07.08.2018
* Top 5 – Escritora Pam Gonçalves! ♥

Ei, Gente! :) E já que a Bienal do Livro de SP está rolando (até o dia 12 de agosto), vamos fazer mais um top 5 de autores nacionais? Dessa vez, escolhi falar da Pam Gonçalves, autora de um dos livros teens mais fofinhos que já li. Vamos lá? Bom post! 

Top 5 - Pam Gonçales - PJCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

1. O amor nos tempos de likes (Galera Record) 
Sinopse: Em O Amor nos tempos de #likes, quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam Orgulho e Preconceito, Dom Casmurro e Romeu e Julieta.
Observação da Pequena: Se eu não me engano, esse foi o livro de estreia da Pam (com outros escritores também) e sempre esbarro nele, mas acabo não comprando. Entrou para a minha lista: sim ou com certeza? Ainda mais que são histórias clássicas e escritas por quem entende de livro.

2. Boa Noite (Galera Record) 
Sinopse: Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação — em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números —, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando a protagonista decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.
Observação da Pequena: Ainda não li, mas acho que é o tipo de livro que faz a diferença. Não parece ser só mais uma história, sabe? Fora que a capa é bem bonita e o título chama atenção!

3. Heroínas (Galera Record) 
Sinopse: Três escritoras brasileiras, incluindo a Pam, reinventaram clássicos para inspirar cada vez mais heroínas. Nesse livro, a Távola Redonda, da autora em questão, é liderada por Marina, que diante do sumiço do dinheiro que os alunos de sua escola pública arrecadaram para a formatura, desembainha a espada e reúne um grupo de meninas para garantirem a festa que planejaram.
Observação da Pequena: Fui no lançamento daqui do Rio e achei a Pam uma querida. Ainda esse ano prometo fazer resenha dele, ok? :)

4. Uma história de verão (Galera Record) 
Sinopse: É o último verão de Analu perto de casa antes da faculdade. Entre a dificuldade de se entender com seus pais, que queriam que ela cursasse Direito e não Cinema, e as persistentes comparações com seu gêmeo, André Luiz, o grande exemplo de filho que faz tudo para agradar, a garota está cansada de tanta hipocrisia e da cobrança de todos e só quer aproveitar suas férias com os amigos. O lugar é lindo, o clima está ideal e não faltam lembranças em cada cantinho da praia. Pena que nem todas são boas: a primeira decepção amorosa e grande paixão de Ana Luísa, Murilo, está de volta depois de dois anos com o sorriso cafajeste de sempre e novas promessas. De um lado, o futuro em uma nova e incrível cidade, São Paulo; do outro, os amigos, a família e um amor traiçoeiro que ao mesmo tempo machuca e envolve.
Observação da Pequena: Por enquanto, é o único livro que li dele e… Amei tanto essa história! Segue bem o estilo que eu amo! Para saber mais, só clicar aqui.

5. Turma da Mônica Jovem – Uma viagem inesperada (Nemo) 
Sinopse: O que pode acontecer numa viagem inesperada? Tudo! As personagens da Turma da Mônica Jovem estão reunidas, pela primeira vez, em um livro de contos. Mônica, Magali, Denise e Marina embarcam em aventuras inéditas, cada uma com um destino especial. Mônica parte rumo à Coreia do Sul, em um tour inesquecível, repleta de k-pop, cores e aventuras. Magali tem seus planos virados de cabeça para baixo e acaba em Paraty, onde gastronomia e novas amizades se misturam. Marina desenvolve um novo lado artístico em Londres – com direito a chá, saudades, encontros e desencontros. E Denise, por ter se metido numa encrenca, é mandada de castigo para um acampamento na Serra Catarinense. Prepare as suas malas e acompanhe as garotas em viagens pelo Brasil e o mundo, com romances, confusões e aventuras!
Observação da Pequena: A Pam escreveu com outras autoras! E quem acompanha o PJ, sabe que esse livro está na minha listinha há duas Bienais. Quem sabe esse ano eu consigo ler finalmente?  #oremos ;-)

**

É isso, gente! :) Alguém já leu algum livro da Pam? Me contem aí qual vocês indicam eu embarcar primeiro (sem ser Uma história de verão).

