28.02.2019
* PJ Leu: Celular, Doce Lar! ♥

E a dica literária da semana é Celular, Doce Lar, da autora Rosana Hermann. Um livro fala sobre a nossa relação com esse aparelho que é muito benéfico, mas se não soubermos usar, pode trazer malefícios para o nosso dia a dia. Enfim, vamos lá? Boa resenha! 

PJ Leu - Celular Doce LarLivro: Celular, Doce Lar | Editora: Sextante | Autora: Rosana Hermann
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: cinco livros!

Sinopse: Você imagina uma vida sem celular? É quase inconcebível uma ideia como essa, afinal, esse aparelho é tão útil, entretém tanto, é tão presente e cheio de possibilidades cada vez mais ricas. Aliás, como uma dia pudemos viver sem ele? De acordo com a autora, nós todos moramos no celular. Vivemos boa parte de nossos dias nessa outra dimensão, que, mesmo não atendendo a todos os nossos sentidos, costuma ser muito mais divertida e segura do que a realidade ao nosso redor.

Claro, não há nenhum problema em usar o celular diariamente, em não desligá-lo, em consultá-lo com frequência, em amá-lo ou em morar dentro dele. O celular é mesmo uma invenção genial! Mas, talvez, tenha chegado a hora de discutir essa relação tão intensa. Através da leitura, descobrimos como essa maravilha tecnológica passou a ser um aparelho onipresente. Essa explicação vem repleta de histórias, humor, dados recentes e dicas de como fazer um detox digital, mas sem radicalismo. ;-)

Minha opinião: Foi aquele livro que eu quis morar dentro! O que eu mais gosto nele, é que não há radicalismo, do tipo “desliguem o celular e ponto final”. Mostra que há muitos benefícios, mas que é preciso ficar de olho nos malefícios que essa invenção traz. Ou seja, não é preciso dizer adeus a esse aparelho, mas usar na medida certa, talvez seja uma boa saída para abandonarmos esse vício. Aliás, essa palavrinha pode, por exemplo, fazer você ficar com dor de cabeça, corcunda e, até mesmo, perder momentos incríveis ao lado de quem amamos. Aliás, a gente deveria agradecer mais quando esquecermos o celular em casa ou der uma pane nele, como conta o relato do Lucas Salles. Aliás, esses depoimentos que aparecem em algumas páginas são tão gente como a gente. E ensinam muito! Prestem atenção em cada um, principalmente, no último. ;-)

Fora isso, amei a escrita da Rosana e os quadrinhos que abrem cada capítulo. Tem humor e tapa na nossa cara, mas é do bem esse “tapa” hahaha.  Ah! Apesar das teorias, dados chocantes e tal, não é uma leitura chata, ok? Misturando humor e realidade nua e crua, ela mostra que um detox digital é mega bem-vindo. Mas, mais uma vez: nada de radicalismo! Pode discutir a sua relação com o seu celular, porém, não é preciso abandoná-lo, transformá-lo em inimigo número 1. Enfim, resumindo, me deu um “palívio” (adorei esse termo que a autora usou hahaha) o livro. Bateu um pânico, em contrapartida, rolou um certo alívio ao descobrir soluções que estão ao alcance de cada um. Enfim, recomendo MUITO A LEITURA para saber tudo tim tim por tim tim. Ah! E é para todos, sem exceção, ok? Depois me contem!

Beijos, Carol.

Post Antigo: PJ Leu – Me poupe!

Fan Page ♥ Instagram  


2


2 Respostas para "* PJ Leu: Celular, Doce Lar! ♥"

Marisa Cavaleiro - 28-02-2019 (19:11)

Oi
Muito interessante o tema desse livro e pensar que eu quando tinha 20 anos não havia celulares e eu vivia sem isso. E agora parece que não vivemos sem ele!!
xoxo

marisasclosetblog.com

Responder



Taís - 01-03-2019 (13:17)

Ah, que interessante! Não conhecia o livro e achei a proposta legal. Acho que tudo na vida precisa de um equilibrio e o nosso uso de celular não poderia escapar dessa também. Um tópico que acho muito importante refletir, principamente na realidade que vivemos agora com um uso tão constante desse aparelho.

Responder




Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019