11.10.2016
* PJ Leu: Felizes para sempre! ♥

Finalmente terminei de ler Felizes para sempre, o último livro da série Quarteto de Noivas, da autora Nora Roberts, publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog). Vamos lá? Espero que gostem! 

Sinopse: O último livro da série é dedicado à personagem Parker Brown, a administradora com pulso firme da empresa de casamento Votos, que ela fundou junto com suas três melhores amigas. Nossa protagonista sabe muito bem que subir ao altar é um dos momentos mais extraordinários na vida de um casal. Seu dia começa cedo e muitas vezes antes mesmo de clarear, quando uma noiva liga chorando. Mas ela não liga! Afinal, cada sorriso, cada ajuda extra ao casal ela sente que está contribuindo para mais uma história de amor com final feliz, igual a dos seus pais.

Parker parece viver 24 horas para o trabalho. E vive! Porém, ela também quer ser feliz no amor. Até aí, tudo bem. Nada de anormal. Só que o sonho de se casar com um cara intelectual e sensível vira de pernas para o ar quando ela percebe que o destino não quer isso para ela e sim o oposto do que ela imaginou. Como assim? Malcom Kavanaugh, um mecânico e ex-dublê de filmes de ação, cruza sua vida… Amigo de seu irmão Del, Parker logo vê que Mal não faz o seu tipo, entretanto, o mesmo tem a capacidade de fazer com que ela perca o controle.

Afinal, será que todo príncipe encantado tem que chegar em um cavalo branco ou pode vir em uma Harley-Davidson? ;-)

pj-leu-felizes-para-sempre

Minha Opinião: O primeiro livro da série (clique aqui para ler a resenha) me prendeu do início ao fim, o segundo e o terceiro (clique aqui e aqui para ler as resenhas) nem tanto e o último… Sem palavras!  Só não fui mais rápida na leitura, porque o meu trabalho não permitia. A história envolvia de uma maneira de arrancar suspiros. Mal é o tipo de homem que pode assustar pela sua forma direta de ser, mas ele sabe ser direto sem ser muito rude, sabem? Invejei, Parker hahaha. ;p Depois de Carter, ele é o meu preferido dessa série. A única coisa que continuou me incomodando nesse livro: os diálogos são muito formais, ai a história não flui de maneira natural.

Ah! No penúltimo livro da série disse que tinha umas suspeitas do que poderia acontecer nesse último, porém não acertei nadinha hahaha. Voltando aos personagens: a Sra. Grady é a típica personagem que a gente quer trazer para a vida real. Bom saber mais um pouco dela nessa história e escutar seus conselhos maravilhosos, deixando a gente sempre livre para tirar nossa própria conclusão. A gente não, as personagens hahaha. Parker é toda certinha, gosta de seguir sempre um script e foi bom vê-la arriscando mais nesse livro. Os últimos capítulos são emocionantes e mostram que aquela brincadeira que começou na infância pode ser a sementinha perfeita para dar início a uma grande empresa. Em relação ao casal protagonista, os dois mostraram que a espera é, às vezes, a melhor saída mesmo. Que a nossa vida pode mudar para melhor sempre. Nunca podemos julgar o nosso presente achando que nada de diferente vai acontecer mais para frente, entendem o que eu quero dizer? Acho que depois da leitura, vai ser mais fácil identificar a minha lição mais importante do livro. ;)

Adorei que personagens que nunca imaginei “conhecer”, a autora me deu um tapa e os trouxe. \o/ E ainda bem que consegui ver com bons olhos. Acho que a série merecia um quinto livro para mostrar o que aconteceu a partir do momento final, mas acho que usar a nossa imaginação é uma boa também. Ah! Outro ponto negativo: todas as capas me surpreenderam positivamente, essa do último livro, nem tanto. De resto, fiquei feliz que não foi uma leitura meio arrastada como o segundo e o terceiro. Não conseguiu superar o primeiro livro, mas mega recomendo e agradeço a Nora Roberts por ter escrito uma história que faz com que a gente perceba que o nosso príncipe encantado pode vir de diversas maneiras e não, necessariamente, em um cavalo branco. 

pj-leu-felizes-para-sempre-2

Já leu? Conta o que achou (sem spoiler hahaha ;p). Ainda não embarcou? Fica a dica!