Beijos, Carol. 

Para ler: Top 5 – Livros de autores nacionais – Bienal do Livro RJ

Fan Page ♥ Instagram 


1
09.07.2018
* Top 5: Carina Rissi! ♥

Ei, Gente! :) Têm autores que a gente sempre escuta falar, mas nunca teve a oportunidade de ler. Seja por conta de uma lista giga de livros para ler ou por outro motivo, mas no final das contas, o tal livro de tal escritor, sempre fica para depois. Mas não é por mal, nem nada parecido. Então, o que a gente faz? No meu caso, sempre preparo um top 5 e me guio por ele. Dessa vez, a autora escolhida é brasileira e que volta e meia leio alguma resenha sobre as histórias literárias dela: Carina Rissi. Enfim, vamos lá? 

Top 5 - Carina RissiCrédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista

1. Série Perdida (Verus) 
Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…
Observação da Pequena: Acho que vai ser o tipo de leitura que eu vou devorar em poucos dias e digo o mesmo para os outros 3 livros da série. Ah! E pelo que eu li, essa história vai para as telonas do cinema. ;-)

2. Menina Veneno (Galera Record)
Sinopse: 
Você conhece a história de uma certa princesa que sofreu inúmeras tentativas de assassinato por sua madrasta, uma delas com uma maçã envenenada. O bem contra o mal, a indefesa donzela ameaçada pela perversa Rainha… É bonito, não é mesmo? Francamente, me embrulha o estômago só de falar dessa história da carochinha. Eu não sou uma bruxa, não sou má e eu nunca planejei matar ninguém. Por anos, fui a maior modelo do planeta, o nome mais poderoso do mundo da moda… Até o dia em que a insossa da minha enteada, Bianca, roubou a minha maior campanha. Dá pra acreditar? Bianca é tão sonsa… e tem esse arzinho azedo e avoado que me dá vontade de voar no pescoço dela… Eu sei, parece mesmo que eu fiz tudo o que a imprensa me acusa de ter feito. Mas não foi bem assim. Senta aqui e me ouça até o fim. Depois me diga se acha mesmo que mereço o título de Rainha Má… Talvez só Rainha seja muito melhor.
Observação da Pequena: Tem cara de ser aquele livro que faz a sua bochecha doer de tanto gargalhar. Assim espero!

3. Quando a noite cai (Verus) 
Sinopse: Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos… e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco…
Observação da Pequena: Tem cara de ser bem fofinho e de arrancar bons suspiros. De cara, já gostei do Gael hahaha!

4. Procura-se um marido (Verus) 
Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. A morte do querido familiar muda completamente o rumo dessa história. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império. Bom, a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Era algo inimaginável para a protagonista que, então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso: colocar um anúncio no jornal para encontrar um marido de aluguel…
Observação da Pequena: Sabem aqueles chick lits que a gente ama? Então… Acho que é bem capaz de ele entrar na minha lista de livros preferidos, só pela sinopse. Mais uma vez: assim espero!

5. Mentira Perfeita (Verus) 
Sinopse: Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa — qualquer coisa mesmo! — por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera — e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente…
Observação da Pequena: É um spin-off de “Procura-se uma marido”, então, acho que deve ser tão divertido quanto. Vou ler o primeiro e depois compro esse (e claro, conto para vocês).

***

É isso, pessoal. A maioria desses, estou querendo comprar na Bienal. Principalmente o 1º e o 4º que selecionei. Quem quiser me indicar mais livros da Carina, fique à vontade! E me contem o que acham dos livros da autora! :)

Ah! Querem ver algum top 5 de algum autor específico? Coloquem nos comentários também!!

Beijos, Carol. 

