menino que partiu seu coração. Além disso, Frankie ainda precisa decidir se férias na praia com o pai são uma saída perfeita ou uma torta de climão, já que seu pai está com uma namorada nova, que também tem uma filha! Será que ela vai perceber que esqueceu Jake de vez? Ou vai acabar enterrando a nova ‘irmã’ na areia? Cabe a você decidir o que Frankie vai fazer em O verão da minha vida!
Observação da Pequena: Tem bem cara de ser uma história teen, mas vocês me conhecem… EU AMO e separa um exemplar para mim, Harper Collins. E fora que a capa é bem fofa!

6. Asiáticos Podres de Ricos (Kevin Kwan – Editora Record) 
Sinopse: Quando Rachel Chu chega à Cingapura com o namorado, o charmoso Nicholas Young, para acompanhá-lo ao casamento de seu melhor amigo, imaginava passar dias tranquilos com uma simpática família, longos passeios de carro explorando a ilha e bastante tempo ao lado do homem com quem um dia talvez fosse se casar. Só que Nick não mencionou alguns detalhes… Como o fato de sua família ter muito, muito dinheiro, que ela iria viajar mais em jatinhos particulares do que de carro e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais ricos da Ásia era como ter um alvo nas costas. Em pouco tempo, Rachel se vê transportada para um episódio de Gossip Girl, só que na Ásia e com pessoas podres de ricas, que não vão poupar a simples professora universitária das fofocas e intrigas. Isso sem falar na mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem seu filho deve – ou não – se casar.
Observação da Pequena: Já que também não ganhei no meu niver (snif snif² hahaha), entrou na minha listinha de livros que preciso levar para a Bienal. =D

7. Uma dama fora dos padrões (Julia Quinn – Editora Arqueiro) 
Sinopse: Uma história que fala sobre encontrar o amor nos lugares mais inesperados… Ou não! Por exemplo, todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito… algum dia. Porém, há apenas um irmão Rokesby, que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente. Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso… ;-)
Observação da Pequena: É da diva Julia Quinn, né? Mega ansiosa para embarcar nessa leitura e espero que venha com esse lindo marcador! Please, Arqueiro! Nunca te pedi nada!

8. Como se encontrar na escrita (Ana Holanda – Editora Rocco) 
Sinopse: Jornalista com passagem pelas principais redações do país, Ana Holanda se encontrou como a “contadora de histórias” que sempre quis ser na revista Vida simples, onde está há alguns anos como editora-chefe. As pautas inspiradoras aliadas à possibilidade de se colocar de forma intensa nos textos para falar mais profundamente ao leitor, características da publicação, forjaram o conceito de escrita afetuosa que a jornalista passou a desenvolver, e que compartilha, em palestras e oficinas, com um grande número de pessoas interessadas em potencializar sua relação com a palavra.  A autora apresenta um guia em tom de conversa, repleto de dicas sobre como buscar e expressar a própria voz através da escrita.
Observação da Pequena: Vi no site da Saraiva que só lança na próxima segunda, mas quem sabe eu não encontro antes, né? Espero que sim, porque óbvio que eu vou amar! 

****

É isso, pessoal. :) Alguém já leu algum dessa minha wishlist? Contem aí!
Ah! Me contem também o que desejam ler sobre a Bienal aqui no blog. ;-)

Beijo, Carol.

Para ler: Top 5 – Autores Nacionais

Fan Page ♥ Instagram 


2
09.07.2018
* Top 5: Carina Rissi! ♥

Ei, Gente! :) Têm autores que a gente sempre escuta falar, mas nunca teve a oportunidade de ler. Seja por conta de uma lista giga de livros para ler ou por outro motivo, mas no final das contas, o tal livro de tal escritor, sempre fica para depois. Mas não é por mal, nem nada parecido. Então, o que a gente faz? No meu caso, sempre preparo um top 5 e me guio por ele. Dessa vez, a autora escolhida é brasileira e que volta e meia leio alguma resenha sobre as histórias literárias dela: Carina Rissi. Enfim, vamos lá? 

