18.07.2017
* PJ Leu: Chata de Galocha! ♥

Ei, Gente! E a dica literária da semana é: Chata de Galocha, da blogueira (and Youtuber) Lu Ferreira. O livro, que foi publicado pela editora Gente, é na verdade um guia de beleza, moda, gastronomia, viagem e outras coisitas boas da vida. Bom post! 

PJ Leu - Chata de GalochaLivro: Chata de Galocha | Editora: Gente | Autora: Lu Ferreira
Crédito da imagem: Pequena Jornalista

Sinopse: Pessoas “Chatas de Galocha” buscam pequenos prazeres em todas as áreas da vida: receitas deliciosas, viagens divertidas, momentos incríveis mesmo nas horas mais simples. Um bom Chato de Galocha faz questão de aproveitar todos os momentos que são proporcionados. Este livro é um guia de referência para quem gosta de desfrutar o melhor a cada segundo. Entre muitas outras coisas, aqui você encontra: sugestões para um guarda-roupa eficiente e inteligente. Dicas de cuidados que vão fazer você se sentir bem. Receitas infalíveis para receber bem quem você ama. Dicas de lugares bacanas nas principais cidades do mundo, aprovadas pela Chata de Galocha.

Minha opinião: Quem me conhece, sabe que acompanho o trabalho da Lu há séculos. Aliás, foi por causa do canal dela que fiquei viciada nesse tal de Youtube hahaha. Então, era um livro que eu estava bem ansiosa para ler. :) E posso falar? Amei. O trabalho está impecável, gente. Cada capítulo, cada detalhe dá para ver que foi feito com muito carinho e capricho. Cada palavrinha, vi a Lu falando! Me senti realmente “conversando” com ela. Claro que têm partes que a gente se identifica mais. Adorei as dicas para quem trabalha de casa e, apesar de ser um fiasco na cozinha, fiquei com muita vontade de experimentar a receita do muffin de banana e do fettuccini a la carbonara. A carta para a Lu de 10 anos atrás é imperdível! E deu vontade de visitar cada lugar que ela indicou, até mesmo os que eu já conheço. Acho que olharia com um olhar diferente, sabem? E sobre as fotos: lindas e bem produzidas, mas a dela com a Bibia (filha dela e do Leo) é a minha preferida. Falando nisso, queria que o livro tivesse mais imagens. Acho que foi a única coisa que “faltou”.

Enfim, mega aprovado esse trabalho da Chata de Galocha. ;-) Li em menos de 24 horas! Se você é fã, vai amar. Se você ainda não é um “chato de galocha”, mas ama esses assuntos que a autora aborda no livro, vai adorar. 

Já leu? Conta o que achou. Ainda não? Fica a dica!

Beijos, Carol.

Confira: Entrevista com a Chata de Galocha!

Fan Page ♥ Instagram


6
14.07.2017
* Top 5: livros da Lauren Weisberger! ♥

Ei, Gente!  Para essa sexta-feira linda, separei cinco livros de uma autora de chick-lit que eu amo: Lauren Weisberger.  Ela que é a responsável por um dos meus livros (e filmes) favoritos da vida. Que para muitos pode ser só mais uma comédia romântica sem sal, mas para mim “O Diabo veste Prada” é vida e tem lições valiosas. E o que falar dessas capas, que na maioria das vezes tem um sapato poderoso e com um “mimo” que a gente fica desejando? Enfim, vamos lá? Bom post. :)

Post - Top 5 - Lauren WeisbergerCrédito das Imagens: Saraiva
Crédito da Montagem: Pequena Jornalista

1. O diabo veste Prada
Sinopse: O mundo da moda não é para iniciantes. Especialmente em Nova York. Para conquistar espaço – o mínimo que seja – é preciso muitas vezes experimentar o pão que o diabo amassou. Ou mesmo vender a alma ao dito-cujo. Mas será que vale a pena tanto sacrifício? Com conhecimento de causa, Lauren Weisberger lança a questão com charme e bom humor em seu romance de estréia, ‘O Diabo Veste Prada’, que revela, em detalhes, histórias de personagens facilmente identificáveis no mundinho fashion de Nova York.
Observação da Pequena: Li há mais de 10 anos esse livro e marcou uma fase bem importante na minha vida. Tanto o livro quanto o filme! Recomendo muito.