Para ler: Top 5 – Jane Austen

Fan Page ♥ Instagram  


4
29.05.2018
* PJ Leu: Os quase completos! ♥

Ei, Gente! E a dica literária da semana é Os Quase Completos, do autor brasileiro Felippe Barbosa, que recebi da Editora Arqueiro (parceira do blog). É um livro bem diferente do que imaginei, mas no final abracei a história. Vamos lá? Boa resenha! 

PJ Leu - Os Quase completosLivro: Os Quase Completos| Editora: Arqueiro | Autora: Felippe Barbosa
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota: três livros! 

Sinopse: O Quase Doutor é um renomado cardiologista que passa os dias em um hospital, mas no fundo é um artista frustrado. A Quase Viúva é uma professora que está de licença do trabalho para ficar com o noivo, em coma após um grave acidente. O Quase Repórter é um jornalista decepcionado com a profissão que sofre há mais de um ano pelo suicídio da esposa. A princípio, a única coisa que essas pessoas têm em comum é a sensação de incompletude e de desilusão com a vida. Mas não…. Por quê?

Um dia… O Quase Doutor é persuadido por um velho desconhecido a embarcar com ele em um ônibus rumo a jornada para se reconciliar com o seu passado. Logo, a viagem se transforma em uma aventura cheias de surpresas e com um porém: ele precisa fazer escolhas que mudarão para sempre o seu destino e a forma de ver a sua vida! Sobre a Quase Viúva, ela suspeita que alguém está querendo matar o seu noivo dentro do hospital. Já o Quase Repórter, através de uma pesquisa minuciosa, acredita que podem ter matado a sua esposa. O que esses personagens têm em comum então? A resposta para os mistérios que envolvem os seus amores e a vida deles, pode estar dentro do ônibus, que o Quase Doutor embarcou.

Minha opinião: Quando eu pedi esse livro, imaginava uma outra forma do autor contar a história. Talvez, por eu ter uma expectativa diferente, a leitura não tenha fluido tanto o quanto eu imaginei. Mas não abandonei e fui até o último capítulo, pois algo me dizia que eu ia me surpreender. E não deu outra, gente! Os Quase Completos é cheio de mensagens intensas e que realmente nos fazem pensar sobre a vida que estamos levando! Sendo assim, valeu cada página. Apenas a construção que, em alguns momentos, não bateu com o meu gosto literário. Mas é questão de gosto mesmo, ok?

Sobre os personagens: o Quase Doutor é aquele que quase todo mundo se identifica. Quem nunca deixou de lado um sonho por acreditar mais na opinião dos outros do que na própria? A viagem no ônibus, foi uma viagem mesmo, mas que o levou ao destino certo, sem dúvida. A Quase Viúva é a típica personagem que sonha com tudo perfeitinho, mas ao final, se dá conta, que nem sempre o perfeito é o melhor! E o Quase Repórter? Viver no passado, atrapalha tudo. Por mais que a gente descubra a verdade, às vezes, o melhor a fazer é seguir em frente mesmo, sem olhar para trás.

Enfim, deu para perceber que esses três tem muito a ensinar o leitor. Porém, quem mais me ensinou: os coadjuvantes. Judite, Mira, Dona Marta e Marina são os meus personagens  preferidos. Principalmente, essa última. A cena dela com o Quase Doutor valeu pelo livro todo. Anotei vários trechos e espero colocar todos em prática! Principalmente, no quesito “tenho 31 anos e tenho prazo de validade”. Não mesmo. Amei essa parte e vou levar para a minha vida! A gente cresce, mas isso não significa nada que não temos muito tempo. Por mais clichê que pareça, a vida não tem que ter prazo de validade. Claro, que temos nossos limites e tal, mas isso não pode ser um empecilho para não corremos atrás do que realmente desejamos. Obrigada, Marina. E obrigada, Felippe, por nos ter presenteado com uma personagem tão rica e com um destino tão maravilhoso. Meu desfecho preferido do livro!

No mais, leia com a mente aberta e veja o que pode mudar para encontrar o seu 8º Reino real. A medida que os capítulos vão se encerrando, a gente vai se surpreendendo de uma forma bem positiva. Gostei como cada história se entrelaçou e pensei: como não tinha percebido isso antes? Enfim, recomendo! 