E obrigada editora Arqueiro por ter enviado o livro!

Beijos, Carol. ^^

Fan Page ♥ Instagram


5
18.09.2016
* PJ Leu: Essa luz tão brilhante! ♥

E a dica literária da semana é Essa luz tão brilhante, da autora Estelle Laure. O livro foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog) e mostra como tiramos força quando mais precisamos e nem sabíamos que eramos tão forte assim. Para saber mais detalhes (sem spoiler), continue lendo esse post. ;)

pj-leu-essa-luz-tao-brilhante-1

Sinopse: Lucille tem apenas 17 anos e todos os problemas do mudo. O pai dela surtou e está internado. A mãe disse que ia viajar por alguns dias, mas nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha e agora sua “responsabilidade”, não demonstra como tudo isso está afetando a sua vida, mas os problemas na escola dizem tudo. A sorte dela é ter uma amiga tão leal, como Eden, que não a deixa sozinha e que ajuda no que for preciso. Também tem o Digby, o irmão gêmeo da Eden, a sua grande paixão, porém comprometido. E um anjo que ela não faz ideia de quem seja. Uma história que chama atenção por mostrar que a vida não é nada fácil, porém os acontecimentos repentinos, apesar de serem assustadores, podem ser ao mesmo tempo maravilhosos.

Minha opinião: Lucille tem todos os problemas do mundo, mas em compensação uma força incrível. É uma das personagens mais fortes que já conheci. Mesmo abalada, ela foca na solução e tenta não ficar se lamentando o tempo todo. A história é muito boa e prende bastante, principalmente do começo até o meio. No final, confesso que a leitura desandou um pouco. A sensação era de que a autora se perdeu e deixou alguns pontos de interrogação na minha cabeça de leitora. A parte boa que o livro vai ter continuação e acho que muita coisa vem por ai e espero que todas as perguntas sejam respondidas.

Com essa leitura aprendi que nem sempre as coisas são como parecem ser. Aquela personagem que parece um monstrinho e que adora uma fofoca, pode ser uma das melhores pessoas. E aquela que parece ser a melhor pessoa, pode ser o verdadeiro monstro. Ou apenas: todo mundo tem seus momentos bons e ruins. Ah! Tudo muda em questão de tempo! Fora isso, adorei os pensamentos da Eden, o Digby não me conquistou muito e a Wren é uma criança adorável. Apesar da leitura não ter sido flores o tempo todo, achei a escrita da autora bem forte de um jeito muito bom. Dá a sensação de que ela nasceu para fazer isso. Destaque também para a capa. Uma das mais fofas que já vi. Confesso que o título não fez muito sentido durante a leitura, tenho alguns palpites, mas fiquei na dúvida. Mas também não sei se eu que deixei passar alguma coisa. Se alguém souber explicar (sem spoiler), fique à vontade! 

pj-leu-essa-luz-tao-brilhante-2Últimos recebidos da Arqueiro e Sextante! 

É isso, gente. Podem opinar à vontade! Apesar dos pontos negativos, recomendo. Ah! Obrigada pelo livro, Arqueiro!

Para ler a penúltima resenha literária, clique aqui.

Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram


0
15.09.2016
* Bienal de SP: comprinhas e dica infalível! ♥

Gente, desculpa pelo meu sumiço. A vida anda corrida, mas em outubro a programação do blog volta ao normal. Prometo! O importante é que hoje tem post e trouxe os livros que comprei na Bienal de São Paulo. Fui bem contida por motivo de mala pequena hahaha! Com vocês, as próximas histórias literárias que vou embarcar! ♥ 

compras-bienal-pj-2016Montagem: Pequena Jornalista
Imagens: Pequena Jornalista (Ecobag) e Saraiva (livros) 

1) Livro: Como eu era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca 

Essa comprinha estava na minha lista há séculos, só que por algum motivo nunca comprava. Então, dessa vez fui firme e forte e trouxe para casa hahaha. Ansiosa master pela leitura, principalmente depois de ter visto o filme. Sei que a maioria já leu, mas vai ter resenha aqui depois.

