17.10.2018
* Top 5: Lucinda Riley! ♥

Ei, Gente! :) E o top 5 dessa semana é de uma autora que não conheço muito, mas já considero pacas: Lucinda Riley! Repleta de best-sellers, a escritora já foi atriz, é dona das capas de livros mais lindas (na minha humilde opinião, mora em Londres, mas sua cidade natal é a Irlanda. Já veio ao Rio e espero que a Arqueiro nos surpreenda com a sua vinda na próxima Bienal carioca (nunca te pedi nada hahaha). Enfim, listei cinco livros, alguns estão na listinha e um eu já embarquei. Vamos lá? 

Top 5 - Lucinda Riley - PJCrédito das Imagens: Saraiva 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. A árvore dos anjos 
Sinopse: Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que morava lá, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória. Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados.
Observação da Pequena: É o típico livro que me ganha pela capa e lendo a sinopse tem bem cara de que a história sabe prender. Está na minha listinha. ;-) 

2. As sete irmãs 
Sinopse: Esse é o primeiro livro da série, onde se inicia uma saga familiar, repleta de recantos, amores impossíveis, sonhos grandiosos e surpresas emocionantes. Filha mais velha do enigmático Pa Salt, Maia D’Aplièse sempre levou uma vida calma e confortável na isolada casa da família às margens do lago Léman, na Suíça. Ao receber a notícia de que seu pai adotivo morreu, ela vê seu universo de segurança desaparecer. Antes de partir, no entanto, Pa Salt deixou para as seis filhas dicas sobre o passado de cada uma. Abalada pela morte do pai e pelo reaparecimento súbito de um antigo namorado, Maia decide seguir as pistas de sua verdadeira origem.
Observação da Pequena: Além da Suíça, tem o Rio de Janeiro e Paris no meio desse 1º livro, então, óbvio que entrou para a minha lista de livros que tenho de ler da Lucinda, né?

3. A casa das orquídeas
Sinopse: Quando criança, Julia viveu na grandiosa propriedade de Wharton Park, na Inglaterra, ao lado de seus avós. Lá, a tímida menina cresceu entre o perfume das orquídeas e a paixão pelo piano. Décadas mais tarde, agora uma pianista famosa, Julia é obrigada a retornar ao local de infância na pacata Norfolk após uma tragédia familiar. Abalada e frágil, ela terá que reconstruir sua vida. Durante sua recuperação, ela conhece Kit Crawford, herdeiro de Wharton Park, que também carrega marcas do passado. Ele lhe entrega um velho diário que trará à tona um grande mistério, antes guardado a sete chaves pela avó dela.
Observação da Pequena: Não sei se a sinopse me prendeu muito, mas a capa sim. E sou dessas hahaha! Está na minha listinha também. ;

4. A garota italiana 
Sinopse: Aos 11 anos, Rosanna Menici vê sua vida transformada para sempre quando conhece Roberto Rossini, um cantor de ópera. Depois desse encontro, ela se deixa guiar pelo próprio talento e embarca em uma viagem que, ao longo dos anos, a leva de uma vida simples em Nápoles (Itália) para os palcos das mais famosas óperas do mundo. Então, seu caminho cruza novamente com o de Roberto e os dois passam a dividir holofotes e a encantar as plateias onde quer que se apresentem. Além disso, passam a sentir um amor avassalador um pelo outro. Mas como nem tudo são flores, segredos do passado ameaçam a felicidade do casal e o relacionamento começa afetar a carreira de Rosanna e a vida de todos à sua volta.
Observação da Pequena: Esse foi meu primeiro contato com a Lucinda e mesmo a história sendo pesadinha, me prendeu do início ao fim e trouxe lições valiosas. Quem quiser saber mais, tem resenha dele aqui.