IMG_9994Meu trecho preferido. 

***

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! ;-)

Beijos, Carol

Para ler: Mais lindo que a lua

Fan Page ♥ Instagram  


1
11.04.2018
* {Beda 11} – Top 5: Laura Conrado! ♥

Ei, Gente! :) E o post do dia é mais um top 5. Dessa vez, com uma outra autora brasileira que eu amo: Laura Conrado Quem ainda não leu os livros da Laura, por favor, mudem isso. As histórias são divertidas, leves e com aquele toque de chick-lit que a gente ama! Enfim, vamos lá? Boa leitura! ;-)

PJ - Top 5 - Laura ConradoCrédito das imagens: Saraiva 
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

1. Quando saturno voltar (Globo Livros) 
Sinopse: Déborah Zolini tem uma vida, aparentemente, estável. Um namorado, sonha com o casório e trabalha como assessora de imprensa de um time de futebol de segunda divisão. Mas durante uma viagem para o Chile, ela conhece a Cigana Saphira, que avisa: o Retorno de Saturno, um fenômeno astrológico que acontece às vésperas do aniversário de trinta anos, está se aproximando. Quando a Déborah volta ao Brasil, começa a perceber sinais de que grandes mudanças estão por vir. Começando por Henrique, um cara maravilhoso que ela conheceu no avião. E sem esperar, o galã mexe com seus sentimentos e “atrapalha” toda a sua rotina. Tudo o que parecia estar ok, vira de cabeça para baixo. Nossa protagonista terá de confrontar todos os seus medos. Pois é! Saturno realmente mostra o poder da sua volta e o destino a surpreende. Tanto na vida pessoal quanto na profissional.
Observação da Pequena: Se você está prestes a completar 30 primaveras, indico muito esse livro. Mas se não está, também indico. É o tipo de leitura que te faz bem! Para saber mais, só clicar aqui.

2. Freud, me segura nessa (Novo Século) 
Sinopse: Depois de se apaixonar pelo terapeuta e passar por desventuras, Cat, agora encara uma série de descobertas sobre si própria e o mundo. Numa temporada fora do país (NY, baby!) e em meio a novas oportunidades, amores e amigos, nossa querida protagonista descobre que, mesmo distante, sentimentos não resolvidos de seu passado podem se fazer presentes. Ela confronta traições, inseguranças, dúvidas e os riscos das escolhas adultas diante do dinheiro, do sexo e do amor. Sendo assim, mais uma vez, Cat pede ajuda ao Freud para se segurar nos desafios da vida adulta.
Observação da Pequena: Cat é aquela típica personagem “gente como a gente”. Me ajudou tanto esse livro, que vocês não tem noção. Para saber mais, clique aqui.

3. Freud, me tira dessa (Novo Século) 
Sinopse: O livro conta a história da jovem Catarina, dona de uma vida amorosa catastrófica. Disposta a rever suas escolhas e entender o que acontece, Cat busca ajuda na psicoterapia. Como se não bastasse o dolorido processo de conhecer a si mesma e de adentrar na relação com os seus familiares, ela simplesmente se apaixona pelo terapeuta Luiz. No auge da angústia, a protagonista recorre ao Freud para sair dessa. Entre confusões, lágrimas, descobertas, risos, Cat passa por uma trajetória de autoconhecimento e aceitação da própria história. E o melhor: com um final nada clichê!
Observação da Pequena: Esse foi o meu primeiro contato com a Laura e o começo da história de Cat. A gente ri, chora e aprende mais do que imagina! Para saber mais, clique aqui.

