26.10.2015
* Outubro Rosa: Livro Coisas pra fazer antes dos 30! ♥

Para apoiar o lindo movimento “Outubro Rosa“, que tem por objetivo mostrar a importância do diagnóstico precoce, resolvi falar sobre um dos meus livros preferidos: Coisas pra fazer antes dos 30 A princípio, parece mais uma literatura chic, mas a história vai além. Confiram! ;-)

PJ - LivroCrédito da imagem: Saraiva 

“Coisas pra fazer antes dos 30” é a história real da jornalista Lisa Lynch, que aos 28 anos teve de enfrentar um câncer de mama. Nossa protagonista apareceu com um roxo no seio e foi na médica. Depois de alguns exames, veio o diagnóstico: ela teria que lutar contra a porcaria (apelido que deu para a doença). Através de uma escrita leve e emocionante, Lisa conta como foi conviver com esse câncer.

Li esse livro em 2011 e até hoje me inspira. O que mais marcou foi a forma como ela encarou a doença e o melhor: saber que não é uma personagem fictícia. Tudo depende como escolhemos enfrentar o problema. Ela escolheu enfrentar com muito bom-humor! Claro, tinha dias que ela não queria sair da cama e ficava revoltada (o que é totalmente compreensível), mas na maioria das vezes, ela abstraia a doença e tentava levar uma vida normal (na medida do possível). As pessoas que a acompanharam nessa árdua tarefa, entraram na onda dela e a ajudaram mais do que imaginam. Através de palavras carinhosas nas redes sociais, comentários solidários em seu blog e discursos emocionantes nas festas da família. 

Se você conhece alguém que está passando por um problema parecido, acredito que a leitura vá ajudar bastante. Pode ser um presente bem útil. ;) Falei do livro para a minha psicóloga e, até hoje, ela indica para os pacientes. E se você não estiver passando por nada do tipo (ainda bem!!!), indico a leitura do mesmo jeito. Aprendemos a encarar a vida de um jeito mais leve. Não acho que devemos diminuir o problema de ninguém, porém se pararmos para pensar direitinho: por que pessoas como a Lisa conseguem e gente que não passou por nada do tipo, reclama até de uma unha quebrada? Sei que na prática, a teoria é outra. Entretanto, não é impossível. Dias ruins são inevitáveis,  mas a escolha, na maioria das vezes, é nossa.

P.S: Fui buscar informações sobre o blog dela e acabei descobrindo que ela faleceu em 2013. :( Não sei a causa ao certo, mas sei que através do seu livro incrível ela me ensinou muito!!! ♥♥♥ Obrigada, Lisa!! Quem quiser ler outras coisas que ela escreveu, vale acessar o blog dela (que ainda está no ar). Ah! Também li que a história dela virou série, com o nome de “The C Word”. Se alguém tiver mais informações, conta aqui nos comentários!! 

img-objetivo-2Crédito da Imagem: outubrorosa.org.br ♥

Enfim… Um dos movimentos que mais admiro é o Outubro Rosa. Não é que a gente vá acabar com o câncer (quem sabe um dia,  né?), mas prevenir é a melhor forma de dar uma rasteira na doença. E quanto mais cedo for descoberto, melhor. Além do autoexame, podemos adotar alguns hábitos para reduzir o risco, como incluir na dieta pimenta, praticar exercício físico e consumir alimentos com fibras. Para mais informações, é só clicar aqui. Uma matéria que achei no Portal M de Mulher (lá tem uma página especial  com assuntos importantes sobre câncer de mama).

É isso, gente. Espero ter colaborado de alguma forma! :) Quem tiver mais livros e matérias para indicar, fiquem à vontade. Ah! Seguem três links bem bacanas para saber um pouco mais sobre o assunto.

1. Outubro Rosa
2. Fundação Laço Rosa
3. Quimioterapia e Beleza – A Flavia, autora do blog, também tem um livro sobre câncer de mama. ♥

Beijos, Carol.


0


Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2020