Top 5 - Carina RissiCrédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. Série Perdida (Verus) 
Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…
Observação da Pequena: Acho que vai ser o tipo de leitura que eu vou devorar em poucos dias e digo o mesmo para os outros 3 livros da série. Ah! E pelo que eu li, essa história vai para as telonas do cinema. ;-)

2. Menina Veneno (Galera Record)
Sinopse: 
Você conhece a história de uma certa princesa que sofreu inúmeras tentativas de assassinato por sua madrasta, uma delas com uma maçã envenenada. O bem contra o mal, a indefesa donzela ameaçada pela perversa Rainha… É bonito, não é mesmo? Francamente, me embrulha o estômago só de falar dessa história da carochinha. Eu não sou uma bruxa, não sou má e eu nunca planejei matar ninguém. Por anos, fui a maior modelo do planeta, o nome mais poderoso do mundo da moda… Até o dia em que a insossa da minha enteada, Bianca, roubou a minha maior campanha. Dá pra acreditar? Bianca é tão sonsa… e tem esse arzinho azedo e avoado que me dá vontade de voar no pescoço dela… Eu sei, parece mesmo que eu fiz tudo o que a imprensa me acusa de ter feito. Mas não foi bem assim. Senta aqui e me ouça até o fim. Depois me diga se acha mesmo que mereço o título de Rainha Má… Talvez só Rainha seja muito melhor.
Observação da Pequena: Tem cara de ser aquele livro que faz a sua bochecha doer de tanto gargalhar. Assim espero!

3. Quando a noite cai (Verus) 
Sinopse: Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos… e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco…
Observação da Pequena: Tem cara de ser bem fofinho e de arrancar bons suspiros. De cara, já gostei do Gael hahaha!

4. Procura-se um marido (Verus) 
Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. A morte do querido familiar muda completamente o rumo dessa história. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império. Bom, a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Era algo inimaginável para a protagonista que, então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso: colocar um anúncio no jornal para encontrar um marido de aluguel…
Observação da Pequena: Sabem aqueles chick lits que a gente ama? Então… Acho que é bem capaz de ele entrar na minha lista de livros preferidos, só pela sinopse. Mais uma vez: assim espero!

5. Mentira Perfeita (Verus) 
Sinopse: Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa — qualquer coisa mesmo! — por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera — e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente…
Observação da Pequena: É um spin-off de “Procura-se uma marido”, então, acho que deve ser tão divertido quanto. Vou ler o primeiro e depois compro esse (e claro, conto para vocês).

***

É isso, pessoal. A maioria desses, estou querendo comprar na Bienal. Principalmente o 1º e o 4º que selecionei. Quem quiser me indicar mais livros da Carina, fique à vontade! E me contem o que acham dos livros da autora! :)

Ah! Querem ver algum top 5 de algum autor específico? Coloquem nos comentários também!!

Beijos, Carol. 

Para ler: Top 5 – Jane Austen

Fan Page ♥ Instagram  


4
01.03.2018
* Top 5: Fernanda França! ♥

Ei, Gente! E o top 5 da semana é de uma das minhas autoras brasileiras favoritas: Fernanda França Quem ainda não conhece, corre para ler algum desses livros, por favor. Principalmente quem ama escrita leve, divertida e com lições que valem ouro. Vamos lá? Bom post! :)

Top 5 - Fernanda França - PJCrédito das imagens: Saraiva
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

1. Malas, Memórias e Marshmallows 
Sinopse: Às vezes, o fim de algo pode ser apenas um novo começo. Após ser despedida do trabalho no dia de seu aniversário, Melissa Moya conhece Theodoro Brasil, seu vizinho, dando início a uma nova amizade que vai permitir que a jovem jornalista realize seu maior sonho: viajar pelo mundo afora. Então, Mel embarca no projeto “América sobre rodas”, uma aventura por diversas regiões dos Estados Unidos, deixando para trás sua gata, Lady Gaga, sua família e seus amigos. Máquina fotográfica na mão, notebook debaixo do braço, Melissa vai acabar percebendo que a vida surpreende a cada momento, principalmente quando o assunto é o amor verdadeiro.
Observação da pequena: É um dos meus livros preferidos da vida e foi o meu primeiro contato com a Fê. A capa é linda e o conteúdo é incrível. Aliás, contei sobre o que achei dessa história aqui.