4. Na minha onda (Globo Livros) 
Sinopse: Vitória é uma cantora talentosa que esteve no topo do sucesso há cinco anos. Mas agora ela está arrasada, pois ficou desempregada, voltou a morar com os pais e ainda tem que aceitar o triunfo de Carol Laine, sua amiga de infância e antiga dupla musical, que seguiu a carreira solo e está se tornando uma das mais comentadas artistas da Bahia. Porém, mesmo Vitória tentando se esconder a todo custo, Carol Laine a procura com um convite: ela quer que as duas voltem a trabalhar juntas e que ela participe de um reality show sobre sua vida. Isso significa, também, estar mais próxima de Lucas, o primo (gato!!) e assessor de Carol, por quem Vitória mantém uma paixão secreta há anos. Mesmo parecendo uma proposta irrecusável, é difícil engolir a mágoa, fica à sombra de Carol Laine e ainda encarar os reveses da fama, como a exigência de estar sempre linda e em forma, as fofocas da imprensa, a perseguição de um fã maníaco e misterioso e a dúvida sobre as amizades serem apenas por interesse. Em meio a tantos sentimentos conflitantes, Vitória terá de responder: vale a pena voltar a um mundo em que o ego das pessoas parece controlar tudo?
Observação da Pequena: Só digo uma coisa: de-vo-rei! Para saber mais, clique aqui.

5. Literalmente amigas (Bertrand) 
Sinopse: Quando Gabi e Lívia, duas apaixonadas por livros, se conheceram em uma comunidade sobre literatura em uma extinta rede social, não imaginavam que se tornariam melhores amigas e que criaram um blog de resenhas literárias, o Literalmente Amigas. Desde então, elas são inseparáveis, apesar das personalidades muito diferentes! Gabi é um pouco avoada, desorganizada financeiramente, de riso fácil e vive uma história de conto de fadas com o namorado de longa data. Já Lívia é assertiva, firme e possui planos bem delineados para seu futuro, embora ainda não tenha encontrado o emprego dos sonhos nem um romance arrebatador como o de seus livros favoritos. Juntas, elas enfrentam as dificuldades da juventude, seja na profissão, seja no amor, até tudo começar a mudar quando ambas são selecionadas para a mesma vaga — para a qual as duas se inscrevem, sem contar uma para outra — na principal editora do país. Será que a paixão pelos livros, que antes unia as amigas, agora se tornará o motivo do término da amizade?
Observação da Pequena: Esse é o novo livro da Laura, junto com outra autora brasileira Marina Carvalho. Lança em maio (desse ano) e já estou contando os dias para embarcar nessa história. Acho que vai ser impossível não se identificar! Ainda mais quem ama livros e blogosfera!

***

É isso, gente! A Laura tem mais livros, mas esses são os meus favoritos (Literalmente Amigas provavelmente também vai entrar na listinha, mas quando eu ler, conto para vocês). Mega indico, pois são leituras que marcam e ensinam de uma forma leve e divertida! #ficadica 

Beijos, Carol.

Para Ler: PJ Entrevista – Laura Conrado

Fan Page ♥ Instagram   


4
01.03.2018
* Top 5: Fernanda França! ♥

Ei, Gente! E o top 5 da semana é de uma das minhas autoras brasileiras favoritas: Fernanda França Quem ainda não conhece, corre para ler algum desses livros, por favor. Principalmente quem ama escrita leve, divertida e com lições que valem ouro. Vamos lá? Bom post! :)

Top 5 - Fernanda França - PJCrédito das imagens: Saraiva
Crédito da montagem: Pequena Jornalista 

1. Malas, Memórias e Marshmallows 
Sinopse: Às vezes, o fim de algo pode ser apenas um novo começo. Após ser despedida do trabalho no dia de seu aniversário, Melissa Moya conhece Theodoro Brasil, seu vizinho, dando início a uma nova amizade que vai permitir que a jovem jornalista realize seu maior sonho: viajar pelo mundo afora. Então, Mel embarca no projeto “América sobre rodas”, uma aventura por diversas regiões dos Estados Unidos, deixando para trás sua gata, Lady Gaga, sua família e seus amigos. Máquina fotográfica na mão, notebook debaixo do braço, Melissa vai acabar percebendo que a vida surpreende a cada momento, principalmente quando o assunto é o amor verdadeiro.
Observação da pequena: É um dos meus livros preferidos da vida e foi o meu primeiro contato com a Fê. A capa é linda e o conteúdo é incrível. Aliás, contei sobre o que achei dessa história aqui.