5. O segredo de Helena
Sinopse: Helena nunca esqueceu o verão que passou na mágica Pandora, a casa de seu padrinho no Chipre, onde, cercada por oliveiras e pelo verde-esmeralda do Mediterrâneo, ela se apaixonou pela primeira vez, aos 15 anos.Mais de duas décadas depois, tendo herdado a antiga propriedade, ela retorna a Pandora para mais um verão, dessa vez em companhia do marido e dos filhos. No entanto, Helena sabe que voltar àquele lugar pode trazer à tona segredos que ela preferia esconder.Um desses segredos envolve Alex, seu filho mais velho, fruto de uma relação anterior a seu casamento. Enquanto o verão avança e pessoas do passado de Helena reaparecem, Pandora parece pronta a revelar os mistérios que ocultou por tantos anos e que, uma vez descobertos, farão com que a vida de Helena, e de sua família, nunca mais seja a mesma.
Observação da Pequena: Essa é uma das minhas capas favoritas e uma das minhas próximas leituras. E como não associar esse nome ao autor noveleiro Manoel Carlos? hahaha. 

**

É isso, pessoal. E vocês: já embarcaram em alguma história da Lucinda? Indicam mais alguma para eu acrescentar na minha listinha? 
Ah! Todos esses são publicados pela Editora Arqueiro (parceira do blog), ok? Mas tem versões de outras editoras, se eu não me engano. ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Em outra vida, talvez?

Fan Page ♥ Instagram 


0
15.10.2018
* PJ Leu: As melhores coisas da vida! ♥

Ei, Gente! A dica literária da semana é “As melhores coisas da vida“, da Editora Mol, escrito pela Roberta Faria. É um livro repleto relatos sobre prazeres simples da vida, que nos fazem lembrar o que realmente importa na vida. Além disso, a publicação é uma comemoração da Revista Sorria e tem um cunho social também. Na compra de 1 livro, o valor é revertido para o GRAACC e mais 10 projetos sociais. Então, um momento de prazer, vira uma colaboração incrível.

PJ Leu - As melhores coisas da VidaLivro: As melhores coisas da vida | Editora: Editora Mol (Banca do Bem) | Autora: Roberta Faria
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: cinco livros!

Minha opinião: No começo do post, já mencionei um pouco da sinopse desse livro. Então, vou direto para a minha opinião, combinado? ;-) Quem acompanha o blog, sabe o quanto eu amo a Revista Sorria, um veículo que fala sobre assuntos relevantes, mas de uma maneira leve e que faz a gente sorrir a cada matéria lida. E nesse ano, eles completaram 10 primaveras. Então, pelo que eu entendi, para comemorar, eles criaram essa livro lindo com uma das sessões mais incríveis: Prazeres simples.

Nele, a gente dá ainda mais valor a essa simplicidade diária, em forma de um sorriso, de um livro, do bichinho de estimação, da comida e, até mesmo, de uma árvore e do horizonte. Também entramos dentro de um abraço e temos ainda mais noção do quão importante é a palavra amadurecer e do significado de pai e mãe. Valorizamos uma ida à praia, a chegada da primavera, verdadeiros amigos (mesmo a longa distância) e um registro fotográfico. Não deixamos de lado uma soneca, a hora do recreio e duas palavras fazem ainda mais sentido: amor próprio!

Destaque para a capa linda e para as observações “pequenas felicidades” de cada história. Fora isso, a leitura flui e quando nos damos conta, já chegamos ao final dela. Aliás, é impossível chegar lá e não pensar no que realmente importa. Por isso, fiz a minha listinha com 10 prazeres simples. ;-)

1. Ler um livro e abraçá-lo no último capítulo. 
2. Acordar e tomar meu mate leão (na minha caneca favorita).
3. Dividir meu café da manhã com a minha cachorra. 
4. Jantar com a minha irmã no fim do dia.
5. Receber o clássico “boa noite, amo vocês” da minha mãe, via WhatsApp. 
6. Ir ao cine, levando um lanche do MC Donald’s, na companhia do meu namorado.
7. Um jantar ou almoço no Outback com as amigas. 
8. Receber um e-mail de uma empresa, falando que admira o seu trabalho, sendo que você é fã do trabalho deles (isso não tem preço, obrigada, Editora Mol, sem puxa saquismo, juro )
9. Esquecer um livro por aí. 
10. Conseguir cumprir mais da metade das atividades do dia e não brigar comigo por não ter conseguido cumprir todos (ou seja, me cobrar menos).

