08.01.2016
* PJ Leu: Doce Perdão! ♥

A primeira dica literária do ano é: Doce Perdão, da autora Lori Nelson Spielman, publicado pela Verus Editora. Além da capa ser linda, o conteúdo é incrível. Se você não dispensa um bom romance, sugiro continuar lendo esse post. ;-)

Sinopse: Hannah Farr apresenta um programa diário na TV e tem um público fiel. Considerada uma personalidade de New Orleans, ela namora há dois anos com o charmoso prefeito da cidade. Tudo parece um mar de rosas, mas duas pedras mudam o rumo da história. As Pedras do Perdão viraram mania no país inteiro e a proposta é a seguinte: enviar duas pedras para alguém que você maltratou no passado. Se a pessoa lhe devolver uma delas, significa que você foi perdoado. Simples assim! Mas a partir do momento que a personagem recebe as pedras de uma amiga conhecida, Fiona (autora do livro que explica a mania), sua vida vira de cabeça para baixo. Lembranças do passado surgem e as certezas se transformam em dúvidas. Agora Hannah tem duas opções: tentar consertar os erros ou viver diariamente com os pontos de interrogação.

6362325d-9101-40dc-9f3d-e8355dc37e30“Perdoar é libertar um prisioneiro e descobrir que o prisioneira era você.”
(Lewis B. Smedes)
♥ 

Minha opinião: Uma leitura repleta de sabedorias! Doce Perdão mostra que rever conceitos é fundamental. Perdoar também! Esse verbo liberta um prisioneiro, que por sinal, muitas vezes pode ser você e, não, o vilão. A história tem um gancho bem interessante e flui de um jeito bacana. Alguns capítulos são monótonos, mas outros exigem não te deixam dormir. Personagem que ganhou o coração da blogueira: Dorothy, a ex-sogra mais fofa do universo e a mais sábia também. Ela me ensinou uma das melhores lições que o livro proporcionou: não ter pressa. Cada um tem o seu tempo! O perdão nem sempre vem na hora que queremos, mas quando vem… É indescritível. Alguns personagens são irritantes e só vivem de aparência. Concordo que tem coisa que é melhor deixar pra lá, mas se incomoda não vejo problema tentar consertar. O final me deixou confusa, mas a parte boa é que deu para usar a imaginação em dobro. Ah! E a viagem que a Hannah Farr faz é a parte mais doce do livro. Tão bom encontrar pessoas que não nos intimidam. 

Confesso que preferi o primeiro romance da autora, A Lista de Brett (resenha aqui), me prendeu mais. Porém, recomendo o livro protagonista do post de hoje. Rende valiosas lições. Pode apostar: sua bagagem literária vai agradecer! ;-)

Já leu? O que achou? Ainda não? Coloca na listinha!
Beijos, Carol. 

Fan Page ♥ Instagram 


2


2 Respostas para "* PJ Leu: Doce Perdão! ♥"

Leh Pimenta - 08-01-2016 (15:00)

Eu gosto muitos dos livros que a Verus costuma publicar é raro um que não me chame atenção ou que não vejo resenha positiva. Doce Perdão me parece ser bem fofinho e que eu vou gostar bastante por que é meu tipo de leitura, romance com um algo a mais.

http://www.coisasdemineira.com/

Responder



Livia - 08-01-2016 (15:12)

“Perdoar é libertar um prisioneiro e descobrir que o prisioneira era você.” pirei nessa sitação, adorei conhecer esse titulo, pela resenha parece msm ótimo e já to com mt vontade de ler!!

http://www.tofucolorido.com.br
http://www.facebook.com/blogtofucolorido

Responder




Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019