2. A vingança veste Prada
Sinopse: Depois abandonar o emprego na Runaway há quase dez anos e se livrar da insuportável Miranda Priestly, Andrea Sachs agora é a bem-sucedida editora de uma revista de luxo sobre casamentos, a Plunge. Ao lado de Emily, antiga colega de trabalho e sua atual melhor amiga, sua vida não poderia estará melhor: além do sucesso do novo empreendimento, ela está prestes a casar com um dos solteiros mais cobiçados de Nova York. Mas uma semana antes do casamento, um fantasma do passado, ou melhor, um diabo, volta a assombrá-la.
Observação da Pequena: Tem resenha dele aqui.

3. À caça de Harry Winston 
Sinopse: Emmy estava a dois passos do casamento perfeito quando seu namorado a trocou pela personal trainer. Leigh é considerada o novo talento na editora onde trabalha, mas sua vida amorosa não anda tão bem quanto pensava. A brasileira Adriana odeia a palavra compromisso. Para ela, quanto mais homens melhor. As três amigas decidem fazer um grande pacto: mudar radicalmente suas vidas em um ano. Será que elas vão conseguir?
Observação da Pequena: Li esse livro há séculos e mega recomendo, gente! Não sei se rola uma resenha mega atrasada, mas caso alguém queira, me conta aqui nos comentários.

4. O diabo ataca em Wimbledon 
Sinopse: Quando a tenista queridinha dos americanos, Charlotte “Charlie” Silver, faz um pacto com o diabo — o treinador carrasco Todd Feltner —, é catapultada para um mundo de estilistas famosos, festas exclusivas, jogos beneficentes a bordo de iates gigantescos e encontros românticos com a realeza hollywoodiana. Sob a nova direção impiedosa de Todd, Charlie, a menina boa, já era. Todd só quer saber de Charlie, a “Princesa Guerreira”. Afinal de contas, ninguém chega ao topo sendo bonzinho. Revistas e blogs de fofocas seguem Charlie freneticamente em suas viagens pelo mundo perseguindo vitórias em Grand Slams e manchetes no Page Six. Mas, quando a estrela da Princesa Guerreira ascende dentro e fora das quadras, há um preço a pagar. Num mundo obcecado por aparências e celebridades, estaria Charlie Silver disposta a se perder para vencer a todo custo?
Observação da Pequena: É o mais novo da autora. Ganhei de niver e estou louca para embarcar. Pena que tem uma listinha de livros antes, mas acho que vai valer a espera!

5. Uma noite no Chateau Marmont
Sinopse: Brooke e Julian têm uma vida tranquila em Nova York: ela sustenta o casal com dois empregos, enquanto ele investe em sua carreira como músico. Finalmente, Julian é descoberto por um executivo da Sony e se torna um súbito sucesso, e suas vidas mudam para sempre. Os implacáveis paparazzi tanto insistem que conseguem emplacar uma foto escandalosa na imprensa – será que o casamento de Brooke vai sobreviver aos acontecimentos daquela noite fatídica no Chateau Marmont?
Observação da Pequena: Todas as capas são lindas, mas essa é a minha preferida. Ah! Ainda não li esse livro, mas está na minha listinha. 

***

Prontinho, pessoal. :) Podem opinar à vontade! Se eu não me engano, são seis livros que ela publicou no Brasil. Vale dar um Google. A escrita dela é bem leve e divertida. Ah! E quem quiser sugerir autores para eu preparar um top 5, só comentar.

Beijos, Carol.

Para relembrar: Top 5 – Jojo Moyes

Fan Page ♥  Instagram 


10
13.07.2017
* Mania Peculiar de Leitor {parte 2}! ♥

Ei, Gente! Lembram que eu fiz um post sobre manias peculiares de leitores (ó ele aqui)? Então, eu pedi mais um help para outros amigos e, com a ajuda deles, vai rolar uma 2ª parte com mais singularidades. Vamos lá? Boa leitura e depois a gente faz os comentários hahaha! ;-)

downloadCrédito da imagem: Twitter Mania de Leitor

“Não sei se são manias, mas lá vai: não empresto meus livros por nada nesse mundo. Nem para namorado!! Também não escrevo neles (nem meu nome), não faço orelha nas folhas, não uso aquela “orelha” que alguns livros têm, julgo um livro pela capa (sorry guys) e sempre olho o números de paginas antes de comprar. Para me interessar, tem que ter a partir de 350 páginas.” (Julia Ribeiro)

