15.09.2016
* Bienal de SP: comprinhas e dica infalível! ♥

Gente, desculpa pelo meu sumiço. A vida anda corrida, mas em outubro a programação do blog volta ao normal. Prometo! O importante é que hoje tem post e trouxe os livros que comprei na Bienal de São Paulo. Fui bem contida por motivo de mala pequena hahaha! Com vocês, as próximas histórias literárias que vou embarcar! ♥ 

compras-bienal-pj-2016Montagem: Pequena Jornalista
Imagens: Pequena Jornalista (Ecobag) e Saraiva (livros) 

1) Livro: Como eu era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca 

Essa comprinha estava na minha lista há séculos, só que por algum motivo nunca comprava. Então, dessa vez fui firme e forte e trouxe para casa hahaha. Ansiosa master pela leitura, principalmente depois de ter visto o filme. Sei que a maioria já leu, mas vai ter resenha aqui depois.

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

2) Livro: O Livro Delas
Autora: várias

Editora: Rocco

Foi lançado na Bienal e idealizado pela plataforma LitGirlsBR. São 9 contos de 9 autoras brasileiras. Uma eu já conheço, que é a Fernanda França, mas as outras não. Uma ótima oportunidade de conhecer a escrita da maioria! E olhem essa capa que maravilhosa! Ainda não li e já me apaixonei.

Sinopse: Do sobrenatural ao chick-lit, passando por romance, aventura, drama e denúncia social, a coletânea agrada desde os leitores jovens adultos aos mais velhos. Em comum, o talento das nove autoras para contar belas histórias. “O livro delas” reúne histórias de Bianca Carvalho, Carolina Estrella, Chris Melo, Fernanda Belém, Fernanda França, Graciela Mayrink, Leila Rego, Lu Piras e Tammy Luciano, e apresenta o que há de mais representativo no estilo de cada escritora.

3) Livro: As coisas mais legais do mundo
Autora: Karol Pinheiro 

Editora: Verus 

O livro da youtuber/blogueira Karol Pinheiro. Adoro os vídeos dela e acho que vou gostar bastante da escrita também. Pelo pouco que vi, acho que é aquele livro que deixa a gente para cima e segue aquele estilinho interativo. Depois mostro todos os detalhes aqui!

Sinopse: 100 textos inéditos e cheios de inspiração sobre amores, desamores e mais, muito mais! Em seu primeiro livro, Karol Pinheiro convida você a olhar o mundo pelos olhos dela. Fala de sentimentos, mas também fala de coisas. Afinal, a vida da gente não é feita só de poesia. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!

4) Livro: Acervo de Palavras
Autora: Lorena Brites
Editora: Autografia 

Conheci a Lorena na Bienal e ela vendeu o seu peixe mega bem! Tanto que não tive dúvidas de que levaria o seu livro repleto de poemas. Assim que eu ler também posto aqui.

Sinopse: Quantos sentimentos, desejos e pensamentos cabem em uma palavra? Vidas se entrelaçam e se findam por conta de palavras. Palavra: aquela bendita, maldita, avessa, travessa, reprimida, arrependida, inesperada. Não importa como seja: pode ser dita, escrita, roubada, criptografada, cobrada, a fiada, desde que seja proferida alguma palavra. Há quem a use com moderação e os que abusam de sua imensidão. No emaranhado sígnico, somente a poesia capta e traduz em tantas possibilidades as mesmas palavras!

a13770e10b2edf73a6bcea152e43614f

***

Além dessas comprinhas, também comprei a bolsa “Eu Amo ler“, da Saraiva. Achei linda, mega em conta (R$ 9,50 se eu não me engano) e vai ser mega útil. Também ganhei dois livros no encontro da Arqueiro/Sextante: Quando o amor bater à sua porta (Samanta Holtz) e O Feiticeiro de Terramar – Livro 1 (Úrsula K. Le Guin). Depois conto mais sobre os dois! ;-)

Ah! Uma dica para quem for na próxima Bienal: para seu lado impulsivo não atacar completamente, faça uma listinha com os livros que você pretende comprar e tente focar neles. Vi esse conselho em algum Insta e me ajudou muito! Tanto que só comprei um livro a mais. Na verdade, como não achei um da minha lista (Girl Boss), não me senti culpada. Só substitui! Ai pode, né? hahaha

Já leu algum desses? Conta aí nos comentários, mas sem spoiler ;p. E se alguém tiver mais alguma dica para esses eventos literários, fique à vontade para compartilhar!

Beijos, Carol. 

Fan Page ♥ Instagram


0


Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020