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

2) Livro: O Livro Delas
Autora: várias

Editora: Rocco

Foi lançado na Bienal e idealizado pela plataforma LitGirlsBR. São 9 contos de 9 autoras brasileiras. Uma eu já conheço, que é a Fernanda França, mas as outras não. Uma ótima oportunidade de conhecer a escrita da maioria! E olhem essa capa que maravilhosa! Ainda não li e já me apaixonei.

Sinopse: Do sobrenatural ao chick-lit, passando por romance, aventura, drama e denúncia social, a coletânea agrada desde os leitores jovens adultos aos mais velhos. Em comum, o talento das nove autoras para contar belas histórias. “O livro delas” reúne histórias de Bianca Carvalho, Carolina Estrella, Chris Melo, Fernanda Belém, Fernanda França, Graciela Mayrink, Leila Rego, Lu Piras e Tammy Luciano, e apresenta o que há de mais representativo no estilo de cada escritora.

3) Livro: As coisas mais legais do mundo
Autora: Karol Pinheiro 

Editora: Verus 

O livro da youtuber/blogueira Karol Pinheiro. Adoro os vídeos dela e acho que vou gostar bastante da escrita também. Pelo pouco que vi, acho que é aquele livro que deixa a gente para cima e segue aquele estilinho interativo. Depois mostro todos os detalhes aqui!

Sinopse: 100 textos inéditos e cheios de inspiração sobre amores, desamores e mais, muito mais! Em seu primeiro livro, Karol Pinheiro convida você a olhar o mundo pelos olhos dela. Fala de sentimentos, mas também fala de coisas. Afinal, a vida da gente não é feita só de poesia. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!

4) Livro: Acervo de Palavras
Autora: Lorena Brites
Editora: Autografia 

Conheci a Lorena na Bienal e ela vendeu o seu peixe mega bem! Tanto que não tive dúvidas de que levaria o seu livro repleto de poemas. Assim que eu ler também posto aqui.

Sinopse: Quantos sentimentos, desejos e pensamentos cabem em uma palavra? Vidas se entrelaçam e se findam por conta de palavras. Palavra: aquela bendita, maldita, avessa, travessa, reprimida, arrependida, inesperada. Não importa como seja: pode ser dita, escrita, roubada, criptografada, cobrada, a fiada, desde que seja proferida alguma palavra. Há quem a use com moderação e os que abusam de sua imensidão. No emaranhado sígnico, somente a poesia capta e traduz em tantas possibilidades as mesmas palavras!

a13770e10b2edf73a6bcea152e43614f

***

Além dessas comprinhas, também comprei a bolsa “Eu Amo ler“, da Saraiva. Achei linda, mega em conta (R$ 9,50 se eu não me engano) e vai ser mega útil. Também ganhei dois livros no encontro da Arqueiro/Sextante: Quando o amor bater à sua porta (Samanta Holtz) e O Feiticeiro de Terramar – Livro 1 (Úrsula K. Le Guin). Depois conto mais sobre os dois! ;-)

Ah! Uma dica para quem for na próxima Bienal: para seu lado impulsivo não atacar completamente, faça uma listinha com os livros que você pretende comprar e tente focar neles. Vi esse conselho em algum Insta e me ajudou muito! Tanto que só comprei um livro a mais. Na verdade, como não achei um da minha lista (Girl Boss), não me senti culpada. Só substitui! Ai pode, né? hahaha

Já leu algum desses? Conta aí nos comentários, mas sem spoiler ;p. E se alguém tiver mais alguma dica para esses eventos literários, fique à vontade para compartilhar!

Beijos, Carol. 