“Eu tenho algumas. Por exemplo, não consigo ler um livro só por vez. Então normalmente leio um físico e um ebook. Mas depois que tive bebê, tenho lido sempre no Kindle. Ah! Toda vez que estou mal, chateada com algo, eu leio Crepúsculo. Também gosto de marcar as frases de efeito, porém é para nada mesmo. Porque não uso depois, mas só porque acho que vou usar. Cheguei até fazer um caderno.” (Gisele Ramon)

“Leio imaginando as vozes dos personagens e como eles estariam falando naquela situação. Também  visualizo eles da forma que a minha cabeça louca inventa na hora hahaha.” (Gabriel Gonçalves) 

A melhor parte do livroCrédito da imagem:
Blog Como eu realmente 

“Acho que a mania mais esquisita que eu tenho é quando entro em uma livraria. Eu faço questão de procurar os meus autores favoritos e ver se têm livros deles na estante e quais são. Fico chorando pelos que ainda não posso comprar e tenho vontade de gritar para livraria inteira ler os que já li. Também gosto de anotar quando começo uma leitura e quando termino na minha agenda. Atualmente tenho uma listinha com mais 40 livros para ler e vou marcando que mês eu li. Tenho até um gráfico de quantas leituras faço por mês. A louca! haha.” (Nina Novaes)

“Nunca escrevo em livro. Só didático! Acho que isso vem da faculdade de Letras, já tentei, mas não consigo. E pior que acho ótimo, pois uma vez comprei um no brechó, em inglês, com traduções e anotações ótimas.” (Tatiana Castro)

“Sempre antes de dormir eu leio pelo menos um capítulo e, por mais cansada que eu esteja, não consigo largar o capítulo pela metade e continuar a leitura no dia seguinte. Meu olho pode estar fechando, mas o capítulo que eu comecei, eu finalizo.” (Daniela Viana

9158a281782250bdef281f1239b91137--nova-we-heart-it

“Não sei se isso mania peculiar, mas eu sempre sublinho e marco as palavras diferentes, trechos que mais gosto. Faço notas nas bordas dele. Também faço orelha nas páginas que mais gosto ou como aqueles indicadores néon.” (Renata Sodré) 

“Gosto de usar post-its para marcar algumas passagens que gosto enquanto estou lendo. Ah! Acabei desenvolvendo a mania de tentar combiná-los com a capa do livro, hahaha.” (Dani Seixas

“Não sei se serve, mas eu coleciono marcadores (apesar de só usar a orelha do livro hahaha).” (Stephanie Aquino) 

“Eu sempre leio a última página antes de começar pelo primeiro capítulo.” (Ricardo T. Barbosa

79fc0ee39f38f07bbca3e51fff7e0252

Prontinho, pessoal. É cada loucurinha, mas quem nunca, né? hahaha ;-) Me identifico com quase todas, aliás, essas imagens me definem. Vocês também? E contem mais manias. A gente sempre tem. Mesmo que ela esteja lá escondidinha! Podem desabafar, aqui é o lugar certo (cof cof).

E pessoal que participou: muito obrigada! Vocês não estão sozinhos. Aliás, tem gente aí que tem blog e vale a pena o clique. Só clicar nos nomes (clicáveis hahaha)!

Beijos, Carol.

Fan Page ♥ Instagram 


6
12.07.2017
* PJ Leu: Dois a dois! ♥

Ei, Gente! E a dica literária da semana é Dois a dois, do autor Nicholas Sparks O livro, que foi publicado pela editora Arqueiro (parceira do blog), é de arrancar suspiros e, claro, lágrimas. Mas vale cada página! Boa resenha e segurem o choro hahaha! ;-)

unnamedLivro: Dois a dois | Editora: Arqueiro | Autor: Nicholas Sparks
Crédito da imagem: Arqueiro

Sinopse: Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de 6 anos, Russell Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos. Em questão de meses, Russell perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva – e a se abrir para antigas e novas emoções.

Minha opinião: É o meu primeiro livro do Nicholas Sparks. E meu Deus: por que não entrei nesse universo antes? A escrita dele é tão boa, que não dá vontade de parar um segundo. É o típico livro que te prende do início ao fim!  A cada capítulo, bate aquela curiosidade de saber o que acontece nas próximas páginas. Ok, que às vezes eu acho que esse autor não tem muita piedade dos leitores, porque é cada lágrima que escorre. Mas isso é um mero detalhe hahaha!