2. Bolsas, Beijos e Brigadeiros 
Sinopse: Melissa é uma jovem jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Passando por uma nova fase profissional, Mel viaja à Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, nossa protagonista precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe— grávida de um lho temporão —, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. Afinal, o que será que ele tanto esconde?
Observação da pequena: É a continuação de Malas, Memórias e Marshmallows, mas é uma leitura independente. Porém, indico ler esse depois do outro. Se você morre de vontade de conhecer a Europa, matar a saudade de algumas cidades ou pegar dicas, é uma leitura ideal. E tenha uma panela de brigadeiro a sua disposição, pois dá muita vontade de comer. Prefiro o primeiro livro, mas esse tem a sua magia e lições valiosas tanto quanto o outro. E, por favor, Fê: uma história para o Luca! Ah! Tem resenha sobre aqui.

3. 9 Minutos com Blanda
Sinopse: Todos os dias, depois de brigar com o despertador que dá apenas nove minutinhos a mais de sono, Blanda se depara com a seguinte situação: ela está quase sem dinheiro, desempregada e sua única companhia é o gato Freddy Krueger. Bom, não exatamente, já que ela namora um cara chamado Max, que nunca realmente assumiu o relacionamento. Max é folgado, não trabalha e também não faz muita questão de conseguir um emprego, mas é justamente com ele que Blanda se vê prestes a dizer “aceito”. Em uma confusão envolvendo muito estresse, a porta giratória de um banco e uma calcinha pink, Blanda conhece alguém que pode mudar sua vida. Mas será que a realidade pode virar um conto de fadas?
Observação da Pequena: É o livro de estreia da Fê, mas acreditam que eu ainda não consegui embarcar? Porém, está na minha listinha de livros que preciso ler ainda esse ano!

4. O Pulo da Gata 
Sinopse: Maggie May ama os animais e exerce sua profissão de veterinária com paixão. Mas seu maior sonho é casar com tudo que uma mulher romântica tem direito: vestido branco, cerimônia religiosa, festa com todos os seus amigos e parentes, lua de mel… O noivo nem importa muito, desde que seja alto. Apesar de jovem tem 23 anos , ela faz de tudo para se casar e age como se fosse uma solteirona desiludida. Não é a toa que está na sua quinta tentativa, mas está confiante de que Felipe, que ela conheceu num site de encontros, a tornará, enfim, feliz. Só que as estrelas, que tudo veem lá de cima, não têm tanta certeza assim. Nem Eric, o comediante gato que ela conhece por acaso, no dia do seu primeiro encontro físico com Felipe.
Observação da Pequena: Um livro doce, mas sem deixar de ser real. Está na 3ª pessoa, mas me conquistou tanto quanto os outros. Indico muito e destaque para a capa. Posso querer me casar com um vestido assim? Tem resenha dele aqui.

5. O Livro Delas 
Sinopse: Do sobrenatural ao chick-lit, passando por romance, aventura, drama e denúncia social, a coletânea agrada desde os leitores jovens adultos aos mais velhos. São 9 autoras e 9 histórias e uma delas é da Fê!
Observação da Pequena:  Está na minha listinha há séculos, mas ainda não rolou a leitura. Assim que eu embarcar, conto para vocês também. E acho que é um bom livro para quem quer conhecer um pouco a Fernanda e outras autoras brasileiras também. ;-)

***

É isso, pessoal. Me contem: já embarcaram em alguma história dela? O que acharam? Ah! Quer saber um pouco mais sobre ela? Já rolou entrevista aqui no PJ. E espero fazer outras indicações de livros da Fê em breve. De verdade, quem ama chick-lit e afins, ela é uma das melhores autoras na minha humilde opinião! Sem falar que é uma querida e mega acessível com os leitores. 

Beijos, Carol.

Para ler: Top 5 – Livros & Paris

Fan Page ♥ Instagram


2
12

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018