29.07.2016
* PJ Leu: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática + Surpresinha! ♥

A dica literária da semana é Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, da autora Thalita Rebouças. O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog e que cedeu o livro), é bem teen, mas que diverte qualquer pessoa, de qualquer idade. Vamos lá? Ah! No final, tem uma surpresinha para vocês, caros leitores! 

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 3

Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para a casa dos avós em Copacabana (RJ), pois com a crise o pai perdeu o emprego e eles tiveram que sair do lindo apartamento na Barra da Tijuca. Resultado? Sua vida virou de cabeça para baixo! Ela perdeu sua privacidade e sua referências. A parte boa foi se livrar do antigo colégio, onde sofria bullying devido ao seu jeitinho peculiar de ser. O problema é que a nossa protagonista está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola e sem conhecer ninguém. Seus maiores medos: de ser excluída novamente, de não fazer amigos e sofrer com tudo isso!

Tetê é uma garota divertida, bem-humorada e que adora cozinhar. Porém, está muito mal. Será? Acontece que uma das características dela é ser (um pouco) dramática! Afinal, no primeiro dia de aula as coisas já parecem um pouco diferentes. Ela já conheceu na prática a palavra amigo! Enfim, com o tempo, ela vai descobrir que sair da zona de conforto e enfrentar seus medos é a única maneira de ser feliz. :)

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 1Livros e Mimos!  

Minha opinião: Sabe aquela personagem que você mega se identifica? Principalmente, no drama hahaha. Adorei a leitura, que flui de um jeito bem divertido e “Thalita” de ser. A história foi bem construída e conseguimos ver nitidamente o crescimento da Tetê ao longo dos capítulos. Todos os personagens dão um toque a mais no livro! Principalmente, o Zeca e o Romildão (psiquiatra dela). O Zeca é um fofo e amigo verdadeiro. Que fala na lata, sem machucar. Mas também temos que dar o crédito a Tetê, ela estava aberta para receber críticas construtivas, sabe? Aliás, isso foi o que mais aprendi com ela (pelo menos na teoria haha). Temos que sair da zona de conforto e prestar atenção mesmo nas críticas, ainda mais vindo de uma pessoa que temos certeza que se preocupa com a gente. Falando em aprendizado, por mais que a leitora aqui esteja na casa dos 30, aprendi muito com a nossa protagonista.

Os capítulos são curtinhos (pontinho extra pelo simples fato de que eu tenho toque e não consigo parar a leitura no meio daquele capítulo giga hahaha) e a autora não deixou nada passar. Tudo foi bem concluído, sabem? Me apaixonei pelo irmãos Dudu e Davi (e sua mania de falar todo certinho). E a “Valentina-língua-ferina” é o tipo de pessoa digna de pena, mas sem ela não teríamos os melhores apelidos inventados pela Tetê hahaha. Fiquei bem curiosa para experimentar as receitas que estão no livro (e até tentar arriscar minha vida na cozinha ;p) e adorei a forma como elas  foram escritas!

Ah! Uma das coisas que mais chamaram a minha atenção na leitura foi a forma como a autora lidou com alguns temas de um jeito leve. Por exemplo, o bullying. Arrasou, Thalita! ;-) Por fim, o título tem tudo a ver com a história e achei a capa fofinha, mas confesso que imaginei a Tetê bem diferente! Ah!! A autora já contou que vai ter um segundo livro, mas contando um pouco sobre o Davi (). E não querendo me meter, queria um livro sobre o Zeca também!!

Mega indico a leitura, pessoal. 

***

Quem ainda não leu, fica a dica! Quem já, pode opinar à vontade (mas sem spoiler ;p)! Mas calma que o post não acabou. No comecinho do ano teve um encontro de livreiros (com blogueiros invasores hahaha) e quem marcou presença foi a Thalita Rebouças. No final, tive a oportunidade de conversar com ela um pouquinho e agora vou contar para vocês!

Thalita Rebouças - Confissões de uma garota excluída, mal-amada e um pouco dramática - 2Thalita Rebouças no encontrinho de livreiros
(e alguns blogueiros intrusos hahaha)
no Rio de Janeiro! 

1. Se tivesse um incêndio em uma biblioteca, quais você salvaria? 
R: Eu salvaria Ensaio sobre a cegueira (José Saramago), Crônica de uma morte anunciada (Gabriel García Márquez) e Travessuras de uma menina má (Mario Vargas Llosa).

2. Quais são suas dicas de ouro para quem, assim como a Tetê, gostaria de virar escritora? 
R: As minhas dicas são: escrever todos os dias. Sem essa de “inspiração”, nem que seja uma linha, um parágrafo. Também temos que ler muito, pois quanto mais a gente lê, melhor a gente escreve. E não desistir! ;-)

3. Uma mania esquisita na hora de escrever?
R: Tenho mania de escrever no chão. Não sei o motivo, mas gosto de colocar o computador em uma mesinha e sento no chão bem duro mesmo hahaha.

***

Foi uma entrevista bem curtinha, mas gostei de conhecer um pouco mais dessa autora, que marcou muito a minha adolescência! Espero que tenham gostado também! Muito obrigada Thalita e a equipe da Arqueiro. :) Ah! Vale lembrar que o Projeto Drama Queen de semana passada foi sobre algumas coisas que a gente pode aprender com a Tetê dramática. Clique aqui para ler!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥  Instagram


2


2 Respostas para "* PJ Leu: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática + Surpresinha! ♥"

Nana - 30-07-2016 (11:30)

Segundo blog do dia que vejo resenha do mesmo livro…acho que é um sinal divino para eu começar a ler já!
Bj e fk c Deus.
Nana
http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com

Responder



Gabriela Lira - 30-07-2016 (13:51)

Eu também salvaria Ensaio Sobre A Cegueira, excelente livro, um dos melhores que li na minha vida.Achei o livro muito interessante e a personagem tem um quê de drama queen hahaha, coisa que eu adoro! Quero muito ler, nunca li nada da Thalita, mas quase todo mundo que eu conheço que leu ela elogia.

Beijos

Poesia em Transe

Responder




Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018