Fan Page ♥ Instagram


0
22.08.2016
* PJ Leu: Três coisas sobre você! ♥

E a dica literária da semana é Três coisas sobre você, da autora Julie Buxbaum. Uma leitura leve, divertida, que te faz pensar e que não dá vontade de parar de ler um minuto. Vamos lá? Bom post! ;-)

PJ Leu - Três Coisas Sobre Você

Sinopse: A vida de Jessie era normal, mas tudo mudou após a morte de sua mãe e seu pai resolve mudar para a Califórnia (com ela) para a casa de uma estranha, onde conheceu pela internet. Tudo fica mais esquisito ainda, quando um pouco antes de começar o 1º ano do ensino médio em uma escola nova e cheia de pessoas diferentes, ela recebe um e-mail de um completo estranho (ou estranha) que se intitula de “Alguém Ninguém”. Mas como as coisas não andam muito normal nos últimos tempos, nada parece tão chocante para Jessie. No final? Ela descobre que a pessoa que ela mais precisa é exatamente alguém que não conhece. 

Minha opinião: É o tipo de livro que a gente devora e fica com vontade de saber mais e mais quando chega na última página. Adorei a forma como a autora contou a história. De um jeito leve, inteligente, divertido e tem até um mini suspense. Fiquei criando mil teorias sobre quem seria o “Alguém Ninguém” e, no final, amei saber quem era. Gosto de livros que surpreendam a gente e não entregam logo de cara qual é o final, por mais que haja uma desconfiança. A minha parte preferida é quando em uma das mensagens trocadas pela Jessie e pelo “Alguém Ninguém”, os dois começam a trocar confidências e contam três coisas sobre cada um. É bem fofo e engraçado.

Os personagens são bem construídos. Gosto da relação da Jessie com os livros e das memórias que ela tem da mãe. O final com o pai e com a madrasta é bem interessante. Não é nada fora da realidade, sabem? Os novos amigos são meio maluquinhos, mas são gente boa. Falando nisso, com a leitura descobrimos que toda mudança tem o seu lado bom, mas isso não significa que não seja difícil. Aliás, viver não é nada fácil, ainda mais quando perdemos alguém tão importante.

Para Pensar - Pequena Jornalista

Ah! Sobre a capa e o capítulo: tem tudo a ver com a história! Você já leu? Conta o que achou. Ainda não, mega indico! Vale cada capítulo! ♥ Agora para finalizar, três coisas sobre a Pequena Jornalista: odeio cebola, estou viciada na novela “Laços de Família” e morro de vergonha de falar no telefone. ;p

É isso, gente. Obrigada pela cortesia, editora Arqueiro. Falando nisso, esse livro é um dos mimos do sorteio de sete anos do blog que está rolando lá no Instagram. Para saber mais, clique aqui. ;-)

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


3
29.07.2016
* PJ Leu: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática + Surpresinha! ♥

A dica literária da semana é Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, da autora Thalita Rebouças. O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog e que cedeu o livro), é bem teen, mas que diverte qualquer pessoa, de qualquer idade. Vamos lá? Ah! No final, tem uma surpresinha para vocês, caros leitores! 

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 3

Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para a casa dos avós em Copacabana (RJ), pois com a crise o pai perdeu o emprego e eles tiveram que sair do lindo apartamento na Barra da Tijuca. Resultado? Sua vida virou de cabeça para baixo! Ela perdeu sua privacidade e sua referências. A parte boa foi se livrar do antigo colégio, onde sofria bullying devido ao seu jeitinho peculiar de ser. O problema é que a nossa protagonista está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola e sem conhecer ninguém. Seus maiores medos: de ser excluída novamente, de não fazer amigos e sofrer com tudo isso!

Tetê é uma garota divertida, bem-humorada e que adora cozinhar. Porém, está muito mal. Será? Acontece que uma das características dela é ser (um pouco) dramática! Afinal, no primeiro dia de aula as coisas já parecem um pouco diferentes. Ela já conheceu na prática a palavra amigo! Enfim, com o tempo, ela vai descobrir que sair da zona de conforto e enfrentar seus medos é a única maneira de ser feliz. :)

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 1Livros e Mimos!  