2. Bolsas, Beijos e Brigadeiros 
Sinopse: Melissa é uma jovem jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Passando por uma nova fase profissional, Mel viaja à Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, nossa protagonista precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe— grávida de um lho temporão —, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. Afinal, o que será que ele tanto esconde?
Observação da pequena: É a continuação de Malas, Memórias e Marshmallows, mas é uma leitura independente. Porém, indico ler esse depois do outro. Se você morre de vontade de conhecer a Europa, matar a saudade de algumas cidades ou pegar dicas, é uma leitura ideal. E tenha uma panela de brigadeiro a sua disposição, pois dá muita vontade de comer. Prefiro o primeiro livro, mas esse tem a sua magia e lições valiosas tanto quanto o outro. E, por favor, Fê: uma história para o Luca! Ah! Tem resenha sobre aqui.

3. 9 Minutos com Blanda
Sinopse: Todos os dias, depois de brigar com o despertador que dá apenas nove minutinhos a mais de sono, Blanda se depara com a seguinte situação: ela está quase sem dinheiro, desempregada e sua única companhia é o gato Freddy Krueger. Bom, não exatamente, já que ela namora um cara chamado Max, que nunca realmente assumiu o relacionamento. Max é folgado, não trabalha e também não faz muita questão de conseguir um emprego, mas é justamente com ele que Blanda se vê prestes a dizer “aceito”. Em uma confusão envolvendo muito estresse, a porta giratória de um banco e uma calcinha pink, Blanda conhece alguém que pode mudar sua vida. Mas será que a realidade pode virar um conto de fadas?
Observação da Pequena: É o livro de estreia da Fê, mas acreditam que eu ainda não consegui embarcar? Porém, está na minha listinha de livros que preciso ler ainda esse ano!

4. O Pulo da Gata 
Sinopse: Maggie May ama os animais e exerce sua profissão de veterinária com paixão. Mas seu maior sonho é casar com tudo que uma mulher romântica tem direito: vestido branco, cerimônia religiosa, festa com todos os seus amigos e parentes, lua de mel… O noivo nem importa muito, desde que seja alto. Apesar de jovem tem 23 anos , ela faz de tudo para se casar e age como se fosse uma solteirona desiludida. Não é a toa que está na sua quinta tentativa, mas está confiante de que Felipe, que ela conheceu num site de encontros, a tornará, enfim, feliz. Só que as estrelas, que tudo veem lá de cima, não têm tanta certeza assim. Nem Eric, o comediante gato que ela conhece por acaso, no dia do seu primeiro encontro físico com Felipe.
Observação da Pequena: Um livro doce, mas sem deixar de ser real. Está na 3ª pessoa, mas me conquistou tanto quanto os outros. Indico muito e destaque para a capa. Posso querer me casar com um vestido assim? Tem resenha dele aqui.

5. O Livro Delas 
Sinopse: Do sobrenatural ao chick-lit, passando por romance, aventura, drama e denúncia social, a coletânea agrada desde os leitores jovens adultos aos mais velhos. São 9 autoras e 9 histórias e uma delas é da Fê!
Observação da Pequena:  Está na minha listinha há séculos, mas ainda não rolou a leitura. Assim que eu embarcar, conto para vocês também. E acho que é um bom livro para quem quer conhecer um pouco a Fernanda e outras autoras brasileiras também. ;-)

***

É isso, pessoal. Me contem: já embarcaram em alguma história dela? O que acharam? Ah! Quer saber um pouco mais sobre ela? Já rolou entrevista aqui no PJ. E espero fazer outras indicações de livros da Fê em breve. De verdade, quem ama chick-lit e afins, ela é uma das melhores autoras na minha humilde opinião! Sem falar que é uma querida e mega acessível com os leitores. 

Beijos, Carol.

Para ler: Top 5 – Livros & Paris

Fan Page ♥ Instagram


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018