É isso, gente! :) Mega recomendo a leitura. Com certeza, vai fazer um bem danado, por mais que você não se identifique com todos os textos. Obrigada pela parceria, Editora Mol! Ah! Quem quiser comprar um livro, que custa R$ 4,20, é só comprar no site da Banca do Bem e/ou na Droga Raia. Vale a presentear a si mesmo ou alguém que você acredita que vá adorar a mensagem de “As melhores coisas da vida”. Falando nisso: quais são as melhores coisas da vida para vocês? ;-)

Beijos, Carol.

Para ler: Conhecendo a Redação Sorria

Fan Page ♥ Instagram 


1
11.10.2018
* Post-Ajuda: Dia das Crianças – Atenção! Alto nível de fofurice! ♥

Ei, Gente! Nos 45 do 2º tempo, segue a nossa clássica sugestões de mimos e programações para comemorar mais uma data. E Dia das Crianças não poderia ser diferente, né?  Espero que ajude de alguma forma a tornar essa ocasião ainda mais feliz. Bom post para vocês! :)

Dia das Crianças - PJ - 2Crédito das Imagens: Divulgação Assessoria de Imprensa 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Para começar, separei duas programações para os pequenos cariocas e paulistas, mas que ajuda a inspirar quem for de outra cidade também. A rede de Galeria Urban Arts, preparou uma tarde de arte e diversão no Rio de Janeiro para as crianças terem um contato com o estilo de alguns artistas, como Pablo Picasso. Acontece tanto em Ipanema (Rua Maria Quitéria, 77) quanto no loja do Barra Shopping, das 14h às 17h30. Já no Iguatemi, em São Paulo, todos os sábados e domingos a criançada pode assistir algumas peças de clássicos infantis, como Dona Baratinha. Mas essa sugestão é para quem deseja comemorar mais para frente, nos dias 27 e 28 de junho. Fica a dica! :-)

E como a pequena blogueira que vos bloga ama livro e escrever, óbvio que teria sugestões de histórias e diários, né? A Instrínseca lançou a coleção Pipoquinha, de Kim Smith, com livros infantis ilustrados, inclusive dessa história que marcou a minha infância: Esqueceram de Mim. Já a Tok&Stok tem esse lindo livro repleto de histórias para o bebê dormir e sonhar. Achei bem fofinho! E para a criança que ama escrever, desde sempre, tem esse lindo diário da Hello Kitty, da Ciranda Cultural. ;-)

Destaque também para esse estojo lindo da Kipling (outra loja que marcou a minha infância) e essa mochila de bombeiro (Clio): impossível não imaginar uma criança carregando para cima e para baixo ela!

Dia das Crianças - PJ - 1Crédito das Imagens: Divulgação Assessoria de Imprensa
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista 

E que tal deixar o quarto do pequeno mais aconchegante e fofo? Achei linda essa almofada, da Colab55 e esse mobile de dormir de frutas, da Ameise Designer. E se a criança quer um toque de estilo a mais, amei num nível de fofurice esse óculos (Ótica Diniz) e esse crocs do Toy Story (Crocs). Caso, seu filho, sobrinho e tal for mais velho e possa comer chocolate, achei uma ótima sugestão essa caixa, que lembra os Minions, da Cacau Show.

Dia das Crianças - PJ - 3Crédito das Imagens: Divulgação Assessoria de Imprensa 
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

Infância remete à cabana, né? Por isso selecionei essa da Tok&Stok. Outra palavra que vem na minha cabeça é jogo de tabuleiro (Tok&Stok)! Todo mundo se diverte, inclusive, adultos. Eu adoro essa torre inteligente E já que o blog ama roupas e tal, tem essa opção também. ;-) Essa t-shirt é linda (Reserva Mini), camisa daquela febre “Lol” (Renner) e esse boné fofo (Renner também). E para finalizar esse post repleto de fofurices, um body com as seguintes palavras “Atenção! Alto nível de fofurice!“, da Tiger T Tigre. Tem como não amar?  ;-)

É isso, pessoal. Espero que gostem! E lembrem-se, presente é muito bom, mas como diz a escritora Fernanda Mello: todo dia é dia de ser criança e criança não liga pra preço, pra laço de fita e cartão com relevo. Criança gosta mesmo é de beijo, abraço e surpresa. 

Beijos, Carol.