Minha opinião: Sabe aquela personagem que você mega se identifica? Principalmente, no drama hahaha. Adorei a leitura, que flui de um jeito bem divertido e “Thalita” de ser. A história foi bem construída e conseguimos ver nitidamente o crescimento da Tetê ao longo dos capítulos. Todos os personagens dão um toque a mais no livro! Principalmente, o Zeca e o Romildão (psiquiatra dela). O Zeca é um fofo e amigo verdadeiro. Que fala na lata, sem machucar. Mas também temos que dar o crédito a Tetê, ela estava aberta para receber críticas construtivas, sabe? Aliás, isso foi o que mais aprendi com ela (pelo menos na teoria haha). Temos que sair da zona de conforto e prestar atenção mesmo nas críticas, ainda mais vindo de uma pessoa que temos certeza que se preocupa com a gente. Falando em aprendizado, por mais que a leitora aqui esteja na casa dos 30, aprendi muito com a nossa protagonista.

Os capítulos são curtinhos (pontinho extra pelo simples fato de que eu tenho toque e não consigo parar a leitura no meio daquele capítulo giga hahaha) e a autora não deixou nada passar. Tudo foi bem concluído, sabem? Me apaixonei pelo irmãos Dudu e Davi (e sua mania de falar todo certinho). E a “Valentina-língua-ferina” é o tipo de pessoa digna de pena, mas sem ela não teríamos os melhores apelidos inventados pela Tetê hahaha. Fiquei bem curiosa para experimentar as receitas que estão no livro (e até tentar arriscar minha vida na cozinha ;p) e adorei a forma como elas  foram escritas!

Ah! Uma das coisas que mais chamaram a minha atenção na leitura foi a forma como a autora lidou com alguns temas de um jeito leve. Por exemplo, o bullying. Arrasou, Thalita! ;-) Por fim, o título tem tudo a ver com a história e achei a capa fofinha, mas confesso que imaginei a Tetê bem diferente! Ah!! A autora já contou que vai ter um segundo livro, mas contando um pouco sobre o Davi (). E não querendo me meter, queria um livro sobre o Zeca também!!

Mega indico a leitura, pessoal. 

***

Quem ainda não leu, fica a dica! Quem já, pode opinar à vontade (mas sem spoiler ;p)! Mas calma que o post não acabou. No comecinho do ano teve um encontro de livreiros (com blogueiros invasores hahaha) e quem marcou presença foi a Thalita Rebouças. No final, tive a oportunidade de conversar com ela um pouquinho e agora vou contar para vocês!

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 2Thalita Rebouças no encontrinho de livreiros
(e alguns blogueiros intrusos hahaha)
no Rio de Janeiro! 

1. Se tivesse um incêndio em uma biblioteca, quais você salvaria? 
R: Eu salvaria Ensaio sobre a cegueira (José Saramago), Crônica de uma morte anunciada (Gabriel García Márquez) e Travessuras de uma menina má (Mario Vargas Llosa).

2. Quais são suas dicas de ouro para quem, assim como a Tetê, gostaria de virar escritora? 
R: As minhas dicas são: escrever todos os dias. Sem essa de “inspiração”, nem que seja uma linha, um parágrafo. Também temos que ler muito, pois quanto mais a gente lê, melhor a gente escreve. E não desistir! ;-)

3. Uma mania esquisita na hora de escrever?
R: Tenho mania de escrever no chão. Não sei o motivo, mas gosto de colocar o computador em uma mesinha e sento no chão bem duro mesmo hahaha.

***

Foi uma entrevista bem curtinha, mas gostei de conhecer um pouco mais dessa autora, que marcou muito a minha adolescência! Espero que tenham gostado também! Muito obrigada Thalita e a equipe da Arqueiro. :) Ah! Vale lembrar que o Projeto Drama Queen de semana passada foi sobre algumas coisas que a gente pode aprender com a Tetê dramática. Clique aqui para ler!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


2

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018