Amei a trama e como o autor desenvolveu a história. Tudo vai se encaixando, sem deixar furos! O livro despertou as mais variadas sensações. Desde suspiro até “como existe um ser que faz isso?”. Fiquei com muita raiva da mulher dele! Mas acho que se ela não tivesse feito o que fez, Russ não teria aprendido tanto. Principalmente, a dor e a delícia de ser pai! Aliás, London é encantadora. E o pai dela, mais ainda. Ele é aquele tipo de pessoa que não tem noção da força que tem, mas ainda bem que a família e uma amiga em especial está ali para lembrá-lo disso todos os dias.

A irmã de Russ tem um papel importantíssimo na história. Se todas as pessoas tivessem um terço do amor e carinho que ela carrega e distribui, o mundo seria um lugar bem melhor! Acho que de todos os conselhos que ela deu para ele, só um não concordei. Os outros me fizeram refletir bastante! Russ teve o azar de encontrar gente que não tem um pingo de caráter, mas em compensação tem uma família de ouro. E isso: não tem preço!

Um livro que te faz pensar o real valor da família e da vida. E o verdadeiro amor e todas as suas formas! Destaque também para a capa. Podem acreditar, não é só mais uma capa. Tem toda uma história (linda, por sinal) por trás. Aliás, é uma das minhas partes favoritas! :’) Espero do fundo do meu coração que essa história vá para as telinhas. Merece! Enfim, sem dúvida, entrou para o hall dos meus livros favoritos e ocupa um lugar bem especial na minha vidinha de leitora.

unnamed (1)Crédito da imagem: Instagram @artiscando! 

Recomendo. MUITO! 

É isso, gente! Podem opinar à vontade!

Beijos, Carol.

Última resenha: A pequena livraria dos corações solitários

Fan Page ♥ Instagram 


6
07.07.2017
* Para assistir: O círculo! ♥

Sexta-feira tem tudo a ver com dica de filme, né? Dessa vez, resolvi falar sobre uma história que assisti recentemente no cine. O nome? O círculo, com a Emma Watson e o Tom Hanks. Pega a pipoca, o refri e boa sessão. ;-)

Antes de mais nada, um resuminho para contar do que se trata: The Circle é uma das empresas mais poderosas do planeta! Atua no ramo da internet e é responsável por conectar os e-mails dos usuários com suas atividades diárias, compras, entre outros detalhes de suas vidas. Mae Holland é a mais nova contratada e, claro, fica mega empolgada e feliz. Porém, ao longo dessa jornada, percebe que seu papel lá dentro é bem diferente do que imaginava. Afinal, será que saber de tudo é realmente bom? *mistério*

154840.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Primeiro, deixa eu falar: não é o tipo de filme que eu gosto de assistir, mas resolvi arriscar! Se eu gostei? Bom, não achei péssimo, porém, preferia não ter visto. O tema é bem interessante e desperta a curiosidade, já que a gente vive em um mundo mais ou menos parecido. E por esse motivo, acabo me impressionando. Como me impressionei com Black Mirror e resolvi parar no 1º episódio mesmo hahaha.

O decorrer da história prende e algumas coisas se encaixam, outras não. Aliás, tiveram cenas bem confusas! E, no final, a gente fica meio “oi?”. Daí, pode ser que a maioria saia do cinema meio revoltada. Porém, vale a pena pela reflexão.

Tudo em excesso, faz mal. Até que ponto compartilhar todos os detalhes da nossa vida na internet, é bacana? Saber de tudo realmente é bom? Acho que para coisas que vão beneficiar, sim. Outras, de forma alguma! Duas cenas de “O Círculo” mostram exatamente isso. Claro que é impossível viver em um mundo totalmente offline. Mas acho que é preciso encontrar o ponto de equilíbrio! Não deixar a curiosidade falar tão alto!

595765.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxCrédito das imagens: Adoro Cinema 

Em relação aos personagens, eu não tenho nada a reclamar. Ninguém me incomodou! Talvez o amigo da Mae, que tem um papel fundamental e eu esperava um ator melhor. Mas não sei se to sendo exigente hahaha. ;-)

Enfim, não é o melhor filme da vida. Entretanto, como falei, acho que vale pela reflexão! Se tiver de bobeira, recomendo.

É isso, gente! Podem opinar à vontade. 

Beijos, Carol.

Para assistir também: Tudo e todas as coisas

Fan Page ♥ Instagram


11

Pequena Jornalista - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017