Para ler: Criança Crescida

Fan Page ♥ Instagram 


0
09.10.2018
* PJ Leu: Em outra vida, talvez? ♥

Ei, Gente! :) E a dica literária da semana é: “Em outra vida, talvez?“, da escritora Taylor Jenkins Reid. Publicado pela Record, o livro me ganhou pela capa, mas o conteúdo é tão mara, que a gente fica triste quando acaba. Gera uma ressaca literária (no sentindo bom) daquelas hahaha! Enfim, vamos lá? Boa resenha para vocês! 

PJ Leu - Em outra vida talvezLivro: Em outra vida, talvez? | Editora: Record | Autora: Taylor Jenkins Reid
Crédito da Imagem: Pequena Jornalista
Nota de 1 a 5: cinco livros!

Sinopse: Hannah Martin tem quase 30 anos e ainda não encontrou seu lugar no mundo. Ela já morou em Boston, Washington, Portland, Seattle, Austin, Nova York e agora está de volta a Los Angeles. Ela acha que é em sua cidade natal, perto de Gabby, sua melhor amiga, que vai conseguir superar uma grande decepção amorosa e, finalmente, colocar a vida nos trilhos. Para comemorar a mudança, resolve reunir velhos amigos em um bar.

E é lá que encontra um antigo amigo, ex-namorado: Ethan. No fim da noite, tanto ele quanto Gabby lhe oferecem carona. Em universos paralelos, conhecemos as duas possíveis escolhas. Ambas com desdobramentos diferentes, mas que fazem parte dela e ensinam o leitor que a vida é feita de escolhas. Boas e ruins, que podem mudar completamente o destino de cada personagem. O resultado? Só lendo mesmo! 

Minha opinião: A capa é linda e o conteúdo mais incrível ainda. No começo, dá a sensação de que a gente vai se perder. Cada capítulo é dedicado ao desdobramento de cada escolha da noite “D”. Mas dá para acompanhar direitinho. É incrível, como uma simples decisão, muda todo rumo de uma vida. Fiquei pensando: será que em uma vida paralela, estou levando dias totalmente diferentes? Talvez, por esse motivo, a gente tenha a sensação, às vezes, de “conheço aquela pessoa de algum lugar” e por aí vai. Mas vai saber… ;p!

Amei e devorei esse livro, como não devoro uma leitura há séculos. Os personagens são incríveis e cada um tem uma importância nas duas vidas da Hannah. Achei bem bacana que em uma das escolhas, conhecemos o valor da família da nossa protagonista. Às vezes, a forma de demonstrar o amor é diferente do que imaginamos, mas continua sendo amor. E o que seria trágico, a autora soube construir uma história apaixonante. Alguns momentos de raiva. Outros só de suspiro!

É um daqueles livros que a gente gostaria de ser amiga da protagonista e queria filme, mas sem mudar nada, ok produção? hahaha =) E, aos poucos, alguns personagens se cruzam e tudo se encaixa. São assuntos relevantes e que nos ensinam, principalmente, que nenhuma escolha é à toa. Tudo tem o lado bom! Amei todos os amigos e familiares que rondam cada página. A família da Gabby é a mais fofa e Ethan é o meu preferido, mas o enfermeiro não fica de fora.

Recomendo e muito a leitura, que a propósito é leve, divertida e que faz a gente suspirar do começo ao fim! E o título? Tudo a ver com o que encontramos nos capítulos. Louca para ler mais livros dessa escritora. Nunca te pedi nada, Record, entre outras editoras do Brasil. ;-)

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica! 

Beijos, Carol.

Para ler: Poesia que transforma 

Fan Page ♥ Instagram 


1
08.10.2018
* Inspiração do dia: Pink + Paris! ♥

IMG_0195

IMG_0221Crédito das imagens: Lovely Pepa! 

Tem como não amar e se inspirar em um look assim? É divertido, fofo e pink.  Tudo bem que mudaria alguns detalhes, mas para esse mês, que remete à criança também, essa inspiração caiu como uma luva, na minha humilde opinião. E o cenário inspira ainda mais, né? Amei e quem encontrar um vestido nesse estilinho e acessórios também, me avisa? Grata. ;-)

É isso, gente. Boa semana e para variar: podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Para ler: Ainda é inverno!

Fan Page ♥ Instagram


0

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2018